Opinião e análise do futebol paranaense

Champions

Seleção da Liga dos Campeões tem Lewandowski no topo e três brasileiros

A seleção do WhoScored da Liga dos Campeões 2019/20
A seleção do WhoScored da Liga dos Campeões 2019/20 (Foto: Reprodução/WhoScored)

O centroavante polonês Lewandowski alcançou a maior nota média na Liga dos Campeões 2019/20 no ranking do WhoScored. O site inglês, que atribui notas para os jogadores a cada partida, divulgou sua seleção com os melhores de cada posição na competição. Lewandoswki ficou com nota média 9,26 e forma o ataque com o brasileiro Gabriel Jesus, do Manchester City, com nota média 7,79.

Outros dois brasileiros da seleção do WhoScored são Neymar e Marquinhos, do Paris Saint-Germain. Neymar terminou com a terceira maior média da atual edição, com 8,17. O segundo é o argentino Lionel Messi, do Barcelona, com 8,37.

A SELEÇÃO DOS MELHORES DA LIGA DOS CAMPEÕES

Jogador

Posição

Clube

Nota média

Navas

goleiro

PSG

7,04

Kimmich

lateral-direito

Bayern

7,44

Marquinhos

zagueiro

PSG

7,28

Upamecano

zagueiro

Leipzig

7,26

Davies

lateral-esquerdo

Bayern

7,80

Thiago Alcântara

médio

Bayern

7,76

Gnabry

ponta

Bayern

7,75

Neymar

meia/ponta

PSG

8,17

Messi

meia/ponta

Barcelona

8,37

Gabriel Jesus

centroavante

Man. City

7,79

Lewandoswki

centroavante

Bayern

9,03

 

OS ARTILHEIROS

Jogador

Clube

Gols

Jogos

1º Lewandowski

Bayern

15

10

2º Gnabry

Bayern

9

10

3º Haaland

Salzburg

8

6

4º Kane

Tottenham

6

5

5º Sterling

M. City

6

9

6º Gabriel Jesus

M. City

6

8

7º Depay

Lyon

6

8

8º Mertens

Napoli

6

8

 

MAIS ASSISTÊNCIAS

Jogador

Clube

Assist.

Jogos

1º Di Maria

PSG

6

9

2º Mpabbé

PSG

5

10

3º Lewandowski

Bayern

5

10

4º Ziyech

Ajax

4

6

5º Neymar

PSG

4

6

6º Mahrez

M. City

4

7

7º Aouar

Lyon

4

8

8º Kimmich

Bayern

4

11

O Sofascore, site semelhante ao WhoScored, também divulgou sua seleção da Liga dos Campeões. A diferença fica com a entrada do belga De Bruyne no lugar de Gabriel Jesus, já que o esquema tático adotado foi o 4-2-3-1. Na zaga, Thiago Silva ganha o lugar de Marquinhos.