Conheça um veterinário que arrisca a vida pelos animais

19/07/13 às 00:00 Por Fabiana Ferreira - blogpapopet@gmail.com

A profissão de médico veterinário não costuma estar nos ranking das mais arriscadas ou estressantes. Mas se o curitibano Tiago Vaz Carcereri, de 28 anos, fosse um dos parâmetros para estas pesquisas, talvez a carreira que forma médico de animais pudesse ser  considerada perigosa. O rapaz, muitas vezes, arrisca a vida em resgates pra lá de cinematográficos.

Ele é um dos poucos - ou quem sabe o único profissional da cidade -, que trabalha por conta própria, a se aventurar pela cidade em locais de difícil acesso. Em locais onde cães, gatos e cavalos estão isolados e muitas vezes à beira da morte. Destemido, o rapaz não teme alturas ou noites escuras. Com equipamentos, lanterna e dardos tranquilizantes, ele calcula os riscos antes de colocar para dormir os bichos em perigo.

Foi assim com a pitbull resgatada de um córrego às três horas da madrugada. "Ela estava lá fazia uns três dias, sem comer, com muito frio...", relembra. "Após o resgate descobri que estava prenha e com tumores. Nunca vou esquecer seu olhar me 'dizendo' socorro, por favor me tire daqui", conta o veterinário sobre uma das lembranças mais marcantes.  A cachorra, após tratamento, se recupera bem e aguarda adoção.

Tiago vibra a cada resgate bem-sucedido e também nas cirurgias, as quais ele diz que ama fazer, de preferência as mais complicadas. Acompanho suas postagens pelo Facebook, mesmo impresssionada com as fotos do antes e depois não deixo de querer saber detalhes. Formado em clínica médica e cirúrgica de pequenos animais, ele costuma atender além de cães e  gatos, coelhos, pássaros, chinchilas entre outros.  

O resgates são pagos e em virtude do risco, gastos com transporte e medicamentos são mais caros do que uma consulta tradicional. Mas Tiago costuma atender muitos casos voluntariamente. Sua paixão pelos animais, começou na infância quando criava até mesmo sapos e aranhas! Hoje,  depois de um dia longo de trabalho, continua perto dos bichos com seus cachorros e os papagaios adotados, Jack e Leleco. Mas em casa, onde está são e salvo.

Em caso de resgates de animais, chame o Tiago. E-mail: tiagovaz_1@hotmail.com
Confira outras histórias no Blog Papo Pet: www.bemparana.com.br/papopet

2 Comentários

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Ivonete
Que lindo........adoro essas historias maravilosas, graças a Deus que existem estes anjos pela terra.
Med. Vet. Felipe Sento Sé
O atendimento Veterinário tem que ser remunerado, se não fere o código de ética do Médico Veterinário, com exceção de alguns casos voluntários.
Nós, Médicos Veterinários também temos família e contas para pagar!
Blogs
Ver na versão Desktop