Metrô fará operação especial para desafogar estações de SP

08/02/18 às 20:44 Folhapress
DHIEGO MAIA SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Metrô prepara uma megaoperação para desafogar as linhas que levarão a maior quantidade de foliões aos polos do Carnaval paulistano. A ação prevê organizar os passageiros nas estações mais demandadas e reforçar a quantidade de seguranças e trens de sábado (10) a terça (13) -além do endurecimento contra atos de vandalismo. O pacote de medidas visa ser uma resposta aos transtornos do final de semana passado, no pré-Carnaval, quando a capital teve 187 blocos. No sábado (3), parte da linha 4-amarela, que atravessa duas regiões movimentadas no Carnaval (centro e Pinheiros, na zona oeste), precisou operar em esquema de emergência em razão de superlotação e atos de vandalismo. A operação especial vai centrar fogo nas linhas 4-amarela e 1-azul (nesta última, as estações Liberdade, São Joaquim e Paraíso devem ser as mais procuradas para os blocos da av. 23 de Maio). As duas linhas terão à disposição todos os trens que operam nos dias normais. Os acessos de entrada e saída das estações estarão separados. Também serão criados bolsões, uma espécie de área delimitada por grades, para controle do fluxo. Clodoaldo Pelissioni, secretário dos Transportes Metropolitanos da gestão Alckmin (PSDB), diz que houve conversa com prefeitura e PM para evitar repetição de problemas. Para a pasta, atos de sabotagem foram a maior causa dos atrasos --por exemplo, devido ao uso do "botão soco", para abrir as portas dos vagões em situações de risco. "Quem for pego atrapalhando a circulação dos trens e acionando os sistemas de emergência sem necessidade desta vez será detido", diz.
0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop