• 19/06/2018

    Polícia prende homem que tentou matar sobrinhos com facão em Almirante Tamandaré

    O delegado-titular da Delegacia de Almirante Tamandaré, Tito Livio Barichello, irá apresentar  nesta quarta (20) um homem de 37 anos, suspeito de tentar contra a vida do próprio sobrinho. A tentativa de homicídio aconteceu no dia 19 de maio de 2018, na rua Silvio Barros, Bairro Água Boa, na cidade de Campo Magro. 

    Segundo informações, o suspeito teria usado um facão para desferir vários golpes contra a vítima. O homem só teria cessado as agressões devido ao fato de acreditar que a vítima já se encontrava em óbito. Consta, ainda que após tomar conhecimento de que o sobrinho teria sobrevivido, o homem teria dito aos conhecidos que “terminaria o serviço”. 

     

  • 19/06/2018

    Polícia estoura grande desmanche de carros em São José dos Pinhais

    Polícia estoura grande desmanche de carros em São José dos Pinhais

    Após 30 dias de investigações policiais civis da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) de Curitiba, identificaram e estouraram um grande desmanche de veículos. As investigações foram iniciadas após denúncias dando conta que em uma casa, localizada na Rua Barão do Cerro Azul, em São José dos Pinhais, havia uma movimentação suspeita. As investigações confirmaram a informação e na tarde de segunda-feira (18), a equipe efetuou a abordagem ao local. 
    De acordo com o delegado Erick Tutia Guedes, o proprietário, ao perceber a presença da equipe policial, fugiu pelos fundos da residência. A polícia fez buscas na região, mas ele não foi localizado. “Ele foi identificado , no entanto, e diante da grande quantidade de peças e veículos com registros de furto encontrados na casa, indiciado em inquérito policial por receptação qualificada”, disse. 
    Já na entrada da casa era possível observar uma grande quantidade de peças de veículos. Quatro carros, sendo dois Gols, dos quais um, era possivelmente utilizado para cometer os furtos de veículos, um Fox e um Logan estavam no local. O Logan, que já estava com placas falsas, tinha registro de furto, no dia 16 de junho, na Vila Izabel, em Curitiba. 
    As peças de um Renault Sandero, com registro de furto do dia 14 de junho, já completamente desmontado estavam no possível local de trabalho do suspeito. Bancos, portas, para-choques, tudo enfileirado. Conforme a policia, os indícios apontam que o local era bastante usado para cortar carros.  
    Seguindo pela casa, a polícia localizou em outro cômodo, blocos de motores, bancos, baterias, estepes e todo tipo de peças de veículos, além de prateleiras com muitas ferramentas usadas para desmanchar os carros. No quintal, mais pedaços de carros: tetos, para-choques, frentes de veículos. 
    A polícia destacou que foi possível identificar peças de outros veículos também com registro de furto. Tudo foi recolhido à DFRV e será submetido à perícia. 
    O delegado revelou ainda, que familiares do proprietário da residência disseram não ter conhecimento dos atos criminosos praticados por ele. “Ele afirmava para a família que comprava carros de leilão e os consertava para venda”, conclui.

  • 19/06/2018

    Com perfil fake, homem se passava por produtora de TV e estuprava meninas em Curitiba

    Com perfil fake, homem se passava por produtora de TV e estuprava meninas em Curitiba
    (Foto: Polícia Civil)


    Um homem de 40 anos suspeito de usar perfis falsos nas redes sociais, se passando por uma agenciadora de modelos, para cometer abusos sexuais, foi preso na última sexta-feira (15/06) no bairro Tingui, em Curitiba. Segundo policiais do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (Nucria), uma das vítimas, de 15 anos de idade, narrou que recebeu um contato de uma mulher que prometia trabalhos como modelo e participações em programas de TV. 

    A menina teria marcado o encontro com a suposta agenciadora, mas chegando até o local havia um homem e que, sob ameaça de arma de fogo rendeu a menor e a levou para o interior de sua residência, vindo a abusar sexualmente da vítima. 

    Ele utilizava as redes sociais com vários perfis falsos em nome de mulheres para atrair meninas de 12 a 17 anos, com falsas promessas de trabalho de modelagem e possíveis atuações em emissoras de televisão. 

    Após a comunicação do crime na unidade policial, de posse do endereço do local onde teriam ocorrido os abusos, a Autoridade Policial determinou a equipe de policiais que se dirigissem até o local dos fatos a fim de prendê-lo em flagrante delito.

    Segundo a delegado-titular do Nucria, Mônica Meister Grabarski, o homem também teria cometido o mesmo crime no Rio de Janeiro há 5 anos. “No celular e no notebook do suspeito foram encontradas mais de 100 mensagens para pessoas de todo o Brasil. É possível que tenham outras vítimas em Curitiba ”, falou a delegada completando que “quando ele as encontrava, as ameaçava com arma de fogo e cometia os abusos sexuais. Ele foi preso no mesmo endereço onde cometia os crimes”.

    Na delegacia, o homem, que é natural do Estado do Rio de Janeiro, disse que se passar por uma mulher nas redes sociais foi uma brincadeira e que não sabia a idade da vítima e nem a teria forçado a manter relações sexuais com ele. Ele foi autuado pelo crime de estupro. Se condenado, poderá pegar até 10 anos de reclusão.

  • 19/06/2018

    Uma pessoa morre em acidente na BR-116, em Campina Grande do Sul

    Uma pessoa morre em acidente na BR-116, em Campina Grande do Sul
    (Foto: Polícia Civil)

    Em Campina Grande do Sul, às 7:50 desta terça-feira, 19, no km 08 da BR-116, na divisa com São Paulo, ocorreu acidente tipo tombamento de carreta com derramamento de carga de tinta para roupas.

    Condutor do veículo veio a óbito no local. Equipes da PRF, concessionária no local. Houve derramamente de carga na pista e foi acionado Ipt/Iml e IAP para avaliação dos danos ambientais, uma vez que vazou tinta com base de solvente (classificação 9).

  • 19/06/2018

    Gangue da dinamite explode caixa eletrônico do banco Itau, na Lapa

    A gangue da dinamite atacou mais uma vez durante essa madrugada. O alvo do dia foi um caixa eletrônico do bando Itau, localizado no centro da Lapa, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

    A Polícia Miltar não informou o valor que foi levando do banco. 

    Mais detalhes em instantes

  • 18/06/2018

    Polícia prende dupla suspeita de assaltos a linhas de ônibus na Grande Curitiba

    Polícia prende dupla suspeita de assaltos a linhas de ônibus na Grande Curitiba
    (Foto: Polícia Civil)

    Dois rapazes, de 18 e 25 anos, suspeitos de praticarem cerca de quatro assaltos em linhas de ônibus, último mês, foram presos por policiais civis da Delegacia de São José dos Pinhais, na sexta-feira (15/), na Vila Pantanal, no bairro Alto Boqueirão.

    De acordo com a polícia os rapazes eram suspeitos de cometer crimes na linha Afonso Pena/ Independência, no dia 25 de maio, na linha Iná/ Afonso Peno no dia 07 de junho, na linha Urano Curitiba no dia 11 de junho e na linha Fênix no dia 15 de junho. Todos no período entre as 07h e 08h40 da manhã.

    Ainda de acordo com a polícia, os suspeitos entravam no ônibus davam voz de assalto aos passageiros e pegavam todos os pertences das vitimas enquanto um terceiro os aguardava em um Fiat/ Uno na cor vermelha. 

    Assim que a delegacia tomou conhecimento do caso por uma das vítimas as investigações iniciaram. “ Com a ajuda de câmeras de monitoramento de dentro do ônibus a equipe policial conseguiu identificar e localizar os envolvidos no assalto, bem como o veículo utilizado no crime”, falou o delegado responsável pelo caso, Michel Carvalho, da delegacia de São José dos Pinhais.

    A dupla não reagiu a prisão. Na delegacia, o rapaz de 25 anos inventou uma história, porém entrou em contradição, já o rapaz de 18 anos, confessou sua participação no crime. As diligencias continuam afim de identificar um terceira pessoa envolvida no crime. “ Esperamos que com a divulgação das imagens a população denuncie através do telefone da delegacia (41) 3299-1500, completou o delegado”. 

    Ambos foram autuados pelo crime de roubo agravado e se condenados poderão pegar até 10 anos de reclusão. A dupla aguarda à disposição da Justiça.

  • 18/06/2018

    Polícia prende acusado de aliciar menores em Curitiba por perfis falsos nas redes sociais

    O Núcleo de Proteção a Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria) prendeu homem suspeito de aliciar menores por meio de perfis falsos nas redes sociais. O homem de 40 anos, que se passava por uma agenciadora de modelos para cometer abusos sexuais, foi preso na última sexta-feira (15) no bairro Tingui, em Curitiba. 

