13º

Mãe mata os dois filhos sob alegação de que passavam necessidade; veja video

Crianças foram mortas por agressão

10/07/12 às 09:50 - Atualizado às 12:56   |  Redação Bem Paraná, com Banda B

Uma mãe de 25 anos matou os dois filhos de 7 e 10 anos na noite dessa segunda-feira (9) na colônia de Santa Bárbara, município de Palmeira, interior do estado. Delci de Amaral confessou o duplo homicídio alegando que as crianças passavam necessidade e não tinha comida para oferecer aos filhos. As crianças foram mortas com uma pancada na cabeça e depois com um punhal. O marido de Delci negou que a família passasse qualquer tipo de necessidade.

De acordo com a Polícia Militar, depois do crime a mãe disse ao marido que a casa tinha sido invadida por homens que teriam matado seus filhos. Depois, Delci disse que o marido tinha matado e já na delegacia confessou a autoria dos homicídios.

“Eu chamei primeiro a menina para fora e disse que era pra ela morder um pedaço de pano (usado como mordaça). Eu disse ‘morde pra mamãe’ e depois eu fiz ela virar de costas para mim. Dei uma pancada com uma barra de ferro e depois duas facadas”, disse Nelci em depoimento à polícia. Para atrair o garoto mais velho, a mãe disse que elas estavam brincando de esconde-esconde. “Fiz a mesma coisa com o menino”. Também em depoimento, Delci disse que premeditou o crime desde à tarde desta segunda-feira.

Ela jogou o corpo das crianças em uma valeta próximo a casa da família e correu para dentro de casa lavar as mãos sujas de sangue. O marido dela chamou a polícia ao acreditar que havia outra pessoa na casa.

Versão - O marido de Delci, um senhor de 67 anos, disse que ela nunca queria sair com as crianças. “Ela saia de tarde e saia de noite e as crianças só ficavam comigo. Ela sempre saia sozinha pra festa, baile. Ela era muito agressiva. Qualquer coisa ela dizia ‘vou te matar’. Eu tinha medo dela”.

O homem, que não é pai legítimo das crianças, disse que estava deitado e não ouviu barulhos estranhos. “Quando eu ouvi um barulho, vi ela caída no banheiro pedindo socorro, se batendo, dizendo que tinha alguém na casa”, disse o marido de Delci. De acordo com ele, as crianças nunca passaram necessidade. “Não faltava comida para as crianças. Não faltava nada”, finalizou.

Banda B

Publicidade
10 Comentários
  • Antonio 23/02/13 às 14:59
    esta mae tem que mofar na cadeia, tirar a vida de duas crianças inocente , Jesus disse as crianças é o reino do ceu
  • leticia santos 12/07/12 às 17:53
    tinha que fazer com ela o mesmo que fez pra esses pobres anjinhos que estao num lugar bem melhor agora junto de deus
  • paty 12/07/12 às 13:35
    Morei prox a essa pessoa e sei que ela é completamente problematica,nós vizinhos tinhamos muitos transtornos no local a ponto de quando ela estava atacada nem passamos na rua,era envolvida c drogas e bebida,sem falar quando encorporava algumas entidades que era devota.Isso ai é completa falta de Deus.
  • Maria Inah F. Pepe Czaikowski 11/07/12 às 13:29
    Falta Deus na vida das pessoas, quando isto acontece, não podemos esperer outra coisa, a não ser desgraça, pois você esta sob a GRAÇA de DEUS, ou está na fora dela (desgraça).
  • Juka Oliveira 11/07/12 às 02:32
    E obvio que a atitude desta mulher nao foi certa pois quem da e tem o direito de tirar a vida e somente Deus.A principio de tudo devemos ver que se uma pessoa chega a esse ponto de fazer tal barbarie, nao e normal,ou esta totalmente fora de si.Alguem que por alguma causa esta fora do seu mundo,ou por situaçoes de miseria, como ela diz mas isso nao e desculpa pra ter feito tal.Nao devemos oferecer o mesmo a ela, devemos sim perdo-la e pedir a Deus que um espirito de morte desse jamais se apodere de nós.e triste lamentavel o ocorrido,mas apesar de tudo nao devemos julgar.O tempo se encaminha disso.E por agora a lei do homem.
  • priscila 10/07/12 às 20:39
    esse monstra deveria levar uma surra de fikr sangrando e depois ser jogada numa banheira com muito vinagre e sal.... dps a depois jogar ela na cadeia e contar para todas as maes q estao la o que ela fez soh pra ver a cagada!
  • Patricia 10/07/12 às 19:53
    Deus do céu, que absurdo, uma mãe, se é que pode ser chamada assim, pq mãe ama incondicionalmente, tira a própria vida se for o caso para salvar a dos filhos, deixa de pensar nela e pensa sempre, primeiramente neles....isso não é mãe, e nem de animal pode ser chamada....
  • jaque 10/07/12 às 18:35
    O mundo esta cheio de pessoas sem deus no coração, isto não é um ser humano, sim um demônio q ela arda na fogueira do inferno,,,,,,,,surra e morte a ela,
  • naty 10/07/12 às 13:39
    tinha que morrer tambem, amarar ela e dixar morrer de sede e de fome e dar uma surra todos os dias enquanto tivesse vida ,isso é uma ofença aus mostro chamala de mostro.
  • Cleide 10/07/12 às 13:17
    Essa pessoa não é de Deus