• 14/11/2018

    Uma história que começa pelo meio

    A Editora Positivo lança, em novembro, "Uma história pelo meio", obra infantil de uma das maiores escritoras contemporâneas brasileiras, Elvira Vigna. Publicado pela primeira vez em 1982, o texto ganha ilustrações de Raquel Matsushita, que usa três técnicas diferentes para diferenciar as narrativas que a história propõe.

    "Uma história pelo meio" já começa pelo meio - afinal, como lembra a autora, ninguém sabe como as coisas começaram. Deixando de lado o começo, ela dá início a uma história que se desdobra em três, interligadas entre si, nas quais os personagens se entrelaçam de maneira livre. Uma história entra na outra e o narrador transita entre as narrativas.

    O livro começa e termina com páginas em branco, que também aparecem no meio da leitura e instigam o leitor a criar sua própria história, dando um novo começo ou até mesmo um novo fim para a narrativa. O texto provocativo transita entre o real e o imaginário e a costura de histórias nos atenta para questões da natureza, como o comércio ilegal de aves e como isso afeta não apenas o meio ambiente, mas toda uma cadeia alimentar, que traz consequências para diversas outras áreas.

    De acordo com a coordenadora editorial da Editora Positivo, Cristiane Matheus, o livro é indicado para ser intermediado por um adulto a crianças em processo de alfabetização, de forma que haja uma interação entre eles, uma troca rica de impressões, de começos e fins para a narrativa. "Da mesma forma, a obra também é indicada para crianças maiores, que podem viajar no enredo criado não só pela autora, mas por si própria, imaginando inúmeros desfechos e relacionando cada narrativa à sua própria realidade", ressalta.

    A ilustração de Raquel Matsushita é uma história à parte. Ela não adota o ponto de vista da protagonista que, aliás, nem aparece em seus desenhos. Para a narrativa principal, foram combinados desenhos de clipart com objetos reais, como madeira, folhas, sementes, lápis, ovo, palha, arame, quadro de bicicleta, etc. "O conceito dessa colagem foi representar o real, com uma certa dose de irreverência, que é uma das características desse texto da Elvira. Por exemplo, para representar uma árvore, escolhi a madeira das caixas de frutas da feira e lápis. Ao utilizar objetos que um dia foram realmente árvore e se transformaram em outra coisa, abordei a noção do tempo (passado e futuro), que se entrelaçam no hoje, que é o presente da leitura", conta Raquel. Os objetos foram montados numa prancha e clicados pelo fotógrafo Daniel Monteiro, com paleta de cor fiel à realidade e cores equilibradas.

    Na segunda narrativa, as imagens foram desenhadas com carimbo, uso de texturas, num estilo que se distancia da realidade, com proporções e traços livres. A paleta de cor é intensa, com cores saturadas em alto contraste. Já na terceira narrativa, as ilustrações são vetoriais, com uma linguagem gráfica, sem texturas, com o uso de cores chapadas. Nesse estilo, a paleta de cor é reduzida e fria. "No decorrer da narrativa, o desenho transita de uma técnica à outra, na mesma página, para acompanhar o entrelaçamento das histórias", ressalta a ilustradora.

    O lançamento da obra acontece no dia 29 de novembro, às 19h30, na A Casa Tombada, em São Paulo. O evento conta com uma conversa aberta com Cristiane Matheus e Raquel Matsushita sobre a construção do livro.

     

  • 01/11/2018

    Alexiev Gandman, conhecido pelo Art Attack, lança livro neste sábado

    Diretamente de Buenos Aires, o autor e ilustrador Alexiev Gandman vem a Curitiba para lançar seu livro “Sonhei...”, pela Mercado Livros (R$ 30,00). Será no sábado, dia 3, às 15h, na Livraria da Vila, no Pátio Batel.

    O livro "Sonhei..." é uma viagem ao mais profundo do inconsciente e nos convida a passear por um mundo sem sentido que percorre aventuras surrealistas e concretas. As crianças vão se identificar com estes mundos que mesmo que pareçam não fazer sentido, pertencem a um imaginário infantil.

    Alexiev Gandman é um artista completo, além de ser autor e ilustrador, conduziu a sessão de Arte Gigante no programa Art Attack da Disney Junior por seis temporadas. Hoje conta com mais de 80 livros publicados.

    O lançamento contará também com a presença do músico Alex Lima. Ainda na programação: contação do livro Sonhei; criação de máscaras do livro Qué Pasa? Los animales de la A a la z - autora convidada Yvette Pais; criação de poemas do livro Na casa amarela do vovô, Joninha come jujubas - autora convidada Jaqueline Conte e Contação de história do O Vaqueiro que nunca mentia, um conto popular brasileiro – convidada Samara Contadora de Histórias.

  • 01/11/2018

    Seu filho gosta de berinjela?

    Para quem ficar em Curitiba no feriadão, no domingo, dia 4 de novembro, tem lançamento do livro infantil “As Aventuras da Dona Berinjela”, das 16h às 18h, na Ragú Rotisseria (Rua Francisco Rocha, 533, em Curitiba – PR) - R$ 35,00.

    É o terceiro livro do médico Tiago Gayer de Alencar, em parceria com a ilustradora Daphne Lambros, envolvendo o tema de alimentação saudável para crianças – os outros são “O Prato de 5 Cores” e “O Menino que não Experimentava”.

    A obra rimada e ilustrada busca uma interação agradável do leitor mirim com o tema, tendo atividades no final e buscando estimular os pequenos leitores a desenvolverem o hábito da leitura e a alimentação saudável. Também traz uma viagem da personagem berinjela pelos pratos de diferentes países, que têm suas bandeiras em atividades interativas no final. Uma boa oportunidade para garantir seu exemplar e autografá-lo com os autores.

    O livro ainda recebe a recomendação da Chef Fernanda Zacarias, da Ragú Rotisseria, finalista do programa The Taste Brazil 2017, que divulga as receitas do livro em seu site www.ragurotisseria.com.br.
     

  • 19/10/2018

    Luto e o brincar são temas dos dois livros lançados pela Insight no Bazar Leite Quente

    Nos dias 20 e 21 de outubro ocorre o Bazar Leite Quente, organizado pela Editora Insight, que tem como proposta valorizar o comércio local expondo trabalhos autorais direto de Curitiba. O evento será das 10h às 18h, na Ébano Pereira, 502 – Centro de Curitiba. No sábado, serão lançados dois livros infantis, com sessão de autógrafos das 11h às 16h. E participação da Fafá Conta às 14h30.  

    Um deles é “Os Jardins da Terra”, da psicóloga Lia Finn, com ilustrações de Rosângela Grafetti. Feito para atender uma necessidade em comunicar e expressar o processo da perda para crianças. O objetivo é trazer o tema da morte e do luto de maneira leve, mostrando a importância do respeito pelos sentimentos que acompanham todos os estados que acompanham o luto. Direcionado para o público infantil, a partir dos seis anos, o livro serve de apoio para trabalhar o tema da morte em sala de aula como tema, bem como indicado para crianças que atravessam o processo de perda. A história apresenta uma condução que ressalta a importância dos vínculos afetivos, numa mensagem permitindo acesso às crianças com qualquer tipo de credo e ou religião.

    Outro lançamento é “Sibila”, o mais novo livro da professora e escritora Marilza Conceição, com ilustração de Ingrid Osternack de Barros Neves. Sibila, é a combinação do faz de conta, do brincar com a leitura. A história é costurada com fios do real e do imaginário, que fazem parte do processo de aprender a ler. Marilza conta que Sibila era uma cobra de pano; dessas feitas para estancar o vento que passa pelo vão das portas. Lembra a autora, que os alunos se envolveram em muitas brincadeiras, criando até amizade verdadeira com o bichinho de pano. As crianças tiveram tanto afeto pelo bichinho, que Marilza resolveu transformar essa experiência de sala de aula em um livro.

     

  • 19/10/2018

    Museu Nacional, gaivota vegetariana e o corpo humano são temas de livros infantis que serão lançados pela InVerso

    Neste sábado, 20 de outubro, das 14h às 17h, no Solar do Rosário (Rua Duque de Caxias, 4 – Largo da Ordem), a Editora InVerso lança alguns livros infantis. A festa contará com a presença da Fafá Conta, às 16h.

    Entre os lançamentos, “Segredos de uma vida no museu”, o novo livro de Ana Rapha Nunes, com ilustrações de Logan Portela. A obra conta para as crianças um evento recente em nossa história: o incêndio que destruiu o Museu Nacional. A partir do olhar de um dos objetos que morava no local, Ana Rapha desenvolve uma narrativa, repleta de poesia e reflexões. Com delicadeza e um jogo de cores nas ilustrações, o leitor pode ir acompanhando a história do Museu e de tudo o que ele significa para a nossa cultura.

    Em “Catarina – A gaivota vegetariana”, a autora Silviane Scliar Sasson, com ilustrações de Aline Stochi, conta a história de Catarina em português e também francês: uma gaivota que se sente muito diferente das outras gaivotas de seu bando simplesmente por não gostar de comer peixes. Com ilustrações em aquarelas que retratam lindamente os passeios a ilhas distantes, as festas animadas na praia com pelicanos e flamingos que se misturam às gaivotas que dançam e que provam novas receitas, esta história trata com leveza e de modo singelo da beleza que há em sermos todos diferentes e da importância das amizades verdadeiras.

    Outro livro voltado para os pequenos é "O Mundo de Dentro", escrito por Roberta Slaviero Seabra e com ilustrações de Daphne Lambros. O livro é bilíngue português-inglês e fala sobre o nosso mundo interior, o corpo humano, e como devemos cuidar dele para nos sentirmos sempre bem e felizes.

     

  • 19/10/2018

    Um livro pra gente morar será lançado neste sábado

    A livraria Cultura, em Curitiba, é palco do lançamento nacional da obra “Um livro pra gente morar”, da Editora Positivo. A antologia de poemas organizada por Silvia Oberg e ilustrada por Daniel Cabral já nasce premiada: o livro foi selecionado como finalista do prêmio Nami Concours, concurso internacional que destaca os maiores representantes de livros infantis do mundo. O lançamento acontece no dia 20 de outubro, a partir das 15h, com a presença dos autores.

    Silvia Oberg reúne catorze poemas de escritores consagrados brasileiros: Alexandre Azevedo, Elias José, Eloí Elisabet Bocheco, Fernando Paixão, Ferreira Gullar, Henriqueta Lisboa, José Paulo Paes, Paulo Leminski, Ricardo Azevedo, Roseana Murray, Sérgio Capparelli e Sylvia Orthof. A organizadora reuniu textos que trazem bons sentimentos - como os de uma casa - para as crianças. “A antologia foi pensada como uma forma de compartilhar poemas que pudessem fazer o leitor imaginar, pensar, se espantar, rir e se encantar com as palavras. Sim, porque coisas incríveis podem acontecer quando lemos um poema. Passeios por lugares desconhecidos, surpresas, desafios, descobertas”, escreveu Silvia Oberg, no prefácio da obra.

    Em meio aos poemas, as ilustrações coloridas de Cabral remetem à vida em uma pequena casa de chão. Com muitas cores e detalhes conhecidos na infância de muitos, os desenhos mostram partes de casa, animais de estimação, flores de quintal e brinquedos, sempre incentivando a imaginação. O ilustrador conta que o processo de criação foi bem demorado, mas valeu a pena. “Foi um processo que demandou um entendimento dos poemas. Cada poema fala de um aspecto diferente, alguns são mais engraçados, outros mais afetivos. São muitos temas e linguagens diferentes, então busquei uma linguagem visual que conversasse bem com todos”, explica Cabral. Sobre o prêmio, o ilustrador relata que não se inscrevia para algum concurso assim há bastante tempo e foi incentivado pela esposa, também ilustradora, a concorrer no Nami Concours. “Eu não tinha muita expectativa porque foram muitos os inscritos, mas só de estar entre os finalistas, ao lado de profissionais que admiro e que me inspiram, já me sinto muito honrado”, diz.

    “Um livro pra gente morar” concorreu com outros 1.844 títulos, de 98 países e agora disputa entre os 106 finalistas de 42 nações. A próxima etapa do concurso requer o envio das ilustrações em formatos específicos e os vencedores serão anunciados em janeiro de 2019. O Nami Concours tem o objetivo de encorajar a criatividade artística e contribuir com o avanço da qualidade de livros ilustrados, e é organizado a cada dois anos pela Ilha de Nami, localizada ao norte da Coréia do Sul, desde 2013. As obras finalistas estarão lado a lado na exposição bienal que integra o concurso, o Festival Nami Island International Children’s Book, que tem como foco livros ilustrados infantis de todo o mundo.

    Indicado para crianças de 6 a 8 anos, a obra “Um livro pra gente morar” (48 páginas, R$ 43,90) pode ser encontrada a partir do dia 20 de outubro em livrarias de todo o Brasil ou no site www.editorapositivo.com.br.

  • 13/09/2018

    Contato com o espanhol por meio dos animais apresentados de A a Z é a proposta da autora mexicana Yvette Pais

    Em Londrina, com oficina de máscaras e contação de histórias, a loja Ciranda realiza o lançamento do livro “Qué pasa? – Los animales de la A a la Z”, da autora mexicana Yvette Pais, no próximo dia 15 de setembro. O objetivo da obra é proporcionar o contato das crianças com o idioma espanhol, de uma maneira lúdica e criativa. As ilustrações são de Ines Hüni, pela Editora MercadoLivros. Após o lançamento também é possível comprar pelo link:


    https://mercadolivros-editora.lojaintegrada.com.br/que-pasa-los-animales-de-la-a-a-la-z

    Evento de Lançamento do livro “Qué Pasa – Los animales de la A a la Z”, de Yvette Pais

    Sábado, 15 de agosto, a partir das 10h, entrada gratuita

    Rua Pref. Hugo Cabral, 656- Centro, Londrina

    (43) 3325-6981

    Classificação etária: a partir de 3 anos

  • 23/08/2018

    Instituto Pegaí lança O astronauta e a bonequinha na Livraria Leitura Genial

    Dia 25 de agosto, das 10h às 16h, a Livraria Leitura Genial, no Shopping Via Colleghi, terá um sábado voltado ao Instituto Pegaí. Os clientes que levarem um livro “usado” poderão trocar pelo livreto infantil recém-lançado “O astronauta e a bonequinha” e ainda ganhar um autógrafo da autora Ale Dossena e da ilustradora Stella Rocker.

    Às 14h, haverá um bate-papo sobre como é feita a produção de um livreto com o presidente do Instituto Pegaí, Idomar Cerutti, inclusive com exibição de um vídeo do processo de confecção. A produção do livreto vem de um trabalho totalmente artesanal, feito pelos restauradores do Hospital de Livros do Instituto Pegaí, na Penitenciária Estadual de Ponta Grossa. Exceto o texto, ilustrações e os clichês, que são placas gravadas fotomecanicamente em relevo, destinada à impressão das imagens e textos em prensa tipográfica, todo o processo de impressão e encadernação foi produzido no Hospital de Livros. O livreto não é comercializado e futuramente estará disponível nas estantes do Pegaí Leitura Grátis, além do lançamento da Leitura Genial, para arrecadação de outros livros para o projeto.

    Serviço:

    Livraria Leitura Genial (lojas 7 e 8)

    Endereço: Shopping Via Colleghi – Rua Prefeito Erasto Gaertner, 113 – Bacacheri / Curitiba-PR

    Mais informações e reservas: (41) 9 9578-6020

    Facebook: facebook.com/leituragenial / Instagram: @leituragenial

     

  • 14/08/2018

    Livro infantil Sobre os Jardins fala de mudanças e será lançado na Livraria Leitura Genial

    Um livro poético para crianças que reflete sobre a vida, baseado na metáfora da natureza. Assim é “Sobre os Jardins”, escrito por Elizabeth Fontes, com ilustrações de Maria Lucia Rodrigues, pela Editora Univille. Em Curitiba, ele será lançado no dia 18 de agosto – das 11h às 15h, na Livraria Leitura Genial, no Shopping Via Colleghi, com a presença das autoras de Joinville (SC).

    “Um jardim entardece e fala de paciência, do tempo da semente, das largas esperas...” O livro traz a riqueza de conteúdos emocionais, filosóficos e de valores humanos que se pode aprender em contato com os jardins e com as sabedorias neles enredadas. No mundo de hoje, tão massificado pelo “imediatismo”, valores como paciência, espera e perseverança são algumas das sabedorias metaforicamente tecidas nas lições dos jardins, que podem ser redescobertas nesta prática de observar profundamente. Mais que com olhos curiosos: Com o olhar sensível. Valor do exemplar: R$ 25,00.

    “Inicialmente fizemos o livro para crianças maiores, que já percebem as metáforas. Mas a mediação da leitura, com algumas adaptações do texto, permite que os pequenos também aprendam sobre as sabedorias dos jardins”, conta Elizabeth.

  • 09/08/2018

    Lagartas e Borboletas fala sobre o início da adolescência

    Lagartas e Borboletas (Franco, 72 p, R$ 37,00) é o mais recente livro da escritora Ana Rapha Nunes, que se dedica a obras infantojuvenis. A personagem principal dessa história é Lara, uma menina de doze anos que vê o seu mundo se transformar com a entrada na adolescência, precisando aprender a conviver com tantas mudanças repentinas em sua vida.

    Lara vivencia a separação dos pais, as transformações no corpo, as dificuldades escolares, a nova casa, e tantas outras mudanças que bagunçam os seus sentimentos, causando inseguranças, medos, dúvidas. Mas uma viagem inesperada para a casa da avó, que a princípio parece mais um problema, pode tornar-se um momento de descobertas e aprendizagem.

    O livro aproxima as crianças e os jovens dessa realidade, mostrando o quão naturais são as mudanças ao longo da vida. A entrada na adolescência pode não ser nada fácil, mas é também um período repleto de agradáveis descobertas, que se tornarão doces lembranças na fase adulta.   

    Lagartas e Boboletas tem capa e ilustrações assinadas por Amanda Freitas e será lançado em Curitiba no próximo dia 11, das 14h30 às 18h, no Empório Muf’s (R. Lamenha Lins, 467).

Quem faz o blog

DESTAQUES DOS EDITORES