20º

Desocupação da fazenda da multinacional Syngenta é finalizada

Invasores terminaram de colher a safra e, com isso, deixaram a fazenda em definitivo

11/06/08 às 00:00   |  Redação Bem Paraná

Os cerca de 200 integrantes da Via Campesina que ocupavam a fazenda experimental de plantação transgênica da empresa multinacional Syngenta Seeds, no cinturão de proteção ecológica do Parque Nacional do Iguaçu, em Santa Tereza do Oeste, no Oeste do Paraná, abandonaram a área definitivamente, no final da tarde desta quarta-feira (11). Eles haviam desocupado a fazenda em outubro do ano passado, porém, ainda mantinham plantações na propriedade.

Segundo a polícia, os invasores terminaram de colher a safra e, com isso, deixaram a fazenda em definitivo. As cerca de 200 pessoas que ocupavam o local estão alojadas no Projeto de Assentamento Olga Benário, que fica ao lado da fazenda da multinacional.

A previsão é que, nesta quinta-feira (12), um oficial de justiça vá até a fazenda para fazer vistoriar da área e dar certidão de posse aos proprietários.

Com mais esta desocupação, a Secretaria da Segurança Pública do Paraná completa 210 ordens de reintegração de posse cumpridas, desde 2003. Neste período não houve mortes nas desocupações realizadas no Estado e praticamente todas foram concluídas sem o uso efetivo da força policial.
 

Publicidade
0 Comentário