Noticiário policial produzido pela equipe do Portal Bem Paraná

  • No Lindóia

    Polícia prende suspeito de matar jovem com socos e chutes em Curitiba

    (Foto: Reprodução/PCPR)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) concluiu o inquérito policial que investigava o homicídio de uma mulher ocorrido no dia 20 de maio deste ano, em Curitiba. O suspeito, de 25 anos, foi preso na quarta-feira (22), em casa, no bairro Lindóia, na capital paranaense.

    Na ocasião do crime, o suspeito e outro homem agrediram a vítima com socos e chutes até a morte. A motivação do crime seria o tráfico de drogas.

  • Presos

    Com facas, dupla agride e faz de refém mulher de 60 anos no Litoral do Paraná

    (Foto: Divulgação/PMPR)

    Policiais militares do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM), pertencente ao 1º Comando Regional da PM (1º CRPM), prenderam dois homens que agrediram e fizeram uma mulher de refém. A ação policial aconteceu na madrugada desta quarta-feira (22/09) no município de Matinhos, no Litoral do estado.

    De acordo com as informações da unidade, a equipe estava em patrulhamento, quando avistou um homem correndo na via e fizeram a abordagem. Aos policiais, o homem relatou que tinha ouvido um pedido de socorro da vizinha, que tem mais de 60 anos, e mora sozinha.

    Ao chegar na residência, os militares estaduais conseguiram ouvir vozes masculinas ameaçando a vítima de morte. Após alguns minutos de negociação, a dupla se rendeu e libertaram a mulher, que estava com várias lesões no corpo e no rosto.

    Sendo assim, os dois homens foram presos e encaminhados, juntamente com três armas brancas e uma touca balaclava, à Delegacia de Polícia Civil para as medidas cabíveis.

  • Acidente

    Sobe para três o número de mortos na tragédia da Rodovia do Xisto, na Grande Curitiba

    (Foto: Reprodução/TV BAND)

    Subiu para três o número de mortos no acidente grave que envolveu três caminhões e cinco carros na Rodovia do Xisto  (BR-476), entre Araucária e Contenda, na Grande Curitiba, na tarde desta quarta (22). O engavetamento aconteceu no quilômetro 165 da rodovia e deixou outras 10 pessoas feridas. 

    Segundo informações da Polícia Rodoviária do Paraná (PRF), um dos mortos estava no carro Fiat/Strada Cinza e os outros dois, um homem e uma mulher ainda sem indentficação, estavam na caminhonete Toytota/Hilux Preta. 

    O acidente foi causado por um caminhão bitrem que não conseguiu parar e causou o engavetamento. A Delegacia de Araucária abriu inquérito policial para apuras as causas da tragédia na Rodovia do Xisto.

    Por volta das 22h30 desta quarta, o trânsito ainda era complicado no local, com apenas uma faixa fluindo. O congestionamento chegou a 10 quilômetros. 

  • Flagra

    PF prende homem com R$ 1.000 em cédulas falsas 'quase perfeitas' no interior do Paraná

    (Foto: Divulgação)

    A Polícia Federal prendeu em flagrante, na tarde desta quarta (22) um homem na cidade de Sarandi, no Paraná,  quando recebia correspondência contendo cédulas falsas.

    A ação foi realizada em conjunto com a Coordenação de Segurança Corporativa dos Correios - que, após a triagem e suspeitar da postagem, acionou Policiais Federais que monitoraram a entrega da encomenda. O homem de 30 anos, destinatário da correspondência, foi flagrado no momento em que a recebia e, inspecionando seu conteúdo, encontraram 20 notas de R$ 50,00, totalizando o valor de R$ 1.000,00 em cédulas falsas.

    Foi constatado que o material apreendido simula elementos de segurança presentes nas cédulas autênticas, como elementos visíveis à luz violeta, fita de segurança e impressões holográficas, o que confundiria ainda mais as pessoas que recebessem tais notas.

    Clique aqui para ler esse post completo.

