Arquivo da tag: Ricardo Barros

Família Barros atribui tumulto em casamento à candidatura ao governo

16 julho, 2017 às 14:47  |  por Ivan Santos

casamento reprodução/vídeo

Em nota divulgada na tarde de sábado, o ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), atribuiu o tumulto no casamento de sua filha, deputada estadual Maria Victória (PP), na sexta-feira à noite, no largo da Ordem, em Curitiba, a “partidos e sindicatos de esquerda”, motivados pela pré-candidatura de sua esposa, a vice-governadora Cida Borghetti (PP), ao governo do Estado nas eleições de 2018. Cerca de 200 manifestantes fizeram um protesto em frente ao Palácio Garibaldi, onde aconteceu a cerimônia.

Continuar lendo

Ministro da Saúde admite deixar o cargo para votar a favor de Temer

13 julho, 2017 às 14:52  |  por Ivan Santos

Ricardo Barros

O ministro da Saúde e deputado federal licenciado paranaense, Ricardo Barros (PP), admitiu hoje deixar o cargo temporariamente para voltar à Câmara para votar contra a admissão da denúncia de corrupção passiva contra o presidente Michel Temer. “Represento o PP no ministério. Farei o que for definido pela bancada e pelo presidente”, alegou Barros, que é marido da vice-governadora Cida Borghetti (PP).

Continuar lendo

População prefere médicos cubanos a brasileiros, diz ministro da Saúde

13 março, 2017 às 14:50  |  por Ivan Santos

EDIT_Ministro_Ricardo_Barros_-_PrestUCUeo_-_RF_B74A8792

O ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), afirmou hoje na Câmara Municipal de Curitiba, que a população prefere ser atendida pelos médicos cubanos, porque eles demonstram mais disposição para o trabalho do que os médicos brasileiros. A declaração foi dada durante participação de Barros em sessão da Câmara para prestar contas de sua atuação na Pasta, a convite da vereadora Maria Manfron (PP).

Continuar lendo

Padilha diz que Barros virou ministro em troca de votos no Congresso

14 fevereiro, 2017 às 16:47  |  por Ivan Santos

Ricardo Barros

A Coluna do Estadão de hoje revela que o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, admitiu em palestra na Caixa Econômica Federal, que o deputado federal paranaense Ricardo Barros (PP) foi nomeado ministro da Saúde em troca dos votos do PP no Congresso. Na palestra, Padilha aponta que inicialmente a intenção do presidente Michel Temer (PMDB) era nomear um “notável” para o Posto – ou seja, alguém com reconhecida experiência na área. Mas que diante da necessidade de garantir apoio para as reformas no Congresso, acabou cedendo às indicações dos partidos, mesmo quando o indicado não tinha esse perfil.

Continuar lendo

Ministro diz que homens vão menos ao médico por trabalharem mais

11 agosto, 2016 às 15:03  |  por Ivan Santos

ricardo barros

O ministro da Saúde, deputado federal paranaense Ricardo Barros (PP) voltou a causar polêmica hoje, ao afirmar que os homens procuram menos o atendimento de saúde porque “trabalham mais do que as mulheres e são os provedores” das famílias brasileiras. A declaração foi dada durante o lançamento do guia “Pré-Natal do Parceiro”, que pretende incentivar os homens a fazerem exames de prevenção ao acompanhar as mulheres aos postos de atendimento durante a gravidez.

Continuar lendo

PP de Barros quer apoio do PSDB de Richa para Maria Victória em Curitiba

11 julho, 2016 às 16:23  |  por Ivan Santos

Ricardo Barros

O PP do ministro da Saúde Ricardo Barros está tentando atrair o apoio do PSDB do governador Beto Richa para a pré-candidatura da deputada estadual Maria Victória à prefeitura de Curitiba. Os tucanos ensaiam lançar o deputado federal Paulo Martins, mas não descartam apoiar um nome de outro partido aliado.

“Nos interessa o apoio do PSDB. Já vamos estar juntos em 2018. Poderíamos antecipar”, alega Barros, pai de Maria Victória e marido da vice-governadora Cida Borghetti (PP). O raciocínio do ministro leva em conta a possibilidade de Richa deixar o governo em abril de 2018 para disputar uma cadeira no Senado. Nesse cenário, Cida Borghetti assumiria o governo e disputaria a reeleição tendo o tucano como companheiro de chapa.

Veritá teria ligações com o clã Barros

8 julho, 2016 às 12:02  |  por Ivan Santos

Ricardo Barros

Adversários de Maria Vitória (PP) na disputa pela Prefeitura de Curitiba encontraram as digitais de seu pai, o ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), na pesquisa do Instituto Veritá sobre a eleição para prefeito de Curitiba, que está registrada no TRE/PR e deve ser divulgada no início da próxima semana.

O raciocínio é simples: o mesmo instituto acaba de registrar uma pesquisa em Maringá, onde Silvio Barros (PP), irmão do ministro é candidatíssimo a prefeito. Assim como em Curitiba, o registro da pesquisa de Maringá aponta o próprio Instituto Veritá como contratante.

Os adversários da família Barros apostam que é uma manobra para esconder o verdadeiro contratante.

Ministro recua e descarta rever “tamanho” do SUS e acesso à saúde

17 maio, 2016 às 16:31  |  por Ivan Santos

Ricardo Barros

O ministro da Saúde, deputado federal paranaense Ricardo Barros (PP) recuou hoje de declarações dadas ao jornal Folha de São Paulo segundo as quais o País não teria condições financeiras de garantir o direito de acesso universal à saúde pública a todos, como previsto na Constituição Federal de 1988, que criou o Sistema Único de Saúde. “Nós não vamos conseguir sustentar o nível de direitos que a Constituição determina. Em um determinado momento, vamos ter que repactuar, como aconteceu na Grécia, que cortou as aposentadorias, e outros países que tiveram que repactuar as obrigações do Estado porque ele não tinha mais capacidade de sustentá-las. Não adianta lutar por direitos que não poderão ser entregues pelo Estado. Temos que chegar ao ponto do equilíbrio entre o que o Estado tem condições de suprir e o que o cidadão tem direito de receber”, afirmou Barros na entrevista.

Diante da repercussão das afirmações, Barros divulgou hoje nota através da assessoria do ministério, garantindo ter “compromisso com o direito de acesso à saúde pública e a continuidade do Sistema Único de Saúde (SUS)”. “O SUS é uma cláusula da constituição, um direito garantido, que prevê saúde universal, para toda a população”, afirmou. “Eu não tenho nenhuma pretensão de redimensionar o SUS. O que nós precisamos é capacidade de financiamento para atender suas demandas. Agora, só conseguiremos isso, espaço fiscal para a saúde, se nós conseguirmos repactuar os gastos que estão sendo excessivos na previdência”, alegou o ministro.

Segundo ele, a previdência consome 50% da arrecadação federal, comprometendo as demais áreas sociais. Barros alegou ainda “que esse foi o conteúdo da entrevista concedida à imprensa, embora o título da matéria publicada nesta terça-feira não reflete as suas declarações”.

Contra impeachment, deputado Ricardo Barros pode virar ministro da Saúde

30 março, 2016 às 14:53  |  por Ivan Santos

Ricardo Barros

Reportagem do Uol de hoje aponta que na tentativa de atrair apoio contra o impeachment, após a saída do PMDB do governo, a presidente Dilma Rousseff estaria negociando conceder mais cargos para o PP. E nessa negociação, o deputado federal paranaense Ricardo Barros pode virar ministro da Saúde. A articulação incluiria a troca do ministro na Integração Nacional, já comandada pelo partido. O PP tem a quarta maior bancada da Câmara dos Deputados, com 49 parlamentares.

Segundo a Folha/Uol, o deputado Cacá Leão (PP-BA) seria o novo ministro da Integração Nacional no lugar de Gilberto Occhi, que assumiria a presidência de alguma estatal ou autarquia federal.

Barros assumiria a Saúde – que tem um dos maiores orçamentos entre os ministérios – no lugar do deputado federal Marcelo Castro (PMDB/PI), que ficou em situação difícil após a decisão do PMDB de deixar o governo.

A bancada do PP está reunida nesta quarta-feira para discutir o assunto, sob o comando do presidente do partido, Ciro Nogueira (PI). Ciro teria sido procurado pelo ex-presidente Lula para tentar segurar o partido na base aliada.

O PP decidiu adiar a decisão sobre um eventual desembarque ou não do governo para os dias 11 e 12 de abril, próximo da decisão final da comissão especial do impeachment.