• Paranaguá

    Bairros da região sul receberão 10,3 quilômetros de asfalto a quente

    Foi entregue na manhã da quarta-feira (1.º) a ordem de serviço para que a empresa vencedora de processo licitatório inicie a instalação de 10,3 quilômetros de asfalto a quente em Paranaguá. Os bairros contemplados serão o Jardim Esperança, Vale do Sol e Vila Garcia, na região sul, que passarão a ter praticamente 100% das ruas pavimentadas.

    O investimento é de R$ 12 milhões. O prazo para entrega é de 300 dias. As obras devem começar nos próximos dias.

    A intervenção contará com aplicação de base, sub-base e concreto de asfalto usinado a quente (CAUQ) em pavimentação primária.

    Haverá passeio e rampa de acesso em concreto alisado e reguado, na largura máxima de 2 metros e espessura de 6 centímetros. O meio-fio será conforme as especificações e normas existentes.

    No bairro Jardim Esperança serão asfaltados trechos das ruas dos Jaburus, Gansos, Tangarás, Cisnes, Macucos, Garças, Codornas, Araras, Corujas e Condores, com um total de 3.007 metros lineares e 20.785 metros quadrados.

    Já nos bairros Vale do Sole Vila Garcia os trechos que receberão asfalto serão das ruas Ayro Carvalho Cruz, Willy Hauer, avenida Edival Vidal Ribeiro, Júlio Groth Elias Filho, Subtenente Onofre Moreira da Rocha, Levi Gonçalves, avenida Dona Julieta, Marlene de Fátima Ihabuinski, Alcemiro Luciano, Anibal de Castro, João Estival e Ascendino Pessoa Maciel.

    Serão 7.359 metros lineares de asfalto, num total de 54.196 metros quadrados.

  • Campina Grande do Sul

    Guarda Civil Municipal recebe quase todo dia pelo menos uma denúncia de uso ou comercialização de linhas de pipa com cerol

    O tempo livre durante a pandemia do coronavírus tem possibilitado que crianças, adolescentes, jovens e até mesmo adultos pratiquem com maior frequência uma brincadeira muito antiga: empinar pipas. Não há problema algum nisso, desde que alguns limites sejam respeitados. Um deles é não usar o famoso cerol ou a linha chilena. E infelizmente, é comum a utilização de objetos cortantes nas linhas, em disputas entre os “empinadores”. Porém, apesar de campanhas recorrentes na mídia, a conscientização, ao contrário das pipas, não é algo que está no ar.

    Segundo o inspetor da Guarda Civil Municipal (GCM) e comandante da corporação, Claudio Crozetta, praticamente todos os dias denúncias que chegam à instituição relatam situações envolvendo o uso ou a comercialização da “linha mortal”. “Nossas equipes se deslocam até os locais e constatam a prática que oferece, em sua maioria, riscos para ciclistas, motociclistas e até mesmo pedestres”, informa o comandante.

    De acordo com Crozetta, os flagrantes são mais comuns em dias de feriados e em finais de semana. “É quando as pessoas estão mais à vontade ”, atesta o comandante. Ele relata ainda que há outro problema observado nesses casos: as aglomerações. “Estamos em meio a uma pandemia. Quem solta pipa geralmente está acompanhado de um grupo de pessoas que na maioria das vezes não segue os protocolos de higiene adequados ao momento que estamos enfrentando”, revela o oficial da GCM.

    Claudio Crozetta lembra que soltar pipa utilizando cerol ou linha chilena é crime. Em caso de flagrante, o material é apreendido e o responsável por comprar ou confeccionar o artefato, pode responder civil e criminalmente. A pena para quem comercializa este tipo de produto é ainda mais severa.

    LEGISLAÇÃO – Em Campina Grande do Sul, a lei municipal 382/2015 prevê, além da apreensão dos carretéis à base de linhas cortantes, o fechamento do estabelecimento que comercializar o cerol e multa. Há ainda a lei estadual 16246/2009 que também proíbe a fabricação, comercialização e utilização do produto.

    CAMPANHA NACIONAL – Desde 2004, uma entidade sem fins lucrativos com sede em São Paulo, capital, promove a campanha “Cerol Não”. Cerol é uma mistura de cola de madeira com vidro moído. Esta composição faz com que a linha se torne uma verdadeira navalha causadora de muitos acidentes fatais. Como se não bastasse, há ainda o pó de ferro, formando a “linha chilena”. Esta, além de ser fatal para terceiros, pode conduzir eletricidade quando toca nos fios de alta tensão provocando choques elétricos, causando até a morte em quem solta as pipas.

    DENÚNCIAS – A Guarda Civil Municipal atende pelos telefones 153 ou 3679-5740, números que servem como canais de denúncias. O atendimento também pode ser acesso via aplicativo 153 Cidadão.

  • São José dos Pinhais

    Prefeitura leva melhoria para as estradas rurais

    Equipes da Prefeitura de São José dos Pinhais fazem patrolamento, ensaibramento e conservação de diversas estradas que dão acesso à Barragem Miringuava e várias propriedades rurais na região de Colônia Malhada.

    O trabalho na área rural atende à determinação do prefeito Toninho Fenelon que viu a necessidade desta melhoria nas regiões produtivas de hortaliças do Município para melhorar o transporte de produtos. Enquanto as equipes fazem este trabalho na região de Colônia Malhada, paralelamente mais equipes da Secretaria de Obras atendem outras regiões rurais de São José dos Pinhais.

  • Campo Largo

    Vacina contra Influenza será realizada nesta quinta-feira em dois pontos da cidade

    A vacinação contra a Influenza estará disponível nesta quinta-feira (02/07) em dois pontos no sistema drive thru: na Escola Municipal Reino da Loucinha e na Ferraria – no Centro Municipal de Educação Infantil Curumim, em Campo Largo.

    A vacina foi estendida para a população em geral até enquanto durar o estoque. Os horários nos dois pontos são das 8h30 às 11h30 e das 13h às 16h30. Para crianças de seis meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), a vacina será realizada nas UBS’s (Unidade Básica de Saúde).

    Até o momento, o município aplicou mais de 32.319 doses da vacina contra Influenza em toda a população. Ressalta-se ainda que é obrigatório o uso de máscara de proteção respiratória para pessoas acima de dois anos de idade.

  • Pandemia

    Programa de solidariedade da JBS chega a Lapa

    Na sexta feira (26) a Prefeitura da Lapa recebeu uma grande doação de equipamentos e alimentos da JBS, através do programa "Fazer o Bem Faz Bem", que atenderá 200 cidades do Brasil.

    Foram entregues mais de 79 mil equipamentos de proteção individual (EPI), 500 litros de álcool em gel e 4 mil cestas básicas de alimentos.

    Os EPIs serão utilizados pela Secretaria de Saúde pelas equipes que atuam na linha de frente do combate a pandemia de coronavirus. Os alimentos serão distribuídos pela Secretaria Municipal de Educação a alunos cadastrados nos programas sociais do Governo Federal.

  • São José dos Pinhais

    Museu do Boneco Animado completa 20 anos

    Para comemorar os 20 anos do Museu do Boneco Animado de São José dos Pinhais a Secretaria de Cultura realizou uma live onde aconteceu a apresentação de uma peça de teatro de bonecos, transmitida na manhã da terça-feira (30).

    “É um momento especial onde gostaríamos de receber muitas pessoas para comemorar. Infelizmente a situação atual não permitiu mas não poderíamos deixar de prestar essa homenagem”, disse a secretária de Cultura, Denise Pinheiro.

    O prefeito Toninho Fenelon esteve presente e lembrou a trajetória do Museu. “Eu que vi nascer esse movimento do boneco em São José dos Pinhais quero agradecer a todos aqueles que contribuíram com essa história – todas essas pessoas que com seu trabalho despertam encanto em crianças e adultos”, disse o prefeito.

    O Museu do Boneco Animado de São José dos Pinhais foi um dos primeiros do Brasil nesse segmento, sendo até hoje uma referência. Iniciou em 29 de Junho de 2000, no Centro de Vivência João Senegaglia com o projeto “O Boneco e Sociedade”, pela Secretaria Municipal de Cultura. O intuito do projeto era inserir o boneco nos segmentos da sociedade, difundindo a cultura bonequeira do município. Por anos foi sediado na Praça Getúlio Vargas, retornando para o Centro de Vivência Senegaglia em 2020.

    Conta hoje com um acervo de aproximadamente 400 bonecos das dez principais técnicas de manipulação.

  • Covid-19

    Blitze sanitárias e limpeza de locais público são constantes em Pinhais

    A Prefeitura de Pinhais, por meio de diversas Secretarias Municipais, e com o apoio de outras instituições, realiza uma série de serviços no enfrentamento à pandemia da Covid-19. Na segunda-feira (29) as blitze sanitárias aconteceram pela manhã na Rua Jerônimo Busato Filho, no bairro Estância Pinhais, e a tarde na Rua Juriti, no Jardim Claudia.

    Esta ação, que conta com o apoio da Polícia Militar, é realizada por servidores da Secretaria de Saúde, Guardas Municipais e Defesa Civil. Nela são realizadas abordagens de orientação e de conscientização, onde são verificadas a temperatura dos motoristas e de seus passageiros, estes são questionados sobre os sintomas da doença e uso de máscaras de proteção, além de receberem material informativo.

    Ainda na segunda, mas no final da tarde, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) prosseguiu com as limpezas em prédios públicos com produto à base de amônia quaternária - produto desinfetante utilizado no combate a fungos, bactérias e vírus. O serviço começou no Hospital Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, seguiu na Unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Capela Mortuária, Complexo Cerimonial, Sede da Prefeitura, algumas Secretarias Municipais e terminou à noite no terminal de ônibus.

    Nos próximos dias esta ação de limpeza prossegue em outros locais que recebem um grande número de pessoas, como os Centros de Atendimento Psicossocial (CAPS), Centro da Juventude, Centro de Controle de Agravos, Armazém da Famílias, Unidades de Saúde, entre outros.

    Mais informações sobre as ações de Pinhais no enfrentamento ao Coronavírus pode ser encontrado no site coronavirus.pinhais.pr.gov.br. A população pode ainda denunciar os estabelecimentos que estão em desacordo com os decretos municipais por meio do whatsapp (41) 98700-1592.

  • Mandirituba

    Secretaria de Educação faz balanço sobre experiência com ensino à distância

    A equipe da Secretaria de Educação se reuniu nesta segunda com as diretoras e pedagogas das escolas municipais para analisar como está o andamento das aulas não-presenciais, devido às exigências por conta da pandemia do novo coronavírus, e deste modo, definir quais serão os próximos passos a serem seguidos.

    Maraci Nickel, Secretária da pasta explicou que “está sendo analisado o desempenho dos alunos, com base no feedback passado pelos pais aos professores e na sequência para a equipe pedagógica. Sabemos também que apesar de as crianças estarem em período de quarentena, a grande maioria dos pais está trabalhando ou cumprindo suas funções diárias normalmente”, salientou.

    “Em cima de todo o tema debatido, sobre os pontos negativos e positivos, será decidido qual o melhor caminho a ser seguido, tendo em vista que as aulas não podem parar, mas sem previsão de retorno presencial”, frisou Maraci.

  • Colombo

    Teleconsulta realiza mais de 70 atendimentos

    A Prefeitura Municipal por meio da Secretaria de Saúde ampliou o atendimento de pacientes de forma remota, no mês de maio. O novo serviço possibilita que as consultas sejam feitas diretamente de casa, – que além de agilizar o atendimento, evita as aglomerações, protegendo os profissionais de saúde e a população – em tempos de pandemia. “A telemedicina tem como principal objetivo reduzir as distâncias e conectar os pacientes e especialistas otimizando o serviço público prestado aos colombenses”, disse a Prefeita Beti Pavin.

    A teleconsulta médica acontece por meio de conversa via mensagem de texto ou vídeo chamada, ambas pelo WhatsApp através do número – 41-99827.5894. Podendo ter inclusive a prescrição de medicamentos.

    “O Whatsapp foi a forma mais prática que encontramos para disponibilizar este serviço de saúde tão necessário e importante para todos. Há sempre alguém que possui ou conhece pessoas com acesso a um smartphone”, observa a Prefeita.

    Desde o lançamento do serviço, no mês de maio, já foram atendidos mais de 70 pacientes, entre eles: 16 consultas para orientações a pacientes suspeitos de Covid-19; 14 atendimentos para esclarecimento de dúvidas; 4 atendimentos para renovação de receitas médicas; ligações via telefone, sendo duas sem ser pelo WhatsApp e 42 pessoas procuraram o atendimento mais de uma vez; totalizando 74 atendimentos.

    O vice-prefeito, Sergio Pinheiro lembrou que as pessoas também podem optar pelo 0800-6432250 para receber os atendimentos. “Este serviço de teleconsulta via 0800 já existia no nosso município desde o início da declaração de pandemia no País”, ressalta Pinheiro.

    De acordo com o secretário da pasta, Dr. Antoninho Barth outras tecnologias também estão sendo testadas e serão implementadas gradativamente. “Estamos sempre em busca de ferramentas que facilitem e melhorem os serviços de atendimento, além de levar qualidade e saúde para todos”, disse o secretário.

    Sobre a Teleconsulta

    Para ter acesso ao serviço basta o paciente, sintomático respiratório do novo Coronavírus (febre alta, tosse e falta de ar) enviar mensagens de texto ou realizar um vídeo chamada no WhatsApp. Não é necessário agendar consulta.

    “Caso esteja ocupado o telefone é importante ter um pouco de paciência que a equipe retorna à ligação registrada no whats. Todos serão atendidos”, avisa o diretor de Atenção Básica, Wellington Moretti.

    Segundo o coordenador da iniciativa e médico da rede pública municipal, Luzo Dantas, o atendimento as teleconsultas conta com duas médicas, uma em cada período do dia.

    Para que as pessoas não precisem sair de casa, os dias e horários das consultas são de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. “Contamos com os serviços das médicas Amanda Cardoso Silva pela manhã e Caroline Brustolin Ribeiro à tarde”, disse.

    Para complementar o atendimento, caso as médicas entendam que é necessário outro desdobramento da consulta, em função dos relatos, o paciente será encaminhado para a unidade mais próxima da sua casa (unidade de referência) ou para o do Pronto Atendimento Alto Maracanã.

  • Guaratuba

    Município entrega alimento do pequeno agricultor para quem mais precisa

    A Prefeitura de Guaratuba começou a entregar alimentos saudáveis da agricultura familiar para pessoas que mais necessitam na crise do coronavírus em um programa que também incentiva os pequenos agricultores.

    Em um trabalho conjunto da Secretaria da Pesca e da Agricultura e da Secretaria das Demandas da Área Rural, viabilizou o credenciamento da Associação dos Pequenos Agricultores Rurais da Localidade do Cubatão (APPRUC) ao Programa Emergencial Compra Direta Paraná, da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab). O programa utiliza recursos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza para incentivar a agricultura familiar com a compra de seus produtos e atende a população mais vulnerável através de entidades assistenciais.

    Em Guaratuba, os alimentos serão destinados a duas entidades cadastradas da Rede Socioassistencial: o Cras Novos Horizontes e a Unidade de Acolhimento Casa da Criança e do Adolescente. No Cras, que fica no bairro Piçarras, os produtos vão beneficiar diversos grupos que são atendidos na unidade: gestantes, da horta comunitária, grupo de fortalecimento das mulheres e outras famílias. Direto do campo Serão adquiridos e distribuídos mais de duas toneladas de alimentos por mês, entre frutas, legumes, panificados, doces e sucos. As entregas serão semanais. Os produtos serão fornecidos, inicialmente, são cinco famílias de agricultores.

    Na manhã desta quinta-feira (25), aconteceu a primeira entrega, na Secretaria do Bem Estar e da Promoção Social, de onde os produtos serão distribuídos às instituições: banana, mandioca congelada, doce de banana, polpa de maracujá, pão e cuca (bolo), totalizando mais de 500 kg de alimentos. Seu Josué da Veiga, da localidade do Rasgadinho, foi um dos que acreditou logo no começo do programa e já se preparou para atender a nova demanda. Ele trouxe pão caseiro e cuca, que fabrica artesanalmente com o gostinho de sítio. Ademar Maia, do Cubatão, trouxe mandioca congelada, um produto tradicional de Guaratuba que está ganhando novos mercados com a nova forma de apresentação, já descascada e embalada.

    Novo projeto – A Administração Municipal está cadastrando e elaborando projeto para novos agricultores familiares e pescadores artesanais no Programa de Aquisição de Alimentos do governo federal. O novo projeto vai permitir gerar renda para mais agricultores e atender ainda mais famílias em vulnerabilidade social.

  • Piraquara

    Teve início a revitalização da ponte antiga da Rua Pastor Adolfo Weidmann

    Teve início na segunda-feira, dia 29 de junho, a revitalização da antiga ponte da Rua Pastor Adolfo Weidmann, sobre o Rio Iraí. Em razão dos serviços, o local foi sinalizado e o trânsito desviado pela ponte recém-construída e exige atenção dos motoristas. O projeto de duplicação prevê ampliação da pista, construção das duas pontes, obras de drenagem, calçamento, sinalização, iluminação pública, entre outras ações complementares.

    Em um investimento de R$ 11.716.820,57, viabilizado por meio do Programa Avançar Cidades da Caixa Econômica Federal, a Prefeitura de Piraquara está duplicando nesta etapa o trecho entre a Rua Betonex até a Avenida Iraí, em Pinhais. A obra valoriza a região e melhorar a mobilidade urbana de todo o bairro.

  • Reconhecimento

    Sala do Empreendedor de Mandirituba é Ouro em Prêmio do SEBRAE

    A Sala do Empreendedor de Mandirituba recebeu no dia 26 de junho o Selo Ouro do Prêmio de Referência em Atendimento SEBRAE/PR 2019. Com a nova premiação a atual gestão acumula oito prêmios.

    A revelação do Prêmio aconteceu através de videoconferência, devido à pandemia, organizada pelo SEBRAE. Os municípios concorrentes receberam uma caixa com um cadeado e uma senha, que ao ser aberta continha o troféu.

    O Prefeito Luis Antonio Biscaia frisou que “a premiação vem coroar todos os esforços feitos ao longo do ano de 2019, para um atendimento de excelência aos nossos empreendedores, que vieram à Sala do Empreendedor em busca dos serviços ali oferecidos, como formalização, orientação para a abertura da empresa, consultorias, palestras e capacitação”.

    O troféu Referência em Atendimento é concedido aos municípios que se destacaram em uma série de quesitos ao longo do ano, como número de atendimentos, prestação de serviços, promoção de palestras e cursos, além dos já oferecidos pelo SEBRAE.

    “Quando o empreendedor chega na sala ele vem com o sonho de se tornar um empresário de sucesso, cabe a nós ajudar com que este sonho se torne realidade, fazendo um atendimento de excelência oferecendo os serviços e oportunidades para que ele possa crescer como pessoa e como empreendedor. Isto só foi possível por termos o SEBRAE como nosso parceiro, uma gestão que acreditou em nosso trabalho e uma equipe nota 1000, a melhor equipe do mundo! O meu sentimento é de alegria e dever cumprido pelo reconhecimento do nosso trabalho. Quando se trabalha com amor e paixão não tem como não dar certo. Traçamos uma meta que este ano seríamos ouro, pois em 2018 havíamos recebido o bronze. Com o esforço e a dedicação de todos os envolvidos, conseguimos melhorar o nosso atendimento e trazer o ouro para Mandirituba. Quero agradecer a Deus que nos dá força na nossa caminhada, ao SEBRAE/PR, à Equipe da Sala do Empreendedor, Thais Aparecida da Cruz, Karol Samilia e Luan Gustavo de Oliveira e aos servidores que também contribuíram para a conquista deste prêmio Marlon Douglas Steffe e Luiza Jaqueline Steffe Biscaia, aos que passaram pela Secretaria da Industria e Comércio, Edelar Luiz Comparin, Alex de Paula, Valcir Maria de Oliveira e o nosso atual secretário Ricardo Luiz Reolon, ao Senhor prefeito Luis Antônio Biscaia, que sempre nos deu o apoio para que com autonomia pudéssemos desenvolver o nosso trabalho da melhor forma possível, por fim agradecer nossos empreendedores, que se não fosse por cada um que veio até a sala ou participou de alguma atividade promovida, nada disso teria acontecido. Esse prêmio também é de vocês, empreendedores de Mandirituba!”, concluiu Luciane da Silva Kanopa Coordenadora da Sala do Empreendedor Mandirituba.

  • Colombo

    Fiscalização vistoria o cumprimento do novo decreto vigente no município

    Fiscalização vistoria o cumprimento do novo decreto vigente no município
    (Foto: Ilson de Jesus/PMC)

    Desde que foi publicado o novo decreto municipal, 41/2020, as equipes da secretaria de Saúde liderados pela Vigilância Sanitária de Colombo em conjunto com a secretaria da Fazenda por meio da Fiscalização, o suporte da Guarda Municipal e o apoio da Polícia Militar, as operações têm interditado, notificado e orientado os comércios sobre os dias e novos horários de funcionamento.

    No final de semana, por exemplo, a partir de sexta-feira, 26, a domingo, 28, as equipes passaram por diversos comércios que estavam descumprindo as recomendações nas regiões rural do Santa Gema, no Centro e na área urbana do Guaraituba, Paloma, Guarujá, São Sebastião, São Gabriel, Campo Pequeno, Rio Verde, Atuba, Maracanã e Vila Nova.

    No total, mais de 15 estabelecimentos foram fechados, entre bares, distribuidoras e mercados, incluindo duas lojas de grandes redes instaladas no município, que foram interditadas através de denúncias realizadas à Guarda Municipal. “Também fizemos orientação sobre aglomerações nos comércios que vendem alimentos e lanches”, explicou a coordenadora da Vigilância Sanitária, Isabelle de Brito.


    Operações têm interditado, notificado e orientado os comércios sobre os dias e novos horários de funcionamento (Fiscalização de sexta-feira, dia 26)

    É sempre bom relembrar que a fiscalização também é educativa, pois orienta, que para evitar a disseminação do Coronavírus é importante respeitar o distanciamento social, sair quando for extremamente necessário, usar máscara o tempo todo e estar atento aos hábitos de higiene e limpeza.

    Para denunciar eventos com aglomeração, estabelecimentos que não estejam nas novas normais, basta entrar em contato por meio dos seguintes canais: Ouvidoria Geral: 3675.5900 / Ouvidoria da Saúde: 3656-5480 / Guarda Municipal: 3666-5353 / Polícia Militar: 190.

    Confira as principais medidas vigentes até o dia 06 de julho para minimizar a velocidade de propagação do vírus:

    – O horário de funcionamento e atendimento ao público do comércio será de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h; – fechados aos sábados e domingos;

    – Os Shoppings Centers, funcionarão das 12 (doze) horas, até ás 20 (vinte) horas, de segunda a sexta-feira; – fechados aos sábados e domingos;

    – As academias e estabelecimentos congêneres poderão funcionar de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h; – fechados aos sábados e domingos;

    – Os bares e estabelecimentos congêneres poderão funcionar de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h; – fechados aos sábados e domingos;

    – Os serviços de preparo e comércio de alimentos, como por exemplo, restaurantes, pizzarias, lanchonetes e congêneres poderão funcionar de domingo a domingo, das 10h às 21h;

    – O funcionamento e atendimento após este horário somente na modalidade de “delivery” e “drive thru”, sendo vedado o atendimento ao público no local do estabelecimento;

    – Os supermercados, mercados, mercearias e açougues poderão atender ao público de segunda a sábado, das 8h às 21h; sendo vedado o acesso de crianças menores de 12 (doze) anos; – fechados aos domingos;

    – As lojas de conveniência anexas aos postos de combustíveis poderão funcionar de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h; – fechados aos sábados e domingos;

    – Os postos de combustíveis não sofrerão alterações no horário de atendimento;

    – Lei seca: Fica proibida a comercialização e consumo de bebida alcóolica em vias públicas após às 22h;

    – Proibida a realização de missas e cultos religiosos presenciais aos sábados e domingos;

    – É permitida a abertura de igrejas e templos religiosos para atividades administrativas e assistência religiosa individual;

    – As farmácias, drogarias, panificadoras e estabelecimentos congêneres não sofrerão alterações no horário de atendimento.

  • São José dos Pinhais

    Prefeito entrega obras de reforma e ampliação em três Escolas e um Centro de Educação Infantil

    A Prefeitura de São José dos Pinhais por meio da Secretaria de Educação realizou a e entrega de reformas e ampliações feitas em três Escolas e um Centro de Educação Infantil.

    Receberam obras de melhorias a Escola Municipal Pedro Moro Redeschi, no bairro Pedro Moro, Escola Rural Municipal Santo Antonio, na Comunidade do Agaraú, a Escola Rural Municipal Caetano Munhoz da Rocha – Comunidade da Cotia e Centro Municipal de Educação Infantil Bem-Te-Vi Crescer, que atende o Jardim Carmen.

    O prefeito Toninho Fenelon, acompanhado do secretário de Educação, professor Imar Augusto, esteve visitando as unidades que receberam as melhorias, respeitando as orientações e recomendações em relação à prevenção, combate e contenção da pandemia do Coronavírus (Covid-19).

    “Gostaríamos de estar dividindo essas conquistas com nossos alunos, profissionais de educação e comunidade, mas infelizmente o momento não permite. Mas nosso trabalho e compromisso com a educação continuam, e queremos deixar nossas escolas e centros de educação infantis prontos e com melhorias pare receber todos quando for possível voltarem às aulas”, disse o prefeito Toninho.

    O secretário de Educação, professor Imar Augusto, destacou que além dessas quatro unidades, o Centro Municipal de Educação Infantil Trilha das Araucárias e a Escola Municipal Castro Alves, ambas no Parque da Fonte, também receberam obras de revitalização e ampliação e serão entregues para comunidade nos próximos dias. Participou do evento o vereador Tadeu Camargo (Escola Municipal Pedro Moro Redeschi).

  • Campo Largo

    Mulher em situação de violência doméstica pode registrar ocorrência pela internet

    Desde início de junho deste ano, a Polícia Civil do Paraná (PCPR) lança a possibilidade de registro, pela internet, de Boletins de Ocorrência (BO) referentes a crimes de violência doméstica e familiar contra a mulher (Lei Maria da Penha).

    As mulheres maiores de 18 anos agora podem registrar Boletim de Ocorrência (BO) no site da Polícia Civil Paraná, em casos de lesão corporal (violência doméstica), ameaça, injúria, calúnia, difamação e contravenção de vias de fato cometidos contra mulher, nos termos da Lei Maria da Penha -ambiente doméstico e familiar.

    As vítimas devem acessar o Portal da PCPR no endereço: policiacivil.pr.gov.br/BO.

    Na página há orientações sobre cada tipo de ocorrência que pode ser registrada.

    O registro pode ser feito por qualquer computador com acesso à internet. Também é possível utilizar celular ou tablet, mas em alguns modelos a visualização pode ficar um pouco difícil. As vítimas precisam ter um e-mail válido e os documentos pessoais em mãos para fazer o registro.

    Link de acesso ao Boletim de Ocorrência: http://www.policiacivil.pr.gov.br/Pagina/Boletim-de-Ocorrencia-de-Violencia-Domestica-e-Familiar-contra-Mulher-Lei-Maria-da-Penha

  • Pinhais

    Rede de supermercados doa seis toneladas de alimentos para o município

    Na manhã da última sexta-feira (26), a rede de Supermercados Condor doou para o município de Pinhais 500 cestas básicas, o equivalente a seis toneladas de alimentos.

    A doação tem o objetivo de ajudar as pessoas em situação de vulnerabilidade social em decorrência da pandemia. Os alimentos doados foram encaminhados para a Secretaria Municipal de Assistência Social, que posteriormente destinará para as famílias cadastradas e atendidas pelos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS).

    As doações foram adquiridas através de tratativas da Secretaria de Desenvolvimento Econômico com a rede de supermercados, através do Instituto Joanir Zonta, que desenvolve um trabalho social nas cidades onde há lojas instaladas do supermercado. A instituição social desenvolve ações e atividades, como por exemplo, a “Campanha Solidária” que desde 2007 já beneficiou 264 instituições dos estados do Paraná e Santa Catarina.

    A entrega dos alimentos ocorreu no almoxarifado central da Prefeitura. Estiveram presentes o diretor administrativo do Condor, Wanclei Said e gerentes das unidades das lojas da Jacob Macanhan e Av. Iraí; representando a Prefeitura Municipal, Otto Huren, diretor do Departamento de Indústria e Comércio; Wilton Neto, diretor do departamento de Turismo e Eventos, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico; e Gizeli Filius, diretora de Proteção Social Básica, da Secretária Municipal de Assistência Social.

    O diretor administrativo do Condor, Wanclei Said, falou que esta é uma ação para ajudar as pessoas a superar este momento. “A pandemia está prejudicando economicamente milhares de famílias e o setor privado precisa se unir para ajudar a população a superar esta crise. Esta doação é uma forma de minimizar estes impactos e contribuir para que todos consigam passar por este momento da melhor maneira possível” disse.

    As doações ao município serão realizadas em duas etapas. Esta que aconteceu na última semana, e uma próxima, que ocorrerá no mês de julho.

  • Saúde

    Centro de Especialidades Médicas é inaugurado em Campina Grande do Sul

    O CEM – Centro de Especialidades Médicas de Campina Grande do Sul foi oficialmente inaugurado na sexta-feira (26). Com uma área de pouco mais de 500 metros quadrados anexa ao CAIC - Centro de Atenção Integral à Criança, nas Moradias Timbu, o local recebeu obras de reforma e melhor adequação de seu espaço.

    O complexo policlínico conta com profissionais como fonoaudiólogos, dentistas, psiquiatras, psicólogos e de outras especialidades que compõem a equipe multidisciplinar que estará à disposição da população mediante agendamento prévio.

    O local conta ainda com aparato técnico apropriado para a confecção de próteses dentárias, nova sala de fisioterapia, equipamentos destinados a realização de ultrassonografias - exame utilizado principalmente por gestantes – e até mesmo condições para procedimentos cirúrgicos de baixa complexidade.

    Segundo o prefeito Bihl Zanetti, a obra é resultante de um anseio da comunidade e um compromisso da atual festão. Uma conquista da população que representam qualidade e eficiência que reduzem distâncias e diminuem filas de espera de atendimento. “Um grande avanço em saúde pública com direito a oferta de medicamentos, inclusive os de receita controlada e antibióticos”, resume Bihl.

    A secretária municipal de Saúde, Andiara Cristina Bandeira Fillipin, lembra que a obra reúne o atendimento a critérios técnicos do Ministério da Saúde e ao mesmo tempo vem ao encontro das demandas dos moradores da região onde o CEM está instalado. “Um investimento certo, pensado e executado para quem de fato interessa, que são os pacientes”, comemorou.

    A obra foi realizada integralmente com recursos próprios da Prefeitura de Campina Grande do Sul.

    A inauguração, por ocasião da pandemia, contou apenas com a presença de alguns poucos servidores públicos da saúde, com total respeito aos protocolos sanitários.

  • Pinhais

    Avenidas Iraí e Jacob Macanham recebem blitze sanitárias

    Avenidas Iraí e Jacob Macanham recebem blitze sanitárias
    (Foto: Roberto Dziura Jr)

    Diversas medidas são realizadas pela Prefeitura de Pinhais no sentido de minimizar os transtornos causados pela pandemia da Covid-19, entre elas a realização de blitze sanitárias em diferentes locais da cidade. Na sexta-feira (26) a ação aconteceu pela manhã na Avenida Iraí, no bairro Weissópolis, e a tarde na Avenida Jacob Macanham, nas proximidades do módulo da Guarda Municipal, entre os bairros Atuba e Jardim Claudia.

    Nas blitze sanitárias, com abordagem orientativa e de conscientização, é verificada a temperatura dos motoristas, e seus passageiros, são questionados sobre os sintomas da doença, verificada a utilização de máscaras de proteção e entregue o material informativo - “Pinhais contra o Coronavírus”, que contém dicas de prevenção. Neste material é informado ainda o site coronavirus.pinhais.pr.gov.br o qual apresenta diversas informações sobre a doença.

    Além de seguir as orientações, a população pode fazer a sua parte cumprindo as recomendações, também denunciando via whatsapp (41) 98700-1592 os estabelecimentos que estão em desacordo com os decretos municipais.

  • Frota

    Pontal do Paraná adquire van e três novos ônibus

    Durante a tarde da terça (23), a Prefeitura de Pontal do Paraná realizou a entrega de novos veículos para reforçar a frota municipal e implementar ainda mais o atendimento à população.

    A secretaria de Desenvolvimento e Turismo recebeu uma Van adquirida através do fundo Municipal de Turismo, recurso oriundos das taxas recolhidas no porto de embarque para Ilha do Mel, através do Conselho Municipal de Turismo.

    Um ônibus adaptado para Educação, destinado a Escola Especial Ilha do Saber, com toda estrutura necessária para transportar confortavelmente e com segurança nossos alunos, sendo 10 assentos adaptados para cadeirantes e 10 assentos normais.

    Um ônibus para saúde com 44 lugares, com elevador para cadeirantes, banheiro e ar condicionado para transportar nossos pacientes para tratamento de especialidades fora do município com mais segurança e dignidade.

    A Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude também foi contemplada com um ônibus, uma reivindicação antiga de nossos atletas que poderão representar o nosso município em competições dentro e fora do Estado.

  • Guaratuba

    Prefeitura libera acesso à praia e ao calçadão de segunda a quinta

    O enfrentamento ao coronavírus em Guaratuba entra em uma fase que vai exigir mais engajamento da população e também vai permitir que a fiscalização da Prefeitura concentre seus esforços.

    Um novo decreto, de nº 23.460, está sendo publicado nesta sexta-feira (26) e autoriza o retorno de algumas atividades, com diversas restrições e rigorosas normas.

    Conforme um dos “considerandos” que baseiam a decisão, “a eficácia das medidas de vigilância epidemiológica e sanitária para a prevenção da propagação da grave pandemia do Coronavírus – COVID-19 depende necessariamente da sua adoção por toda a sociedade”.

    O acesso à praia e ao calçadão está liberado de segunda-feira a quinta-feira. A proibição na sexta, sábado, domingo, feriados e dias de ponto facultativo está mantida para não estimular a vinda de moradores de outras cidades nos finais de semana.

    Fica permitido acesso e a utilização dos calçadões, faixas de areia e água de todas as praias para a prática de atividades físicas individuais, vedados em todos os casos a aglomeração de pessoas e a prática de esportes em duplas ou coletivos, principalmente nas faixas de areia.

    O decreto também autoriza, de forma limitada, duas atividades empresariais: as academias e a hospedagem. As academias poderão funcionar com limite de pessoas e com diversas regras de higiene e sanidade.

    O funcionamento de hotéis, motéis, hostels, pousadas e similares e locações de imóveis por curto período de tempo passa a ser permitido “nos estritos termos de todas as regras do decreto”.

    Assim como a proibição das praias nos finais de semana, a liberação do setor de hospedagem leva em conta que o período do ano e as limitações impostas, não incentivarão o turismo, mas vão atender a necessidade de um público específico: vendedores, representantes de empresas e profissionais que vêm a trabalho em serviços essenciais e que não podem sofrer embaraços, os quais permanecem por pouco tempo na cidade.

    As novas medidas vão permitir que a fiscalização seja direcionada a combater outras situações de risco à saúde coletiva. Para proteger as pessoas e evitar a propagação do coronavírus, mais de uma centena de servidores municipais de todas os setores são mobilizados em turnos que cobrem as 24 horas do dia. Uma das ações que mais exige pessoal e que mais desgaste causa tem sido a interdição da orla.

    As medidas de enfrentamento à Covid-19 são analisadas constantemente pelo CComitê de Gestão de Crise Interinstitucional formado por secretários municipais para o enfrentamento à pandemia, levando em conta o quadro da doença na cidade em cada momento, as medidas tomadas pelo Ministério da Saúde, do Estado e das cidades da região.

    As autorizações feitas no Decreto nº 23.460 e seus resultados serão avaliados permanentemente e poderão ser revistos em uma próxima etapa, levando e conta também o comportamento da população.

DESTAQUES DOS EDITORES