O mercado do marketing, publicidade e negócios do PR você encontra aqui

Mercado Digital

Viajow investe no turismo mesmo com crise em alta

Flavia Turozi

Flávia Turozi, diretora administrativa e financeira da Viajow. Foto: Divulgação


Em meio à crise causada pela pandemia, muitos setores viram seus números de faturamento despencarem. Entre os segmentos, o Turismo foi um dos mais afetados por conta das restrições sanitárias. Dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) revelam um cenário pouco acolhedor: Em 11 meses (de março de 2020 a janeiro de 2021), o Turismo brasileiro perdeu mais de R$ 274 bilhões. A tendência para este ano é que o faturamento encolha 9,7% e a retomada só deve mesmo acontecer a partir do segundo trimestre de 2023. Porém, mesmo diante de caminhos tão sinuosos, o mercado sinaliza novas oportunidades. É o caso da Viajow Tour Operator & DMC. A marca nasceu em 2020 em pleno caos da Covid-19 focada em atendimento B2B, com alto investimento em novas tecnologias para atender agências de viagem.

“Iniciamos nossas atividades no início da pandemia, embora com bastante planejamento anterior. Nosso projeto de tecnologia irá ser concluído em aproximadamente 3 anos devido ao grande emprego de inteligência artificial”, revela Flávia Turozi, diretora administrativa e financeira da Viajow. Ela explica que o objetivo da empresa é comercializar o turismo de uma forma inteligente. “Até o final de 2021 pretendemos chegar ao faturamento mensal de R$ 1 milhão”. 

Flávia comenta que o plano de expansão da Viajow está calcado no estabelecimento de parcerias vinculadas à alta tecnologia, visando descomplicar a forma de comercialização de serviços turísticos. “No início deste ano, estruturamos duas grandes parcerias: uma para atingir o mercado do Sul do Brasil, Paraguai, Argentina e Uruguai e outra para atender servidores públicos. Nossa meta a curto prazo é estruturá-las. A médio prazo replicar essas parcerias para outras regiões do país e do mundo”. 

A diretora administrativa e financeira da Viajow destaca que a empresa tem uma grande vantagem por nascer 100% digital e por ter sido planejada para atender as expectativas de público já no considerado novo normal. “Conseguimos planejar os pacotes de acordo com essa nova economia. Planejamos desenvolvimento de plataformas que atendem esse novo mercado, para os próximos três anos. Estamos preparados com um modelo diferente de estrutura societária que permite agregar parceiros, sócios, investimentos e alianças estratégicas. Somos uma nova empresa dos novos tempos”.

Flávia explica, que mesmo com atendimento online, é possível humanizar a relação com o cliente. “Significa que embora a empresa se utilize de recursos tecnológicos para comercialização de produtos turísticos sempre haverá um canal de comunicação para falar diretamente com um atendente. Nosso plano de negócios envolve tecnologia para acompanhar o cliente do início ao fim da sua viagem com atendimento 24h disponível aos passageiros em viagem”. Outra novidade, segundo Flávia, é que os serviços da Viajow são personalizados de acordo com as características do viajante. “Em nossos pacotes ou roteiros incluímos um seguro para emergências, inclusive com cobertura para a Covid-19”.