• Maconha

    Polícia prende traficante em banheiro de hotel no Paraná

    Polícia prende traficante em banheiro de hotel no Paraná
    Policial prende suspeito de tráfico de drogas (Foto: Divulgação/PRF)

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 533,5 quilos de maconha na noite desta quinta-feira (23) em Cantagalo, na região centro-sul do Paraná.

    Por volta de 19h20, a equipe da PRF de plantão na unidade operacional em Laranjeiras do Sul desconfiou de um veículo Ford EcoSport que passou em frente ao posto policial, em direção à Curitiba.

    Os policiais rodoviários federais resolveram abordar o veículo. Cerca de 30 quilômetros à frente, os agentes da PRF localizaram o carro, estacionado em frente a um hotel, às margens da rodovia.

    De imediato, através dos vidros, a equipe percebeu que o carro transportava vários fardos de maconha.

    O motorista, de 29 anos de idade, tentou se esconder no banheiro do hotel, mas acabou preso em flagrante, sem oferecer resistência.

    Aos policiais, ele disse que pegou a droga em Cascavel e que pretendia levá-la até Curitiba. A maconha estava acondicionada em 897 tabletes.

    Com placas clonadas de outro veículo similar, o carro havia sido roubado no último dia 25 de março, em Hortolândia. Dentro dele havia ainda um aparelho ilegal de radiocomunicação.

    A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Civil em Laranjeiras do Sul.

  • Água Verde

    Vídeo: homem confessa assassinato de cabeleireiro em Curitiba

    Vídeo: homem confessa assassinato de cabeleireiro em Curitiba
    (Foto: Reprodução / PC-PR)

    Um morador de rua, de 26 anos, suspeito pelo crime de homicídio que teve como vítima o cabeleireiro Marcos César Milleo, 61 anos, ocorrido na última semana em uma cobertura no bairro Água Verde, na Capital, foi preso nesta quinta-feira (23) pela Polícia Civil, no bairro Novo Mundo, em Curitiba. Em depoimento, o rapaz confessou o crime que aconteceu no dia 13 de maio deste ano, no apartamento da vítima. O corpo foi encontrado em um dos quartos do imóvel aparentemente sem sinais de agressão, porém com um corte profundo no nariz.

    Câmeras de segurança do edifício registraram o momento em que o suspeito e a vítima chegaram juntos no prédio, por volta das 16h30, bem como o momento em que o suspeito deixa o local sozinho por volta das 23 horas, em posse de uma sacola com objetos que teria furtado da vítima e com vestimentas diferente das que estava quando chegou.

    De acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi localizado após o celular que ele havia furtado de Milleo ter sido encontrado em um ponto de venda drogas, também no bairro Novo Mundo. A pessoa que estava em posse do aparelho foi presa em flagrante e a polícia apreendeu 908 invólucros de crack, 300 de cocaína e 88 de maconha. Com isso, em pouco tempo os investigadores chegaram até a identidade do suspeito de homicídio.

    Segundo o suspeito de matar o cabeleireiro, os dois teriam entrado em luta corporal, quando ele empurrou a vítima, que caiu e bateu a cabeça em um móvel ao lado de sua cama. Momento em que o suspeito teria asfixiado a vítima com as mãos.

    O suspeito é usuário de drogas e já possuí antecedentes criminais por tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, além de outros ilícitos.

    O homem responderá pelo crime de homicídio qualificado. 

  • Palmeira

    Carro invade contramão na BR-277, provoca colisão frontal e uma morte

    Carro invade contramão na BR-277, provoca colisão frontal e uma morte
    (Foto: PRF)

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) atendeu no início da tarde desta quinta-feira (23) uma colisão frontal na BR-277 em Palmeira, na região dos Campos Gerais. Um homem morreu e outras duas pessoas foram socorridas com lesões gravíssimas.

    O acidente ocorreu por volta de 12h20, no quilômetro 162 da rodovia, em um trecho de pista simples. Um automóvel Chevrolet Vectra que transitava no sentido Curitiba invadiu a faixa contrária e colidiu frontalmente contra um Volkswagen Gol, que capotou após o impacto.

    O motorista do Gol morreu no local. O motorista do Vectra e uma passageira que estava no Gol foram socorridos, ambos em estado gravíssimo, e encaminhados para o Hospital do Rocio, em Campo Largo. Outros dois carros se envolveram no acidente, mas seus ocupantes saíram ilesos.

    Chovia no momento do acidente. O limite de velocidade no local é 80 km/h. Os pneus dianteiros do Vectra estavam totalmente gastos, de acordo com a equipe da PRF que atendeu a ocorrência.

    O corpo do motorista do Gol foi encaminhado ao IML de Ponta Grossa.

  • Operação Paper Falsum

    Empresário e contador de Curitiba são presos suspeitos de causar prejuízo milionário

    Empresário e contador de Curitiba são presos suspeitos de causar prejuízo milionário
    (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) cumpriu, nesta quarta-feira (22), mais de 30 mandados judiciais – entre prisão temporária, busca e apreensão, bloqueio de bens e bloqueio de contas bancárias – na Capital e Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Um empresário e um contador foram presos no decorrer da operação.

    Os alvos da ação são suspeitos de simular duplicatas e aplicar golpes em empresas de fomento comercial, conhecidas como factoring, que resultaram em um prejuízo superior a R$ 2,1 milhões.

    Além dos mandados de prisão temporária, que resultaram na prisão dos investigados, a PCPR cumpriu nove mandados de busca e apreensão em residências, empresas e um escritório de advocacia. As buscas aconteceram nos bairros Uberaba, Novo Mundo, Boqueirão, Portão, bem como nos municípios de Pinhais e Campina Grande do Sul, situados na RMC.

    Também foram cumpridas ordens judicias para bloqueio de oito contas bancárias e de 13 bens materiais, sendo três imóveis sitiados em Curitiba, São José dos Pinhais e São Francisco do Sul (SC), além de dez veículos.

    As diligências tiveram início há cerca de três meses, quando as empresas lesadas procuraram a PCPR para registrar a denúncia. Conforme apurado, os suspeitos simulavam duplicatas, que não tinham qualquer negociação de compra e venda envolvida, para aplicar golpes nas factorings – que fazem aquisição de títulos de créditos, em especial duplicatas mercantis, provenientes de negociações de seus clientes. Ou seja, compram por um valor à vista um título de crédito que irão receber parcelado.

    De acordo com as investigações, durante um período a associação criminosa atuou normalmente como cliente das empresas antes de efetivamente aplicar os golpes. Segundo relato das vítimas, uma das empresas teve prejuízo de R$ 1,3 milhão de títulos não pagos, outra foi lesada em aproximadamente R$ 365 mil e uma terceira informou um prejuízo de R$512 mil.

    A PCPR descobriu que os suspeitos criavam empresas em nome de “laranjas”, em diferentes cidades e estados, para se passar por entidades operacionais e ludibriar as vítimas que adquiriam os títulos de créditos. Inclusive, o empresário preso na ação já conta com diversas ações contra si e suas empresas em razão da prática do crime.

    A operação foi batizada como “Paper Falsum” em alusão à prática criminosa do suspeitos. “Paper Falsum” é uma expressão do latim, que significa Papel Falso.

  • Susto

    Incêndio atinge cozinha improvisada para espetáculo no Ginásio Tarumã

    Na madrugada desta quinta (23), pegou fogo na tenda onde funcionava uma espécie de cozinha improvisada no lado de fora do Ginásio Tarumã. Desde ontem até domingo, o local é palco do espetáculo Disney On Ice e a cozinha fazia comida para os mais de 40 integrantes da companhia. Os seguranças ajudaram a apagar o fogo até a chegada de três equipes de bombeiros, que conseguiram controlar o incêndio rapidamente. Ninguém ficou ferido. 

    O espetáculo será apresentado normalmente nesta quinta. Na manhã desta quinta (23), um a nova cozinha será montada, mas provavelmente no lado de dentro do ginásio. 

  • PRF persegue e recupera carro roubado que estava carregado com cigarros contrabandeados no Paraná

    PRF persegue e recupera carro roubado que estava carregado com cigarros contrabandeados no Paraná
    Os cigarros apreendidos (Foto: Divulgação / PRF)

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF), na noite desta terça-feira (21), na BR-369, em Cambé, apreendeu cerca de 14 mil maços de cigarro que estavam no interior de veículo após perseguição. O veículo Chevrolet Cobalt havia sido roubado em abril de 2019 em Maringá.

    Durante fiscalização na BR-369, por volta das 20h30 de ontem, agentes da PRF deram ordem de parada a um motorista que desobedeceu e começou a fugir em alta velocidade. Os policiais acompanharam o veículo até que o condutor deixou o carro e tentou fugir para uma plantação na beira da estrada. O homem, no entanto, foi alcançado pelos policiais e preso em flagrante.

    No interior do veículo, os policiais rodoviários federais encontraram cerca de 14 mil carteiras de cigarro contrabandeadas de origem paraguaia. Os agentes da PRF ainda constaram que o carro havia sido roubado em abril deste ano em Maringá.

    O condutor foi preso por contrabando, receptação de veículo, desobediência e por dirigir sem habilitação. O homem, a mercadoria e o veículo foram encaminhados para a Polícia Federal em Londrina.

  • Manobra de Heimlich

    Policiais e bombeiros do Paraná já salvaram 349 pessoas vítimas de engasgo neste ano

    Policiais e bombeiros do Paraná já salvaram 349 pessoas vítimas de engasgo neste ano
    (Foto: Soldado Amanda Morais)

    Por proposição do deputado estadual Coronel Lee, 20 policiais e bombeiros militares receberam a Menção Honrosa por se destacarem ao aplicarem a manobra de Heimlich, usada para desobstruir vias aéreas em vítimas de engasgo. A homenagem foi durante uma sessão solene no plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná (ALEP), na noite desta terça-feira (21/05).

    Durante seu pronunciamento, o coronel Lee falou que somente neste ano, 349 pessoas foram salvas por policiais e bombeiros graças a manobra. Os homenageados, vindos de diversas regiões do Paraná, possuem histórias e experiências únicas que ficaram marcadas na trajetória dentro da corporação. Mesmo diferentes entre si, todos têm em comum as abnegações pelo servir à população.

    “Esse é o momento oportuno para que o Estado como um todo possa relembrar e homenagear esses policiais que fizeram a manobra de Heimlich. Sua calma e técnica vieram afloradas para salvar essas vidas”, disse o coronel Lee. “Nas nossas academias de formação os nossos policiais aprendem várias outras técnicas de socorro e urgência, mas nesta, em especial, a quantidade de vida que eles salvaram é muito grande e eficaz”, complementou.

    Para o sargento Luiz Carlos Santos Souza, do 7º Subgrupamento de Bombeiros Independente (7º SGBI), que trabalha na Corporação há 25 anos, receber a homenagem gratifica tanto o trabalho do policial quanto do bombeiro militar. “Todos estão sendo homenageados pelo mesmo motivo. E, mesmo depois de tanto tempo de trabalho, ser agraciado com uma homenagem dessas mostra que o nosso serviço dedicado à comunidade vale a pena”, afirma.

    O agraciamento desses 20 bombeiros e policiais militares é reflexo do ato heroico de cada um em algum momento de suas vidas. E, por trás de cada homem e mulher mencionados no evento, há uma história de socorro prestado, que certamente marcou a vida de muitas pessoas envolvidas, e que merece ser contada para a valorização desses profissionais.

    A soldado Elisângela de Fátima Rodrigues estava na sede do 1º Batalhão de Polícia Militar (1º BPM), local onde ela atua, quando foi abordada por uma pessoa que gritava por socorro a uma criança afogada. Nos braços da mãe, que aguardava dentro de um carro estacionado na frente da companhia, a criança já estava bastante roxa quando Elisângela e um companheiro de serviço atenderam ao chamado.

    “Eu imediatamente peguei o telefone e fui até o carro com meu companheiro. Ele tomou a criança, fez a manobra e ela desafogou enquanto eu recebia, por ligação, orientações do SAMU de como a gente deveria agir naquela situação”, conta a soldado. “Graças a Deus ela voltou a respirar normalmente e, depois de receber alta do hospital, os pais voltaram à sede para nos agradecer”, completa.

    Depois de relembrar sua história, a soldado, durante o evento, declarou estar feliz pelo reconhecimento. “Nada é mais gratificante do que saber que a menininha ficou bem. A gente não espera uma situação assim, por não ser corriqueira, mas estamos prontos para ajudar a população, independente do problema que ela tenha. A gente fica muito feliz de ter esse reconhecimento por parte do coronel Lee”, diz.

  • À beira do lago

    Polícia investiga suposto estupro dentro de universidade de Curitiba

    Polícia investiga suposto estupro dentro de universidade de Curitiba
    (Foto: Divulgação)

    A Polícia Civil investiga uma denúncia de suposto estupro de vulnerável dentro do campus da Universidade Positivo Campus Ecoville, que teria acontecido na noite de terça (21). 

    Segundo o Boletim de Ocorrência, o pai de uma estudante da universidade não encontrou a filha quando foi buscá-la e acionou a equipe de segurança da universidade. Foi quando um dos seguranças flagrou a estudante com as calças abaixadas junto com rapaz que estuda na mesma sala que ela. Eles estavam à beira do lago fica dentro da instituição. De acordo com o boletim, todos os envolvidos foram encaminhados à diretoria da instituição, que chamou a equipe policial. Os policiais constataram que a estudante estava "embriagada e sem condições de falar" e chamaram o Samu que a encaminhou à UPA do Campo Comprido, onde foi avaliada e depois seguiu para hospital de referência. O Boletim de ocorrência foi aberto como suspeita de Estupro de vulnerável/ato obsceno diante das condições da estudante, que estava alcoolizada.

    O rapaz envolvido na ocorrência, por sua vez, foi levado à Delegacia da Mulher para medidas cabíveis. A Polícia Civil não quis dar mais detalhes do caso por se tratar de crime sexual. A assessoria do Positivo enviou a seguinte nota: “Na noite do dia 21, identificamos um incidente envolvendo dois alunos, colegas de turma. A ocorrência está sendo conduzida pelas autoridades competentes”.

  • Bope

    Após perseguição, suspeito de roubo de carro morre baleado por PMs em São José dos Pinhais

    Após perseguição, suspeito de roubo de carro morre baleado por PMs em São José dos Pinhais
    (Foto: Rede News 24 Horas)
  • Oito mandados

    PF faz no Paraná operação contra contra quadrilha de contrabando, roubo e sequestro

    PF faz no Paraná operação contra contra quadrilha de contrabando, roubo e sequestro
    (Foto: Divulgação/PF)

     A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta (23) a Operação 386, para desarticular grupos criminosos que atuam no contrabando, roubo e sequestro.

    Ao todo estão sendo cumpridos oito mandados de busca e apreensão nas cidades de Umuarama/PR, Altônia/PR e São Bernardo do Campo/SP. Cerca de 30 policiais federais participam da ação.

    A Operação de hoje busca colher novos elementos de prova dos referidos crimes, a partir da prisão em flagrante realizada meses atrás pela Polícia Militar do Paraná em Cianorte/PR. Na ocasião, foi detido um homem que conduzia um caminhão carregado com grande quantidade de produtos eletrônicos de alto valor agregado, dissimulada sob uma carga de farinha, que havia sido roubado minutos antes da prisão.

    Os investigados poderão responder pelos crimes de associação criminosa, descaminho, roubo agravado e sequestro.

  • Mistério

    Empresário é executado na frente de casa no Alto Boqueirão

    O empresário  Ernani Abraão Fragoso, 46 anos,  foi executado a tiros na noite de terça (21) na frente da sua casa na Rua Reskala Snege, no Alto Boqueirão, em Curitiba. De acordo com as informações da polícia, ele estava chegando em casa e foi alvejado quando abria o portçao da casa. 

    O caso é investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O corpo do empresário foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Curitiba.

  • Rolândia

    Operação Boi na Linha mira em quadrilha que pedia resgate de carros roubados no Paraná

    Operação Boi na Linha mira em quadrilha que pedia resgate de carros roubados no Paraná
    Prisões da primeira fase da operação (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) está nas ruas, na manhã desta quarta-feira (22), para cumprir 25 mandados de prisão e cerca de 30 mandados de busca e apreensão em Rolândia e região. A ação faz parte da 3ª fase da operação Boi na Linha, que visa combater golpes praticados contra proprietários de veículos roubados ou furtados no Estado. O crime de extorsão ocorria por meio de ligações telefônicas, em que os suspeitos afirmavam estar com o bem da vítima e exigiam pagamento de resgate.

    Sete mandados são de prisão preventiva e 18 de temporária. Entre os suspeitos estão homens e mulheres. Quarenta policiais civis em militares cumprem os mandados nas cidades de Centenário do Sul, Arapongas, Bandeirantes, Jaguapitã, além de Rolândia.

    De acordo com a investigação da PCPR, o grupo criminoso praticava as extorsões sob grave ameaça. A partir de anúncios publicados nas redes sociais, os suspeitos obtinham informações sobre pessoas que tinham o veículo furtado ou roubado. Na sequência, determinados criminosos tinham a função de fazer a ligação e pedir o pagamento de resgate, com depósito em conta corrente.

    Outros suspeitos do grupo criminoso, proprietários das contas bancárias, eram responsáveis por sacar o dinheiro e dividir o produto da extorsão entre os golpistas. Os proprietários das contas depositavam o pagamento dos demais criminosos em casas lotéricas. O objetivo dos saques e depósitos era evitar o rastreamento do dinheiro ilícito através de operações de transferência.

    Os golpistas exigiam o pagamento de valores entre R$ 200 e R$ 2 mil às vítimas.

    HISTÓRICO – A operação Boi na Linha iniciou em 2018. Na 1ª fase, doze mandados de prisão temporária e oito de busca e apreensão foram cumpridos em Brasília em dezembro do ano passado. Naquela época, em torno de cinco vítimas do golpe registravam boletim de ocorrência por dia.

    Em fevereiro foi deflagrada a 2ª fase da operação, em que seis mulheres foram presas pela prática da extorsão, sendo cinco em Rolândia e uma em Curitiba. Nesse período, o número de vítimas do golpe caiu para cerca de 2 por dia.

    Durante a 3ª fase, a PCPR tem registrado cinco vítimas do golpe por semana.

    A PCPR orienta que crimes de roubo e furto de veículos sejam investigados apenas pelas unidades locais e que as vítimas não depositem valores e nem paguem boletos referentes a supostos “resgates” de bens.

  • Norte do Paraná

    PRF recupera caminhão roubado e apreende R$ 2,3 milhões em cigarros contrabandeados

    PRF recupera caminhão roubado e apreende R$ 2,3 milhões em cigarros contrabandeados
    (Foto: PRF)

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, na tarde desta terça-feira (21), cerca de R$ 2,3 milhões em cigarros contrabandeados em Ibiporã (Norte do PR). O material estava em um caminhão com placas adulteradas, que havia sido roubado anteriormente este ano e cujo motorista portava nota fiscal falsificada de casca de soja.

    Durante fiscalização de rotina, por volta das 13h15 desta terça-feira, na Unidade Operacional de Ibiporã, agentes da PRF deram ordem de parada a um caminhão com placas de São Paulo (SP). O motorista ficou bastante nervoso durante a abordagem, o que levou os policiais a inspecionarem a carga.

    Os agentes da PRF encontraram armazenadas no semirreboque cerca de 460 mil carteiras de cigarro contrabandeados. A mercadoria vinha de Dourados (MS) e tinha como destino a cidade de São Paulo.

    Os policiais rodoviários federais ainda puderam constatar adulteração nas placas do caminhão trator e que o veículo original havia sido roubado este ano em Umuarama (PR), além de indícios de falsificação nos documentos do caminhão e do semirreboque.

    O motorista foi preso em flagrante por contrabando, uso de documento falso e receptação de veículo.

    O condutor foi encaminhado para a Polícia Federal em Londrina (PR); o veículo e a mercadoria foram levados para a Receita Federal.

  • Resgate

    Polícia prende seis suspeitos de cárcere privado e extorsão mediante sequestro em Curitiba

    Polícia prende seis suspeitos de cárcere privado e extorsão mediante sequestro em Curitiba
    (Foto: Polícia Civil-PR)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu, entre segunda e terça-feira (21), seis pessoas suspeitas de cárcere privado e extorsão mediante sequestro contra um homem de 37 anos em Curitiba.

    Os seis, com idades entre 21 e 37 anos, são os suspeitos do crime praticado na última quinta-feira (16) no bairro Sítio Cercado.

    A vítima foi mantida em cárcere privado dentro do quarto de uma boate por mais de três dias, até segunda-feira (20), quando a PCPR fez a prisão dos primeiros suspeitos. A investigação iniciou depois que a vítima conseguiu fazer contato com a família.

    Os suspeitos exigiam R$ 30 mil para libertar a vítima. Segundo familiares, R$ 10 mil já teria sido pago mediante extorsão. O estabelecimento seria de propriedade de uma das presas.

    Os seis suspeitos estão presos à disposição da Justiça.

  • Campanha

    PRF, Conselhos Tutelares e ONG realizam blitz educativa sobre combate à exploração sexual de crianças e adolescentes

    PRF, Conselhos Tutelares e ONG realizam blitz educativa sobre combate à exploração sexual de crianças e adolescentes
    (Foto: PRF)

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em parceria com os Conselhos Tutelares de Curitiba e São José dos Pinhais e a ONG Childhood Brasil, realizou na manhã de sábado (18) uma blitz educativa na Unidade Operacional Wanser, na BR-277 em São José dos Pinhais.

    Motoristas e passageiros receberam panfletos e orientações durante a blitz. O objetivo da campanha era de conscientizar os abordados sobre como realizarem denúncias se virem crianças ou adolescentes em situações de vulnerabilidade em relação a abuso ou exploração sexual.

    A ação faz parte da Campanha do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A campanha “Faça Bonito: Proteja nossas crianças e adolescentes” tem como data o dia 18 de Maio porque, neste dia, em 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”.

    Araceli era uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

    Saiba mais sobre a campanha em: https://www.facabonito.org.br/a-campanha

  • Xadrez

    Polícia prende mais suspeito envolvido na morte de professor de artes marciais em Curitiba

    Polícia prende mais suspeito envolvido na morte de professor de artes marciais em Curitiba
    (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) cumpriu, na segunda-feira (20), um mandado de prisão temporária contra Felipe de Lima de Ramos, 24 anos, conhecido como “Favelinha”, suspeito de envolvimento no homicídio que vitimou o professor de artes marciais Diogo Henrique Lopes Moreira, 26 anos, no dia 13 de abril deste ano. Tanto o crime quanto a prisão do suspeito ocorreram no bairro Boqueirão, em Curitiba.

    De acordo com a investigação, “Favelinha” e outros dois comparsas, “Gordinho” e “Calango”, armaram uma emboscada para Moreira e efetuaram três disparos de arma de fogo contra ele. Os disparos também atingiram uma outra pessoa, que sobreviveu ao atentando.

    “Gordinho” já havia sido preso no início deste mês, no dia 2 de maio. Com a prisão de “Favelinha”, a PCPR espera chegar ao terceiro envolvido no crime e esclarecer o fato. Qualquer informação pode ser repassada através do Disque Denúncia da PCPR, 181, que garantirá o anonimato.

    A motivação do crime ainda está sendo investigada. Moreira era professor de artes marciais e o homicídio causou grande comoção, pois era muito conhecido na região. “Favelinha” permaneceu calado durante oitiva na delegacia.

    O suspeito foi preso temporariamente e encontra-se à disposição da Justiça.

  • Sonegação fiscal

    PRF apreende caminhão com 3,6 toneladas de laticínios com notas falsas

    PRF apreende caminhão com 3,6 toneladas de laticínios com notas falsas
    (Foto: PRF)

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu um caminhão com 3.654 quilos de laticínios no final da manhã desta segunda-feira (20) em Balsa Nova, na região metropolitana de Curitiba.

    O caminhoneiro, que transitava pela BR-277, foi abordado nas imediações da Unidade Operacional São Luiz do Purunã.

    A equipe da PRF constatou que as três notas fiscais apresentadas por ele eram falsificadas. Minutos depois da abordagem, um dos sócios da empresa responsável pelas notas adulteradas chegou ao posto policial.

    Ambos foram encaminhados pela PRF à Delegacia da Polícia Civil em Campo Largo, pelos crimes de transporte de mercadoria nacional sem nota fiscal; uso de documento falso e falsificação de documento particular.

    A carga, de queijo, manteiga e ricota, saiu de Rebouças (PR) e teria como destino final uma empresa no centro de Curitiba.

    A PRF também acionou a Receita Estadual, que emitiu uma auto de infração no valor de R$ 9,1 mil à empresa responsável pela fraude.

  • Rede de Proteção Animal

    Fiscalização flagra canil clandestino e apreende 17 yorkshires

    Fiscalização flagra canil clandestino e apreende 17 yorkshires
    (Foto: Divulgação/SMCS)

    Uma operação conjunta da Rede de Proteção Animal da Prefeitura de Curitiba com a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), da Polícia Civil, resultou na apreensão de 17 cães da raça yorkshire na manhã desta segunda-feira (20/5).

    No canil clandestino, no bairro Santa Cândida, foram encontrados machos, fêmeas prenhas e no cio e filhotes, que eram vendidos clandestinamente por um site na internet. A denúncia chegou pela Central 156.

    Os animais foram encaminhados para os protetores independentes do grupo Cãopanheiro, que ficam como fiéis depositários. O responsável pelo canil foi multado em R$ 12,5 mil, incluindo autuação por comércio ilegal e por maus-tratos, e levado à delegacia para prestar esclarecimentos e lavrar termo circunstanciado.

    Parceria

    Nos três primeiros meses de funcionamento das operações da Rede de Proteção Animal com a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente foram resgatados mais de 200 animais e lavrados 27 autos de infração, ultrapassando R$ 250 mil.

  • BR-467

    PRF apreende carga de cigarros contrabandeados avaliada em R$ 1,4 milhão

    PRF apreende carga de cigarros contrabandeados avaliada em R$ 1,4 milhão
    (Foto: PRF)

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na tarde de sábado (18) 285.000 carteiras de cigarros contrabandeados em Cascavel (Oeste do PR). A carga, avaliada em cerca de R$ 1,4 milhões, era transportada sob a lona no compartimento de carga.

    Por volta das 15h20, em Cascavel, na BR-467, agentes da PRF abordaram um caminhão Iveco. Durante a abordagem, os policiais verificaram que no compartimento de carga estavam sendo transportadas 570 caixas de cigarros, contrabandeados do Paraguai.

    Ainda em vistoria, os PRFs encontraram, escondido na cabine, um rádio comunicador sem a homologação pela Anatel e, debaixo do tapete, uma placa que coincidia com um outro caminhão do mesmo modelo, provavelmente usada para ludibriar a fiscalização. Aos policiais, disse que retirou o caminhão em Guaíra (PR).

    Diante dos fatos, o motorista e a carga foram encaminhados para a Polícia Federal em Cascavel para o registro do crime de contrabando e utilização de equipamento de radiocomunicação ilegal.

  • Esfaqueado

    Briga de moradores de rua no Centro Cívico acaba com um ferido

    Dois moradores de rua brigaram na manhã desta segunda (20) e um deles acabou esfaqueado na Rua Euclides Bandeira. no Centro Cívico.A vítima teve cortes na coxa, parte do abdômen e foi encaminhado ao hospital, mas não corre risco de morte.

    A Polícia Militar (PM) acionou o Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), que socorreu o homem. Os demais envolvidos na briga fugiram.

DESTAQUES DOS EDITORES