Mundo do Trabalho

Novidades, desafios e soluções para a sua empresa

Publicidade

A INTERNET: Ambiente virtuoso para os negócios

Fonte imagem: https://www.portalgsti.com.br/2016/09/a-internet-das-coisas-vai-invadir-sua-casa.html

Quando analisamos a Internet, sob a perspectiva de seu período de existência, podemos dizer que estamos na fase inicial do funcionamento das coisas na Internet. Nesse contexto, muitos negócios podem surgir, simplesmente a partir do atendimento de demandas que surgem exclusivamente nas operações que existem na Internet.

Ao considerar que a linguagem de programação é a ferramenta utilizada para tornar possível a realização de qualquer operação no ambiente digital, o conhecimento sobre linguagem de programação é um importante aliado para o desenvolvimento de qualquer negócio. 

Há 30 anos esse conhecimento já era indicado como a profissão do futuro. A diferença de agora é que esse conhecimento precisa estar integrado com outra área de conhecimento. Atualmente, o simples conhecimento sobre programação, não é suficiente para desenvolver algo novo. Como qualquer processo criativo, a integração de diferentes conhecimentos pode gerar novos produtos e/ou serviços.

Agrawal  em 2016 apresentou cinco grupos principais de negócios da Internet das Coisas – Internet of Things - IoT.

  • Fornecedores de dispositivo;
  • Operadores;
  • Provedores de plataforma;
  • Integradores de sistemas;
  • Provedores de aplicativos.

Cada um desses grupos apresenta várias empresas dependendo da indústria-alvo. E cada um dos negócios apresenta uma força única para promover a IoT, mas nem todos estão com as mesmas condições competitivas.

Cada modelo representa as forças ou fraquezas de cada grupo que ajudam a evoluir os modelos de negócios da Internet. A partir dessa realidade competitiva, a parceria é considerada o elemento que dá sustentabilidade aos negócios de IoT.

Nessa perspectiva, a integração de diferentes conhecimentos ou expertises, por meio de parcerias firmadas entre profissionais e/ou empresas, promovem a sustentabilidade de novos negócios. Isso pode ser facilmente evidenciado, quando determinado tipo de inovação é criada para atender determinados nichos.

Esses tipos de negócio, podem demorar para expandir, e normalmente apresentam características de negócios de risco. Mas com as parcerias, a viabilidade do negócio se concretiza e torna possível a realização de sonhos como aconteceu com Jack Ma do Alibaba. Depois de muito trabalho, com uma nova proposta de negócio, ficou milionário.

 

AGRAWAL, Mohit. Internet of Things – Business Model. Telecom Circle.  (2016) último acesso em 03/07/2019. Disponível em: http://www.telecomcircle.com/2016/05/internet-of-things-business-models/

Quem faz o blog

Por Rejane Bressan. Mestre em Tecnologia, Especialista em EaD e na área de Treinamento Esportivo, Diretora do Programa Aprendiz Cidade Júnior, realiza pesquisas na área de gestão de pessoas e gestão de processos.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES