Atlético sufoca o Santos, mas perde e está fora da Libertadores

10/08/17 às 23:40 - Atualizado às 16:34 Silvio Rauth Filho
Lucho González tenta passar por Bruno Henrique, do Santos (foto: Lucas Baptista/Futura Press)

O Atlético Paranaense perdeu por 1 a 0 para o Santos, nessa quinta-feira (dia 10) à noite, na Vila Belmiro, no jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores. Na partida de ida, em Curitiba, a equipe paulista venceu por 3 a 2 e só precisava de um empate em casa para se classificar. Agora, o Santos vai enfrentar o Barcelona, do Equador, nas quartas de final.

Na partida na Vila Belmiro, o Atlético teve uma atuação "de gala". Sufocou o adversário nos 90 minutos e criou seis boas chances de gol. O Santos ficou recuado e contou com defesas milagrosas do goleiro Vanderlei. Só conseguiu a vitória em um contra-ataque esporádico, aos 32 minutos do 2º tempo.

Clique aqui para ver uma análise do desempenho individual dos jogadores do Atlético.

TÉCNICO
Esse foi o 9º jogo do Atlético desde a chegada do técnico Fabiano Gomes, agora com 3 vitórias, 2 empates e 4 derrotas.

ESCALAÇÃO
O Atlético não tinha Wanderson (suspenso) e Pavez (vetado pelo regulamento). O técnico Fabiano Soares manteve o esquema tático 4-2-3-1, com Lucho e Rossetto de volantes. Os três meias ofensivos eram Nikão (esquerda), Guilherme (centro) e Sidcley (direita). O meia Felipe Gedoz viajou a Santos, mas não ficou nem no banco de reservas. O Santos não tinha Renato, Vecchio e Vitor Bueno.

PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo teve domínio do Atlético, que marcou avançado e sufocou o adversário. O Santos sentiu a forte marcação e quase não conseguiu sair da defesa. O time paranaense criou boas jogadas com Nikão pela esquerda e Guilherme pelo centro. E teve três boas chances de gol, mas Vanderlei salvou duas delas. A terceira foi um chute de Sidcley defendido pelo zagueiro Lucas Veríssimo em cima da linha.

SEGUNDO TEMPO
O domínio atleticano continuou no segundo tempo, mas a intensidade física foi reduzindo com o passar do tempo. Aos 21, troca de centroavante: saiu Ribamar e entrou Ederson. Aos 27, Jonathan acertou a trave, ao finalizar de cabeça cruzamento de Nikão. O Santos abriu o placar no primeiro contra-ataque perigoso que conseguiu encaixar. Aos 32, Lucas Lima e Ricardo Oliveira fizeram a jogada para Bruno Henrique finalizar.

ESTATÍSTICAS
O Atlético teve 18 finalizações (11 certas), 51% de posse de bola, 12 escanteios e 93% de precisão nos passes. O Santos somou 9 finalizações (3 certas), 1 escanteio e 90% nos passes. Os dados são do Footstats.

SANTOS 1 x 0 ATLÉTICO
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Alison (Daniel Guedes), Yuri (Jean Mota) e Lucas Lima; Bruno Henrique, Copete (Thiago Ribeiro) e Ricardo Oliveira. Técnico: Levir Culpi
Atlético: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Fabrício; Lucho, Rossetto (Bruno Guimarães), Nikão, Guilherme e Sidcley (Pablo); Ribamar (Ederson). Técnico: Fabiano Soares
Gol: Bruno Henrique (32-2º)
Cartões amarelos: Guilherme (A).
Árbitro: Mauro Vigliano (Argentina)
Público: 12.360 total
Local: Vila Belmiro

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
9 – Guilherme toca para Nikão, na área. Ele chuta cruzado. Victor Ferraz desvia para escanteio.
11 – Fabrício cruza. David Braz se atrapalha e desvia para trás. Vanderlei segura.
12 – Bruno Henrique chuta de fora da área. A bola passa perto, sobre o gol.
23 – Falta na direita. Guilherme cruza. Palo André cabeceia no canto. Vanderlei espalma.
24 – Escanteio. Nikão cruza. Guilherme cabeceia. Vanderlei salva.
35 – Boa troca de passes. Guilherme recebe na meia-lua e chuta. Vanderlei segura no centro.
37 – Jonathan dribla dois e chuta. Vanderlei espalma. Sidcley pega o rebote e chuta. Veríssimo salva em cima da linha.

Segundo tempo
2 – Lucho chuta de fora da área. A bola passa perto, ao lado.
12 – Jonathan cruza. Ribamar cabeceia. Veríssimo bloqueia.
15 – Jean Mota lança. A zaga para. Veríssimo entra livre e cabeceia perto, ao lado.
25 – Lucas Lima cobra escanteio. Veríssimo cabeceia no alto. Weverton segura.
26 – Sidcley chuta de fora da área. Vanderlei espalma no cantinho.
27 – Nikão cruza. Jonathan cabeceia a bola na trave.
28 – Jonathan cruza. Ederson divide com Vanderlei, que salva com os pés.
32 – Gol do Santos. Lucas Lima puxa o contra-ataque. Ricardo Oliveira cruza rasteiro. Bruno Henrique recebe livre e toca no canto.
37 – Lucas Lima chuta de fora da área. A bola passa perto.
38 – Lucho tabela com Guilherme, fica na cara do gol e chuta para longe.
43 – Pablo cruza. Guilherme finaliza perto, ao lado.

1 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Marcos Lopes
Parabéns ao furacão.Sufocou o jogo inteiro o então todo poderoso Santos na Vila |Belmiro .Jogou como tem que jogar . Marcação alta , sem dar chances e espaço ao adversário. Falhou na única arrancada do sumido Lucas Lima , teve a chance de matar a jogada mas não fez.Perdeu inúmeros gols , mas futebol as vezes é ingrato e nem sempre vence o melhor . A Maior injustiça dos últimos tempos . Dá-lhe furacão.
Últimas de Atlético Paranaense
Grêmio 0 x 0 Atlético-PR ATUAÇÕES: Nikão e Zé Ivaldo foram…
Blogs
Ver na versão Desktop