São Paulo joga para se manter líder

04/06/13 às 23:59 - Atualizado às 23:59

Antes do Brasileirão começar, Ney Franco havia colocado a meta de chegar no final da quinta rodada, quando a competição será paralisada para a disputa da Copa das Confederações, entre os primeiros colocados. Caso o São Paulo faça o dever de casa e bata o Goiás hoje, às 19h30, no Morumbi, o técnico verá sua meta muito próxima de ser atingida. A equipe é líder com sete pontos e, depois de encarar os goianos, fará apenas mais um jogo antes da pausa — contra o Grêmio, na próxima semana, em Porto Alegre. O plano do treinador do São Paulo é simples e, até agora, vem sendo cumprido à risca: somar o máximo de pontos possível (mesmo que isso não implique em jogar bem) e aproveitar o recesso para corrigir os eventuais defeitos, podendo trabalhar sem a pressão de precisar de uma reação. Ney Franco acredita que, estando no pelotão da frente, poderá dar mais consistência ao time, preparar alternativas táticas e até mesmo acomodar com mais tranquilidade eventuais reforços que cheguem nesse período.
Diante do líder, o Goiás luta para conseguir deixar a zona de rebaixamento do Brasileirão. Depois de três rodadas, o time goiano somou apenas dois pontos, ainda sem uma vitória sequer, e aparece em 17º lugar. Durante o treino, o técnico Enderson Moreira armou o Goiás com três zagueiros (Rodrigo, Ernando e Valmir Lucas) e dois atacantes (Araújo e Walter). Ele também lamentou a ausência do volante Dudu Cearense, que sofreu contusão e não poderá enfrentar o São Paulo no Morumbi.

Grêmio x Vitória
O Grêmio contará com o jovem Guilherme Biteco no meio-de-campo e o experiente Kleber no ataque para enfrentar o Vitória hoje, a partir das 21 horas, em Porto Alegre, pela quarta rodada do Brasileirão. O primeiro substitui Elano, em má forma física. E o segundo fica com a vaga de Vargas, convocado pela seleção chilena. O Vitória joga sem o meia-atacante argentino Maxi Biancucchi, artilheiro do Campeonato Brasileiro até agora, com três gols. Ele está gripado. O meia Renato Cajá sofre com dores no tornozelo. Assim, ambos foram vetados pelos médicos, dando lugar ao volante Michel e ao meia Vander.

Flamengo x Náutico
O Flamengo está sem casa neste Campeonato Brasileiro. Pelo menos até o fim da Copa das Confederações, quando espera já ter um acordo com o consórcio que administra o Maracanã para mandar seu jogos no remodelado estádio. Hoje, "recebe" o Náutico no Estádio no Orlando Scarpelli (casa do Figueirense, da Série B), em Florianópolis. Caso venha novo tropeço, o time pode terminar a quarta rodada na zona de rebaixamento - está em 16º lugar. O Náutico demitiu o técnico Silas na última segunda-feira e será comandado pelo técnico interino Levi Gomes.

Vasco x Atlético-MG
Com São Januário fechado para o treinamento de seleções que disputam a Copa das Confederações, o Vasco receberá o Atlético-MG hoje, às 21 horas, em Volta Redonda (RJ). E também voltará à cidade para jogar com o Bahia no sábado. Para o duelo, o técnico Paulo Autuori terá o retorno do meia-atacante Carlos Alberto, absolvido de acusação de doping. O Atlético-MG, garantido na semifinal da Libertadores, tem apenas um ponto na competição nacional. Guilherme ficará encarregado da tarefa de substituir Ronaldinho Gaúcho na partida.

Cruzeiro x Corinthians
Depois do tropeço na última rodada, quando perdeu para o Botafogo, o Cruzeiro recebe o Corinthians, hoje. Mas não poedrá jogar no Mineirão, fechado para a Copa das Confederações. A partida será na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG). No Corinthians, o técnico Tite resolveu escalar o meia Douglas. Assim, o Corinthians vai jogar com dois armadores. Douglas estará mais centralizado, enquanto Danilo jogará pelo lado esquerdo.

Portuguesa x Inter
A Portuguesa recebe o Internacional hoje, a partir das 19h30, no Estádio do Canindé, com dois objetivos. Um deles é vencer pela primeira vez no Brasileirão. E o outro é deixar a zona de rebaixamento do campeonato. Em dois jogos já disputados, a Lusa somou apenas um ponto e ocupa a 18ª posição. O Inter não conta com Leandro Damião, que está na seleção brasileira, e Diego Forlán, convocado para defender o Uruguai nas Eliminatórias da Copa do Mundo.

Criciúma x Santos
Mais do que vencer o Santos no jogo de hoje, no Estádio Heriberto Hülse, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, o Criciúma também terá que retomar seu padrão de futebol. Esta é a constatação do técnico Vadão, após analisar o desempenho do time nas últimas duas apresentações, que resultaram em derrotas para o Inter e o Fluminense. O Santos vai tentar a primeira vitória no Brasileirão, depois de uma derrota e dois empates nas três primeiras rodadas.

Bahia x Botafogo
A boa vitória sobre o Internacional, por 2 a 1, no último domingo, em Caxias do Sul (RS), acalmou os ânimos da torcida do Bahia, que vem protestando contra a equipe e seus dirigentes desde o Campeonato Baiano, e fortaleceu as convicções do técnico Cristóvão Borges. Para o jogo com o Botafogo, hoje, ele vai fortalecer a marcação no meio-de-campo, com cinco jogadores no setor. O Botafogo vive uma ambiguidade. Os saláros estão atrasados, mas o time soma duas vitórias e um empate.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop