14º

Qual a dieta para quem tem pressão alta?

Saiba o que você deve e não deve comer caso tenha o problema

16/04/07 às 00:00
A hipertensão é um mal silencioso. A ausência de sintomas bem definidos retarda o diagnóstico da doença que, muitas vezes, é feito somente quando problemas mais sérios aparecem. E quando falamos em problemas sérios, estamos falando de comprometimentos vasculares, tanto cerebrais, quanto cardíacos. Segundo a Sociedade Brasileira de Hipertensão, dentre os fatores de risco para mortalidade, a hipertensão explica 40% das mortes por AVC (Acidente Vascular Cerebral) e 25% daquelas por doença coronariana.

A dieta do hipertenso
Comer porções normais de sal implica em dois cuidados: não o adicionar na comida pronta e cozinhar com pouco sal. “O ideal é que a pessoa ingira de 6g a 8g de sal por dia. Na verdade, se ela eliminar totalmente o sal no preparo das refeições, ainda assim estará ingerindo dois ou três gramas por dia, porque alguns alimentos já contêm um pouco sal em sua composição. Apesar de tais recomendações, a média de ingestão de sal dos brasileiros gira em torno de 15g”, diz Ellen Paiva.

5 passos para reduzir o consumo de sal:
1. Use o mínimo de sal no preparo dos alimentos, substituindo-o por temperos naturais como alho, salsinha, cebola, orégano, hortelã, limão, manjericão, gengibre, coentro e cominho;
2. Evite temperos industrializados como ketchup, mostarda, molho shoyu e caldos concentrados. Atenção para o aditivo glutamato monossódico, utilizado em alguns condimentos e nas sopas de pacote;
3. Cuidado com as conservas como picles, azeitona, aspargo, patês e palmito, enlatados como extrato de tomate, milho e ervilha – alimentos conservados em sal e os salgadinhos como batata frita, amendoim salgado, cajuzinho.
4. Evite carnes salgadas como bacalhau, charque, carne-seca e defumados;
5. Nunca tenha um saleiro à mesa.

Além dos cuidados em relação ao consumo de sal, o paciente hipertenso deve ser estimulado a seguir uma dieta balanceada, privilegiando frutas e verduras, carne magra, laticínios desnatados, grãos e cereais. Aumentar o consumo de potássio também auxilia o controle da pressão, isto pode ser feito através do aumento no consumo de frutas e verduras. “Uma dieta rica em vegetais e frutas contém 2 a 4g de potássio/dia e pode ser útil na redução da pressão e prevenção da hipertensão arterial. Os substitutos do sal contendo cloreto de potássio e menos cloreto de sódio (30% a 50%) são úteis para reduzir a ingestão de sódio e aumentar a de potássio”, diz a médica.

 “A redução da ingestão de álcool também auxilia o controle da pressão arterial naquelas pessoas que consomem grandes quantidades de bebidas alcoólicas”, diz Ellen Paiva, que também é nutróloga. A recomendação médica é a seguinte: para os consumidores de álcool, a ingestão de bebida alcoólica deve ser limitada a 30g álcool/dia contidas em 600 ml de cerveja (5% de álcool) ou 250 ml de vinho (12% de álcool) ou 60ml de destilados (whisky, vodka, aguardente - 50% de álcool). Este limite deve ser reduzido à metade para homens de baixo peso, mulheres e indivíduos com sobrepeso e/ou triglicérides elevados.
 
Recomendações dietéticas para hipertensos
Preferir:
-Alimentos cozidos, assados, grelhados ou refogados;
-Temperos naturais: limão, ervas, alho, cebola, salsa e cebolinha;
-Verduras, legumes, frutas, grãos e fibras;
-Peixes e aves preparadas sem pele;
-Produtos lácteos desnatados.

Limitar:
-Sal;
-Álcool;
-Gema de ovo: no máximo três/semana;
-Crustáceos;
-Margarinas, dando preferência às cremosas, alvarinas e ricas em fitosterol.
 
Evitar:
-Açúcares e doces;
-Frituras;
-Derivados de leite na forma integral, com gordura;
-Carnes vermelhas com gordura aparente e vísceras;
-Alimentos processados e industrializados: embutidos, conservas, enlatados, defumados e salgados de pacote.

O CITEN - Centro Integrado de Terapia Nutricional – é uma clínica voltada à terapia nutricional de doenças crônicas em nível ambulatorial. Está apta a atender adultos e crianças, pois conta com equipe multidisciplinar altamente qualificada composta por médicos, nutricionistas, psicólogos e psicanalistas, devidamente credenciados junto às sociedades e instituições de classe nacionais e internacionais.

 


 

 



 

 

 

A hipertensão é um mal silencioso. A ausência de sintomas bem definidos retarda o diagnóstico da doença que, muitas vezes, é feito somente quando problemas mais sérios aparecem. E quando falamos em problemas sérios, estamos falando de comprometimentos vasculares, tanto cerebrais, quanto cardíacos. Segundo a Sociedade Brasileira de Hipertensão, dentre os fatores de risco para mortalidade, a hipertensão explica 40% das mortes por AVC (Acidente Vascular Cerebral) e 25% daquelas por doença coronariana.

 

A dieta do hipertenso
Comer porções normais de sal implica em dois cuidados: não o adicionar na comida pronta e cozinhar com pouco sal. “O ideal é que a pessoa ingira de 6g a 8g de sal por dia. Na verdade, se ela eliminar totalmente o sal no preparo das refeições, ainda assim estará ingerindo dois ou três gramas por dia, porque alguns alimentos já contêm um pouco sal em sua composição. Apesar de tais recomendações, a média de ingestão de sal dos brasileiros gira em torno de 15g”, diz Ellen Paiva.

5 passos para reduzir o consumo de sal:
1. Use o mínimo de sal no preparo dos alimentos, substituindo-o por temperos naturais como alho, salsinha, cebola, orégano, hortelã, limão, manjericão, gengibre, coentro e cominho;
2. Evite temperos industrializados como ketchup, mostarda, molho shoyu e caldos concentrados. Atenção para o aditivo glutamato monossódico, utilizado em alguns condimentos e nas sopas de pacote;
3. Cuidado com as conservas como picles, azeitona, aspargo, patês e palmito, enlatados como extrato de tomate, milho e ervilha – alimentos conservados em sal e os salgadinhos como batata frita, amendoim salgado, cajuzinho.
4. Evite carnes salgadas como bacalhau, charque, carne-seca e defumados;
5. Nunca tenha um saleiro à mesa.


Além dos cuidados em relação ao consumo de sal, o paciente hipertenso deve ser estimulado a seguir uma dieta balanceada, privilegiando frutas e verduras, carne magra, laticínios desnatados, grãos e cereais. Aumentar o consumo de potássio também auxilia o controle da pressão, isto pode ser feito através do aumento no consumo de frutas e verduras. “Uma dieta rica em vegetais e frutas contém 2 a 4g de potássio/dia e pode ser útil na redução da pressão e prevenção da hipertensão arterial. Os substitutos do sal contendo cloreto de potássio e menos cloreto de sódio (30% a 50%) são úteis para reduzir a ingestão de sódio e aumentar a de potássio”, diz a médica.

 

 “A redução da ingestão de álcool também auxilia o controle da pressão arterial naquelas pessoas que consomem grandes quantidades de bebidas alcoólicas”, diz Ellen Paiva, que também é nutróloga. A recomendação médica é a seguinte: para os consumidores de álcool, a ingestão de bebida alcoólica deve ser limitada a 30g álcool/dia contidas em 600 ml de cerveja (5% de álcool) ou 250 ml de vinho (12% de álcool) ou 60ml de destilados (whisky, vodka, aguardente - 50% de álcool). Este limite deve ser reduzido à metade para homens de baixo peso, mulheres e indivíduos com sobrepeso e/ou triglicérides elevados.

 
Recomendações dietéticas para hipertensos
Preferir:
-Alimentos cozidos, assados, grelhados ou refogados;
-Temperos naturais: limão, ervas, alho, cebola, salsa e cebolinha;
-Verduras, legumes, frutas, grãos e fibras;
-Peixes e aves preparadas sem pele;
-Produtos lácteos desnatados.

Limitar:
-Sal;
-Álcool;
-Gema de ovo: no máximo três/semana;
-Crustáceos;
-Margarinas, dando preferência às cremosas, alvarinas e ricas em fitosterol.
 

Evitar:
-Açúcares e doces;
-Frituras;
-Derivados de leite na forma integral, com gordura;
-Carnes vermelhas com gordura aparente e vísceras;
-Alimentos processados e industrializados: embutidos, conservas, enlatados, defumados e salgados de pacote.

 
Publicidade
25 Comentários
  • Henrique Bambamba 18/08/14 às 10:55
    gostei imenso pelas dicas de saude para vida saudavel sem hipertencao.
  • thiago domingos 10/07/14 às 09:19
    Vou seguir muito boa essa pro porção pra se cuidar da pressã alta vou seguir dereito como tá escrito.
  • ZENILDA 03/07/14 às 12:15
    GOSTEI DA MATÉRIA,, AGORA VOU ME CUIDAR MELHOR E SEGUIR A DIETA
  • Artur Castelo Samosa 27/04/14 às 13:52
    Artur

    Gostei muito da matéria, pois, desta forma adquiri suporte para lidar com a pressão alta de minha mãe e a minha também.
  • Leticia 10/10/13 às 14:01
    Excelente matéria ,me deu um norte para lidar com a pressão alta do meu marido .

    Obrigada!
  • Anirlene 02/10/13 às 14:14
    Olá gostaria da receita de bolo que acabou de passar em Ver Mais o bolo e para quem esta de dieta,
  • ivete 17/09/13 às 10:36
    é sempre muito bom ,estarmos bem informados, adorei pois sou ipertença, muito obrigada.
  • karoline estefany 01/07/13 às 09:38
    o meu tio esta internado faz 3 dias e a pressão dele não abaixa o que pode acontecer com ele?
  • Patricia 26/04/13 às 12:54
    é normal ter pressão alta apos uma gravidez normal só por ter ficado com uns 12 quilos acima do peso?
    pois antes nunca tive minha pressão sempre foi normal até ter minha 2 filha
  • gloria maria da costa nascimento 10/01/13 às 12:17
    perguntei se quem é hinpertenso podia tomar cha de gingibre nao tive resposta
  • dinah 28/12/12 às 12:29
    Muito bom, mas gostaria de saber se hipertenso pode comer pato, pois gosto muito dessa ave e como recentemente fiquei hipertensa me surgem dúvidas quanto á alimentação.
  • Juliana 28/11/12 às 11:47
    Foi muito bom para mim saber isso sobre a hipertençao.Agradeço e vou seguir direitinho.
  • adriana ribeiro 01/11/12 às 20:23
    faz mal comer peixe com limao
  • edna oliveira 22/09/12 às 20:39
    adorei saber tudo sobre inpertensão mas vcs se esqueceram de falar se gingibre fal mal a os impertensos obrigado abraçoa edna
  • alexander 21/09/12 às 19:58
    Sou ipertenso queria saber um cardapio que eu possa
    passar o comer
  • juliete pereira amaral 19/09/12 às 13:33
    gostaria de receber essas dicas todos os dias no meu mail tanto sobre pressaõ arterial quanto diabete e problemas cardiovasculares.

    atenciosamente juliete amaral
  • Paulo R Ribas 13/09/12 às 20:38
    Sou hipertenso e estou acima do peso. Quero usar o gengibre, mas em muitos comentários na internet, dizem que o gengibre eleva a pressão arterial, em outros informam o contrário que melhora a circulação sangüinea não elevando a pressão, logo o que é verdade ou mito? Por favor me respondam. Obrigado.
  • edna oliveira 11/09/12 às 14:33
    eu tenho hipertensão e não como sal mas qual quer coisa fico com ela muito alta 17 por 12 mesmo tomando remedios passado pelo cardiologsta do convenio quero saber como tomar o genjibre pra não afetar ela e emagrecer um pouco estou muito gorda com 1,58 de altura peso quase 80 k.... preciso de ajuda obrigado atodos ass; edna
  • solange 20/08/12 às 14:34
    tenho pressao alta posso tomar cha de gengibre
  • FERNANDO 27/09/11 às 19:48
    tenho pressao alta, gostaria de saber, se comer cebola faz mal!!!
  • marcia 18/08/11 às 12:49
    gostaria de saber se posso tomar chá de gengibre?
  • neyla santnana 29/04/10 às 11:24
    meu esposo tem tirado o sal dos aimentos e mesmo assim a pessao continua alta
  • elen de moura macedo 28/04/10 às 21:40
    gostaria de saber quais os alimentos que diminuem a pressao e os que almentam ela.e quais os exercicios que eu posso fazer e qual a dieta indicada para quem tem pressao alta. obrigado.
  • jose carlos correa 22/09/09 às 20:25
    gingibre faz mal para a pressão alta >?
  • Fernanda 31/07/09 às 19:11
    A Dieta pra vc seguir.. quero meu bb bonzinho.