• 19/07/2018

    Suspeito de matar homem em Almirante Tamandaré, em janeiro deste ano, é preso

    A polícia civil prendeu mais um suspeito pelo crime de homicídio que vitimou Gelson Hartmann e tentativa de homicídio contra a enteada, e 15 anos, no dia 31 de janeiro de 2018, em Almirante Tamadaré, município da Região Metropolitana de Curitiba, 

    Em junho, outro suspeito já havia sido preso. Segundo investigações, mais duas pessoas estariam envolvidas no crime, que foi motivado por represália à denúncias por parte das vítimas que teriam presenciado a ação do grupo em assaltos.

    O assassinato foi  no final da noite, por volta das 22h, na Rua Bracatinga, no bairro Chico Mendes. Segundo as testemunhas, um homem armado invadiu a casa da família dizendo que “cagueta tem que morrer” e começou a atirar.

     

  • 19/07/2018

    Grupo Tigre prende quadrilha de roubo a bancos chefiada por pastor evangélico

    Uma quadrilha que atuava no sequestro de gerentes de bancos após roubar agências bancárias no Paraná e em Santa Catarina foi presa pelo Tatico Integrado de Repressão Especial (TIGRE), da Polícia Civil. Ao todo, sete pessoas foram presas, além de diversas armas, veículos e quase R$ 250 mil em espécie. 

    O homem apontado como líder da organização criminosa é um pastor evangélico. Após os sequestros, a quadrilha gastava parte do dinheiro comprando veículos e realizando viagens de luxo.  A operação do Tigre durou dois meses e aconteceu em Curitiba, Matinhos, Ponta Grossa e Itajaí. 

     

  • 19/07/2018

    Casal morre atropelado em Mandirituba, motorista foge sem prestar socorro

    Um casal morreu nesta noite de quarta-feira, 18, ao ser atropelado no quilômetro 151 da BR-116, em Mandirituba, na Região Metropolitana de Curitiba.

    Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista que os atropelou fugiu sem prestar socorro.

    O homem morreu no local. Já a mulher morreu quando já estava em atendimento na ambulância. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico-Legal (IML) de Curitiba.

     

  • 19/07/2018

    Uma pessoa morre e quatro ficam feridas em 2 acidentes com nove caminhões na BR-376

    Uma pessoa morre e quatro ficam feridas em 2 acidentes com nove caminhões na BR-376
    (Foto: PRF-PR)

    Uma pessoa morreu e outras quatro ficaram gravemente feridas em engavetamento envolvendo sete caminhões, na BR-376, em Ponta Grossa, na Região dos Campos Gerais, na noite desta quarta-feira, 18.  Segundo as informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF-PR), na altura do km 501 e havia muita neblina na pista e, no mesmo local, foram resgistrados dois acidentes em um intervalo de pouco mais de seis horas.

    O primeiro acidente, sem vítima, envolvendo dois caminhões (Ford/Cargo de Paranavaí/PR e M Benz/Atego 2425 de Marialva/PR), foi resultado de uma camada espessa de fumaça que envolveu o trecho da rodovia e reduziu a visibilidade no local.

    No outro acidente, ocorreu uma colisão traseira múltipla, resultando em 2 feridos graves, 2 feridos leves e um óbito. Envolveu 7 (sete) caminhões: 

    - VW/30330, com placas de São José/SC;

    - Volvo FH 440 de Ponta Grossa/PR: óbito do condutor, 52 anos, morador de Ponta Grossa/PR, e lesões em dois passageiros, seus netos, de 15 anos (lesões leves) e de 8 anos (lesões Graves), os quais foram socorridos pelo SAMU e encaminhados ao Hospital Regional de Ponta Grossa;

    - Scania/P310, de São José/SC

    - MBenz 1938 S, de Curitiba/PR;

    - Scania/G380 de Pitanga/PR: lesões leves no condutor, 39 anos, socorrido pelo SIATE e encaminhado para o Pronto Socorro de Ponta Grossa;

    - Scania R124 V7 de Imbituva/PR;

    - M Benz/L1519 de Guarapuava/PR: lesões graves de seu condutor, 46 anos,  socorrido pelo SIATE e encaminhado para o Pronto Socorro de Ponta Grossa.

    Equipes da Concessionária Rodonorte, da Defesa Civil e da Guarda Municipal de Ponta Grossa auxiliaram a PRF no atendimento da ocorrência.  Rodovia permaneceu com interdição total no sentido Ponta Grossa (Norte) até as 06h30. No outro sentido, o trânsito fluiu lentamente.

     

  • 18/07/2018

    Carro é encontrado queimado com corpo dentro em Colombo

    Um carro foi encontrado queimado nesta quarta-feira (18) no bairro Guaraituba, em Colombo (região metropolitana de Curitiba). E dois fatos chamaram atenção. Primeiro, o carro estava com um corpo carbonizado no lado de dentro. Segundo: o veículo, um Renault Kwid, pertence a um homem que está desaparecido desde segunda-feira (16).

    Segundo disse a Polícia Militar, o carro é de Fabio André Schur Royer, 42 anos, casado, pai de dois filhos, que trabalha como gerente financeiro em um banco de Curitiba. Segundo a mulher dele, Florise Lima, o homem saiu para ir à farmácia na noite de segunda-feira e não voltou.

    A Polícia disse que é cedo para afirmar se o corpo queimado é de Fábio Royer. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde será identificado.