    Segundo policiais do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (Nucria), uma das vítimas, de 15 anos de idade, narrou que recebeu um contato de uma mulher que prometia trabalhos como modelo e participações em programas de TV. Mais detalhes serão divulgados durante a coletiva de imprensa com a  delegada-titular do Nucria, Monica Menster, nesta terça (19).

  • 18/06/2018

    Suspeito de matar dono de lotérica é preso em Ponta Grossa

    O suspeito de matar o dono de uma lotérica a golpes de faca foi preso por policiais da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), no último final de semana, em Ponta Grossa. Rodinei Everson Mora, de 43 anos, foi encontrado em uma residência, na Rua Hilda Camargo dos Santos, no bairro Cará-Cará. O crime aconteceu no dia 9 de julho de 2016, na Avenida João Gualberto, no bairro Juvevê, em Curitiba. 

    Segundo o delegado-operacional da DFR, André Feltes, o crime teria motivação passional. A morte da vítima foi tratada inicialmente como latrocínio com base no relato de duas testemunhas, um homem e uma mulher, que estavam na lotérica no momento em que o suspeito chegou ao local. As duas pessoas, que realizavam apostas em máquinas caça-níqueis no momento do crime, relataram que foram trancadas no banheiro. 

    “O suspeito contou que foi até o local para tirar satisfação do proprietário da lotérica em relação a  um relacionamento que a vitima estaria tento com uma ex-namorada do suspeito”, falou Feltes. 

    O mandado de prisão foi expedido pela 12º Vara Criminal de Curitiba. Rodinei já possui um vasto histórico criminal, homicídio, porte ilegal de arma de fogo, roubo agravado, furto e receptação. O homem segue custodiado na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) à disposição da Justiça. Ele responderá pelo crime de latrocínio. 

    “O fato do suspeito ter deixado a capital rumo a região dos Campos Gerais dificultou a identificação dele”, afirma o delegado, que exaltou o apoio dos policiais da 13ª Subdivisão Policial (SDP) de Ponta Grossa na localização do homem. 

    ROUBO – Em outra diligência distinta, policiais civis da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) cumpriram um mandado de prisão contra John Lenon D´Oliveira, de 27 anos, preso na rua Daisy Luci Berno, no bairro Parolin. 

    Os investigadores faziam uma diligência pelo bairro para averiguar crimes de roubo, quando visualizaram o rapaz em atitude suspeita e decidiram abordá-lo. Os policiais confirmaram que ele estava foragido assim que os documentos foram checados. 

    O mandado de prisão contra o suspeito havia sido expedido pela 2ª Vara de Execuções Penais de Curitiba. John Lenon responde por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Ele também possui passagens por crime de roubo.

  • 18/06/2018

    Pista da BR-376 fica interditada por uma hora para retirada de caminhão tombado

    Pista da BR-376 fica interditada por uma hora para retirada de caminhão tombado
    (Foto: Polícia Civil)

    Um acidente envolvendo um caminhão deixou a pista da BR-376, sentido Santa Catarina, interditada nesta manhã de segunda-feira, 18, por cerca de uma hora. Segundo as informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF-PR), o acidente foi na altura do quilômetro 662 (Unidade Alto da Serra da PRF).

    A interdição foi necessária para a retirada de caminhão tombado no quilômetro 668, em Guaratuba. O acidente sem vítimas.

  • 18/06/2018

    Suspeito de matar dono de lotérica no Juvevê é preso em Ponta Grossa

    O delegado-operacional da Delegacia de Furtos Roubos (DFR), André Feltes, vai apresentar um homem suspeito de matar o dono de uma lotérica no bairro Juvevê, em Curitiba, em julho de 2016. O suspeito foi preso no bairro Cará-cará, em Ponta Grossa.

    A vítima foi morta a facadas. Apesar de ter sido tratado inicialmente como latrocínio, o crime teria motivação passional, pois o comerciante teria tido um relacionamento com uma ex-namorada do suspeito.

    Na época do fato, a polícia recolheu imagens de câmeras do comércio local e praticamente esgotou as opções de investigação para prender o homem, que confessou o crime.

     

DESTAQUES DOS EDITORES