16º

Paraná e Vitória fazem duelo de invictos

Time paranaense não perde há 12 partidas e equipe baiana ainda não foi derrotada em casa no ano

10/07/12 às 00:00 - Atualizado às 22:37   |  Silvio Rauth Filho
O volante Cambará: ele vai compor o meio-campo ao lado de Welington, Luisinho e Lúcio Flávio (foto: Valquir Aureliano)

O Paraná Clube não perde há 12 partidas. O Vitória está invicto em casa em 2012. Os dois times se enfrentam hoje às 21 horas, no Estádio Barradão, pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

A equipe baiana está em 3º lugar na competição, com 19 pontos, e vem de uma sequência de 22 partidas sem derrotas em casa (15 vitórias e sete empates), todas em 2012. O único resultado negativo como mandante foi em novembro de 2011 – 2 a 1 para o São Caetano.

O time paranaense está em 5º lugar, com 15 pontos. A última derrota foi em 5 de junho (2 a 0 para o Goiás). Depois disso, foram cinco partidas pela Série B (quatro vitórias e um empate) e sete pela 2ª divisão do Campeonato Paranaense (sete vitórias).  

O técnico Ricardinho pode repetir hoje a escalação utilizada no sábado, na vitória por 2 a 0 sobre o Boa. Ele continua sem os volantes Zé Luís e Ricardo Conceição, em recuperação. E também sem o meia Douglas Packer, que está sem contrato.

A tendência é que o Paraná jogue novamente com o quarteto Cambará, Welington, Luisinho e Lúcio Flávio no meio-campo. São quatro jogadores que se destacam pela qualidade no passe e no apoio ao ataque. “A equipe desse ano tem mais qualidade no meio-campo. No ano passado a gente tinha mais pegada”, comentou Welington, 29 anos, artilheiro do time em 2012, com oito gols, e líder em assistências, com seis passes para gols.

Ricardinho explica a filosofia desse quarteto. “Nosso meio, independente da característica de marcação, ocupa muito bem os espaços. Eles diminuem o espaço do homem da bola do adversário”, declarou. “É mais fácil pegar um jogar técnico e orientá-lo a participar da parte defensiva, do que pegar um jogador que só marca e tentar ensiná-lo a jogar”, afirmou.

Em Salvador
Vitória: Douglas; Nino Paraíba, Victor Ramos e Gabriel Paulista e Mansur; Uelliton, Michel, Pedro Ken e Tartá; Marco Aurélio e Neto Baiano. Técnico: Carpegiani
Paraná: Luís Carlos; Paulo Henrique, Anderson, Alex Alves e Fernandinho; Cambará, Welington, Luisinho e Lúcio Flávio; Arthur e Wendel. Técnico: Ricardinho
Árbitro: Felipe Duarte Varejão (ES)
Local: Estádio Barradão, em Salvador, às 21 horas

Publicidade
0 Comentário