Coritiba goleia em noite de estreias, lesões e polêmicas

15/05/17 às 21:53 - Atualizado às 10:19 Silvio Rauth Filho
Tomas comemora o terceiro gol do Coritiba no jogo: meia veio do JMalucelli e estreou com dois gols de falta (foto: Geraldo Bubniak)

O Coritiba venceu por 4 a 1 o Atlético-GO, nessa segunda-feira (dia 15) à noite, no Couto Pereira, pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo foi marcado pela estreia de dois reforços e por duas lesões de jogadores importantes para o Coxa. Além disso, a partida teve três decisões polêmicas da arbitragem.

A dupla que veio do JMalucelli, o meia Tomas e o atacante Getterson, estreou pelo Coritiba. Tomas marcou dois gols, ambos em cobranças de falta. Outro reforço importante, o centroavante Alecsandro (ex-Palmeiras), ficou no banco.

Tomas foi o melhor em campo. Clique aqui para ver as notas para os jogadores do Coritiba.

Durante o jogo, o Coritiba perdeu por lesão o volante Alan Santos e o meia Anderson, duas peças essenciais para a boa fase recente da equipe.

Clique aqui para ver a galeria de fotos do jogo.

ARBITRAGEM
O Coritiba reclamou de pênalti, aos 21 do 1º tempo. A bola tocou na mão do zagueiro Ricardo Silva, na área. A imagem da TV deixa claro que houve a penalidade. O árbitro ignorou.

O Atlético-GO teve um gol mal anulado, aos 36 do 1º. A imagem da TV mostra que Everaldo não estava impedido no lance.

Aos 24 do 2º, Ricardo Silva acertou uma cotovelada na nuca de Kleber Gladiador. Lance claro para expulsão, mas o árbitro mostrou apenas amarelo.

PACHEQUINHO
O técnico Pachequinho tem 14 partidas pelo Coritiba em 2017, com 9 vitórias, 2 empates e 3 derrotas.

ESCALAÇÃO
O Coritiba não tinha Rodrigo Ramos, Iago, João Paulo, Geovane e Rildo, todos em recuperação. O esquema tático foi o 4-4-2. A linha de meio-campo tinha Anderson (direita), Neto Berola (esquerda), Alan Santos (centro) e Galdezani (centro). Já aos 17 minutos de jogo, Anderson saiu lesionado. Entrou o meia Tomas. O Atlético-GO usou o 4-1-4-1, apenas com Walter (ex-Atlético-PR) no ataque.

PRIMEIRO TEMPO
Os dois times começaram sem preocupação com posse de bola e usaram muitos passes e lançamentos “verticais”, tentando colocar a bola no ataque o mais rápido possível. Foi um primeiro tempo intenso, com muita jogadas de ataque, três gols (um anulado em erro de arbitragem), um pênalti não marcado e 19 finalizações (10 do Coritiba).

O time da casa foi mais eficiente ao atacar e ainda contou com duas falhas do goleiro Klever para fazer 2 a 0. Aos 31, Henrique Almeida recebeu de Neto Berola e tocou no meio das pernas do goleiro: 1 a 0. Aos 34, Neto Berola chutou de fora da área e Klever aceitou.

O Atlético-GO levou perigo pricipalmente em jogadas dos pontas Walterson e Everaldo. O Coxa contou com a qualidade dos lançamentos de Galdezani, com boas arrancadas dos dois laterais e com movimentação inteligente da dupla de ataque.

SEGUNDO TEMPO
Aos 3 minutos do 2º, Alan Santos saiu lesionado. Entrou Jonas. Aos 11, troca de pontas: saiu Neto Berola e entrou Getterson. O Atlético-GO já havia voltado melhor para o segundo tempo e, com as trocas, o Coxa caiu de produção. Aos 17, Walter diminuiu para 2 a 1, aproveitando falha da linha de impedimento. Mas a qualidade individual pesou a favor do Coxa. Aos 20, Tomas marcou um golaço de falta: 3 a 1. O time goiano sentiu o gol e se perdeu no jogo. Aos 25, em falta de longa distância, Tomas chutou forte, a bola pegou efeito e o goleiro aceitou o frango: 4 a 1.

ESTATÍSTICAS
O Coritiba teve 61% de posse de bola, 16 finalizações (7 certas), 85% de precisão nos passes e lançamentos e 6 escanteios. O Atlético-GO somou 16 finalizações (8 certas), 77% nos passes e lançamentos e 5 escanteios. Os dados são do WhoScored.

CORITIBA 4 x 1 ATLÉTICO-GO
Coritiba: Wilson; Dodô, Walisson Maia, Werley e William Matheus; Galdezani, Alan Santos (Jonas), Anderson (Tomas) e Neto Berola (Getterson); Kleber e Henrique Almeida. Técnico: Pachequinho
Atlético-GO: Klever; Eduardo, Ricardo Silva, Roger Carvalho e Bruno Pacheco; Igor (Andrigo), Marcão, Walterson (Junior Viçosa), Jorginho (André Castro) e Everaldo; Walter. Técnico: Marcelo Cabo
Gols: Henrique Almeida (31-1º), Neto Berola (34-1º), Walter (17-2º), Tomas (20-2º e 25-2º)
Cartões amarelos: Alan Santos (C). Ricardo Silva, Marcão (A)
Árbitro: Luiz Cesar de Oliveira Magalhães (CE)
Público: 10.631 pagantes (11.173 total)
Renda: R$ 183.330
Local: Couto Pereira

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
1 – Kleber lança. Galdezani domina na meia-lua e chuta perto, sobre o gol.
4 – William Matheus cruza. Walisson Maia cabeceia fraco. Klever segura.
7 – Falta de longa distância. Galdezani chuta forte, no canto. Klever defende.
11 – Walter bate escanteio. Ricardo Silva ajeita e Igor, na cara do gol, chuta para fora.
12 – Walisson Maia lança. Kleber desvia e Henrique Almeida, na área, chuta ao lado.
14 – Walterson rouba de Walisson Maia, invade a área e chuta no canto. Wilson defende.
21 – Kleber tenta o drible. Ricardo Silva desarma com a mão, na área. O árbitro nada marca.
26 – Everaldo chuta de fora da área. Wilson segura.
31 – Gol do Coritiba. Berola toca em profundidade. Henrique Almeida recebe na área, gira e chuta no meio das pernas do goleiro.
32 – William Matheus toca para Kleber, na área. Ele chuta. A zaga bloqueia.
34 – Gol do Coritiba. Kleber rola para Berola, que chuta de fora da área. A bola toca no “morrinho” e mata o goleiro.
36 – Everaldo recebe na área, dribla Dodô e marca o gol. A arbitragem erra ao anular por impedimento.

Segundo tempo
1 – Falta na esquerda. Walter chuta direto. Wilson salva com os pés.
7 – Igor chuta forte, de fora da área. Wilson segura.
8- Everaldo invade a área e chuta cruzado. Wilson defende.
17 – Gol do Atlético-GO. Eduardo lança. A linha de impedimento falha e Walter entra livre. Ele chuta por cobertura, com estilo.
20 – Gol do Coritiba. Falta frontal. Tomas bate no ângulo. Golaço.
25 – Gol do Coritiba. Falta de longa distância. Tomas chuta forte. A bola pega efeito e mata o goleiro.
39 – Bola alta na área. Kleber tromba e a bola sobra fora para Tomas, que chuta ao lado do gol.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop