Arquivos da categoria: cases

20.ª Educar Educador encerra com público superior a 12 mil pessoas e 50% de espaço já reservados para a próxima edição

27 maio, 2013 às 18:08  |  por Brisa Teixeira

Mais uma vez, a Educar Educador, em sua 20a edição, superou as expectativas. Realizada de 22 a 25 de maio, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, o evento reuniu mais de 12 mil pessoas, entre feira e congressos, na maior atualização de conteúdo, produtos e serviços de educação da América Latina.

Com 150 palestrantes do Brasil e do exterior, a programação contou com renomados especialistas em educação – grande parte formada por mestres, doutores e pós-doutores em educação –, que apresentaram diversas vertentes dentro do tema “Educação 3.0 – A Escola do Futuro Chegou?”. Já a Feira Educar, que acontece em paralelo aos Congressos, apresentou mais de 200 expositores, cobrindo uma ampla oferta de produtos e serviços para o segmento educacional.

Além do excelente feedback dos participantes dos Congressos, o sucesso do evento também se reflete na negociação antecipada dos espaços da feira para 2014, com pedido de reserva superior a 55% dos stands já realizados.

Em 2014, o evento, que já tem grande representatividade internacional pela presença dos pavilhões Alemão, Coreano e Chinês, ganha outra dimensão, com a aquisição da Educar Educador pela i2iEvents Group, uma das principais organizadoras de feiras de negócios e eventos de grande escala mundial, integrante da Top Right Group.

A i2i é organizadora da Bett Show, maior evento de educação tecnológica da Europa, realizada anualmente em Londres (Inglaterra) e a partir de 2014 passará a integrar o evento brasileiro, como Educar Educador Bett.

Segundo Marcos Melo, diretor da Futuro Eventos, que permanece na gestão e organização da Educar Educador Bett, o planejamento da 20ª Educar/Educador 2013 foi feito sem pensar na aquisição pela i2i Events Group, o que se concretizou apenas no início do mês de maio. “Percebemos, sim, um grande entusiasmo por parte de todos os envolvidos, palestrantes e expositores do evento. Sentimos uma perspectiva diferenciada, onde todos estão impulsionados para algo ainda mais positivo em 2014”, destacou Melo, apontando que os números anunciados no início da Educar Educador 2013 foram atingidos.

O diretor da Futuro Eventos relatou ainda algumas melhorias e ampliações que o evento terá no próximo ano. Mantendo o objetivo de fazer com que a Educar Educador seja uma referência nacional para a educação brasileira no mês de maio, Marcos Melo afirma que certamente haverá uma participação internacional ainda mais forte, com a vinda de muitas empresas do exterior, até mesmo trazidas pela própria i2i, que já responde pelo evento. “Seremos ainda maior e esperamos que autoridades do Brasil venham visitar a Educar Educador Bett, o que hoje fazem de uma forma muito rara”.

Há que se destacar, no entanto, a satisfatória participação de secretários de educação municipais em 2013, com a presença de mais de 300 representantes de diversas cidades brasileiras. “Em 2014, a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação/SP (UNDIME-SP) vai fixar um evento oficial dentro da Educar Educador Bett, assim como o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). O SESI/SENAI também estará com um stand muito grande, fazendo que o nosso evento PROFITEC (Educação Profissional e Tecnológica) fique ainda mais forte. A Bett, por sua vez, vai trazer muita gente de fora, sobretudo na área de tecnologia, o que reforçará a participação de palestrantes internacionais”.

A edição 2014 da Educar Educador Bett será realizada de 21 a 24 de maio, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo (SP).

Informações: Assessoria de Imprensa da Educar - Baruco Comunicação Estratégica

Aplicativo que propõe critérios para avaliar qualidade de ensino vence concurso do Inep

17 abril, 2013 às 12:05  |  por Brisa Teixeira

Imagine um aplicativo capaz de gerar um indicador de qualidade ‘inteligente’ de uma determinada escola que pode ser comparado com as médias municipal, estadual e do país. Esse aplicativo existe, leva o nome de Escola que Queremos  e foi criado por um grupo de cinco pessoas. O aplicativo foi o vencedor do primeiro Hackathon uma parceria entre o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e a Fundação Lemann.

16 critérios disponíveis que precisam ser selecionados pelos usuários para que uma nota seja gerada. A qualidade da merenda, presença de biblioteca, as condições de trabalho dos professores, ou o fato de a escola ter ou não conselho de classe, por exemplo, podem ser usados para chegar neste índice chamado pelos inventores de ‘Ideb personalizado.’ 

Ao todo, 30 jovens foram selecionados em todo o Brasil para participar de uma maratona para desenvolver aplicativos, sites, softwares ou mesmo propostas para a divulgação dos dados da Prova Brasil e do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb). O desafio dos jovens era tornar os dados do Inep acessíveis à população.

Em segundo lugar, ficou o projeto Portal de Acessibilidade de Dados da Educação Básica e, em terceiro, o Busca Escola . Deste, é possível ter acesso a um protótipo. O programa permite a busca da melhor escola no caminho entre a casa e o trabalho.

Para desenvolver os programas, as equipes vencedoras receberam, de acordo com a classificação, R$ 5 mil (o primeiro lugar), R$ 3 mil (o segundo lugar) e R$ 2 mil (o terceiro lugar). Segundo os organizadores, assim que estiverem prontos para uso, os programas serão oferecidos aos interessados.

Fonte: informações da Agência Brasil e G1
Foto: reprodução

Isadora Faber, autora da fan page Diário de Classe, será um dos destaques da 20.ª Feira Educar

16 fevereiro, 2013 às 11:00  |  por Brisa Teixeira

A estudante de Santa Catarina, Isadora Faber, ficou nacionalmente conhecida com a sua página no Facebook Diário de Classe, criada em 2012 e que conta hoje com 552 mil curtidas, sem contar as centenas de comentários em cada post que publica. Tamanho foi o sucesso que nos últimos meses ela vem sendo convidada para dar palestras em todo o Brasil.

Dia 24 de maio, às 11h, ela estará no maior evento de Educação da América Latina, na 20.ª edição da Feira Educar,  quando fará parte da mesa de debates “Como é Possível Estabelecer Uma Interface Criativa e Construtiva Entre a Escola e as Redes Sociais?”. Isadora, de apenas 13 anos, participará desta mesa  ao lado de ilustres educadores, entre eles, Isabel Parolin, Cristina Sleiman, Marcos Meier, Thiago Chaer, Mel Faber (mãe de Isadora) e Antônio Simão Neto (mediador).

Quer conhecer um pouco mais sobre Isadora? A jornalista Patrícia Melo, da Presença – Comunicação Educacional, fez uma entrevista com a estudante publicada no site da Futuro Eventos, onde Isadora fala sobre a importância da Gestão Escolar e o envolvimento de todos os responsáveis neste processo, inclusive os alunos e suas famílias. Vale a pena a leitura!

Sereia ou Baleia?

6 novembro, 2012 às 21:39  |  por Brisa Teixeira

Hoje na Fan Page “Queridos & Idas” curti um post meio auto ajuda, mas que mostrou como uma academia se deu mal na sua publicidade pré-verão. Após ler em um outdoor “Neste verão, qual você vai ser? Sereia ou Baleia?” Uma mulher indignada enviou a eles a sua resposta e distribuiu o seguinte email:

“Ontem vi um outdoor com a foto de uma moça escultural de biquini e a frase: Neste verão, qual você vai ser? Sereia ou Baleia?

Respondo:
Baleias estão sempre cercadas de amigos. Baleias tem vida sexual ativa, engravidam e tem filhotinhos lindos. Baleias amamentam. Baleias andam por ai cortando os mares e conhecendo lugares legais como a Antártida e os recifes de coral da Polinésia.
Baleias tem amigos golfinhos. Baleias comem camarão à beça. Baleias esguicham água e brincam mto. Baleias cantam mto bem. Baleias são enormes e quase não tem predadores naturais.
Baleias são bem resolvidas, lindas e amadas.
Sereias não existem…
Se existissem viveriam em crise existencial: Sou um peixe ou um ser humano? Não tem filhos, pois matam os homens que se encantam com sua beleza.
São lindas, mas tristes, e sempre solitárias…
Querida academia, prefiro ser baleia!”

(A referida academia retirou o outdoor na mesma semana!)

O post já recebeu 124 compartilhamentos. Quem é que não se identifica ou ficou indignado como a mulher com uma publicidade daquela. Hoje em dia o feedback é rápido e é preciso respeitar o consumidor.

Estácio inova mais uma vez ao lançar o Didátic@, aplicativo para tablets

17 outubro, 2012 às 11:23  |  por Brisa Teixeira

Depois de se consolidar como instituição de ensino superior que valoriza e disponibiliza o uso dos tablets entre professores e alunos, a Estácio inova mais uma vez ao lançar a Didátic@, uma ferramenta de ensino inovadora que passa a ser disponibilizada para os alunos nos próximos dias e que levará as relações acadêmicas para o meio digital por meio de uma rede exclusiva de compartilhamento do estudo pessoal. O projeto da Didáti@ foi desenvolvido em parceria com o Instituto Eldorado, de Campinas(SP), e recebeu um investimento de R$ 1 milhão.

O principal objetivo  é trazer mais dinâmica e eficiência ao estudo. Os conteúdos acadêmicos serão compartilhados entre milhares de alunos e professores da universidade em todo o país. Uma vez na rede, esse material poderá ser enriquecido por todos os outros estudantes da rede com comentários, inserção de notas multicoloridas, links, vídeos, marcação de página e de texto, entre outras funcionalidades. Para os alunos que quiserem disponibilizar o material apenas para um grupo, haverá o ícone “cola”, que restringirá o acesso ao conteúdo.

A Didátic@ foi lançada oficialmente no último dia 4, no Rio de Janeiro, em um evento com a presença de cerca de 300 convidados, entre professores, colaboradores e alunos da Estácio, além de investidores e jornalistas de todo o Brasil. Entre os convidados estava o economista e professor Eduardo Giannetti, que falou sobre os desafios da educação no século 21 e a importância da capacidade de inovação das instituições de ensino nesta realidade. “Vivemos um momento muito especial da economia brasileira, quando a sociedade se propõe a investir mais em educação. A Didátic@ é uma mudança na postura passiva da educação, ao estimular o aluno a pensar por conta própria e em rede. Esse é um passo que será fundamental na construção de uma sociedade próspera”, destacou o economista.

 

Inclusão: programa de banda larga gratuita chega a 63 mil escolas

10 outubro, 2012 às 15:46  |  por Brisa Teixeira

Fonte foto: site Nordeste Vinteum

O acesso à internet vem tomando conta das mais de 63 mil escolas públicas de ensino Fundamental e Médio. Por meio do Programa Banda Larga nas Escolas, de janeiro a agosto, desde ano, o programa recebeu mais de 17 novas instituições por dia. O levantamento é da  Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil).

Para surpresa das concessionárias de telefonia fixa a meta foi ultrapassada. A expectativa era conectar 55 mil instituições de ensino, e a previsão hoje é que este número chegará a 70 mil escolas. Do total de escolas conectadas, 37.773 são instituições municipais, 25.363 são estaduais e 258 federais. A velocidade da banda larga, nestas instituições varia de 2 megabits por segundo (Mbps) a 10 Mbps.

Notícias como essas mostram um grande passo à democratização da informação e a inclusão daqueles que por falta de condições não teriam de outra maneira acesso à tecnologia, fator esse que deve ser colocado como política pública nos quatro cantos do Brasil.

Navegação das crianças na internet. De quem é a responsabilidade?

4 outubro, 2012 às 08:17  |  por Brisa Teixeira

Shutterstock

Esta semana saiu uma pesquisa do estudo TIC Kids onde revela que 68% das crianças e adolescentes (entre 9 e 16 anos) usam redes sociais no Brasil. Desse percentual, 53% acessam as redes diariamente ou quase todos os dias. Já outro levantamento do CGI (Comitê Gestor da Internet no Brasil), onde foram ouvidos  1.580 pais e 1.580 crianças e adolescentes, concluiu que 61% das famílias esperam que a educação sobre a internet ocorra na escola. Para 57%, essa tarefa cabe também aos meios de comunicação e, para 30%, ao governo. Os parentes e amigos aparecem apenas em quarto lugar, com 29% das respostas

Os dados são bem preocupantes e fica a pergunta: de quem é a responsabilidade, afinal? Jogar mais essa responsabilidade para a escola é pensar que a escola pode tudo e que os pais podem ficar tranquilos que tem uma instituição que está cuidando do que seu filho está vendo na internet e redes sociais.

A pesquisa do CGI revelou que 14% das crianças entrevistadas  já tiveram contato com mensagens de ódio e 9% leram sobre experiências com drogas na web.

Será que os pais não deveriam dialogar mais com os filhos e acompanhar o que eles estão vendo nas redes sociais e nas páginas que costumam visitar? A oportunidade de diálogo está aberta, falta apenas quebrar essa barreira. Falta consciência dois pais neste assunto, que pelo jeito não imaginam os riscos em que seus filhos estão expostos.

Os virais que estão fazendo história no mundo corporativo

4 setembro, 2012 às 09:50  |  por Brisa Teixeira

Reprodução Info Exame

Faz um viral para mim? Tem cliente que pede isso e acha que é fácil. Criar um viral não é assim de um dia para outro. Exige muita criatividade e correr riscos. Disponibilizo aqui no blog um post da Info Exame, sobre os 5 virais empresariais que sacudiram a internet. Alguns causaram bastante polêmica e até processos, mas todos deram bons resultados de fortalecimento da marca.

A do Eduardo e Mônica tive uma aula em um curso na ESPM, em SP, com o criador da ideia. Muito bom!

Vale a pena ver cada um para não ficar por fora do que rolou de viral por aí.
http://info.abril.com.br/noticias/internet/5-virais-empresariais-que-sacudiram-a-internet-02092012-1.shl

Expoente faz campanha no Facebook para comemorar o Dia do Estudante

16 agosto, 2012 às 18:44  |  por Brisa Teixeira

Paula Brazz Dotto Alves, aluna do 2.º ano do Ensino Médio, foi a vencedora do concurso.

Dia 11 de agosto foi comemorado o Dia do Estudante e para não deixar a data passar em branco, o Colégio realizou uma ação para movimentar a sua página no Facebook. A campanha foi focada na criação de frases criativas, contendo as palavras “estudante” e “Expoente”, com a intenção de promover a marca Expoente, provocar entusiasmo entre os alunos e mudar um pouco a rotina da escola.

Participaram alunos da Educação Infantil ao Ensino Médio. As 10 melhores frases foram postadas no Facebook e a partir daí os internautas passaram a curtir as de sua preferência, uma vez que as três mais curtidas receberiam prêmios. Os alunos criadores das frases finalistas fizeram uma enorme mobilização junto aos familiares e amigos, garantindo, ao final da votação, que durou 3 dias, mais de 1.000 curtições, 180 compartilhamentos e 130 novos amigos.

O primeiro lugar recebeu R$300 reais para gastar em roupas na Back Wash e R$200, na Casa do Zé, famosa casa de espetos, em Curitiba. O segundo lugar recebeu R$200 em compras na Back Wash e R$100 na Casa do Zé e o terceiro colocado recebeu R$100 da Back Wash e mais R$100 da Casa do Zé.

A aluna Paula Brazz Dotto Alves, do 2.º ano do Ensino Médio, que ficou com o primeiro lugar confessa que não imaginava que seria a grande premiada. Assim que sua frase foi selecionada, no mesmo dia pediu para 200 amigos da sua rede de relacionamento no Facebook para curtir a sua frase.  Paula teve 282 amigos que curtiram a frase “Sendo um estudante Expoente, temos o orgulho de sair na frente”.

O concurso foi um sucesso, com repercussão positiva nas redes sociais e nos próprios colégios, entre toda a comunidade escolar. Os inúmeros participantes compartilharam a alegria de comemorar o Dia do Estudante de maneira diferenciada, e o Expoente promoveu a marca junto ao seu principal público. Além dos prêmios para os 3 primeiros lugares, todos os que participaram enviando as suas frases concorreram a um par de ingressos do Cinemark.

Compartilhe solidaridade

23 julho, 2012 às 15:50  |  por Brisa Teixeira

Como faço para que um número grande de fãs curta a minha página? Nem sempre essa pergunta é fácil de responder e todos querem saber essa fórmula mágica. Fazer marketing – seja on line ou off line – quando se tem din din para investir, tudo fica mais fácil.

A Plaenge vem mostrando que sabe fazer campanha com as redes sociais para aumentar o seu número de fãs e ainda ganhar pontos como empresa solidária. A construtora doará para o Hospital Pequeno Príncipe R$ 1,00 por pessoa que curtir a página da Plaenge no Facebook durante a campanha. No início da campanha a página da Plaenge no Facebook possuía 12.827 fãs. Os créditos para doação serão contados a partir deste número e terá um limite de 5 mil “curtidas”. Hoje (23/07, às 15h40),  já são 15.086. O valor arrecadado será destinado integralmente para manutenção e reformas do Hospital.

O Pequeno Príncipe é uma associação hospitalar voltada para o atendimento de crianças e adolescentes na cidade de Curitiba. O Hospital é considerado o maior no segmento pediátrico do Brasil e 70% de sua capacidade é destinada ao SUS. Realiza cerca de 17 mil cirurgias, 340 mil atendimentos ambulatoriais e 24 mil internações ao ano.

Ficou interessado em curtir a página da Plaenge no Facebook para ajudar o Pequeno Príncipe e ainda apoiar a campanha? Acesse o link https://www.facebook.com/plaenge

Por uma melhor Wikipédia

11 julho, 2012 às 09:58  |  por Brisa Teixeira

 

No meio escolar, muitos alunos são proibidos e alertados para não realizarem trabalhos com base na Wikipédia. Afinal, a pergunta que não quer calar permanece: como é possível que uma enciclopédia escrita e editada por leigos voluntários funcione? Para os estudiosos, não dá para confiar 100% em nenhuma fonte de pesquisa. Em 2005, a revista Nature fez uma comparação entre 42 artigos da enciclopédia virtual e da tradicionalíssima Britannica. Identificou 162 erros na Wikipédia e 123 na Britannica.

Para uma melhor qualidade do seu conteúdo, a Wikipédia está fazendo uma chamada pública aos professores universitários para que eles ajudem a melhorar os verbetes em língua portuguesa. A ideia é que os docentes, juntamente com os alunos, pesquisem, aprimorem e até criem novos temas e assuntos para incrementar a enciclopédia que é de uso público.

A iniciativa faz parte do projeto Wikipédia na Universidade, que está aproximando a enciclopédia de universidades pelo mundo. Professores das áreas de física, história, políticas públicas e ciências sociais estão desenvolvendo atividades para melhorar verbetes ligados a disciplinas como política cultural, antiguidade clássica ou até mesmo eletromagnetismo. Para participar, os professores brasileiros precisam enviar, até 22 de julho, planos de aula que contemplem atividades com os alunos para elaboração dessas melhorias.

Adaptado de: Portal Porvir 05/07/2012 e http://super.abril.com.br/superarquivo/2007/conteudo_545649.shtml

Claro cria fan page exclusiva para a sua ação de marketing na Meia Maratona

27 junho, 2012 às 00:19  |  por Brisa Teixeira

A Claro, empresa de telefonia móvel, criou uma ação de marketing que agradou os participantes da Meia Maratona de Curitiba, que aconteceu no último domingo, 22. No Museu do Olho, local da chegada, o atleta, que teve disposição para enfrentar uma fila grande, posou para a foto registrando o tempo exato da corrida que acabou de fazer.

Uma página no Facebook https://www.facebook.com/ClaroMaratona foi criada especialmente para agrupar todas essas fotos. Alguns reclamaram que não acharam a sua, mas a maioria encontrou, curtiu, compartilhou e, alguns como eu, também usaram a foto para a imagem de capa na Linha do Tempo.

Segundo dados do site da Promoview, a  Corrida de Rua é um dos esportes que mais cresce no País. No Brasil, são mais de 600 provas durante o ano, que resultam em um investimento total estimado em 50 milhões de reais. Em Curitiba (PR), mais de 65 eventos foram programados para 2012, com expectativa de um total 115 mil participantes oficialmente inscritos.

Além da Claro, outras empresas apostaram neste nicho de mercado, na Meia Maratona. Entre elas, a Copel, que assinou o evento como patrocinador máster, além de outras importantes marcas como Unimed Curitiba, Ford, Ouro Fino, Rossi e Ademilar.

 

 

É hoje! 3.º Simpósio Sul Brasileiro de Marketing Digital

26 junho, 2012 às 15:17  |  por Brisa Teixeira

Com o tema “Os novos rumos do e-commerce e do marketing digital” acontece  hoje, 26/06, no Auditório da Direto Business School (Rua Itupava, 985 – Colégio Positivo – Jd. Ambiental), o 3º Simpósio Sul Brasileiro de Marketing Digital. O objetivo do evento é apresentar aos participantes novas tecnologias e estratégias que estão sendo utilizadas com sucesso por empresas que atuam na web. Os temas serão abordados de forma clara e prática, com apresentação de exemplos e com a possibilidade da interação dos participantes. As inscrições são gratuitas. Para saber mais informações, acesse: www.gestordemarketing.com/simposio

Programa do 3º Simpósio Sul Brasileiro de Marketing Digital:

19:00 às 19:10 – Abertura do evento com Fabrício Pupo, Diretor da Direto Business School

19:10 às 19:50 – “Os novos rumos do e-commerce e do marketing digital” - Palestra com Olimpio Araujo Junior

19:50 às 20:30 – “O futuro da WEB: Como desenvolver um site com as mais modernas ferramentas do mercado” - Palestra com Luciano Augusto da Silva

20:30 às 21:10 – “Cases de sucesso em Marketing Digital” - Palestra com Rodrigo Turra

21:10 as 21:50 – “O uso do audio-marketing em estratégias de marketing digital” - Palestra com Jorge Cury Neto

21:50 – Abertura para perguntas e participação do público


19 junho, 2012 às 16:46  |  por Brisa Teixeira

Permitir ou proibir o uso das redes sociais nas empresas? O livro Mídias Sociais nas Empresas, Editora Évora, mostra como as tecnologias atuais, tais como redes wikis, blogues e sites de redes sociais, estão definitivamente mudando a forma como nós construímos relacionamentos profissionais e trabalhamos colaborativamente.

Três especialistas em desenvolvimento organizacional, todos executivos da Oracle, farão você mudar de ideia se a sua opinião é proibir o uso das redes nas empresas. A obra traz um novo cenário do desenvolvimento organizacional, apresentando recomendações com resultados comprovados  para a construção de equipes, aceleração da aprendizagem e  promoção da inovação por meio da adoção de ferramentas de redes sociais. Além de mostrar também como aproveitar o poder das redes sociais para melhorar o desempenho organizacional.

Estudos de caso como a das empresas Oracle, Intel, IBM, Cisco, Nokia demonstram no livro como as mídias sociais  ajudarão as organizações a prosperar nos próximos anos. O livro pode ser comprado via internet no link http://www.editoraevora.com.br/livro/midias-sociais-nas-empresas.aspx

Inscrição do Prêmio Fundação Telefônica de Inovação Educativa é prorrogada

25 maio, 2012 às 07:55  |  por Brisa Teixeira

Educadores, continuam abertas as inscrições para o Prêmio Fundação Telefônica  de Inovação Educativa 2012! O prazo foi prorrogado para o dia 3 de junho. Esta é uma ótima oportunidade de troca de experiências e reconhecimento profissional.

O tema principal do prêmio é o uso da tecnologia dentro da sala de aula com os estudantes. Os professores vencedores serão presenteados com acessórios tecnológicos, que irão contribuir com a inovação no processo ensino-aprendizagem.

Serão aceitos trabalhos que tenham, ao menos, parte de sua realização feita entre abril de 2011 e abril de 2012, em três categorias divididas por faixa etária: alunos entre 3 e 8 anos; entre 9 e 14 anos e entre 15 e 17 anos de idade.

Ao todo, 39 trabalhos serão premiados. A premiação dos primeiros colocados acontece em Lima (Peru) no mês de novembro de 2012 durante oVII Encontro Internacional de Educação.

Fonte: informações adaptadas do site da  Fundação Telefônica