  • 18/07/2018

    Foragida da Justiça do Rio de Janeiro é presa em Curitiba

    Uma jovem de 22 anos, suspeita de integrar uma quadrilha especializada em furtos e roubos a apartamentos e residências de luxo, foi presa na última segunda-feira (16/07), dentro de um supermercado em que trabalhava, no bairro Pinheirinho. A ação foi realizada pelo Centro de Operações Policiais (Cope).

    Segundo informações policiais a jovem é natural do Paraná, entretanto é foragida da Justiça do Rio de Janeiro (RJ) em razão de crimes que cometeu no ano de 2014 no Estado. 

    Ela é suspeita de participar de um assalto a residência no bairro Gávea, situado na Zona do Sul do Rio de Janeiro (RJ). Na ocasião, a jovem e dois comparsas renderam os moradores do local e roubaram cerca de R$ 40 mil em dinheiro, além de diversas joias da família. A outra ocasião aconteceu no mesmo bairro, onde a quadrilha entrou em outra residência e furtou diversas joias e bens. 

    De acordo com o delegado-adjunto do Cope, Marcelo Magalhães, a prisão aconteceu em decorrência de uma troca de informações com autoridades do Rio de Janeiro. “Além disso, a equipe do Cope investiga e não descarta o envolvimento da jovem em outros crimes semelhantes ocorridos na Capital”, afirma.

    Um dos comparsas da jovem, suspeito de liderar a quadrilha, encontra-se detido no Rio de Janeiro desde o ano de 2017 e o outro, morreu em confronto com a Polícia Militar do Paraná. 

    A jovem está presa no 8º Distrito Policial (DP) à disposição da Justiça do Rio de Janeiro, para onde será transferida.

  • 18/07/2018

    Ladrões roubam cavalos da Secretaria de Saúde usados na produção de soro da aranha marrom

    Ladrões roubam cavalos da Secretaria de Saúde usados na produção de soro da aranha marrom
    (Foto: Divulgação/Sesa-PR)

    A Secretaria de Estado da Saúde do Paraná informa e solicita ampla divulgação do roubo de dois cavalos do Centro de Produção e Pesquisa de Imunobiológicos (CPPI), localizado em Piraquara. Os animais são utilizados no processo de produção de soro para o tratamento de pessoas picadas por aranha marrom. A situação ocorreu no fim da tarde de terça-feira (17), aproximadamente às 18 horas.

    Os cavalos furtados são crioulos mestiços, uma fêmea da cor branca e um macho mesclado de marrom e branco. A fêmea tem 20 anos e atende pelo nome de Fá Sinfonia. O macho, chamado de Pé-de-Pano, tem 17 anos. Ambos contêm um microchip na região do pescoço e são mansos.

    Uma comunicação de ocorrência policial foi aberta na terça-feira (17) na Polícia Civil de Piraquara. Quem tiver qualquer informação sobre os animais deve entrar em contato com o CPPI pelo telefone (41) 3673 8800.

  • 18/07/2018

    Pai de motociclista que atropelou três vai responder por ter empréstimo de moto

    O pai do motociclista Leonardo Magalhães Fonseca, que atingiu três pessoas em um ponto de ônibus ao empinar uma moto, no bairro Batel, em Curitiba, Luiz Magalhães Fonseca, confirmou ser o dono do veículo usado pelo acusado. Ele confirmou ter emprestado a moto ao filho. Segundo a declaração, Leonardo teria dito ao pai que iria sair com a namorada.

    Ao delegado o pai declarou desconhecer o fato de que Leonardo estava com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa. Após prestar depoimento Luiz Magalhães assinou um Termo Circunstanciado e foi liberado. Ele irá responder por ter cedido o veículo ao uma pessoa com a CNH suspensa, conforme o previsto no artigo 310 do Código Brasileiro de Trânsito. 

    Leonardo segue em liberdade, com tornozeleira. Das três vítimas, apenas uma já saiu do hospital. Outras duas seguem internadas em estado grave. 

     

  • 18/07/2018

    Policias acusados de matarem três jovens no Umbará irão à Júri Popular nesta quinta-feira

    Os cinco policiais acusados de matar três jovens suspeitos de um assalto em outubro de 2013, no bairro Umbará, em Curitiba, irão a júri popular a partir das 9h30 desta quinta-feira (19). José Eleutério da Rocha, Vagner de Oliveira Moro, Clério Carneiro, Silvestre de Oliveira Lopes e Élinson Chitiko respondem em liberdade por triplo homicídio qualificado e por fraude processual.

    De acordo com a denúncia do Ministério Público do Paraná (MP-PR), no dia 19 de outubro de 2013, por volta das 4h30, três ladrões armados assaltaram uma casa na Rua Waldomira Zortela, no bairro Umbará, de onde roubaram um carro e outros bens. A polícia foi acionada e fez buscas na região.

    Segundo a denúncia, os policiais abordaram os jovens: de 16, 17 e 25 anos. A denúncia relata que os rapazes foram rendidos, revistados, colocados no interior de um carro policial e levados até um matagal. No local, foram baleados no peito e na cabeça. Ao todo, 16 tiros foram disparados.

    O MP-PR diz que os policiais adulteraram a cena do crime, colocando armas de fogo ao lado das três vítimas para simular que houve um confronto. Ainda conforme o Ministério Público, um dos acusados também inseriu uma informação falsa no Boletim de Ocorrência (B.O), dizendo que os três jovens atiraram contra os policiais.

     

DESTAQUES DOS EDITORES