Noticiário policial produzido pela equipe do Portal Bem Paraná

  • Maus-tratos

    Mulher é presa após abandonar cachorro na Grande Curitiba

    (Foto: Divulgação)

    Uma mulher de 56 anos acabou presa por maus-tratos depois de câmeras de segurança flagrarem ela abandonando um cachorro em São José dos Pinhais, na Região Metropolitna de Curitiba

    O flagra foi na a manhã de domingo (18). O  animal foi resgatado e entregue a abrigo.

    <iframe src="https://www.facebook.com/plugins/video.php?height=476&href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fdelegadomatheuslaiola%2Fvideos%2F133743075249231%2F&show_text=false&width=380" width="380" height="476" style="border:none;overflow:hidden" scrolling="no" frameborder="0" allowfullscreen="true" allow="autoplay; clipboard-write; encrypted-media; picture-in-picture; web-share" allowFullScreen="true"></iframe>
  • Ilha do Rato

    Depois de 24 horas de buscas, corpo de vítima de afogamento em Matinhos é encontrado

    (Foto: Divulgação/PMPR)

    Quase 24 horas de incansáveis buscas por um rapaz, de 20 anos, que submergiu na região do trapiche da Praia Mansa, em Matinhos, na manhã de domingo (17/01), o Corpo de Bombeiros e o helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) encontraram o corpo de uma vítima próximo à Ilha do Rato, por volta de 8h15 desta segunda-feira (18/01). Parentes foram até a Base Náutica de Guaratuba, onde reconheceram o jovem.

    A região onde ocorreu o afogamento do homem é próxima onde uma menina, de 14 anos, também se afogou na tarde de sexta-feira (16/01), mas ainda não foi encontrada. O local é uma área não protegida por Guarda-Vidas, ou seja, é um local onde as pessoas devem evitar entrar no mar, devido aos riscos que existem, seja por correntezas ou buracos que não são perceptíveis aos banhistas.

    As buscas pelo rapaz duraram todo o domingo com embarcações, guarda-vidas e o helicóptero do BPMOA fizeram uma varredura no mar na tentativa de fazer o resgate. Os trabalhos só pararam ao anoitecer, por questões de segurança das equipes de resgate e da falta de visibilidade. O corpo foi encontrado por pescadores, que repassaram a localização aos bombeiros. A aeronave fez um sobrevoo e confirmou a posição da vítima, indicando para que os bombeiros do bote inflável pudessem fazer o resgate.

    Segundo a porta-voz do Corpo de Bombeiros pelo Verão Consciente 2020/2021, tenente Ana Paula Inácio de Oliveira Zanlorenzzi, o corpo foi levado à Base Náutica de Guaratuba, e acionado o Instituto Médico Legal (IML). A tenente reforçou que os banhistas devem entrar no mar somente nos pontos onde há Guarda-Vidas.

    “O Corpo de Bombeiros sempre orienta que os riscos do mar não estão somente nas ondas e nem sempre são visíveis. Correntes, buracos, mudanças abruptas de profundidade, valas e valões são riscos ‘escondidos’. Ao entrar no mar, as pessoas devem nada sempre em faixa protegida por Guarda-Vidas, delimitada por bandeiras ou windbanners vermelho e amarelo”, disse.

  • Flagra

    PRF apreende carro com mais de R$ 335 mil em multas no interior do Paraná

    (Foto: PRF)

    A Polícia Rodoviária Federal apreendeu na tarde de sábado (16) um carro com 250 multas de trânsito, que somam R$ 335.446,27 e com licenciamento irregular. Com débitos de impostos devidos. o valor total chega a R$ 344.547,05. O Fiat Palio, com placa de Maringá, foi abordado no o km 201 da BR-376, em Mandaguari, na região Norte do Paraná por volta das 18 horas. 

    Clique aqui para ler esse post completo.

  • Violência

    Mãe e filha ficam feridas após serem baleadas em Fazenda Rio Grande

    (Foto: Divulgação/PMPR)

    Na madrugada deste domingo (17), mãe e filhas foram balaeadas e ficaram feridas no bairro Eucaliptos, em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba. Segundo a informações da Polícia Militar, a mãe, de 53 anos, foi encaminhada ao Hospital Evangélico, com ferimentos moderados causados por um tiro. Já a filha, 23 anos, atingida por sete tiros, foi para o Hospital do Trabalhador com ferimentos graves.

    De acordo com testemunhas ouvidas pela polícia, um carro branco passou pela casa das duas atirando. O caso será investigado pela Polícia Civil.

    .

  • Feminicídio

    Ex-marido e mais três viram réus por assassinato de bancária em Curitiba

    (Foto: Divulgação)

    O juiz Daniel Ribeiro Surdi de Avelar, da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Região Metropolitana de Curitiba, acatou a denúncia por feminicídio contra o Antonio Henrique dos Santos, ex-marido da gerente de um agência da Caixa Econônomia Tatiana Lorenzetti, assassinada quando saía do trabalho , no dia 28 de dezembro de 2020, no bairro Capão Raso, em Curitiba. Outras pessoas, Moisés Gonçalves, Thales Serafim, André Luiz Correia Barboza e Jonathan Alves da Silva, contratadas pelo ex-marido, também tiveram a denúncia acatada pela justiça. O juiz também decretou a prisão preventiva de todos eles. Todos respondem por feminicídio qualificado pela promessa de recompensa, por motivo torpe e por recurso que dificultou a defesa da vítima, e se tornaram réus no processo.

    Clique aqui para ler esse post completo.

  • Susto

    Criança de 5 anos é atingida por bala perdida dentro de casa em Curitiba

    (Foto: Divulgação)

    Uma criança de apenas cinco anos ficou ferida após ser atingida por uma bala perdida na madrugada deste sábado (16), no bairro Alto Boqueirão, em Curitiba. De acordo com informações da  Polícia Militar (PM), um homem encapuzado passou em frente da casa, disparou vários tiros e um deles atingiu a perna da criança, que está internada no Hospital do Trabalhador, sem risco de morte.

    Até o fechamento da reportagem, ninguém foi preso. A polícia investigará o caso.  

  • Guaratuba

    Polícia prende suspeita de aplicar golpe do falso aluguel de casas no Litoral do Paraná

    (Foto: Divulgação/PCPR)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu preventivamente uma mulher suspeita de integrar uma associação criminosa que aplicou golpes do falso aluguel em Guaratuba, no Litoral do Estado. A mulher foi capturada, na quinta-feira (14), em Ponta Grossa, na Centro do Estado.

    Os policiais civis, que estão atuando no Verão Consciente, se deslocaram até Ponta Grossa e cumpriram o mandado judicial.

    Conforme apurado pela PCPR, o grupo criminoso agia da mesma forma com as pessoas que tinham interesse em alugar casas em Guaratuba. Eles informavam que eram donos da tal residência e anunciavam, via internet, para locação durante o natal e ano novo.

    Depois que apareciam pessoas interessadas no aluguel, o grupo iniciava as tratativas, através de um aplicativo de mensagens e exigiam uma parte de pagamento antecipado. As vítimas realizam o depósito e quando chegavam ao imóvel na data combinada, a casa já estava ocupada por outras pessoas, ocasionando inúmeros transtornos, além do prejuízo.

    As investigações prosseguem identificar outros envolvidos. Até o momento, a PCPR tem o conhecimento de que cinco pessoas foram vítimas do grupo.

  • Flagrante

    PRF apreende caminhão lotado de pneus contrabandeados do Paraguai no Paraná; assista

    Por volta das 6h30, policiais rodoviários federais abordaram um motorista de 29 anos na BR-487
    Por volta das 6h30, policiais rodoviários federais abordaram um motorista de 29 anos na BR-487 (Foto: PRF/divulgação)

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, hoje, um caminhão que estava lotado de pneus contrabandeados do Paraguai, em Alto Paraíso (PR).

    Por volta das 6h30, policiais rodoviários federais abordaram um motorista de 29 anos na BR-487. Ao ser solicitada a documentação da carga, o motorista apresentou uma nota fiscal de pneus usados de borrachas para uma empresa recicladora em Uberlândia (MG).

    Clique aqui para ler esse post completo.

  • Guaratuba

    Polícia identifica sequestrador através de impressões digitais deixadas no Litoral do Paraná

    Análise de digitais
    Análise de digitais (Foto: Divulgação/PCPR/Fábio Dias)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) identificou um homem suspeito de participar do sequestro de um idoso de 65 anos, ocorrido em Joinville, no Estado de Santa Catarina. O senhor foi encontrado no dia 30 de dezembro de 2020, em cativeiro na área rural de Guaratuba, no Litoral do Paraná. Ele estava desaparecido desde a véspera do Natal.

    O delegado da PCPR e coordenador da operação Verão Consciente, Gil Tesserolli, ressaltou a importância do trabalho técnico pericial dos papiloscopistas da PCPR para apuração de crimes e identificação de autorias. “Através desse serviço minucioso é possível materializar e comprovar autoria de crimes com segurança técnica dificilmente encontrada através de outras provas”, afirmou Tesserolli.

    Após o da resgate da vítima, papiloscopistas da PCPR, que atuam no Verão Consciente, analisaram todo o ambiente com objetivo de coletar vestígios que pudessem auxiliar nas investigações da polícia catarinense, além de identificar pessoas envolvidas no crime. O trabalho dos papiloscopistas da PCPR durou mais de duas horas.

    Com padrões datiloscópicos de suspeitos fornecidos pela Polícia Civil de Santa Catarina, a PCPR realizou confronto com fragmentos coletados no cativeiro e já chegou até a identidade de um dos sequestradores.

    TÉCNICA – A PCPR realizou análise minuciosa em objetos, móveis e utensílios do local, em que houvesse maior probabilidade de encontrar digitais para confronto papiloscópico. Foi aplicado um material, conhecido como “pó revelador de impressões digitais”, em cada uma dessas peças.

    Foram fotografados e colhidos todos os fragmentos papilares revelados e, posteriormente, encaminhados para central da PCPR, onde é realizado confronto do material coletado com bancos de dados através de sistema específico e confronto óptico – comparação visual.

    ANÁLISE – Essa análise consiste em comparar evidências papiloscópicas levantadas no local de crime com padrões já catalogados de pessoas identificadas civil ou criminalmente e, também, com os padrões de alvos de investigações policiais.

  • Na fronteira

    Polícia apreende R$ 90 mil em vinhos importados no Paraná

    O Corsa cheio de caixas de vinho
    O Corsa cheio de caixas de vinho (Foto: Divulgação/PRF)

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 80 caixas contendo vinhos argentinos em Santo Antônio do Sudoeste (PR), nesta quinta (14).

    Por volta das 19 horas, policiais rodoviários federais tentaram abordar um motorista de um Corsa Classic, na BR-163, mas ele fugiu. Após perseguição, ele abandonou o carro e fugiu.

    Dentro do carro, em todo o seu interior, os policiais encontraram 80 caixas de vinhos argentinos, avaliados em cerca de R$ 90 mil. Os vinhos e o carro foram depositados na Receita Federal para processamento.

    <iframe width="1189" height="669" src="https://www.youtube.com/embed/RHGNhFB6204" frameborder="0" allow="accelerometer; autoplay; clipboard-write; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture" allowfullscreen></iframe>
  • Estradas

    No Paraná, polícia apreende uma tonelada de maconha dentro de caminhão

    Policial rodoviário com a droga apreendida no caminhão
    Policial rodoviário com a droga apreendida no caminhão (Foto: Divulgação/PRF)

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, na noite de quinta-feira (dia 14), 1,1 tonelada de maconha em um caminhão, em Cascavel (PR).

    Por volta das 23h30, policiais rodoviários federais deram ordem de parada a um homem que conduzia um caminhão, na BR-277. Ao iniciar a manobra de estacionamento, ele se dirigiu ao acostamento e, antes do veículo parar, saltou do caminhão em movimento e correu em direção a um matagal, que fica às margens da rodovia.

    O caminhão ficou desgovernado e os policiais tiveram que sinalizar o trânsito para evitar uma colisão com outros veículos. Por fim, a carreta parou sobre a pista. Após a liberação do trânsito, os policiais iniciaram os procedimentos de vistoria.

    Ao acessarem o compartimento de cargas, arrombando o cadeado, a PRF encontrou 49 fardos de maconha. Após pesados, totalizaram 1.124,4 kgs da droga, que foram apreendidas e entregues na Polícia Civil para o registro do crime de tráfico de drogas.

    <iframe width="1189" height="669" src="https://www.youtube.com/embed/LdFnoh9y89U" frameborder="0" allow="accelerometer; autoplay; clipboard-write; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture" allowfullscreen></iframe>

    <iframe width="1189" height="669" src="https://www.youtube.com/embed/LdFnoh9y89U" frameborder="0" allow="accelerometer; autoplay; clipboard-write; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture" allowfullscreen></iframe>
  • Intoxicação

    Vazamento de gás em supermercado de Curitiba acaba com cinco funcionários hospitalizados

    (Foto: Divulgação)

    Um vazamento de gás no frigorífico da Central de distribuição do supermercado Condor, na Estrada do Ganchinho, no Umbará, em Curitiba,  causou mal-estar em sete funionários na manhã desta quinta (14). Ees foram atendidos por médicos. Destes, cinco precisaram ser encaminhados a hospitais com intoxicação moderada. 

    Segundo a assessoria de imprensa do supermercado Condor,  do total de 85 colaboradores que trabalham no local, sete relataram mal estar e, imediatamente, a rede paralisou a produção, pediu por assistência médica e acionou o Corpo de Bombeiros. A rede já chamou uma equipe técnica para apurar as causas do ocorrido.

    Do frigorífico do depósito saem as mercadorias para os supermercados espalhados por Curitiba e região.

  • Xadrez

    Polícia prende suspeito de roubar e estuprar mulher em Curitiba

    (Foto: Divulgação)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu um homem, de 40 anos, suspeito de roubar e estuprar uma mulher, de 59, no início deste mês. O crime aconteceu em Curitiba, na região Norte da cidade. O indivíduo foi preso temporariamente, na manhã desta quinta-feira (14), no mesmo bairro do crime.

    O homem teria invadido a casa da vítima e exigido dinheiro ameaçando-a com uma faca. A mulher entregou R$ 600 ao criminoso, mas ainda assim ele teria a amarrado e violentado sexualmente.

    O homem já teria antecedentes por roubo no Estado de São Paulo

  • Maconha

    Batalhão de Fronteira do PR faz a maior apreensão de drogas da história da unidade: 12,7 toneladas

    (Foto: BPFron/PMPR)

    Cinco homens acabaram presos na quarta-feira (13/01) durante a abordagem do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) a uma propriedade rural na cidade de Toledo (Oeste do PR), que terminou com a apreensão de 12,7 toneladas de maconha, a maior apreensão de drogas da história da unidade. Os policiais militares do batalhão contaram com apoio de um helicóptero da Casa Militar para transporte de tropa e sobrevoo no local. Além de maconha, foram apreendidos carregadores para fuzil e R$ 3.500 em dinheiro.

    De acordo com o BPFron, as equipes estavam em patrulhamento quando viram a propriedade e suspeitaram de uma carreta. Juntamente com policiais militares do Pelotão de Operações com Cães, foi feita uma vistoria ao veículo e constatado que estava com maconha. Com a possibilidade de haver mais droga no local, foi solicitado apoio para que mais equipes viessem ao local para auxiliar numa varredura mais detalhada. Durante o trabalho foi localizado um galpão que estava com dezenas de fardos de droga.

    Um dos suspeitos que estava na propriedade tentou subornar os policiais militares para evitar a apreensão da droga, mas ele acabou preso. Ele e os demais envolvidos foram encaminhados por associação criminosa e tráfico de drogas. Segundo o BPFron, a apreensão é a maior que a unidade já fez desde a criação da unidade, em 2012. O prejuízo causado ao narcotráfico com a apreensão é de cerca de R$ 13 milhões.

    A ação faz parte da operação Hórus, coordenada pela Secretaria de Operações Integradas (SEOPI) do Ministério da Justiça, e conta com efetivos de órgãos federais e estaduais no combate a crimes transfronteiriços. Além do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), participam da operação a Polícia Federal, a Receita Federal, a Companhia de Comandos e Operações Especiais (COE) do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), ambos da Polícia Militar do Paraná; o grupo Tigre da Polícia Civil do Paraná; o BOPE da PM de Mato Grosso do Sul, a Força Nacional e o Exército Brasileiro.

  • Incêndio

    Fogo destroi barracão abandonado no bairro CIC, em Curitiba

    Um barracão abandonado foi destruído pelo fogo no bairro Cidade Industrial de Curitiba (CIC), na madrugada desta quinta-feira (14), em Curitiba.

    Alguns moradores de rua usavam o local para dormir, mas segundo o Corpo de Bombeiros, ninguém ficou ferido.

    O barracão era usado por uma antiga fábrica de estofados, mas estava abandonado. Dois carros que estavam no local ficaram completamente destruídos.

    Até a última atualização da reportagem, ninguém soube informar o que causou as chamas.

  • Uma pessoa morreu

    Motorista de micro-ônibus que bateu em trem em Curitiba é indiciado por homicídio com dolo eventual

    (Foto: Colaboração)

    A Polícia Civil do Paraná concluiu o inquérito sobre acidente entre micro-ônibus e trem que causou a morte de uma mulher e deixou outras cinco pessoas feridas na madrugada de 20 de outubro de 2020. O motorista do micro-ônibus foi indiciado por homicídio com dolo eventual, quando não há intenção, mas se assume o risco de matar.

    Clique aqui para ler esse post completo.

  • Litoral

    Irmãs de 11 e 13 anos desaparecidas são encontradas em Matinhos

    (Foto: PMPR)

    Uma equipe do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM), no âmbito do Verão Consciente 2020/2021 localizou duas meninas desaparecidas, uma delas com lesões, e encaminhou um homem à delegacia. A ação ocorreu na segunda-feira (11/01), na cidade de Matinhos, no Litoral do Paraná.

    De acordo com as informações do 9º Batalhão, uma mãe solicitou ajuda para encontrar suas duas filhas, uma de 13 anos e outra de 11, que teriam fugido de casa. O cartão do banco da mãe foi utilizado em um mercado, porém, após buscas pela região, ninguém foi encontrado. A procura continuou até a casa de um homem, de 18 anos, que teria algum envolvimento com a menina mais velha.

    A busca continuou e, durante patrulhamento, o rapaz foi encontrado em frente a uma farmácia, juntamente com as duas meninas desaparecidas. Na abordagem, perceberam que a menina de 13 anos e o rapaz, de 18, apresentavam lesões e cortes no antebraço.

    Diante da suspeição de indução ao suicídio, o rapaz e as meninas foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Matinhos para que as providências fossem tomadas.

  • Caliça e outros

    Polícia descobre terreno sem licença ambiental para despejo de restos de construções em Curitiba

    (Foto: Polícia Civil-PR)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) descobriu um local que estava sendo usado para despejo de restos de construções, na terça-feira (12), no bairro Capão da Imbuia, em Curitiba.

    Os policiais civis receberam uma denúncia anônima informando que no terreno estaria ocorrendo crime ambiental. No local, foram encontradas caliças diretamente em contato com o solo e demais restos de construções, tudo às margens de um curso d'água.

    O dono do terreno foi identificado e assinou um termo circunstanciado por falta de licença ambiental.

  • Tráfico de drogas

    Após perseguição a 240 km/h, polícia apreende 160 quilos no interior do PR

    (Foto: PRF)

    Por volta das 14h30, policiais rodoviários federais tentaram abordar um motorista de uma SUV Toyota RAV-4, na BR-277. O motorista fugiu e foi perseguido. Após cerca de 20 quilômetros de perseguição, o motorista perdeu o controle da SUV e foi abordado pela equipe de PRFs.

    Durante a perseguição, que, em alguns trechos alcançou a velocidade aproximada de 240 km/h, o motorista transitou pela contramão e ameaçou motoristas e pedestres, colocando a a sua vida, dos usuários da rodovia e dos policiais em risco.

    Clique aqui para ler esse post completo.