Marianna Camargo

Bazar da Aldeia amplia circulação da arte em seu site

Obra Santa Tereza, Paul Garfunkel (1958). Acervo pessoal.

O Bazar da Aldeia, espaço de valorização da cultura e da arte, oferece em sua plataforma virtual obras de artistas como Paul Garfunkel, Foca Cruz, Denise Roman e Karlos Rischbieter, produzidas nas mais diversas técnicas, entre gravuras, pinturas, desenhos, impressões fineart, entre outras.

Um dos diferenciais do Bazar da Aldeia é a venda de obras de acervos pessoais, que estão disponíveis em peças únicas ou em tiragens limitadas, em um trabalho de curadoria que disponibiliza ao público o melhor da produção autoral de Curitiba, e incentiva a economia criativa. 

Este ano, por conta da pandemia, o Bazar da Aldeia, evento que acontece desde 2010, tornou-se um e-commerce. Por meio desta plataforma, reuniu mais de 50 expositores que desenvolvem produtos autorais com arte e sustentabilidade, desta vez de forma online e permanente.

 

Novos acervos

Não são somente os artistas que podem disponibilizar seus acervos para venda. Os apreciadores e colecionadores de arte também têm esta oportunidade, desde que as obras passem pela curadoria do site.

 

“Essa é uma forma de fazer a arte circular e até de renovar coleções. Por exemplo, uma pessoa que não tem espaço para mais obras de arte nas paredes de sua sala, pode ter a possibilidade de colocar algumas para venda e adquirir novas para sua coleção”, explica Ivana Cassuli, criadora do evento Bazar da Aldeia, que ao lado do empresário Gerson Perelló criaram o e-commerce.

 

Obra "Os quatro filhos de um casal de artistas", Denise Roman. Acervo pessoal.

Serviço: 

Bazar da Aldeia
Site: www.bazardaaldeia.com.br.

Redes sociais: @bazardaaldeia, @festivaldaaldeia, www.facebook.com/iviscassuli