Opinião e análise do futebol paranaense

Violência

Jogador ex-Athletico e Coritiba comete falta grotesca e é expulso na Alemanha

Paulo Otávio comete falta bizarra em Dabbur, do Hoffenheim
Paulo Otávio comete falta bizarra em Dabbur, do Hoffenheim (Foto: Reprodução/Twitter/ESPN)

O lateral-esquerdo Paulo Otávio, 26 anos, virou notícia na Alemanha. No sábado (dia 6), ele foi expulso após atravessar o gramado para dar um golpe violento por trás, uma 'tesoura' no centroavante isralense Dabbur, do Hoffenheim. O time do brasileiro, o Wolfsburg, já perdia por 2 a 1 e a falta violenta aconteceu aos 49 minutos do segundo tempo.

Clique aqui para ver o vídeo do lance, no Twitter da ESPN.

O principal jornal esportivo da Alemanha, o Kicker, fez uma matéria sobre a jogada grotesca de Paulo Otávio.

O adversário, Dabbur, não se lesionou na jogada. Paulo Otávio publicou um pedido de desculpas no Instagram.

HISTÓRIA
Paulo Otávio surgiu na base do PSTC e, ainda com idade de juniores, chegou ao Athletico Paranaense.

No início de 2012, quando tinha 18 anos, o jogador foi promovido ao profissional e lançado como titular improvisado na lateral-direita. A decisão foi do técnico uruguaio Juan Ramon Carrasco, que não tinha nenhum lateral-direito no elenco. Paulo Otávio não teve bom desempenho e deixou a equipe após cinco partidas. Em seguida, Carrasco passou a improvisar Pablo (hoje centroavante do São Paulo) na lateral-direita.

Em 2013, Paulo Otávio foi para o Coritiba e também teve fraco desempenho. Acabou emprestado para Santo André e Paysandu.

O jogador só começou a se destacar mesmo em 2016, no LASK, da Áustria. O Ingolstad, da Alemanha, comprou o jogador por 1,3 milhão de euros em 2017. Em julho de 2019, o Wolsfburg investiu 1,1 milhão de euros para adquirir o lateral.

O lance de sábado foi o primeiro cartão vermelho de Paulo Otávio no futebol alemão.