  • Inquérito

    Polícia investiga caso de passageira que pulou de carro de aplicativo em Curitiba após importunação sexual

    (Foto: Divulgação)

    A Delegacia da Mulher de Curitiba investiga um caso de importunação sexual durante uma corrida em carro de aplicativo, que aconteceu na noite de terça (21) no bairro Santa Felicidade em Curitiba. A vítima chegou a pular do carro em movimento após ser importunada sexualmete. Ela então chamou a polícia e o motorista foi preso em flagrante. 

    Clique aqui para ler esse post completo.

  • Cyberstalking

    Morador da Grande Curitiba é preso, suspeito de induzir adolescente a tentar o suicídio

    (Foto: Reprodução/PCPR)

    Equipe da Delegacia de Atendimento à Criança e Adolescente Vítima (Deacav) de Sergipe, com o apoio da Polícia Civil do Paraná, deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva contra um homem de 19 anos, morador de Fazenda Rio Grande. Ele é suspeito de prática de cyberstalking, indução ou instigação ao suicídio e descumprimento de medida protetiva. A prisão ocorreu nessa terça-feira (21), no Paraná.

    De acordo com os delegados Ronaldo Marinho e Josefa Valéria, os crimes foram praticados contra uma jovem de 16 anos. O processo segue em segredo de justiça.

    Segundo as investigações, o autor e a adolescente mantiveram um relacionamento pela internet, durante alguns meses. Após isso, resolveram se encontrar pessoalmente, tendo ele vindo passar uma semana em Aracaju.

    Após o término do relacionamento, de posse de “nudes” da vítima, o investigado passou a constrangê-la sob ameaça de divulgar suas fotos. Como se não bastasse, ele também instigava a adolescente a se suicidar, caso não cedesse às chantagens dele.

    Como decorrência da pressão psicológica imposta por ele, a vítima tentou cometer suicídio, sendo socorrida em tempo por seus pais. O investigado atualmente encontra-se preso no Estado do Paraná, à disposição da Justiça.

  • Engavetamento

    Acidente com dois caminhões e cinco carros deixa três mortos na Rodovia do Xisto

    Subiu para três o número de mortos no acidente grave que envolveu três caminhões e cinco carros na Rodovia do Xisto  (BR-476), entre Araucária e Contenda, na Grande Curitiba, na tarde desta quarta (22). O engavetamento aconteceu no quilômetro 165 da rodovia e deixou outras 10 pessoas feridas. 

    Segundo informações da Polícia Rodoviária do Paraná (PRF), um dos mortos estava no carro Fiat/Strada Cinza e os outros dois, um homem e uma mulher ainda sem indentficação, estavam na caminhonete Toytota/Hilux Preta. 

    O acidente foi causado por um caminhão bitrem que não conseguiu parar e causou o engavetamento. A Delegacia de Araucária abriu inquérito policial para apuras as causas da tragédia na Rodovia do Xisto.

    Por volta das 22h30 desta quarta, o trânsito ainda era complicado no local, com apenas uma faixa fluindo. O congestionamento chegou a 10 quilômetros. 

  • Flagrante

    Polícia prende farmacêutico suspeito de emitir receitas médicas falsas em Curitiba

    (Foto: Divulgação/PCPR)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu em flagrante, na manhã desta quarta-feira (22), um farmacêutico de 37 anos, suspeito de emitir atestados e receitas médicas falsas, no bairro Capão Raso, em Curitiba. Na residência do investigado, foram apreendidos mais de 500 receituários em branco, dois carimbos de médicos diferentes, medicamentos manipulados controlados, receituário de dentista, três receitas carimbadas e uma receita preenchida e carimbada.

    Houve uma denúncia de que um homem havia clonado o carimbo com CRM de uma médica e após investigações de alta complexibilidade, a PCPR cumpriu mandado de busca e apreensão e flagrou o investigado.

    A PCPR descobriu que desde 2017 o homem emitia receitas com carimbos falsos. Em uma farmácia de manipulação foram encontrados mais de 500 receituários emitidos por ele.

    O suspeito deverá responder pelo crime de falsificação de documentos públicos, com pena de 2 a 6 anos.

  • Suspeitos de torturar e atear fogo em um homem são presos na Grande Curitiba

    (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu seis pessoas em operação para reprimir crimes contra a vida e contra o patrimônio na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) nesta terça-feira (21). Entre os presos, três são responsáveis por torturar e atear fogo em um homem, de 23 anos, no dia 26 de agosto deste ano em São José dos Pinhais. 

    A tortura ocorreu no bairro Ipê, após a vítima, que é usuária de thinner (diluente com alto poder de obstrução), furtar uma camiseta de uma loja, sendo na sequência perseguida pelo proprietário do estabelecimento, de 47 anos.  Na tentativa de reaver o produto, o comerciante começou a agredir o rapaz junto com outros dois homens, de 20 e 21 anos. O trio jogou thinner sobre o suspeito do furto e ateou fogo nele.   

    A vítima teve cerca de 30% do corpo queimado em terceiro grau e permanece internada. Os agressores de 21 e 47 anos foram presos preventivamente por tortura e tentativa de homicídio qualificado. O homem de 20 anos está foragido.

    PATRIMÔNIO

    Um homem de 22 anos foi preso preventivamente por roubo no bairro Borda do Campo, em São José dos Pinhais. O crime ocorreu no dia 30 de agosto deste ano em uma barbearia no bairro Ina. No ato houve a participação de outro homem de 29 anos que está foragido. A dupla roubou bens, dinheiro e uma caminhonete. 

    Na casa da namorada do foragido os policiais civis apreenderam porções de cocaína e maconha, dinheiro, embalagens para drogas, um carregador de submetralhadora e um cachorro que se encontrava em condições de maus-tratos. Duas mulheres, de 29 e 31 anos, foram presas em flagrante por tráfico de drogas, posse de acessório de arma de fogo e maus-tratos a animal.

  • Motorista paraguaio com carga de cigarros faz fuga ‘de cinema’, mas é preso pela PRF no Paraná

    (Foto: Divulgação / PRF)

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na noite dessa segunda-feira (20), na cidade de Altônia (Oeste do Paraná), um condutor paraguaio que conduzia uma carreta com 450 mil maços de cigarros. A PRF perseguiu o motorista por 54 km e ele ainda saltou do veículo em movimento na tentativa de para não ser preso.

    A ocorrência iniciou na BR-272, quando a equipe PRF em ronda deu ordem de parada à carreta que seguia sentido a cidade de Francisco Alves (Oeste do Paraná), o condutor desobedeceu e empreendeu fuga. Durante o acompanhamento o motorista realizou diversas manobras que colocou em risco de morte outros usuários que seguiam pela rodovia.

    A PRF solicitou apoio da Polícia Militar do Paraná (PMPR) que montou um primeiro ponto de bloqueio no trevo da cidade de Iporã (PR), porém, o condutor desviou pela contramão da pista e passou a fugir sentido Altônia (PR), onde foi montado um segundo bloqueio.

    Ao avistar as viaturas na entrada da cidade de Altônia, o condutor da carreta desviou novamente e adentrou na região urbana, cometendo novamente ameaças à população local, até o momento em que saltou do veículo ainda em movimento, que parou após colidir em uma árvore. O paraguaio passou a fugir a pé, saltando os muros das casas da cidade, mas foi alcançado pelos Policiais Rodoviários Federais e Militares.

    Já com o detido, os policiais verificaram a carga que era de cigarros contrabandeados avaliados em R$ 1,5 milhão. Também constataram que o conjunto da carreta ostentava placas falsas. O motorista afirmou aos policiais que levaria os cigarros para cidade de Maringá (Norte do Paraná).

    A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia da Polícia Federal da Cidade de Guaíra (Oeste do Paraná). O detido irá responder pelos crimes de Contrabando, Desobediência, Dirigir Veículo Pondo em Perigo a Segurança Alheia, Adulteração de Sinal Identificador de Veículo Automotor e Tentativa de Homicídio.

  • Espingarda

    No Litoral do Paraná, PM prende homem que atirou contra grupo durante briga

    (Foto: Divulgação/PMPR)

    Em situações distintas, policiais militares do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM), pertencente ao 1º Comando Regional da PM (1º CRPM), prenderam quatro homens e apreenderam pedras de crack, maconha e uma arma de fogo. As ações policiais aconteceram no domingo (19/09) e na madrugada desta segunda-feira (20/09) nas cidades de Pontal do Paraná e em Paranaguá, no Litoral do estado.

    De acordo com as informações repassadas pela unidade, na primeira situação, a equipe policial abordou três pessoas que estavam em atitude suspeita e durante as buscas encontraram 20 pedras de crack e uma porção de maconha, que estavam escondidas na caixa de luz. Sendo assim, o trio foi preso e encaminhado, juntamente com a droga para as medidas cabíveis.

    Por fim, na segunda situação, os militares estaduais foram acionados para dar atendimento a uma situação de disparo de arma de fogo. A equipe constatou que se tratava de uma briga, onde uma pessoa fez diversos disparos com uma espingarda contra as pessoas que estavam no local.

    Assim que os policiais militares chegaram no local, o suspeito entrou em um carro e fugiu, a equipe tentou fazer o acompanhamento, mas o homem não foi localizado. Ao retornar ao endereço da confusão para pegar mais informações, os militares estaduais encontraram o homem, que havia retornado e estava novamente atirando contra as pessoas.

    Sendo assim, ele foi preso e encaminhado, juntamente com uma espingarda, de calibre .20, e oito munições do mesmo calibre, sendo três deflagradas, para as medidas necessárias.

  • Operação Fronteiras e Divisas Integradas

    PM intercepta 'bagagem' com 29 carregadores de fuzil e de pistola em rodoviária no interior do Paraná

    (Foto: Divulgação/PMPR)

    No âmbito da Operação Fronteiras e Divisas Integradas, policiais militares apreenderam 29 carregadores de fuzil e de pistola nas malas de viagem de uma mulher, na Rodoviária Internacional de Foz do Iguaçu, no Oeste paranaense. O caso aconteceu na noite de segunda-feira (20/09), e foi conduzido pelo 14º Batalhão da PM (14º BPM), pertencente ao 5º Comando Regional da PM (5º CRPM).

    Na rodoviária, os policiais em serviço notaram que uma mulher agia de maneira suspeita, visto que ela havia saído do local com uma mochila e retornado com duas malas grandes de viagem. Com apoio de uma equipe do CHOQUE, a suspeita foi abordada e, nas malas, foram apreendidos diversos carregadores de arma de fogo, 28 deles para fuzil calibre 5.56 e um para pistola de calibre 9mm.

    Indagada sobre a procedência dos objetos, a mulher teria informado à equipe que havia recebido as malas prontas para o transporte e que receberia R$ 5 mil para entregá-las na cidade de Maringá (PR).

    Diante dos fatos, a mulher recebeu voz de prisão por envolvimento com o porte ilegal de acessórios para arma de fogo e foi conduzida, juntamente com os carregadores, à Delegacia da Polícia Civil local para os procedimentos cabíveis.

  • Guarda Municipal

    Homem é flagrado agredindo a esposa em rua movimentada de Curitiba e vai preso

    (Foto: Reprodução/SMCS)

    Um homem de 46 anos foi preso pela Guarda Municipal, no início da tarde desta segunda-feira (20/9), após ser flagrado agredindo a esposa. Equipe do Grupo de Pronto Emprego Operacional (GPEO) em patrulhamento foi notificada por um cidadão na Avenida Visconde de Guarapuava, próximo da Praça Eufrásio Correia, no Centro, que viu a agressão física contra a vítima dentro do carro.

    De acordo com relato dos guardas que participaram da ocorrência, o suspeito tentou resistir à abordagem, saiu do carro e continuou agredindo a mulher na presença dos guardas. Depois de ser imobilizado, ele foi encaminhado à Delegacia da Mulher.

    Depois das ocorrências relacionadas a porte, uso e tráfico de drogas, o atendimento feito à mulher vítima de violência é a principal natureza criminal atendida pela Guarda Municipal. Balanço da atuação dos guardas no primeiro semestre do ano aponta para um total de 149 casos. São 95 prisões de agressores que descumpriram medida protetiva prevista na Lei Maria da Penha e concedida pelo Poder Judiciário e outros 54 registros de flagrantes por agressão física ou verbal cometida somente contra mulheres.

