Mundo do Trabalho

Novidades, desafios e soluções para a sua empresa

Publicidade

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL: como os profissionais podem garantir espaço no mundo do trabalho

Fonte da Imagem: https://www.labmanager.com/leadership-and-staffing/2017/09/effective-knowledge-management-tools-and-techniques#.XUf0R-hKjIU

A sociedade busca se desenvolver por meio de tecnologias que superam a capacidade intelectual dos seres humanos.  Conforme Ceballos e Duazary em 2018 demonstraram em pesquisa, os avanços tecnológicos voltados para o desenvolvimento da inteligência humana apresentam a melhora da capacidade intelectual das pessoas por meio de sistemas de Inteligência Artificial. Apesar de existir posicionamento divergente entre pesquisadores da área sobre o desenvolvimento dessa capacidade intelectual humana com sistemas de Inteligência Artificial, muitas pesquisas avançam nesse caminho.

Essa busca pela evolução biológica, é uma das discussões levantadas por pesquisadores, e nos leva a reflexões sobre o que os estudos na área da Inteligência Artificial ainda não conseguiu superar em relação a Inteligência dos seres humanos. Apesar de muitas pessoas não perceberem que o grande diferencial dos profissionais no ambiente de trabalho não é a sua capacidade intelectual, mas sim a emocional. Capacidade essa, que os pesquisadores envolvidos com os sistemas de Inteligência Artificial ainda não conseguiram reproduzir nas máquinas ou em softwares. Tornando a Inteligência Emocional um dos mais fortes diferenciais competitivos no mundo do trabalho.

Diante dessa realidade, ainda fica o questionamento para muitos: POR QUE AS EMOÇÕES SÃO IMPORTANTES NO MUNDO DO TRABALHO?

A rotina do mundo do trabalho exige e muito, a capacidade emocional dos profissionais para perceberem como reagir em diferentes situações. As reações comportamentais criam ambientes positivos para o processo produtivo ou ao contrário, criam ambientes de extrema tensão que transforma o processo produtivo em uma condição de estresse permanente, levando profissionais a condições de problemas de saúde, como depressão, LER, DORT, entre outras.

Diante dessa realidade, desenvolver a Inteligência Emocional é uma vantagem competitiva em qualquer área de atuação. Os desafios são grandes, e não há uma forma única para se desenvolver. Cada pessoa tem uma condição diferente de reagir emocionalmente. Essa capacidade exige uma construção constante, um auto aprimoramento que exige disciplina e reflexão sobre as próprias atitudes. Sendo esse o maior desafio. Refletir sobre as consequências de sua reação antes de realizar a sua ação comportamental, que normalmente se desenvolve por meio da expressão verbal e corporal.

Para exercitar, procure reagir a comentários indelicados refletindo da mesma forma que faz quando escreve um texto para alguém. Sempre revisamos o texto antes de mandar um e-mail, por exemplo. Ou não? Da mesma forma, podemos reagir quando nos sentimos ofendidos. Refletindo sobre as consequências de nossos atos, antes de reagir a eles.

Isso não quer dizer que precisamos aceitar ofensas e desrespeito. Apenas precisamos controlar as emoções e reagirmos com respeito, mesmo que não o percebemos na ação de quem nos deixou incomodado. Mesmo sendo desafiador, é possível adquirir esse hábito.

Fonte:

CEBALLOS, Salazar, DUAZARY, Alexander. La inteligencia artificial vs la Inteligencia humana. Revista internacional de Ciencias de la Salud, Vol.15. 2018. Disponível em: file:///C:/Users/Nicole/Downloads/Dialnet-LaInteligenciaArtificialVsLaInteligenciaHumana-6692327.pdf

Quem faz o blog

Por Rejane Bressan. Mestre em Tecnologia, Especialista em EaD e na área de Treinamento Esportivo, Diretora do Programa Aprendiz Cidade Júnior, realiza pesquisas na área de gestão de pessoas e gestão de processos.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES