Saiba como o Imposto de Renda pode beneficiar a saúde das crianças do país

29/03/17 às 16:29 - Atualizado às 16:30 Redação Bem Paraná com assessoria
(foto: Divulgação)

Diante do cenário econômico desfavorável e do subfinanciamento na área da saúde, o Imposto de Renda (IR) faz a diferença para inúmeras entidades filantrópicas, como o Hospital Pequeno Príncipe. Poucos contribuintes sabem, mas quem faz a declaração na modalidade completa pode prever a doação de até 3% do IR devido por meio do Fundo para a Infância e Adolescência (FIA). A destinação deve ocorrer na declaração, que pode ser entregue até 28 de abril.

Apesar de todos os esforços, atualmente menos de 2% das pessoas físicas utilizam essa modalidade, ou seja, mais de R$5,59 bilhões deixam de ser direcionados para a área da saúde no Brasil. “Contamos com a sensibilidade do contribuinte, que além de cumprir a sua obrigação com o governo federal tem a oportunidade de ajudar a viabilizar as nossas atividades de assistência e pesquisa. O processo é simples e permite ao doador acompanhar como o recurso é utilizado. E para nós as doações pelo Imposto de Renda são de fundamental importância”, reforça a diretora executiva do Hospital Pequeno Príncipe, Ety Cristina Forte Carneiro.

Há mais de 97 anos, omaior hospital exclusivamente pediátrico do Brasiltrabalha em prol de crianças e adolescentes de todos os estados brasileiros. O Pequeno Príncipe, reconhecido pela excelência técnico-científica e o atendimento humanizado, realiza por ano cerca de  314 mil atendimentos ambulatoriais, 20 mil cirurgias e 23 mil internações.

Com a grave crise vivida por hospitais filantrópicos, o apoio de toda sociedade é fundamental para a manutenção dos trabalhos. Atualmente, apenas 30% do orçamento do Pequeno Príncipe é proveniente do governo, sendo que a instituição destina cerca de 70% da sua capacidade de atendimento para o Sistema Único de Saúde (SUS).

O site Doe Pequeno Príncipe (www.doepequenoprincipe.org.br) traz o passo a passo para quem deseja contribuir com a causa da saúde infantojuvenil.

 

Contribuição que salva vidas

Veja como a declaração do Imposto de Renda pode beneficiar a saúde de crianças e adolescentes de todo país:

1. DOAÇÃO

Após informar as possíveis doações realizadas em 2016 e terminar o preenchimento da sua declaração, selecione “Resumo da Declaração” e escolha a opção “Doação diretamente na declaração – ECA”. Clique em “Novo”, escolha o “Fundo Estadual do Paraná” e digite o valor calculado pelo programa da Receita Federal.

2. IMPRESSÃO

Entre na opção “Imprimir” e selecione o “DARF – Doações diretamente na declaração – ECA”

3. PAGAMENTO

Efetue o pagamento do DARF até 28 de abril de 2017.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop