Febre entre celebridades, dieta Dukan tem prós e contras

Método para perda de peso virou febre entre os famosos, mas há riscos

24/10/17 às 23:00 - Atualizado às 09:05
(foto: Reprodução)

Com a proximidade do verão, muitas pessoas recorrem a dietas para perder peso e reduzir as medidas. O método do momento e que tem ganhado espaço através de famosos que adotam, é a dieta Dukan. Dividida em quatro fases, ela adota 100 alimentos - 66 ricos em proteínas e 34 legumes.
Porém, antes de fazer mudanças radicais na alimentação é importante procurar um médico e se informar com um nutricionista os prós e contras dos métodos de emagrecimento difundidos. A dieta Dukan tem ganhado adeptos por conta da rápida perda de peso de 5 a 7 kg ou mais em um mês, o que é uma motivação importante. Em seguida, a perda de um quilo por semana e até 8 a 10 kg, em um mês, é uma perda de peso significativa.
Desvantagens — Os carboidratos são as principais fontes de energia do corpo, a exclusão deles como recomendado pela dieta pode promover quadros de tonturas, fraqueza e desmaios. Devido ao elevado consumo de alimentos de origem animal, como carnes e produtos lácteos a quantidade de gordura saturada e colesterol ingerida é muito elevada, o que contribui para aumentar os níveis de colesterol ruim (LDL-colesterol) e favorecer ao entupimento de vasos sanguíneos podendo acarretar em quadros de aterosclerose, e aumento do risco de infarto e AVE.
O grupo amina contido nos aminoácidos que compõem as proteínas é eliminado pelos rins. O excessivo consumo de proteínas pode ocasionar um aumento significativo na quantidade de amina a ser eliminada promovendo, consequentemente, uma sobrecarga renal. Se essa situação permanecer por longos períodos, há o risco do desenvolvimento de insuficiência renal.
O desconforto gástrico pode também ser uma queixa entre os adeptos de dietas ricas em proteínas como a Dukan. Esse desconforto pode estar relacionado ao demorado processo de digestão de proteínas e gorduras. Alimentos ricos nesses nutrientes apresentam uma digestão mais complexa o que os deixa no estômago por mais tempo, favorecendo o desconforto gástrico
Começo — A palavra chave da fase de ataque é: proteína à vontade. Criado pelo médico Pierre Dukan, essa fase oferece uma dieta rica em proteínas e pobre em gordura e carboidratos, tem a vantagem de perder peso rapidamente, mas ela pode ter uma série de deficiências e efeitos colaterais. Durante esta fase, que vai de 5 a 7 dias, apenas as proteínas puras são permitidas.

A dieta Dukan

Alimentos permitidos na primeira fase: carnes magras, presunto magro como de frango ou peru, vísceras como rins e fígado, marisco, crustáceos, moluscos e peixes, produtos lácteos como iogurte, queijo e leite e ovos.
Vegetais autorizados nas fases seguintes: Saladas de todos os tipos, tomates, rabanetes, berinjela, pepino, abobrinha, aipo, couve, cogumelos, escarola, feijão verde, espinafre, alho-poró, pimentão.
Legumes proibidos: aqueles ricos em carboidratos e/ou gordura como amidos (batatas, arroz), leguminosas (ervilhas, lentilhas), abacates, alcachofras.
A regra: há vegetais ricos em amido à vontade. Estes menus devem ser alternados com os da fase de ataque.

Perda de peso exige novos hábitos 

A fase de cruzeiro estende o tempo para obter a perda de peso desejado. Ele alterna em período de proteínas puras e um período de proteína e alguns vegetais.
Os vegetais são adicionados gradualmente. Eles podem ser comidos crus ou cozidos. O esquema permite dias alternados com alimentos e proteínas puras com proteína acompanhadas por legumes crus ou cozidos, sem restrições de quantidade.
É possível perder cerca de 4 quilos por mês durante esta fase. Esta fase prossegue até o peso desejado. Pelo menos, 1,5 litros de água devem ser ingeridos por dia durante nesta fase.
Para uma meta de perda de peso inferior a 10 kg, três dias alternados de proteína pura e 3 dias com proteína vegetais, são considerados suficientes, segundo o médico Pierre Dukan.
Já para uma meta de perda de peso superior a 10 quilos, a proteína pura deve ser alternada por 5 dias e 5 dias de proteína com legumes.
Consolidação
Essa fase é estendida por 10 dias por quilo perdido, por exemplo, quem perdeu 5 quilos deve fazer essa fase por 50 dias. Essa fase é fundamental para não recuperar os quilos perdidos e consolidar seus ganhos. Ela destina-se a evitar o efeito ioiô com uma recuperação de quilos extras. A reintrodução de alimentos proibidos deve ser feita lentamente, um alimento após o outro.
Estabilização
A fase de estabilização é a mais longa, uma vez que continua ao longo da vida e devem ajudar a estabilizar o peso. Esta é a última fase da dieta Dukan e a mais importante, pois deve permitir evitar o peso e manter um peso estável.
Ela deve se estender todo o resto de sua vida e refletir em uma dieta equilibrada. Deve-se manter um dia por semana de proteína pura, tal como a fase de ataque.
A perda de peso é muito rápida e vai determinar a duração do regime, por isso é importante ter a orientação de um nutricionista.
Uma dica é usar especiarias, ervas e outros condimentos para quebrar a monotonia das refeições. Uma mistura de queijo para molhos leves e cozinhar sem gordura, usando panelas antiaderentes.

Quem não pode adotar o método
Como qualquer dieta, a dieta Dukan tem desvantagens e pode criar deficiências. Qualquer dieta precisa do conselho do um médico ou acompanhamento de um nutricionista.
Essa dieta é contraindicada para pessoas que sofrem de colesterol elevado, problemas cardiovasculares, problema renal, pedra na vesícula e grávidas.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop