O mercado do marketing, publicidade e negócios do PR você encontra aqui

  • Viasoft Connect 2022

    PR é destaque em inovação

    O Viasoft Connect 2022 será realizado de 22 a 24 de junho, no Expo Unimed, em Curitiba. CEO e Founder da VIASOFT, um dos mais importantes grupos de empresas de tecnologia e gestão empresarial do Brasil, Itamir Viola diz que o evento deve reunir 10 mil pessoas. Na entrevista exclusiva ao Conexão Business, ele destaca que o Paraná é um dos estados mais inovadores do país. Itamir é investidor Anjo da Curitiba Angels e especialista em Inovação e Economia Digital - difusor de conceitos ligados à inovação disruptiva, sociedade conectada, colaboração humana, economia criativa e megatendências do futuro. Mais informações sobre a edição 2022:  https://www.viasoftconnect.com.br/.

    Qual sua avaliação sobre a importância do PR no segmento de inovação?

    O Paraná é sim um dos estados mais inovadores do país, nos rankings de faturamento, empregos do setor, empresa e outros balizadores já aparecemos entre os primeiros. Porém precisamos de ambientes cada vez mais propícios para propor soluções inovadoras. No estado nós só temos a possibilidade de realizar eventos como o Viasoft Connect, ou lançar prêmios como o Prêmio Empresa Inovadora justamente por já estarmos nesse nível de desenvolvimento. O Rocket Startup, nesse sentido, revela que novas empresas com soluções precisas e lucrativas estão surgindo todos os dias, e só conseguimos dar oportunidades para esses negócios porque o PR é diferente, temos uma economia que abraça essas iniciativas e principalmente um bom nível de formação de profissionais.

    O que devemos esperar do próximo evento que ocorre em junho? Quais as principais novidades?

    O Viasoft Connect 2022 será realizado nos dias 22, 23 e 24 de junho, no Expo Unimed, em Curitiba. O público esperado é de 12 mil pessoas, contando com diversos palcos simultâneos para acompanhar um conteúdo altamente qualificado, entregue por seis keynotes referências em suas áreas de atuação: Zeina Latif, André Heller, Geraldo Ruffino, Camila Farani, José Salibi Neto e João Cordeiro. A atriz Maria Paula será novamente nossa hostess, fazendo a conexão entre keynotes e público, que será positivamente impactado por um conteúdo distribuído em mais de 130 palestras focadas em Inovação e Tecnologia, Gestão e desenvolvimento de pessoas, Finanças, Vendas e expansão e Negócios. Além é claro de muito networking e entretenimento com shows e outras atrações simultâneas.

    O que o Governo estadual e entidades estão contribuindo para essa evolução do segmento e qual impacto que essas ações geram na nossa economia?

    Costumo dizer que temos espaço no mercado, principalmente para as empresas que estão nascendo para atender demandas específicas que estão revolucionando o mercado. Sempre falo que aos governantes cabe a posição de motivadores, desenvolvendo políticas públicas e fomentando. Pois quem deve mesmo fazer acontecer são as empresas e pessoas. Se esses últimos forem provocados da maneira correta, se atinge um círculo virtuoso.


  • Mercado&Publicidade;

    Santiago é a nova agência do Grupo Gondaski

    A agência Santiago conquistou a conta do Grupo Gondaski. A holding, instalada em Ponta Grossa, detém as empresas MacPonta Agro, MacPonta Caminhões, MacPonta Rental e MacPonta Corretora de Seguros. “A agência foi escolhida após um longo processo. Além de oferecer um trabalho pautado em criatividade e estratégia, eles estão alinhados com nossos propósitos e com aquilo que buscamos em parceiros comerciais. Estamos confiantes de que juntos faremos um belo trabalho para conectar as marcas do Grupo Gondaski e levá-las de forma relevante ao mercado”, diz Samara Machado, Gerente de Comunicação do Grupo Gondaski. A Santiago vai desenvolver toda a parte de comunicação on e off das empresas do Grupo, assim como o endomarketing. A conta começa a ser operada já em abril. “Além do Grupo Gondaski estar alinhado com os valores da agência, existem muitas oportunidades para as suas marcas e serviços quando o assunto é comunicação. Estamos muito felizes em ter eles com a gente nessa caminhada, e ansiosos para começar a desenvolver um trabalho de excelência”, comenta Felippe Motta, sócio e Diretor de Criação da agência.


  • GESTÃO

    ERT contrata diretora de Gente e Gestão

    Gabriela da ERT

    "A ERT representa o futuro dos plásticos", diz Gabriela Gugelmin responsável pela área de Gente e Gestão. Foto: Divulgação.


    A Earth Renewable Technologies (ERT) reforça sua equipe. A economista Gabriela Gugelmin assume o cargo de Chief People Officer da área Gente e Gestão. Ela será responsável por um time composto atualmente por 30 colaboradores no Brasil e terá a missão de contribuir com a liderança na meta de faturar R$100 milhões neste ano, dez vezes mais em comparação com 2021. “Acredito que a ERT representa o futuro dos plásticos. Uma empresa que já nasceu sendo ESG, com inovação e sustentabilidade, oferece soluções verdadeiramente circulares, mitigando o impacto ao meio ambiente”, explica. A ERT surgiu como uma startup na Clemsom University, na Carolina do Sul (EUA) e foi fundada em 2009 com a missão de substituir embalagens plásticas por matérias biodegradáveis. Desde então, a empresa vem apresentando ao mercado novas tecnologias, revolucionando o segmento onde atua.


  • Branding

    Itacolomy se reposiciona sem perder legado

    A Itacolomy apresenta ao mercado seu novo posicionamento e renova a identidade visual da clássica manteiga da marca. A ideia é estar ainda mais próxima dos consumidores sem perder a autenticidade, valorizando a sua história. O resgate desse legado é parte das iniciativas conduzidas integralmente pela UltraCheese, plataforma que adquiriu a Itacolomy no começo de 2021 e que já é detentora das marcas Cruzília, Búfalo Dourado e Lac Lélo. “A tradição centenária continua presente em uma linguagem visual contemporânea, capaz de proporcionar identificação com os antigos e novos consumidores”, diz o Gerente de Marketing da UltraCheese, Rodrigo Broetto.

    Com grande apelo nas prateleiras, o processo de rebranding considerou todos os elementos que a consolidaram como a favorita dos consumidores. Entre os atributos gráficos reconhecidos pelo público, as cores primárias vermelho e amarelo predominantes, assim como o logotipo, estão mais evidentes com tendências minimalistas, que proporcionam maior destaque e rápida identificação. “Na prática, a mudança reduziu o número de elementos visuais, oferecendo maior intensidade e destaque para a marca”, acrescenta o COO da UltraCheese, Edson Martins.

    Nova identidade visual sem perder a história. Foto: Divulgação.


    Além dos elementos gráficos, a cultura de marca está muito viva na memória afetiva do público. A confiança na qualidade de uma receita centenária, que remete ao sabor natural e puro dos bons tempos na fazenda, o hábito de consumo arraigado e transmitido de geração em geração, são conceitos presentes na vida do consumidor. “Para reforçar esse aspecto de pertencimento e familiaridade, incorporamos às embalagens um selo que destaca o pioneirismo na fabricação de manteigas no país”, comenta Martins. Com essas ações coordenadas, a UltraCheese direciona a Itacolomy, amplia o target e passa a dialogar também com as classes A e B e canais de venda de cash & carry.

    O COO da UltraCheese explica que atualmente o mix é composto por 18 produtos. Entre eles, uma linha de manteigas especial para food service, requeijões e diz que, em breve, a linha de queijos será ampliada com 11 novos produtos. “O objetivo é explorar o prestígio e credibilidade da Itacolomy e oferecer para as famílias soluções práticas de extrema qualidade em derivados lácteos para o seu dia a dia”, completa Martins.


  • Expansão

    Páprica acelera crescimento com novos clientes

    Com 10 anos de história, a Páprica tem motivos de sobra para comemorar. Nos últimos meses, a agência conquistou cinco novas contas e prevê um faturamento na ordem de mais de 30% este ano em relação a 2021. Nessa entrevista exclusiva ao Blog, o Fundador e Diretor Geral Renan Vargas e o Diretor de Estratégias e Novos Negócios Fhabyo Matesick explicam essa evolução. Focada em potencializar resultados em comunicação, marketing e produtos digitais para os clientes, a agência mira outros mercados. A Páprica já possui um escritório na Cidade do México e pretende expandir para outros mercados.

    Agencia Paprica

    Fhabyo e Renan comentam o atual momento da Páprica que só cresce. Foto: Divulgação.


    -São 10 anos de história e conquistas recentes. Como você avalia este momento?.

    Renan Vargas - Destacamos uma vida repleta de desafios. Nascemos quando Steve Jobs defendia o futuro mobile e vimos outras teorias a todo momento. O que parecia ser uma grande estratégia há pouco tempo, não é mais. A Páprica tem se moldado dia após dia para fazer acontecer, cocriando com os clientes. Recebemos 4 prêmios importantes no MIT, no meio da pandemia, para um projeto que desenvolvemos do zero por aqui, o Tamo Junto que contribui significativamente na vida de milhares de brasileiros fomentando o empreendedorismo. O projeto já superou os 100 mil usuários ativos, oferecendo conteúdo online, gratuito e de qualidade.

    -Quais os diferenciais da agência?

    Renan Vargas - Entendemos que somos uma extensão da comunicação e da vontade de solucionar negócios aos nossos clientes. Com isso destacamos três diferenciais: time nativo digital com desenvolvimento de produtos digitais dentro de casa, excelente relacionamento e conexão com as principais ferramentas de mídia, marketing digital e tecnologia (somos Google Premier Partner, concedido apenas a 3% das agências brasileiras). Temos grande envolvimento no negócio dos clientes, que tem gerado longas e vitoriosas parcerias com clientes que estão na casa há vários anos. 

    -O marketing digital cresce a cada ano e as perspectivas são cada vez melhores. Como você avalia este cenário?

    Fhabyo Matesick  - O segmento de marketing digital continua crescendo de forma pujante no Brasil e no mundo. Segundo o estudo Inside Advertising, da Kantar Ibope Media, os investimentos em mídia digital cresceram 25% em 2021 em relação ao ano anterior. Vemos claramente uma aceleração ainda maior no comportamento dos anunciantes, seguindo a tendência acelerada de digitalização dos consumidores. O patamar de investimentos em mídia digital no Brasil chegou a mais de R$ 23 bi em 2021, apontando um crescimento de 48% no biênio de 20/21. Dos 26 setores da economia pesquisados, 13 apontaram a mídia digital como principal destino dos seus investimentos de marketing, o que mostra não apenas um movimento, mas uma consolidação dos canais digitais. Aqui na Páprica sentimos diariamente essa onda, com nossos clientes interessados em investir cada vez mais no digital, devido ao seu alto alcance e sua capacidade única de mensuração e geração de resultados. A busca pela agência por novos clientes tem aumentado consideravelmente em relação a períodos anteriores, o que mostra que é um caminho sem volta e que nosso posicionamento no mercado está sendo percebido por cada vez mais empresas. 

    -Quais as expectativas em relação ao futuro da Páprica?

    Fhabyo Matesick  - As perspectivas são muito animadoras. Nos últimos seis meses, conquistamos 5 contas diferentes (Lactec, Moss.earth, Universidade Católica de Salvador, ABIMCI e PR Grupo). Isso representará um crescimento de faturamento da ordem de mais de 30% em relação a 2021. Outro fator importante é que queremos levar a Páprica para a América Latina e o primeiro movimento foi a abertura do nosso primeiro escritório fora do país, na cidade do México, liderado por Aldo Farias (ex- Acium Global/Italia e Grupo Maristas). Inicialmente, o escritório servirá de suporte para clientes brasileiros que tem atuação Latam, mas a intenção é crescer no mercado mexicano com clientes locais. Estamos muito otimistas em relação a 2022. Nosso time vem crescendo substancialmente esse ano e estamos prontos para levar a Páprica a cada vez mais mercados.


     

  • Nova gestão

    Presidente da ADVB/PR mira o futuro

    Ele é engajado, está atento as nuances do mercado e de olho no futuro. A reinvenção faz parte do seu negócio e está no seu DNA como jornalista, assessor de comunicação, sócio-fundador da Central Press. Agora o comunicador e empresário Claudio Stringari irá enfrentar novos desafios na presidência da ADVB/PR. Nos próximos dois anos o que devemos esperar dele e de sua equipe? Não tenha dúvida que muitas ações transformadoras irão ocorrer em prol da valorização do mercado.

    Presidente ADVBPR

    “Quem não se reinventou quebrou”, diz o presidente da ADVB/PR Claudio Stringari. Foto: Divulgação.


    Claudio reforça que seu objetivo é tornar a ADVB/PR cada vez mais relevante, apoiando profissionais e empresas, sejam grandes ou pequenas a se desenvolverem. Segundo ele, o mercado sai mais fortalecido da pandemia. E afirma que prevê um cenário positivo a curto e médio prazo para o setor. A crise sanitária deixa marcas, mas Claudio diz que quem se digitalizou e teve agilidade nas decisões saiu na frente e está colhendo os bons resultados. “Quem não se reinventou quebrou”, pontua

    O nome da chapa que o elegeu- InovADVB/PR - já sinaliza que a nova gestão irá investir em dados, promover pesquisas, valorizar a criatividade e apontar novos caminhos de acordo com tendências mundiais. “Como será o mercado daqui a cinco ou dez anos? Como as empresas e profissionais devem se preparar para o futuro?”, questiona. Claudio diz que na atual gestão foi criado o Núcleo Futuro e Tendências (NFT) e explica que o NFT irá realizar pesquisas e disponibilizar os resultados para o segmento.

    Stringari reforça que promoverá ainda mais conexão entre os jovens estudantes e o mercado, continuará realizando os eventos importantes e clássicos da ADVB/PR, que não pararam de ser produzidos mesmo no período mais crítico da pandemia. Claudio diz que esses eventos foram readequados, migrando do ambiente presencial para o virtual. Para ele, o saldo do Top de Marketing 2021 foi surpreendente e mostrou que o brasileiro tem criatividade e sabe mesmo se reinventar diante das adversidades. “Tivemos recorde de inscrições e cases inovadores”. E para este ano, o evento considerado o Oscar do setor, marcado para ser realizado em dezembro, deve atingir o mesmo desempenho positivo ou ir além.

    O novo presidente, que há três gestões faz parte da ADVB/PR como vice-presidente (foi ele quem assumiu a coordenação do Top de Marketing neste período e trouxe novos ares à premiação), revela que sempre manteve a verve “associativista”. Além da instituição, ele conta que contribui com o Sindicato dos Jornalistas e que seu propósito foi sempre valorizar a área, trazendo discussões importantes que envolvem a relação do jornalista com a assessoria de imprensa, promovendo ações para desenvolver o segmento e valorizando a ética no campo profissional. Claudio também participa da Aberje – Associação Brasileira de Comunicação Empresarial. E, atualmente, da Abradi - Associação Brasileira dos Agentes Digitais.

    Claudio comenta que assumir a presidência da ADVB/PR não foi algo planejado, porém comenta que foi um caminho natural. “Eu creio que foi uma consequência daquilo que a gente vem construindo no decorrer dos anos. A relação com a instituição vem desde a presidência do Rogério Mainardes (1993–1995). Na época, a gente já ajudava na divulgação de alguns eventos. Ou seja, faz muito tempo. E participo mais ativamente desde quando Norman de Paula Arruda Filho assumiu a presidência (2003–2005) e me convidou a fazer parte da diretoria. Eu faço parte da vida da ADVB/PR, seja como assessor de imprensa, seja como diretor ou como apoiador. Sempre fui um entusiasta das iniciativas da entidade”.


  • 50 anos de história

    Grupo OM anuncia novo presidente e lança plataforma ESG

    CEO Rodrigo Havro Rodrigues

    Rodrigo Havro Rodrigues assume a presidência do Grupo OM no lugar do seu fundador, JD Rodrigues. Foto: Divulgação.


    O Grupo OM Marketing & Comunicação chega aos 50 anos repleto de novidades e mostra ao mercado nacional que está na melhor idade. Para marcar o início das comemorações, foi lançada a plataforma ESG (sigla em inglês para Environmental, Social e Governance). A iniciativa representa uma versão ampliada e atualizada dos projetos socioambientais, que já estão sendo implementados pelo Grupo. Para comandar essa nova fase, o sócio Rodrigo Havro Rodrigues assume a presidência do Grupo OM no lugar do seu fundador, José Dionísio Rodrigues, que depois de 55 anos liderando negócios na área de comunicação passa a se dedicar exclusivamente ao conselho do grupo e ao J.D.Rodrigues - Instituto de Marketing e Comunicação Integrada.

    “Em 2022, comemoramos 50 anos de criação da Opus e da Múltipla, empresas que geraram a OpusMúltipla e, há 12 anos, o Grupo OM. Renovação faz bem à saúde das pessoas e das empresas. Rodrigo começou aqui como estagiário e, ao longo de mais de 25 anos, construiu uma carreira sólida como gestor e se preparou para assumir o desafio de liderar o Grupo, junto com a presidência da OpusMúltipla", afirma Rodrigues. Outro reforço na liderança foi a chegada da publicitária Patricia Tavares à vice-presidência do Grupo OM. A executiva foi diretora de atendimento da OpusMúltipla e há 12 anos é sócia-diretora de planejamento da empresa full service digital, HouseCricket – função que continuará exercendo junto com a vice-presidência do grupo.

    Uma das iniciativas da nova gestão é a criação do Núcleo de Integração Geral (NIG) - um comitê de especialistas representantes de diversos segmentos da sociedade, que serão consultados para opinar sobre as campanhas desenvolvidas pelas agências do grupo. O projeto do NIG integra a plataforma ESG e será lançada na Semana Priorize – um dos muitos eventos alusivos às comemorações pelo cinquentenário que serão realizados entre os dias 28 de março e 1º de abril. Outros temas e iniciativas da programação são o Projeto Pense Verde, Manual de Ética e Conduta, Diversidade e Inclusão, Saúde Física e Emocional e Ação Solidária de Páscoa.   

    Novo momento

    O fundador do grupo OM, José Dionísio Rodrigues, continuará exercendo a presidência do conselho e dedicará mais tempo ao J.D.Rodrigues - Instituto de Marketing e Comunicação Integrada. Criado em 2017, a instituição faz pesquisa, treinamentos, cursos e publicações sobre o conceito e prática da Comunicação 360º. Um dos principais trabalhos do ano é a celebração do centenário da primeira agência de propaganda no Paraná. Intitulado “100 Anos de Criatividade – A Propaganda Paranaense 1921-2021”, o projeto contará a história da publicidade no estado.

    José Dionísio Rodrigues começou a vida profissional como jornalista com passagens pelos jornais Estado do Paraná, Gazeta do Povo e pela afiliada Globo no Paraná (RPC, antigo Canal 12). Em 1972, ingressa no mercado publicitário com a Soma Propaganda (posteriormente Opus Propaganda) que, em 1986, se fundiu à Múltipla Propaganda. Com uma forte atuação setorial, José Dionísio foi um dos fundadores e presidente do Sindicato das Agências de Propaganda do Estado do Paraná (Sinapro), além de Secretário da Associação Brasileira das Agências de Propaganda (Abap), entre os anos de 2003 e 2005.

    Sinergia e integração

    O Grupo OM Marketing & Comunicação é o maior grupo de comunicação independente do Sul do Brasil e um dos maiores do Brasil, formado por seis empresas que trabalham de forma sinérgica e integrada, levando a campanha de nossos clientes ainda mais longe. Dentre as empresas estão: OpusMúltipla (especializada em planejamento de comunicação integrada e na criação de propaganda), Brainbox (consultoria estratégica de marcas e design, com atuação em branding, packaging e retail), HouseCricket (empresa de comunicação dirigida com foco em engajamento), TailorMedia Inteligência de Mídia (especialista em regionalização de mídia), Senso Performance (especializada em performance de vendas) e D’OM (especializada em aprimorar a performance de serviços e produtos).

    O Grupo OM se propõe a elaborar planos de marketing, comunicação e vendas para ajudar no aumento de vendas no curto prazo e no aumento das margens de lucro no longo prazo. Com mais de 220 funcionários, o Grupo OM faz parte da rede mundial TAAN e atende clientes como Alfa Educação, ANJ, Athena Saúde, Banco Ourinvest, Banco Senff, Brevant, Casa Nissei, Corteva Agriscience, Cummins, Digital Premium Jornais, DSM, ESA OAB, Famastil, Foxlux, Frimesa, Grupo Boticário, Hebron Farmacêutica, Militec, MSD, O Boticário, Prata Fina, Rede D’OR, Renault, Schulz, Shopping Mueller, Subway, Talken, Uninter e Volvo.


  • Mídia&Mercado;

    Rádio Mix FM retorna mais conectada

    O meio rádio cresce a cada ano no país. E pesquisas apontam que cerca de 80% dos brasileiros estão ligados em suas ondas em 2022. A conectividade acelerou o crescimento e a mídia expande com novos investimentos publicitários. Com este cenário positivo, a  Mix FM Curitiba está de volta ao dial da capital. A emissora, integrante da Rede de Rádio Mix FM 106.3 de São Paulo, entrou no ar na terça-feira (29). A nova afiliada ocupa o canal 98.3 do dial e entrou no ar em caráter experimental com uma programação diversificada que inclui programação musical, conteúdo jornalístico, comercialização de espaços comerciais e patrocínio de programas, além das promoções que caracterizam as emissoras da rede.

    A Mix FM Curitiba é comandada pela R4Comunicação, fruto da união do Grupo Canal Marketing, do Grupo Maringá de Comunicação e Grupo Verde Vale. numa parceria com a Rádio Continental, sociedade integrante do GRPCOM. O Grupo Maringá de Comunicação é comandado por Alexandre Barros e José Roberto Mattos e já tem no portfólio as emissoras CBN Maringá e Mix FM Maringá. A Canal Marketing tem como sócios os empresários Aldo Malucelli e Carlos Gomes e o grupo Verde Vale de Comunicação é dirigido por Caique Agustini. “Pesquisa de mercado mostrou que havia uma lacuna entre as emissoras de rádio que atendesse o perfil jovem adulto e vimos uma oportunidade de trazer de volta a Rádio Mix que está alinhada a este público”, afirmou Barros, do grupo Maringá de Comunicação.

    Para os empresários Aldo Malucelli e Carlos Gomes, a reentrada da Rádio Mix no mercado de Curitiba significa apresentar uma programação inovadora, com a melhor experiência em entretenimento e promoções. “O mercado de Curitiba é importante para a rede Mix de rádio e sua chegada vai agregar uma nova oportunidade para relacionamento das marcas existentes na cidade, por meio de promoções criativas, inovadoras e presentes em todas as plataformas”, ressaltam os empresários, que também têm no portifólio o comando das emissoras Rádio 96Rock e 91Rock.

    Segundo Caique Agustini, “a entrada da Mix no dial de Curitiba adiciona energia ao rádio curitibano, provocando outras emissoras a melhorarem ainda mais e o resultado disso é a audiência de rádio subindo e angariando ouvintes que eventualmente gostariam de uma nova e diferente opção. Todo mundo ganha”. A Rádio Mix FM de Curitiba será a quarta emissora da Rede Rádio Mix no Paraná – as outras estão em operação nas cidades de Ponta Grossa, Maringá e Foz do Iguaçu. A Rede Mix FM atua no mercado há mais de 20 anos e conta com quase 2 milhões de ouvintes por mês. Possui 35 emissoras em todo o país, a audiência com predominância de 65% das classes A e B, e 82% na faixa etária de 20 a 49 anos.


     

  • Palavras-Chave

    Bidese Construtora cresce no mercado de alto padrão

    A cada lançamento, a Bidese Construtora comemora sucesso em vendas e se destaca no segmento de alto padrão. “Nossa história começa há 12 anos com a construção de casas personalizadas. Em 2018, iniciamos a nossa trajetória com empreendimentos verticais. Nosso primeiro prédio, o Edifício Beaumont, foi entregue em maio de 2021 com 100% das unidades comercializadas antes da entrega”, afirma o CEO Thiago Bidese. Na entrevista exclusiva para o Blog, Thiago revela que a previsão para este ano é aumentar o “market share” de forma exponencial. “Estamos focados em um conceito de arquitetura moderna, que apresenta soluções inteligentes para o morador e um design singular. Colocamos o cliente no centro do nosso processo de criação de produto. Como construtora, respiramos arquitetura e design. Dedicamos muito tempo no desenvolvimento das plantas e trazemos inovação e conceito para que as áreas comuns sejam realmente um espaço de vivência que transmita bem-estar e conforto”.

    CEO Bidese

    "No segundo semestre, teremos dois novos empreendimentos lançados pela Bidese Construtora", revela o o CEO Thiago Bidese.  Foto: Divulgação.


    #MERCADO DE ALTO PADRÃO

    Percebemos um crescimento na compra de produtos de alto padrão no Brasil. Atualmente, o cliente está muito mais atento ao design e arquitetura dos edifícios e vem muito mais exigente com o desenvolvimento e a experiência proporcionada pelo produto. Nosso maior termômetro são as vendas. Nosso último lançamento, o Edifício Guará, mostrou um resultado muito positivo e atingiu objetivos expressivos em vendas. Nossos dois próximos produtos (ainda não lançados) já contam com uma alta procura da nossa carteira de clientes e muita ansiedade para o início da obra de mais um empreendimento.

    #PERFIL DO CONSUMIDOR

    O consumidor curitibano é altamente exigente quando busca por um empreendimento. Além de qualidade construtiva, produtos bem pensados e projetados, atualmente, ele está muito mais antenado em arquitetura e design e busca edifícios que possam oferecer isso a ele. Após a pandemia, notamos que o consumidor de luxo criou uma conexão muito maior com a casa. Ela passou a ser seu ponto de refúgio, um ambiente que promove bem-estar e conforto. 

    #MARKETING&PUBLICIDADE

    Costumamos investir 2,5% a 3% do Valor Geral de Venda (VGV) do produto para o marketing. Procuramos dividir essa verba entre o stand de vendas e as mídias on e off-line. Para o stand, buscamos levar para o cliente uma experiência de antecipação do próprio empreendimento. Investimos em itens que estarão presentes no empreendimento, como revestimentos, acabamentos e itens de mobiliário assinado. Buscamos proporcionar experiências incríveis para o nosso cliente durante todas as fases do processo. Estamos sempre pensando em eventos que apresentem criatividade e em pequenas inserções que façam com que essa jornada seja o mais prazerosa possível. Também estamos concentrados em proporcionar essa mesma jornada para a nossa plataforma, formada por imobiliárias parceiras. Nosso maior meio de captação de clientes para a nossa equipe comercial são as redes sociais. Focamos em levar para a experiência online todo o design e conceito do produto. Tudo isso, sem esquecer de estratégias no off-line também.

    #NOVIDADES

    Para este ano, teremos a etapa final de obra do Edifício Guará, um empreendimento que foi sucesso de vendas e que gera grande expectativa de entrega nos futuros moradores e no mercado em geral. No segundo semestre, teremos dois novos empreendimentos lançados pela Bidese Construtora no mercado. Ambos contêm a assinatura do arquiteto Léo Maia, um dos expoentes nacionais e internacionais do segmento. O Edifício Zen apresentará uma vista privilegiada do Parque Barigui desde o primeiro pavimento e contará com mobiliário assinado nas áreas comuns, área verde por Daniel Nunes e plantas surpreendentes nos apartamentos. Já o Edifício Lemme, localizado no Água Verde, contará com o projeto de paisagismo do Escritório Burlemarx, itens de mobiliário assinado e espaços comuns que promovem o bem-estar e são um convite para a permanência.

    #META

    Para 2022, pretendemos triplicar o nosso valor de VGV (Valor Geral de Vendas) com o lançamento de mais dois produtos. Essa vem sendo a grande meta da Bidese desde que iniciamos a verticalização das nossas obras: trabalhar com um múltiplo de 2 ou 3 a cada 12 ou 24 meses. Para os próximos anos, continuaremos focados em desenvolver produtos únicos, aumentando nosso "market share" de forma saudável e exponencial.


  • Análise

    Lances publicitários na final do Super Bowl

    Toda final do Super Bowl a gente já sabe o resultado: A apresentação é sempre um show espetacular! A surpresa que muitas vezes impressiona é a performance midiática. Dados divulgados pela Nielsen mostram que o maior evento esportivo dos Estados Unidos atraiu no domingo (13) uma audiência televisiva média de 101 milhões telespectadores na terra do Tio Sam. Número cerca de 10% maior do que o registrado na edição anterior. “Além da disputa dentro de campo, que entendo pouco e não tenho capacidade de comentar, também rolou o espetáculo nos intervalos comerciais”, diz o CEO da SoWhat e MASTER,co Bruno Lunardon. Nesta análise feita para o Conexão Business, Bruno comenta os melhores lances… publicitários:

    Bruno Lunardon

    CEO da SoWhat e MASTER,co Bruno Lunardon comenta sobre as apostas criativas . Foto: Divulgação.


    Estar no intervalo do jogo é para poucos, foram 59 comerciais este ano. Aqui cabe uma breve explicação. Os americanos são excelentes em criar formatos midiáticos para os esportes, com diversos breaks e oportunidade para gerar mais grana, seja para quem assiste em casa ou para quem está no estádio (pausa pra comprar cerveja, hot dog, etc.). E o Super Bowl é o estado da arte deste formato. A audiência do evento é gigante e pode se dizer que “para o país”, dadas as devidas proporções, é como a final do BBB aqui no Brasil. Para os publicitários é quase uma tarefa obrigatória assistir às produções que fizeram parte dos intervalos. Pensando que este é o minuto mais caro da televisão mundial, não se pode entrar com qualquer coisa nestes 30” ou 60”. Por este motivo, é comum vermos produções gigantescas, celebridades, efeitos especiais e pirotecnias. Também é comum agências trabalharem para marcas apenas na campanha do Super Bowl.

    Mas, mesmo com todo este cenário milionário, um dos comerciais que mais chamaram atenção teve uma produção extremamente simples, talvez custando menos de mil dólares. E foi muito comentada. É o filme da Coinbase, uma corretora de criptomoedas. Foram 60” com um QR code na tela e o movimento clássico dos jogos dos anos de 1990. Como recompensa aos que acessaram o QR: 15 dólares em BTC. Genial!

    youtube.com/watch?v=1zLsUhOCqyU

    Coinbase abriu o caminho para um segmento que anunciou muito este ano no Super Bowl, as fintechs, wallets digitais e soluções financeiras que geram acesso ao mundo cripto. Destaco mais dois players que também fizeram as suas versões. O legal é entender o momento deste segmento e a forma como ele tenta vencer a barreira do medo e o receio do investimento em cripto. Com uma superprodução e estimulando o pensamento pessimista e contrário, a FTX trouxe um personagem que parece ter saído de alguma sala de reunião. Aquela pessoa que só fala que não vai dar certo, que não funciona, que não é bom o suficiente, mesmo estando frente a grandes revoluções. Ou como costumo dizer em nosso dia dia “Para reprovar tá cheio de gente, mas pra aprovar temos poucos.”. Vale ver a riqueza deste filme.

    youtube.com/watch?v=BH5-rSxilxo

    Fechando as fintechs, trago também o filme da eToro, mais clássico e dentro do Briefing, sem muita inovação criativa. Mas também respondendo à necessidade de tornar o mundo cripto mais acessível, uma grande revoada.

    youtube.com/watch?v=7O4rP3qwlfo

    Mesmo sendo um Super Bowl com menos emoção e sofrimento do que vimos nos comerciais do ano passado, ainda teve espaço para algumas histórias emocionantes e de superação. Eu particularmente gosto de boas histórias na propaganda, acredito que elas podem trazer uma conexão mais profunda e de propósito com os consumidores. Neste aspecto, a Toyota resolveu não falar sobre eletrificação como a maioria dos seus concorrentes. Achou uma história incrível de dois irmãos que fazem qualquer um engasgar assistindo ao filme.

    vimeo.com/676817908

    Entrando no segmento de carros, é possível concluir que a pauta do momento é eletrificação. Cada um com seu modelo, sua abordagem, mas todos apostando forte nesta frente. O que comprova que começa a deixar de ser um segmento de nicho e passa a massificar nos EUA. Em breve, vamos ver isso aqui pelo Brasil também.

    Reuni aqui o link de alguns filmes sobre eletrificação de carros. Mas destaco os meus favoritos. A Polestar fez a produção mais barata dentro dos players de automóveis. Saiu dando tapa em todos os concorrentes e ocupou de forma brilhante seus 30” milionários. Legal saber que esta marca pertenceu ao grupo Volvo, tem origem sueca e quem fez a campanha foi a sempre brilhante Forsman&Bodenfors - youtube.com/watch?v=B4QI0VzbkHk

    A GM veio com um clássico recriado, bem produzido e cheio de significados - youtube.com/watch?v=2bZYqFsU72Y

    Aí vem a BMW e coloca milhões em uma história bem produzida - youtube.com/watch?v=nUC1QA5gRcU&feature=emb_logo

    E a Kia, buscando lugar ao sol, com um história clássica remodelada - youtube.com/watch?v=HoNMz_OV_dI

    O mais legal é ver as marcas de acessórios e complementares à eletrificação iniciando uma jornada de comunicação e construção de marca. São players que também não existiam e que em breve serão diversos e em busca de preferência e confiança na cabeça dos consumidores. A Wallbox começa bem esta maratona. Mas estamos vendo uma marca de devices elétricos anunciando no Super Bowl, de forma simplista, sua tomada e extensão.

    youtube.com/watch?v=ZzcdP90akWM

    Parece que estamos caminhando para o fim da pandemia, pelo menos é o que esperamos. Foi bonito ver o humor mais presente nos intervalos, deixando para trás aquele momento mais dramático e sofrido que vimos nos últimos anos. Foram diversos filmes abordando cenas do cotidiano de forma mais leve e amistosa, com piadas, brincadeiras e gracinhas. Selecionei alguns que mais me agradaram e até tiraram algumas risadas.

    Começando pelo pastelão da Cheetos e Doritos - youtube.com/watch?v=YCLPiIAKqZY

    Confesso que dei risada com tamanho nonsense. Também bem-humorado e num tom quase pastelão, teve a forma como Hellman’s se apresentou. Mas aqui eles foram além e conseguiram colocar uma função clara do produto, juntar aquilo tudo que está na geladeira e fazer uma receita. Ainda deram conta de mostrar o lado sustentável disso, colocando dentro do guarda-chuva, “Make Taste, Not Waste”. youtube.com/watch?v=X_1Ordi5GjY

    Por fim, nos destaques de humor, trago a abordagem da Skechers, uma marca de tênis esportivos, referência para alguns corredores e atletas profissionais. É fato que os tênis esportivos não são os mais bonitos, até porque eles são focados em performance e não em estética. Mas eles estão ganhando cada vez mais espaço em looks fashion e a Skechers abraçou isso de uma vez por todas levantando a bandeira da legalização, claro com humor e um fator inesperado, confere aí youtube.com/watch?v=yLniw4PvLj8

    Outro grande segmento anunciante do Super Bowl é o das bebidas alcoólicas, cervejas principalmente. E aí temos que falar que a Budweiser gastou alguns milhões em um filme lamentável, tão ruim que nem cabe dividir o link com vocês. Mas falando de coisas boas neste segmento, temos a forma como Bud Light Next dialoga com um público mais jovem, com paladar mais leve e preocupado com a saúde. Acredito que a marca conseguiu muito bem flertar com esse novo mundo, do sabor ao metaverso - youtube.com/watch?v=yLniw4PvLj8

    Outro destaque das marcas da Ambev foi a Michelob, também na sua pegada esportiva, que trouxe grandes protagonistas para mostrar o que seria o next level de grandes esportistas disputando uma noite no boliche - youtube.com/watch?v=6rcw6GdCQC8

    Ainda dentro do universo das bebidas, mas um pouco fora das cervejas, temos a Cutwater. Eles atuam no segmento que vai crescer muito ainda nos próximos anos, que são os drinks prontos para beber. Aqui no Brasil a categoria ainda engatinha, mas lá fora já anda de forma mais apressada. Também temos nesta categoria uma grande dor que poderia ser resumida em “drink pronto é coisa de preguiçoso”. Esta poderia ser uma grande barreira para as marcas se consolidarem. E aí, se é uma barreira, a Cutwater chegou logo chutando e assumindo este discurso. E de quebra ainda fez uma paródia com outro clássico comercial, o “Her's to the Crazy ones" da Apple.

    youtube.com/watch?v=nOZWYY82ekU

    E aqui tem produtora brasileira e curitibana junto na jogada, a trilha foi produzida pela Jamute, joia da coroa paranaense publicitária. E por fim, um filme que mistura tudo isso que falei um pouco. Tem humor quase bobo, tem uma grande produção, tem grande elenco e tem uma barreira de produto sendo ultrapassada pela própria marca. Afinal, se você tem Eats no nome, é difícil explicar que algumas coisas que você vende ou entrega não são para comer. Então Uber Eats atacou de frente este problema.

    youtube.com/watch?v=Ri-rXPw5Cnk

    Esses foram alguns filmes e destaques que me chamaram atenção. Foram mais de 50 filmes, então, possivelmente, há outras coisas que mais pessoas gostaram e minha lista acabou não cobrindo. Ainda em tempo, também chamou atenção que em nenhum filme as marcas utilizaram pessoas com máscaras, em isolamento ou dentro do mood pandemia. Acho que é um bom indicativo que estamos passando para um novo momento, uma nova abordagem das marcas com o mundo. Claro, sem esquecermos de olhar para os riscos que ainda vivemos. Momentos como o Super Bowl confirmam a capacidade de contar boas histórias, gerar entretenimento e movimentar negócios através da indústria da comunicação. Fico feliz em ver que esta ainda é uma indústria viva e ativa. Aqui abordei o que foi para a TV, mas também foram diversos os esforços nos ambientes digitais, complementando o que se via na tela ou então hackeando os concorrentes. Uma disputa saudável e em busca de mais espaço.

    Para quem quiser ver todos os filmes, divido com vocês o link disponibilizado pelo Acontecendo Aqui: https://acontecendoaqui.com.br/propaganda/os-59-comerciais-exibidos-no-super-bowl/

  • Digital

    Hotéis Deville lançam site com guia de destinos

    Uma vitrine digital dos hotéis, ser um concierge online e atrair reservas. Esse é o grande objetivo do novo site www.deville.com.br, que já está no ar. A reformulação foi inspirada nas tendências mundiais de design de grandes marcas como Hilton, Selina, Airbnb, entre outras e apresenta um ambiente moderno, alinhado com o conceito de experiência do usurário.“Além de oferecer autonomia e velocidade para a equipe de Marketing atualizar informações e subir promoções sem necessidade de intermediários, o site tornou-se um canal 100% e-commerce, para aumentar as conversões e compras diretas, com um processo mais amigável”, explica Lucas Raganhan, Gerente de Marketing e Relacionamento com o Cliente.

    A mudança conta a plataforma CMS (Content Management System, que significa Sistema de Gestão de Conteúdo) do parceiro Omnibees, que oferece uma experiência de conteúdo personalizado por dispositivo (smartphone, tablet e desktop), possibilidade de publicar conteúdo rico no blog, fotos, vídeos, galeria de imagens do Instagram do hotel diretamente no site, além do processo de Compra Integrado e Seguro.

    Hotel Deville

    "Tomamos muito cuidado para criar o site tornando a experiência simples, amigável e intuitiva", ressalta Lucas Raganhan, Gerente de Marketing e Relacionamento com o Cliente. Foto: Divulgação.


    Para uma organização, ter um site é uma oportunidade de captação de clientes em potencial e, por consequência, ajuda a melhorar a conversão de leads que, posteriormente, tornam-se vendas. “Ele melhora também a segmentação, uma vez que é construído com a identidade visual e uma linguagem própria para atrair um público mais alinhado com nossos valores e interesses. Tomamos muito cuidado para criar o site tornando a experiência simples, amigável e intuitiva, centralizando os contatos de atendimento em uma única página”, complementa Lucas. O site representa muito no contato com a marca, pois é a vitrine digital dos hotéis: “É onde apresentamos via imagens e vídeos, todas as estruturas, serviços e produtos. E claro, todo este repertório visual que inspira e atrai leva os clientes a reservarem experiências em nossas unidades”, conta.

    Um dos grandes atrativos da página é o Guia de Destinos, com informações turísticas de cada cidade onde os Hotéis Deville estão presentes. “Todos os conteúdos de ‘o que visitar em cada cidade onde estamos presentes’, ‘itinerários prontos’ e ‘arredores’ são indexados em sites de pesquisas, como o Google, o que faz com que nosso site apareça em resultados orgânicos de pessoas que buscam informações para passear, viajar e conhecer destinos que citamos no conteúdo. É uma espécie de concierge online, uma curadoria de destinos, que ajuda a entregar para nossos clientes dicas do que fazer e conhecer na cidade e a atrair futuras reservas de hospedagem para nossos hotéis”, complementa.


  • Inovação

    Ibema faz parceria com hub de startups

    A Ibema foi uma das empresas selecionadas no projeto BRDE Labs para diagnosticar possíveis melhorias de produção e buscar soluções por meio de inovação aberta, com apoio de startups paranaenses. O processo integra um projeto de Transformação Digital da empresa, que tem fábricas de papelcartão em Turvo (PR) e Embu das Artes (SP), além de escritório e centro de distribuição na região de Curitiba (PR). “A inovação aberta envolve a redução de custos, sem a mentalidade do segredo industrial, e traz grande sinergia entre empresas consolidadas e iniciantes. Todos saem ganhando”, explica Débora Botini, gerente da Ibema, que intermediou a definição dos desafios a serem lançados dentro do escopo do programa. Ao longo de 2021, o BRDE Labs, em parceria com o hub de startups Hotmilk, da PUC-PR, convidou indústrias da região Sul para lançar desafios de pesquisa e desenvolvimento em tecnologia que pudessem ser atendidas por startups, a fim de trazer ganhos para todos.

    Após sua adesão, a Ibema seguiu três etapas: o lançamento dos desafios para inovação aberta de soluções, a transformação cultural interna, pela qual os colaboradores passaram por trilhas de conhecimento e, por fim, a definição das estratégias de inovação. “Queríamos que todos os envolvidos entendessem a fundo o desafio, para abordar a solução da melhor forma e engajar-se em sua implementação”, conta Danilo Torres, gerente de TI da Ibema. A tecnologia da informação foi a área que avançou mais rapidamente no processo de inovação aberta. Foi identificada a necessidade de criar uma central de serviços internos de TI em nuvem para a Ibema, e a startup AgiDesk foi selecionada para encontrar a solução. “Eles desenvolveram uma plataforma que recebe e centraliza as demandas da companhia, com relatórios estratégicos para tomada de decisão, além de indicadores-chave que nos permitem dar foco onde é necessário. No final do dia, temos um time mais organizado e produtivo e nosso cliente interno mais bem atendido.” A empresa foi contratada em dezembro para implementar a central.

    Outras duas startups estão sendo avaliadas para uma possível parceria com a Ibema. A Logreversa traz solução de logística reversa com o uso de blockchain para rastrear materiais recicláveis, coletá-los e entregar à Ibema. "Nossa grande dificuldade, e da economia circular como um todo, é coletar um volume grande o suficiente para viabilizar uma estrutura de logística reversa. A tecnologia certamente pode ajudar nesse desafio." Por fim, a IDK Digital abordou um desafio na área de segurança do trabalho, pela qual propõe a instalação de sensores no capacete ou no colete de colaboradores que circulam em áreas de risco para prevenir acidentes de trabalho. “A aproximação da indústria das instituições de ensino e startups é fundamental para resolver problemas e gerar parcerias de ganho mútuo”, finaliza Débora.


  • Inovação

    Mario D’Andrea e Grupo OM lançam a D’OM

    Sócios da DOM

    O "improvável" marca ineditismo das ideias na D’OM dos sócios Zeh Henrique Rodrigues (esq), Mario D’Andrea e Filipe Cuvero.  - Foto: Solessa


    Inovação, criatividade, data science e design são ingredientes que fazem parte do portfólio de soluções da recém-lançada D’OM. Sob a liderança dos sócios Mario D’Andrea, Filipe Cuvero e Zeh Henrique Rodrigues a empresa chega ao mercado com o objetivo de melhorar a performance das marcas e de seus serviços e produtos. A estratégia consiste em aplicar o conceito de “soluções improváveis” a partir da integração das diversas especialidades de comunicação oferecidas pelo Grupo OM, um dos maiores do país - sempre com a liderança criativa dos fundadores da D’OM.

    A qualidade “improvável” poderá ser medida pelo ineditismo das ideias e, principalmente, pelo seu impacto no aumento de vendas, awareness e potencial de gerar mídia espontânea.Como suporte à criatividade, o Grupo OM conta com mais de 250 especialistas das mais diversas áreas do marketing.Desde setembro no cargo de Vice-Presidente de Conteúdo e Integração da OpusMúltipla, agência de publicidade do Grupo OM, o publicitário Mario D’Andrea vai também comandar a operação da D’OM como CSO (Chief Solutions Officer). O nome da empresa é uma junção da inicial do sobrenome do publicitário com a marca OM.

    D’Andrea, com grande experiência de soluções de conexão entre marcas e consumidores, foi CEO e CCO da Dentsu/McgarryBowen e J.Walter Thompson e atuou em várias outras agências do mercado brasileiro. Ele já liderou projetos de comunicação para marcas como Toyota, HSBC, Canon, Subway, Nissin, Ford e Coca-Cola, entre outras. Desde 2017, ele preside a Abap (Associação Brasileira das Agências de Publicidade). De acordo com Mario, o formato plug-and-play atende ao mercado como um todo”, pois as vantagens são muitas: “maior agilidade nas tomadas de decisões, interlocução dos clientes com a liderança sênior da D’OM, custos mais leves e uso de especialistas específicos de acordo com a necessidade do projeto e do cliente.”  Além disso, “esse modelo permite à empresa atuar como consultoria criativa – mas com o diferencial de garantir a melhor execução de tudo que foi planejado”, completa D’Andrea.

    No board da D’OM também estão os sócios Filipe Cuvero, no cargo de Tech’n'Creative Solutions VP; e Zeh Henrique Rodrigues, Branding&Retail Solutions VP.  Cuvero, premiado diretor de arte e designer, já atuou nas agências Dentsu, J Walter Thompson e LewLara\TBWA. Na D’OM, ele vai atuar como especialista em soluções com base em tecnologia e criatividade. Zeh Henrique Rodrigues, também designer, é especialista em soluções de posicionamento de marca e inovações no varejo, além de estratégias focadas em consumer experience. Ele é especializado em artes visuais pela NY School of Visual Arts e em Estratégia de Consumo pela Kellog School of Management. Para Rodrigo Havro Rodrigues, presidente do Grupo OM, a formação da D’OM, sétima empresa da holding, representa um importante movimento para ampliar negócios a partir das múltiplas especialidades de comunicação existentes no grupo. “Acreditamos muito no modelo de trabalho colaborativo. Nosso objetivo é reunir talentos de diversas áreas, liderados por grandes nomes da comunicação brasileira em busca de soluções realmente inovadoras para as mais diversas necessidades de marketing”, diz.

    Débora Waz, Diretora de planejamento e Pesquisa da OpusMúltipla, é um exemplo da colaboração praticada pela D’OM. Com Mestrado em tecnologia pela UNICAMP e MBA em Marketing, ela está atuando diretamente nos trabalhos realizados pela nova empresa.Além da D’OM e OpusMúltipla, o Grupo OM é formado pelas seguintes empresas: Brainbox (consultoria de design, branding e packaging), HouseCricket (full service digital e comunicação dirigida), Tailor Media (inteligência e distribuição de mídia), Senso Performance (mídia de performance) e AirPromo (ativação e promo).


  • Canal Denuncie Mais

    AMPRO estimula denúncias para defender setor

    A AMPRO - Associação de Marketing Promocional / Live Marketing intensifica o combate as más práticas que ainda ocorrem no setor, principalmente as relacionadas à contratação de serviços de Live Marketing. A primeira iniciativa deste ano é a mudança do canal Fala Mais, que passará a se chamar Denuncie Mais – um estímulo para que a AMPRO seja acionada cada vez mais sobre más práticas de agências e clientes. Exemplos de más práticas são as concorrências com mais de quatro agências, pagamentos com prazo superior a 30 dias ou falta de feedbacks. “A falta de empatia e consideração por parte de algumas empresas nos leva a intensificar nossos esforços por um mercado mais justo e sustentável. A começar pela mudança do nome do canal.  Não deixaremos nenhuma denúncia sem resposta! Mas é preciso que as agências denunciem. Garantiremos sigilo”, diz Alexis Pagliarini, presidente executivo da AMPRO.

    As más práticas incluem:

    - Concorrências job a job – A AMPRO defende o estabelecimento de contratos de períodos mais longos e que uma relação mais duradoura é boa para quem contrata e para quem é contratado;

    - Concorrências envolvendo mais de 4 agências e sem remuneração - é preciso mais critério e mais respeito na hora de convidar agências para uma concorrência. E que se observe a recomendação do princípio “4 or pay”, ou seja: ou limite-se a 4 agências ou que se pague pela participação;

    - Pagamentos em mais de 30 dias – as agências não tem margem, nem capital de giro para financiar empresas contratantes. E com a Selic a 10,25%, isso se agrava ainda mais;

    - Briefings pouco claros e falta de feedback - muitos briefings não incluem verba dedicada ao projeto ou outras informações relevantes. Após a concorrência, muitos contratantes não dão feedback ou maiores explicações;

    - Falta de visão estratégica - contratantes que tendem a comoditizar os serviços de Live Marketing, sem valorizar o lado estratégico e criativo das agências.

    Para fazer uma denúncia, basta acessar ampro.com.br/denunciemais e preencher o formulário. O sigilo será mantido.

    A AMPRO tem uma dedicação histórica na questão de relações sustentáveis entre contratantes e contratados em serviços de Live Marketing. Além de intervir em processos de contratação de agências por meio do canal Denuncie Mais, a Entidade apoiou recentemente a iniciativa da ABA – Associação Brasileira de Anunciantes na confecção do Guia ABA de Boas Práticas do Relacionamento entre Agências de Live Marketing e Cliente e criou os Princípios de Valor de Clientes e Agências.


  • Mercado Digital

    GhFly anuncia novas diretoras para áreas estratégicas

    A GhFly, empresa de marketing digital com foco em performance, anuncia novas diretoras para duas áreas estratégicas da companhia. Talita Bieliauskas deixa o cargo de diretora de Martech para assumir como diretora de Operações. Já Aline Bezerra, profissional com grande expertise no mercado de marketing digital, chega para assumir a antiga área de Talita. As executivas vão trabalhar em parceria para expandir os negócios da empresa, buscando aliar tecnologia à inteligência de dados para entregar uma melhor experiência aos clientes da companhia. 

    Talita

    "Vamos colocar o usuário como centro das estratégias e o cliente como foco dos processos", diz Talita Bieliauskas. Foto: Divulgação.


    Com 12 anos de experiência em Comunicação & Marketing, Talita esteve à frente da gestão de grandes contas como HP América Latina, NET, Claro, Telefônica, Huawei, Ali Express, B2W e Whirlpool. Na GhFly desde 2020, atuou como head de Planejamento e diretora da área de Martech antes de assumir o novo desafio. “Seguindo o posicionamento data-first, vamos colocar o usuário como centro das estratégias e o cliente como foco dos processos, desenvolvendo modelos de operações consistentes e eficientes para entregas ágeis e inovadoras”, afirma. 

    Aline

    “Vamos avançar ainda mais por meio de uma estratégia integrada", destaca Aline Bezerra. Foto: Divulgação.


    Somando mais de uma década no mercado de marketing digital, Aline Bezerra chega à GhFly com a missão de dar continuidade a área de Martech, unindo inteligência de dados à tecnologia. Para isso, vai implementar toda a expertise que traz tendo atuado junto a grandes contas do mercado como BTG Pactual, Empiricus, Claro, Google Brasil, Raia Drogasil e Editora Globo. “Vamos avançar ainda mais por meio de uma estratégia integrada, com um olhar direcionado para os dados clusterizados dos clientes. Enriquecendo nossas bases a partir da observação desses insights, poderemos compor uma visão 360º da jornada do usuário, tanto no ambiente digital quanto no offline, o que vai nos possibilitar uma entrega muito mais direcionada e efetiva”, explica.

  • Lançamento

    Sucesso em Vendas se reposiciona com foco na inovação

    Paulo Lugli

    CEO da Sucesso em Vendas Paulo Lugli diz que as novas soluções são inovadoras e mais ágeis.  Foto: Divulgação.


    A Sucesso em Vendas, que atua há mais de 24 anos no mercado de consultoria e treinamento de equipes de vendas, lançou nova marca e ampliou o seu mix de produtos, contando agora com mais de 15 soluções empresariais em seu portfólio. O lançamento foi realizado em um evento virtual que contou com a participação de grandes nomes do varejo brasileiro.  As novas soluções apresentadas estão distribuídas em oito eixos temáticos, com produtos específicos para as necessidades das empresas em diferentes circunstâncias: Assessment; Inteligência e dados; Mentorias; Certificações; Workshops e Treinamentos; Projetos personalizados - Consultoria; Plataforma LMS e Softwares Gestão Comercial. 

    “O nosso diferencial sempre foi o foco em resultados, customizando os projetos de acordo com as dores dos nossos clientes. Nosso objetivo sempre foi levar para os nossos clientes, projetos com foco na melhoria dos indicadores comerciais e, agora, com as novas soluções, mais leves, mais inovadoras, mais ágeis e voltadas para um universo muito maior de segmentos e canais de vendas”, destaca o fundador e CEO da Sucesso em Vendas, Paulo Lugli.

    De acordo com Rafael Piepo, gestor de marketing da empresa, a ideia do evento foi apresentar aos colaboradores e parceiros as novas soluções que a Sucesso em Vendas desenvolveu para atender os clientes de uma forma mais personalizada e com conteúdos que estejam cada mais alinhados e atualizados aos objetivos das empresas. “A Sucesso em Vendas se destaca no mercado na área de treinamento e consultoria com mais de 600 empresas impactadas. E agora, com a ampliação do nosso portfólio de produtos, vamos impactar um número maior de empresas e segmentos com soluções ainda mais inteligentes e assertivas’’, ressalta.

    Soluções baseadas em tecnologia

    Uma das novidades apresentadas no encontro online foi a parceria da Sucesso em Vendas com a Meetime, empresa de tecnologia com foco em inside sales, que passará a fornecer tecnologia para as soluções desenvolvidas pela Sucesso em Vendas. O fundador e CEO da Meetime, Diego Wagner, comenta que a tecnologia é fundamental para acelerar os processos e métodos desenvolvidos, assim como extrair a máxima performance de vendedores. Lembrou também que atualmente não há como os empresários negligenciarem a tecnologia e, por isso, precisam das ferramentas adequadas para conseguirem ampliar as vendas. “O que observamos é que muitas vezes as empresas contratam uma consultoria para acelerar a operação comercial da empresa, mas o projeto acaba não sendo executado porque falta a ferramenta adequada para isso. Além disso, as empresas nem sempre estão organizadas e estruturadas internamente para atender ao aumento da demanda e é aí que entra o know how da Sucesso em Vendas, aliado à nossa tecnologia", completa Diego.


     

  • Gestão

    Subway tem novo presidente para AL e Caribe

    Jorge L. Rodriguez

    Jorge L. Rodriguez busca priorizar crescimento e geração de valor para a Subway.    Foto: Divulgação.


    A Subway, líder em franquias de sanduíche no Brasil e no mundo, anuncia Jorge L. Rodriguez como presidente regional para a América Latina e Caribe. Rodriguez substituirá João Augusto Fugiwara, que ocupou o cargo nos últimos quatro anos e retorna ao campo como franqueado e desenvolvedor de negócios.  Rodriguez será responsável por dar continuidade à estratégia de expansão da marca Subway e expandir sua presença na região, desenvolvendo e impulsionando estratégias e iniciativas comerciais focadas em maximizar os resultados de todos os restaurantes da marca na América Latina e no Caribe.  “Uma organização deve ser ágil, inovadora, empreendedora e sempre receptiva a um novo desafio enquanto ajuda o negócio a avançar”, diz Rodriguez. “É com grande entusiasmo que me junto à equipe da Subway na América Latina e no Caribe, uma região muito dinâmica e em constante evolução na indústria restaurantes de serviço rápido, O Brasil, por suas particularidades e dimensões, também é um mercado prioritário para a companhia e estou empolgado com a oportunidade de contribuir para o crescimento e geração de valor para a Subway no país”. 

     

  • Digital

    Boticário lança novo Portal

    A HouseCricket, empresa do Grupo OM Marketing & Comunicação, desenvolveu o novo Portal do Grupo Boticário. O site, mais moderno e acessível, é uma plataforma integrada das marcas que compõem o ecossistema da beleza do Grupo. O novo endereço marca o lançamento de uma nova etapa do Grupo Boticário, acompanhando as tendências no mundo digital. Para apresentar o Grupo Boticário, a HouseCricket se inspirou nos valores e missão da companhia, que se propõe a transformar a vida das pessoas por meio da beleza. Para isso, o portal tem navegação e busca de informações facilitadas, com alto grau de acessibilidade nas ferramentas e layout.

    O portal  traz  conteúdos inspiradores, com dicas de como fazer beleza, iniciativas de impacto social da Fundação e Instituto Grupo Boticário, e diversas frentes que destacam o sucesso responsável com o qual a empresa se compromete. Para reunir toda a cadeia que compõe a companhia, colaboradores, fornecedores, parceiros, consumidores e revendedores poderão estar cada vez mais mergulhados nos compromissos do negócio acessando o site. Os Compromissos "Para o Futuro", divulgados em 2021, estão publicados em uma página inteiramente dedicada a eles. Com isso, a empresa busca evidenciar a transparência na gestão de suas metas, bem como, engajar a sociedade em prol de um futuro mais sustentável e inclusivo. Acesse: Para conferir acesse: www.grupoboticario.com.br.


     

  • Mercado Imobiliário

    Apolar investe na expansão da rede de franquias

    Com mais de 50 anos de atividade no segmento em que atua, a Apolar investe no seu plano de expansão da rede de franquias mirando cidades com mais de 100 mil habitantes. A meta é chegar a 100 imobiliárias nos próximos três anos. Atualmente, a empresa conta com mais de 70 lojas no Paraná e Santa Catarina e tem mais de 20 mil imóveis administrados mensalmente. Além da proposta de aumentar sua capilaridade nos estados onde já atua, a intenção da marca é chegar ao interior de São Paulo.

    O aquecimento do setor que cresceu no período de pandemia contribui com essa expansão. “Na Apolar, os reflexos desse cenário vêm em forma de números. Neste ano, registramos um crescimento na ordem de cerca de 50% em comparação com 2020, tanto no número de imóveis comercializados quanto em valores. Até outubro, foram 5 mil imóveis vendidos e outros 10 mil locados”, comenta Jean Michel Galiano, diretor da rede Apolar.

    Para expandir, a Apolar aposta em sistemas robustos de operação automatizada, que auxiliam tanto a franqueada quanto os franqueados, promovendo a otimização dos processos de administração em nuvem, com controle centralizado, que confere uma autonomia maior às franquias e uma vasta oferta de cesta de produtos.

    Marca premiada

    A Apolar recebeu sete vezes o prêmio ABF (Associação Brasileira de Franchising) de franchising brasileiro pelo seu modelo de franquia e pelas suas inovações no segmento. Ao investir em uma franquia da rede, o franqueado passa a fazer parte da maior empresa do ramo imobiliário do Sul do país. Pelo fato de a Apolar utilizar um sistema único e integrado, o franqueado poderá realizar vendas e locações de imóveis situados em outras cidades, não apenas onde fica a sua loja. Assim, cria-se uma maior integração entre as franquias, com geração de mais oportunidades para o franqueado. 

    Os franqueados da imobiliária têm a vantagem de entrar no mercado de trabalho com o selo de qualidade e a força da Apolar. Com uma assessoria especializada e com todo o apoio para a administração do novo negócio, o empreendedor se sente seguro, pois sabe que pode contar com a franqueada para sanar quaisquer dúvidas, tendo sempre o respaldo administrativo e jurídico que necessita, da área fiscal às questões que envolvem recursos humanos.

    Short Stay

    Para ser referência, a Apolar une a tradição à inovação, a fim de trazer soluções aos clientes que se traduzam em qualidade de atendimento. Entre os lançamentos recentes da imobiliária, destacam-se o Real Estate, que busca imóveis de altíssimo padrão; a parceria com a Nogari Leilões, trazendo uma nova forma de venda; o Short Stay, locação por curto período que não se restringe a imóveis litorâneos; o Apolar Procura, app que promove um “match perfeito” entre proprietários e futuros moradores; o Ops!Aluguei, que traz uma experiência 100% digital na locação de imóveis; o Built For Business; e o projeto de retrofit de revitalização de imóveis centrais de Curitiba (PR), para citar algumas iniciativas da Apolar.


     

  • Agência

    “Uma montanha russa”, diz CEO da SoWhat sobre 2021

    O CEO da SoWhat e Master,co Bruno Lunardon avalia 2021 como uma “montanha russa”, cheio de nuances. Apesar das dificuldades enfrentadas, principalmente nos primeiros meses, ele destaca um saldo positivo para o Grupo durante o ano. “2021 não fugiu à regra de um ano pandêmico e foi uma montanha russa de emoções e variações. Parece distante, mas tivemos um lockdown pesado no começo do ano que comprometeu bastante o primeiro semestre. Ainda vivemos dentro de uma pandemia e naturalmente as incertezas são constantes”, explica.  

    Bruno

    "Conseguimos atingir nossas metas de crescimento", afirma o CEO Bruno Lunardon ao fazer um balanço do ano. Foto: Divulgação.


    Lunardon comenta que os bons resultados devem-se a retomada da economia que foi impulsionada pela relação direta da evolução entre a vacinação e a baixa de casos de Covid-19. “Conforme a situação foi entrando no controle, as coisas foram melhorando e sendo mais positivas”. Para o CEO esse ciclo fez o mercado da comunicação reagir praticamente na mesma intensidade. “Andamos junto com esses movimentos, onde praticamente o ano só engrenou mesmo no segundo semestre”.

    Segundo Bruno Lunardon, que também ocupa o cargo de presidente do GPAPR - Grupo de Planejamento e Atendimento do Paraná - a pandemia colocou muitas relações de cliente e agência em discussão e isso gerou um movimento grande de contas, projetos e novos negócios. “Uma grande dança de contas e projetos. Também pudemos observar um mercado mais ativo em todos os meios, com mais atividade publicitária”, afirma.

    Em meio as turbulências causadas pela crise pandêmica, o CEO comenta que sobreviver já é uma grande conquista. “Ficamos muito felizes em passar por mais um ano. Conseguimos atingir nossas metas de crescimento e diversificação de negócios dentro do nosso ecossistema de empresas. Tivemos conquistas descentralizadas em diversos clientes e projetos, desde os que já estavam na casa como em novos. Temos um plano ousado de crescimento e por isso é fundamental termos sinais claros que estamos atingindo nossas metas. Atualmente já estamos com números maiores do que no pré-crise, reforçando a rota de crescimento proposta”.

    Bruno reforça ainda que o Grupo tem apostado na transformação do mercado, “onde as remunerações e negócios tem outras matrizes, mais sustentáveis para relação cliente e agência”. Segundo ele, no pós-crise, este formato tem se mostrado coerente com o que o mercado está "comprando". Ao fazer uma projeção para o novo ano, Lunardon pontua: “Naturalmente temos uma visão otimista para 2022, tendo em vista o ritmo que estamos tendo no ano de 2021, principalmente o segundo semestre. Claro que no Brasil as coisas tendem a ser um pouco mais complexas, por isso estamos com um olho no peixe e outro no gato. Só não estamos mais otimistas por conta de 3 fatos; Inflação mais alta que o esperado, Eleições majoritárias com as discussões polarizadas e as novas variantes de Covid com seus impactos”.