  • Polícias prendem casal suspeito de homicídio no Paraná

    (Foto: Fabio Dias / Polícia Civil)

    A Polícia Civil do Paraná, com apoio da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, prendeu um casal, de 32 e 33 anos, suspeito do homicídio de João Pinto, 55 anos, ocorrido no dia 25 de maio deste ano, na cidade de Reserva (região Central do Paraná). A captura aconteceu na sexta-feira (17). A mulher foi capturada no mesmo município do crime, já o homem foi capturado em Condor, no Rio Grande do Sul.

    Segundo investigação, o casal teria cometido o crime e escondido o corpo dentro do bar no qual eram responsáveis, em Reserva. Em sequência, eles fugiram para a cidade de Condor, no Rio Grande do Sul. A motivação do crime seria ciúmes.

    Após contato com a Polícia Civil gaúcha, foi apurada a localização do indivíduo e efetuada a prisão. A mulher foi localizada e presa no Paraná.

  • Foragido

    Polícia prende na Grande Curitiba condenado por roubar motoboys no Rio de Janeiro

    (Foto: Reprodução/PCPR)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu um homem, de 34 anos, por roubo ocorrido em 2009, no Rio de Janeiro. Ele estava foragido e foi capturado no município de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, na última sexta-feira (17).

    O suspeito fazia parte uma quadrilha especializada em roubar motoboys de empresas de transporte de valores. Ele foi condenado a mais de 5 anos de prisão em 2016.

    Na sexta-feira, a PCPR foi informada pela Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCRJ) que o indivíduo estava residindo em São José dos Pinhais. Os policiais civis se deslocaram até uma lanchonete, em um shopping da cidade, onde o homem estava trabalhando. No local, foi dada a voz de prisão ao suspeito.

  • Policiais prendem suspeito de estuprar a sobrinha de 11 anos em Curitiba

    A Polícia Civil do Paraná prendeu um homem preventivamente por estupro de vulnerável, em Curitiba, na sexta-feira (17). O suspeito, de 60 anos, praticou o crime contra a sobrinha de 11.

    Desde 2019 a criança sofria com os abusos do tio-avô. A menina foi morar com o criminoso e a esposa dele após a separação dos pais. A mãe da vítima afirmou que também já sofreu abuso sexual do agressor, entre 8 e 10 anos.

  • Aifu

    Mesmo com decreto anticovid em vigor, força-tarefa encontra irregularidades e fecha 20 comércios em Curitiba. Veja onde

    (Foto: Divulgação/Sesp-PR)

    A Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) fez dezenas de abordagens a pontos comerciais de Curitiba durante o fim de semana para verificar o cumprimento das medidas sanitárias de enfrentamento à Covid-19. O balanço das atividades, que ocorreram entre sexta e domingo (17 a 19), foi de 20 pontos comerciais fechados, R$ 815 mil em multas aplicadas pelos agentes municipais e 38 autuações administrativas aplicadas.

    Na maior parte das ações, os policiais militares e agentes do município constataram aglomerações, desrespeitando as medidas de distanciamento social e uso de máscara. No domingo, as equipes fecharam quatro estabelecimentos. Na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), foram duas hamburguerias, uma com 80 e outra com 90 pessoas aglomeradas. Ambas receberam multas de R$ 60 mil aplicadas pelos agentes da prefeitura.

    A AIFU esteve em uma casa de eventos no bairro Boqueirão e localizou 280 pessoas aglomeradas. O estabelecimento foi autuado em R$ 50 mil por não impedir a permanência de pessoas. No Uberaba, em um bar, foi detectada presença de 110 pessoas. O ponto comercial acabou fechado, sendo autuado em R$ 50 mil.

    No sábado, no bairro Jardim das Américas, os policiais pegaram uma aglomeração de cerca de 250 pessoas. O local foi interditado por não controlar o acesso de frequentadores e exceder a capacidade máxima de pessoas. O estabelecimento foi autuado em R$ 150 mil pelo município.

    No Uberaba, um bar estava com cerca de 160 pessoas. Os agentes municipais fecharam o local e aplicaram R$ 155 mil em multas por falta de controle de acesso de pessoas e falta de licença ambiental para som. Na Cidade Industrial de Curitiba, uma festa clandestina foi interrompida. O estabelecimento foi fechado e recebeu uma multa de R$ 200 mil.

    Outras 200 pessoas foram localizadas em uma aglomeração no bairro Bom Retiro, em uma cervejaria. O estabelecimento foi autuado em R$ 50 mil. A AIFU ainda esteve em um bar no bairro Mercês, onde constatou uma aglomeração de 191 pessoas. Foi aplicada multa de R$ 15 mil.

    No bairro Tingui, em uma quadra de esportes, 250 pessoas foram flagradas consumindo narguilé sem respeitar o distanciamento social. O local foi autuado pelo município em R$ 20 mil pela falta de alvará e falta de certificado de vistoria do Corpo de Bombeiros.

  • Triade

    Operação da PM na sexta e sábado prende 32 pessoas e apreende drogas na Grande Curitiba

    (Foto: Divulgação/Sesp-PR)

    O balanço de dois dias da operação Tríade da Polícia Militar em Curitiba e Região Metropolitana resultou em 32 pessoas presas e mais de oito quilos de maconha, crack, cocaína e ecstasy apreendidos entre sexta-feira (17/09) e sábado (18/09). Os trabalhos, coordenados pelo Comando de Policiamento Especializado (CPE), da Polícia Militar, foram para combater homicídios, tráfico de drogas, roubos e outros crimes.

    A operação Tríade, lançada do Quartel do Comando-Geral da PM, em Curitiba, contou com efetivo de mais de 500 policiais e 167 viaturas nos dois dias de trabalho, distribuídos em várias áreas da Capital e dos municípios da Região Metropolitana, nas áreas apontadas pela análise criminal como pontos que mereciam maior presença ostensiva da Polícia Militar.

    A nova configuração do policiamento especializado da Polícia Militar foi feita pelo Comando-Geral da Corporação para melhor gerenciar os recursos materiais e o efetivo, permitindo o desdobramento de equipes de maneira mais otimizada em todo o estado.

    FORAGIDO - Dentre as dezenas de ocorrências atendidas e apreensões de drogas, o destaque da operação foi a prisão de um homem que tinha contra si um mandado de prisão por homicídio, no sábado (18/09), crime ocorrido em março deste ano na cidade de Rio Branco do Sul (PR). A localização do foragido contou com a atuação do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV), do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), do Centro de Inteligência e do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGD).

    A ocorrência foi na cidade de Piraquara (PR). Num bloqueio de trânsito os policiais militares viram um homem saltar do carro quando se deparou com as equipes da PM. Ele teria fugido a pé e houve acompanhamento por terra e apoio do BPMOA, mas ele não foi localizado. No entanto, com informações obtidas pelos policiais junto aos outros ocupantes do carro e com o apoio do Centro de Inteligência, descobriu-se que o homem tinha um mandado de prisão em aberto.

    Momentos depois, as equipes policiais souberam que o homem, juntamente com uma mulher, crianças e sacolas com pertences, deixaram a casa. Foi montado um bloqueio na Rodovia João Leopoldo Jacomel e o carro em que ele estava foi abordado. Nenhum material ilícito foi encontrado. Ele foi preso devido ao mandado e foi encaminhado para a 6ª Delegacia Regional de Piraquara.

    BALANÇO - O trabalho dos militares estaduais das unidades especializadas nos dois dias resultou em 3.295 pessoas e 360 veículos abordados, sendo que 32 pessoas acabaram presas e apreendidos 8,5 quilos de maconha, 120 gramas de cocaína, 25 pedras de crack e 72 gramas de ecstasy. Em uma das ocorrências, houve o resgate de 76 aves silvestres e aplicação de um auto de infração ambiental de R$ 42.500,00 ao responsável.

    Num período analisado de oito horas de operação, foram registradas 470 ocorrências policiais, 122 a menos que no mesmo período da sexta-feira anterior (10/09), quando a PM registrou 592 ocorrências, uma redução de 21%.A redução foi ainda maior no sábado, quando a PM registrou 378 ocorrências nas oito horas de operação, sendo que no mesmo período do sábado anterior, dia 11 de setembro, a Corporação registrou 529 ocorrências, uma diferença de 29% no comparativo entre os períodos analisados.

    A operação foi desencadeada com os efetivos do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), do Batalhão de Polícia Ambiental-Força Verde (BPAmb-FV), do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária (BPEC), do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPEC), do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), do Regimento de Polícia Montada (RPMon), do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) e da Companhia de Rondas Ostensivas com Aplicação de Motocicletas (CIROCAM),da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU), e do Esquadrão de Eventos do RPMon.

  • Tráfico internacional

    Receita Federal apreende 339 kg de cocaína no Porto de Paranaguá; carga vale milhões

    (Foto: Divulgação/Receita Federal)

    A Receita Federal apreendeu, no sábado (18), 339 kg de cocaína no Porto de Paranaguá. Apreensão realizada no Terminal de Contêineres, no Porto, está avaliada em R$ 10 milhões.

    A cocaína foi encontrada com o auxilio do scanner​ durante a fiscalização de um contêiner de compensados de madeira que teria como destino o porto de Antuérpia, na Bélgica.

    O método utilizado pelos traficantes foi o de ripon/ripoff, quando a cocaína é inserida no contêiner sem o conhecimento do exportador da carga lícita.

    Todos os dados, e identificação de eventuais envolvidos no ilícito, serão repassados pela Receita Federal à Polícia, que seguirá com as investigações.

    Esta é a 19ª apreensão de cocaína realizada pela Equipe de Repressão Portuária da Receita Federal no Porto de Paranaguá, em 2021, totalizando 3.530 quilos da droga.

  • Aifu anticovid

    Fiscalização fecha sete estabelecimentos e aplica mais de meio milhão em multas em Curitiba

    (Foto: Reprodução/PMPR)

    A operação da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) abordou 17 pontos comerciais na Capital entre a noite de sábado (18/09) e a madrugada de domingo (19/09). O trabalho resultou em sete estabelecimentos comerciais fechados e R$ 595.550,00 mil em multas aplicadas pelos agentes municipais. As equipes da AIFU dispersaram 1.684 pessoas de aglomerações.

    Durante as abordagens, os policiais militares e os integrantes da Prefeitura, Polícia Civil, Guarda Municipal e Corpo de Bombeiros também se depararam com produtos contrabandeados sendo comercializados. Em um local no bairro Botiatuvinha foram apreendidos 78 maços de cigarros, os quais foram entregues à Receita Federal.

    AGLOMERAÇÕES - As equipes da AIFU localizaram aglomerações de pessoas irregulares em vários pontos da Capital. No bairro Jardim das Américas, os policiais encontraram cerca de 250 pessoas. O local foi interditado por não controlar o acesso de frequentadores e exceder a capacidade máxima de pessoas. O estabelecimento foi autuado em R$ 150 mil pelo município.

    No Uberaba, um bar estava com cerca de 160 pessoas. Os agentes municipais das secretarias do Meio Ambiente e Urbanismo fecharam o local e aplicaram R$ 155 mil em multas por falta de controle de acesso de pessoas e falta de licença ambiental para som. Na Cidade Industrial de Curitiba, uma festa clandestina foi abordada pela AIFU, onde havia cerca de 200 pessoas aglomeradas, sem uso de máscara. O estabelecimento foi fechado e aplicada multa de R$ 200 mil pelo município.

    Outras 200 pessoas foram localizadas em uma aglomeração no bairro Bom Retiro, em uma cervejaria. O estabelecimento foi autuado em R$ 50 mil pelo município por não controlar o distanciamento entre os frequentadores e não respeitar a proibição de pessoas ficarem em pé no local. A AIFU ainda esteve em um bar no bairro Mercês, onde constatou uma aglomeração de 191 pessoas e aplicou uma multa de R$ 15 mil ao responsável por não evitar pessoas em pé no estabelecimento.

    Outra aglomeração em bar foi constatada no bairro Botiatuvinha. Havia cerca de 50 pessoas no local e os agentes do município aplicaram uma multa de R$ 5 mil e o estabelecimento foi fechado por não controlar a aglomeração de pessoas e por não possuir documentação para funcionamento. Por fim, em uma quadra de esportes do bairro Tingui, 250 pessoas foram flagradas consumindo narguilé, sem respeitar o distanciamento social. O local foi autuado em R$ 20 mil pela falta de alvará e falta de certificado de vistoria dos bombeiros.