• Em Maringá

    Polícia prende no Paraná suspeito de enviar molho de tomate no lugar de produtos vendidos pela internet

    Polícia prende no Paraná suspeito de enviar molho de tomate no lugar de produtos vendidos pela internet
    (Foto: Divulgação/ PF)

    A Polícia Federal prendeu em flagrante na manhã desta sexta-feira (23/10), um homem (27) que aplicava fraudes enviando molho de tomate no lugar das mercadorias vendidas em sua loja virtual, hospedada em plataforma de compras online. As fraudes podem ter chegado a cerca de R$5,5 milhões.

    O suspeito foi preso no momento em que despachava encomendas em uma Agência dos Correios. Nos objetos postais foram encontrados celulares sem nota fiscal.

    A investigação sobre essas fraudes começou em agosto de 2020 e, com o apoio da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, foram identificados 1328 objetos postais despachados, que estavam sem Nota Fiscal ou com Declaração de conteúdo em branco, relativos a compras por meio de uma plataforma digital.

    Parte dessas encomendas foram inspecionadas pela Receita Federal do Brasil, que encontrou molho de tomate como conteúdo.

    A Polícia Federal realizou buscas na residência do suspeito e arrecadou mais de 200 aparelhos celulares, eletrônicos e anabolizantes.

    O preso que já foi indiciado pela Polícia Federal responderá pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica, descaminho de eletrônicos e importação de produtos destinados a fins medicinais de origem ignorada, além de sonegação fiscal e adulteração de vale-postal (art. 36 da Lei 6.538/78).

  • Em Maringá

    Polícia prende no Paraná suspeito de enviar molho de tomate no lugar de produtos vendidos pela internet

    Polícia prende no Paraná suspeito de enviar molho de tomate no lugar de produtos vendidos pela internet
    (Foto: Divulgação/ PF)

    A Polícia Federal prendeu em flagrante na manhã desta sexta-feira (23/10), um homem (27) que aplicava fraudes enviando molho de tomate no lugar das mercadorias vendidas em sua loja virtual, hospedada em plataforma de compras online. As fraudes podem ter chegado a cerca de R$5,5 milhões.

    O suspeito foi preso no momento em que despachava encomendas em uma Agência dos Correios. Nos objetos postais foram encontrados celulares sem nota fiscal.

    A investigação sobre essas fraudes começou em agosto de 2020 e, com o apoio da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, foram identificados 1328 objetos postais despachados, que estavam sem Nota Fiscal ou com Declaração de conteúdo em branco, relativos a compras por meio de uma plataforma digital.

    Parte dessas encomendas foram inspecionadas pela Receita Federal do Brasil, que encontrou molho de tomate como conteúdo.

    A Polícia Federal realizou buscas na residência do suspeito e arrecadou mais de 200 aparelhos celulares, eletrônicos e anabolizantes.

    O preso que já foi indiciado pela Polícia Federal responderá pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica, descaminho de eletrônicos e importação de produtos destinados a fins medicinais de origem ignorada, além de sonegação fiscal e adulteração de vale-postal (art. 36 da Lei 6.538/78).

  • Crime ambiental

    Polícia prende suspeitos de desmatamento ilegal no sudoeste do Paraná

    Polícia prende suspeitos de desmatamento ilegal no sudoeste do Paraná
    (Foto: 3º BPM)

    Em situações distintas, policiais militares do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM), pertencente ao 2º Comando Regional da PM (2º CRPM), prenderam três pessoas, uma por receptação e outras duas por crime ambiental. As ações policiais aconteceram na manhã de quinta-feira (22/10) nos municípios de Tapejara D’Oeste e São João, no Sudoeste do estado.

    Na primeira ocorrência, os policiais recuperaram um celular que tinha sido roubado no dia 04 de outubro após denúncia. No local, os policiais encontraram o aparelho e abordaram uma mulher, de 23 anos, que relatou que tinha comprado o celular por R$ 150,00. Sendo assim, ela foi presa e encaminhada por receptação à Delegacia de Polícia Civil para as medidas cabíveis.

    Por fim, após uma denúncia de desmatamento ilegal, os policiais militares encontraram um local que tinha uma vala com 20 árvores de diversas espécies arrancadas por uma escavadeira. O operador da máquina e o responsável pelo local foram encaminhados para as medidas necessárias.

  • Engenheiro Beltrão

    Caminhão com 800 caixas de cigarros é apreendido pela Polícia no Paraná

    Caminhão com 800 caixas de cigarros é apreendido pela Polícia no Paraná
    (Foto: BPRv)

    Escondidos entre uma carga de soja, 800 caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai foram apreendidos pelos policiais militares do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) nesta sexta-feira (23/10). A abordagem foi na cidade de Engenheiro Beltrão (PR), no Noroeste do estado. A ação dos policiais militares culminou ainda na prisão do motorista do caminhão, de 50 anos.

    De acordo com as informações do BPRv, os policiais militares receberam uma denúncia de que um caminhão passaria em frente ao Posto Rodoviário de Peabiru com uma carga de produtos ilícitos. Com as características do veículo, os policiais militares fizeram a abordagem, com apoio de equipes da cidade de Terra Boa.

    Durante a verificação foram encontradas as caixas, e o material acabou apreendido e levado à Delegacia da Polícia Federal de Maringá.

  • Operação Escudo

    Receita Federal apreende US$ 1,3 milhão em cocaína e armas no Oeste do Paraná

    Receita Federal apreende US$ 1,3 milhão em cocaína e armas no Oeste do Paraná
    (Foto: Divulgação/Assessoria de imprensa/RF)

    Na manhã desta sexta-feira, 23 de outubro, em ação realizada no âmbito da Operação Escudo, a Receita Federal apreendeu, no município de Céu Azul/PR, uma carreta que transportava 479,25 kg de substância análoga à cocaína, além de 15 armas e 19 carregadores.

    A cocaína está avaliada em U$ 1,3 milhão (a preço de Paraguai), ou cerca de R$ 7 milhões. Dentre as armas, foram apreendidas oito pistolas, sendo uma Glock .45, três pistolas 9mm, marca Asteca, de fabricação mexicana, e quatro pistolas 9mm, marca Bersa, de fabricação argentina. Dos 19 carregadores, três são carregadores alongados para 30 disparos.

    As equipes abordaram a carreta na rodovia BR-277. Durante a vistoria, os servidores perceberam que todas as sacas da carga de farinha trigo estavam bem embaladas e sem sinais de adulteração. Foram selecionadas amostras dos produtos para análise. Ao verificarem as sacas no fundo da carga constataram a presença de substância análoga à cocaína distribuídas em 449 tabletes, o que facilita o transporte.

    Após o flagrante, o motorista confessou que em meio à carga também havia armas. Quando questionado sobre a logística do transporte, o mesmo declarou que deixou o caminhão com a chave num posto de combustível para que criminosos carregassem o veículo com a droga. Posteriormente, ele levaria a carga para o interior de São Paulo.

    O motorista foi preso em flagrante e conduzido à Polícia Federal para as providências cabíveis.

  • Roubo de carga

    Polícia recupera em Curitiba carga de combustível em menos de seis horas após o roubo

    Polícia recupera em Curitiba carga de combustível em menos de seis horas após o roubo
    (Foto: Polícia Civil-PR)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) recuperou uma carga roubada de 46 mil litros de combustível, avaliada em R$ 135 mil, em um posto do bairro Pilarzinho, na capital. O gerente do posto foi preso em flagrante.

    A empresa responsável pela carga comunicou o roubo à PCPR, que iniciou as investigações. Segundo o motorista, o caminhão foi carregado em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, com destino à Arapongas, no Norte do Paraná.

    Ele foi feito refém por aproximadamente três horas. Após os suspeitos despejarem o combustível no tanque do posto, o caminhão foi abandonado, juntamente com o motorista, na Rodovia do Café.

    No posto, os policiais civis também encontraram lacres numerados, que constavam na nota fiscal.

    A PCPR trabalha para localizar o dono do estabelecimento, que não estava no local. O gerente irá responder por roubo e receptação qualificada.

    Nesta sexta-feira (23), o Sindicato dos Revendedores de Combustíveis e Lojas de Conveniências do Estado do Paraná (Paranapetro) emitiu nota parabenizando a ação policial que localizou rapidamente uma carga roubada de combustível e prendeu os suspeitos em Curitiba. Na nota, a entidade também solicita às autoridades a intensificação de ações preventivas. "Com a proximidade da refinaria Getúlio Vargas, em Araucária, o mercado de combustíveis sofre com frequência o ataque de quadrilhas especializadas", diz a nota.

    "O furto de cargas é uma ocorrência grave, que também gera outros desdobramentos como evasão fiscal, adulterações e fraudes. Prejudica, assim, não só o proprietário da carga, mas o consumidor, a arrecadação estadual e todo o segmento empresarial dos combustíveis", conclui a nota da Paranapetro.

     

  • Sintéticas

    Polícia Científica e PM do PR treinam cães de faro para encontrar novas drogas

    Polícia Científica e PM do PR treinam cães de faro para encontrar novas drogas
    (Foto: Divulgação/Sesp-PR)

    Para intensificar o combate ao tráfico de drogas em Curitiba e região, as polícias Científica e Militar do Paraná uniram forças e conhecimento para aprimorar a habilidade dos cães de faro do Batalhão de Operações Especiais (Bope). O novo treinamento tem como objetivo principal preparar mais de 30 cães policiais para encontrar, com precisão, novas drogas sintéticas que estão em circulação.

    Rayka, Pancho, Dekker, Jason e Drako são os cinco primeiros cães de faro da Companhia de Operações com Cães (COC) que começaram a ser estimulados a encontrarem drogas e entorpecentes em diversos tipos de locais e situações. Já no primeiro treinamento dos cães policiais com as novas substâncias, a aprovação deles foi de 100%: aos comandos de seus condutores - que são policias militares -, eles indicaram, de primeira, onde as drogas estavam escondidas.

    Além do contato com novas substâncias que recentemente entraram em circulação, os cães farejadores também são treinados para encontrar as principais drogas (cocaína, maconha e crack) de um jeito diferente do que já estão acostumados: os materiais da nova aptidão já foram periciados e identificados pela Polícia Científica, o que aumentará o grau de precisão do faro dos animais. Isso porque as drogas diretamente de apreensões, como as que os cães treinavam antes, podem estar contaminadas com outros cheiros, o que os confunde.

    “Os cães do Bope já trabalham com drogas ilícitas como a cocaína, crack e maconha. Mas sabemos que há muitas novas drogas ilícitas em circulação, as sintéticas. É exatamente esse tipo que é o objetivo desse treinamento”, explica a perita criminal e gerente de laboratórios forenses da Polícia Científica do Paraná, Mariana Ulysséa de Quadros. “São drogas já periciadas, ou seja, que sabemos a sua composição química e já foram emitidos os laudos, inclusive. Então, os cachorros estão sendo treinados, exatamente, com substâncias que precisam encontrar quando estiverem em operação”, diz Mariana.

    A importância da parceria entre as polícias é destacada pelo capitão Gustavo Dalledone Zancan, que comandou a Companhia de Operações com Cães. “O Bope estar em parceria com a Polícia Científica é muito bom porque assim temos a garantia, a certificação dos técnicos e químicos do laboratório de que aquela substancia é efetivamente uma droga e de que ela possui os insumos, as características e a matéria prima pela qual ela foi produzida. Temos a certeza de que estamos trabalhando com um material testado laboratorialmente”, diz ele.

    “Para questões de detecção de cães isso é muito importante porque não estamos baseados em uma droga que pode estar contaminada. Isso traz tranquilidade de que oferecemos um treinamento adequado, que vai refletir efetivamente na eficiência maior dos animais na aplicação operacional”, afirma.

  • No Paraná

    Polícia prende cinco suspeitos de transportar meia tonelada de maconha

    Polícia prende cinco suspeitos de transportar meia tonelada de maconha
    (Foto: Divulgação/PCPR)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu preventivamente cinco homens por tráfico de drogas, entre quarta-feira (21) e sexta-feira (23). Os mandados foram cumpridos em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba e em Faxinal, região Oeste do Estado. Eles são suspeitos de transportar pelo menos 500 quilos de maconha. Os policiais civis também cumpriram mandados de busca e apreensão em endereços relacionados aos suspeitos.

    As investigações foram iniciadas há pouco mais de três meses, quando foi apreendida droga em veículo abandonado em um hotel, no bairro Pinheirinho, em Curitiba. Durante as diligências, foram identificados seis suspeitos por transportar drogas no Paraná, Santa Catarina e São Paulo.

    Um dos indivíduos permanece foragido. Os suspeitos capturados irão responder por tráfico de drogas.

    COMO AGEM – O grupo praticava furtos ou roubos de veículos de alto padrão nos municípios de Florianópolis e Balneário Camboriú, em Santa Catarina. Após o crime, adulteravam as placas e carregavam a droga no Oeste do Paraná, com destino a Curitiba.

    O veículo utilizado como carga era deixado em estacionamento de hotéis na beira da estrada, quando outros envolvidos resgatavam o carro e retiravam a droga para revender. Os veículos furtados ou roubados eram geralmente levados para desmanches na capital paulista.

    AÇÕES – Em duas situações distintas, a PCPR apreendeu quase 400 quilos de maconha, no mês de setembro. Na primeira, o veículo que transportava a droga foi abandonado após perseguição policial, na BR-116, próximo a Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Na segunda, após troca de tiros com policiais civis, um dos integrantes da associação criminosa foi preso em flagrante, com cerca de 200 quilos de maconha em Araucária, também na RMC.

  • Em Curitiba

    Polícia divulga fotos de suspeitos de envolvimento em homicídios no bairro Parolin

    Polícia divulga fotos de suspeitos de envolvimento em homicídios no bairro Parolin
    Um dos procurados (Foto: Divulgação/PCPR)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) divulga fotos de seis suspeitos de dois homicídios no bairro Parolin, em Curitiba. Os crimes ocorreram nos dias 6 e 7 de julho deste ano. Os indivíduos possuem mandados de prisão temporária e encontram-se foragidos.

    Clique aqui para ver as fotos dos foragidos.

    Na manhã desta sexta-feira (23), a PCPR realizou buscas para localizar os indivíduos, porém até o momento ninguém foi localizado.

    As vítimas, Marcos Vieira e José Fernando Pereira dos Santos, foram atingidas por diversos disparos de arma de fogo. O crime teria sido motivado por desentendimentos relacionados ao tráfico de drogas.

    A PCPR solicita a colaboração da população com informações que auxiliem na localização dos procurados. A denúncia pode ser feita de forma anônima pelos telefones 197 da PCPR, 181 Disque Denúncia ou pelo 0800 643 1121, diretamente à equipe de investigação.

  • Em Curitiba

    Traficante é preso em flagrante e cão farejador encontra maconha em árvore

    Traficante é preso em flagrante e cão farejador encontra maconha em árvore
    A droga apreendida (Foto: Divulgação/Guarda Municipal )

    O Grupo de Operações com Cães (GOC) da Guarda Municipal apreendeu cerca de um quilo de maconha com um suspeito, no fim da noite desta quinta-feira (22/10), no bairro CIC, em Curitiba.

    O indivíduo, que já tinha um mandado de prisão em aberto também pelo crime de tráfico de drogas, foi abordado durante patrulhamento do GOC pela Vila Resistência, no bairro CIC.

    Ao ver os guardas, o suspeito tentou fugir na Rua Fonseca Itiberê da Cunha enquanto jogou no chão uma pequena quantidade de maconha. Durante a revista, com ele foram encontrados R$ 80 em notas trocadas.

    Após buscas do cão farejador Tróia foram localizadas 486 pequenos pacotes da droga em um buraco no chão e, também, em um pote escondido em uma árvore. O suspeito foi conduzido à Central de Flagrantes da Polícia Civil, onde ficou à disposição da Justiça.

    O nome do suspeito não foi divulgado pela Guarda Municipal.

  • Dois homens e um adolescente são pegos por homicídio triplamente qualificado

    A Polícia Civil do Paraná prendeu preventivamente dois suspeitos e apreendeu um adolescente por homicídio triplamente qualificado em Jaguariaíva, região Centro Oriental do Estado, na quinta-feira (22). O trio é investigado pelo assassinato de Fábio Leonas Expedito de Miranda, 18, no dia 17 de outubro deste ano, em Sengés.

    Um homem de 48 anos e os dois filhos, de 24 e 15 anos, são suspeitos pelo crime. Miranda teria sido assassinado a facadas em retaliação a um acidente de trânsito que ocorreu horas antes.

    Ele dirigia um veículo, quando bateu em uma motocicleta com um casal, na zona rural de Sengés. Uma mulher que passava pelo local socorreu as vítimas, após o motorista fugir. Elas foram levadas para um estabelecimento comercial, onde Miranda apareceu posteriormente.

    No local, o proprietário do estabelecimento entrou em luta corporal com o motorista, que recebeu coronhadas e foi esfaqueado pelos filhos do comerciante.

    As vítimas do acidente colocaram Miranda no veículo e se encaminharam a Jaguariaíva, para que recebesse atendimento médico, mas ele morreu no trajeto e, por receio de serem responsabilizados pela morte, o casal abandonou o veículo no bairro Bela Vista, em Jaguariaíva.

    Os homens também responderão por corrupção de menores.

  • Estelionato

    Homem é preso por aplicar o velho 'golpe do troco' na Grande Curitiba

    Homem é preso por aplicar o velho 'golpe do troco' na Grande Curitiba
    (Foto: Divulgação)

    Um homem de 38 anos foi preso na quarta (21) em flagrante por aplicar o chamado "golpe do troco", em Colombo, região metropolitana de Curitiba.  Ele já tinha passagem por estelionato.

    Esse tipo de golpe, muito comum em supermercados, acontece quando o criminoso tenta confundir a pessoa que está cobrando para que consiga receber mais dinheiro do que deveria.

    Para evitar que esse tipo de crime aconteça, é importante prestar atenção na hora de manusear o dinheiro, como no momento de entregar o troco ou de trocar as notas.

  • Xadrez

    Polícia prende dois suspeitos de vender remédios abortivos em Curitiba e Foz do Iguaçu

    Polícia prende dois suspeitos de vender remédios abortivos em Curitiba e Foz do Iguaçu
    (Foto: Divulgação)

    Nesta quinta-feira (22), a Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu preventivamente um homem e uma mulher suspeitos de vender remédios abortivos. Em pouco mais de um mês, as investigações já conseguiram apreender 105 comprimidos.


    As prisões ocorreram em Curitiba e em Foz do Iguaçu, na região Oeste do Estado. Os suspeitos são acusados de realizar a venda ilegal no Brasil de remédios importados do Paraguai através de objetos como panelas elétricas e pesos para segurar portas. Ambos irão responder por importação e venda de produtos destinados a fins terapêuticos.

    A partir de quatro mandados de busca e apreensão foram confiscados objetos de valor como relógios e óculos. A PCPR ainda apura de que forma era realizada a comercialização e segue na busca por demais pessoas envolvidas.

  • Armado

    PM apreende fuzil e mais de R$ 5 mil em bairro nobre da Capital

    PM apreende fuzil e mais de R$ 5 mil em bairro nobre da Capital
    (Foto: PMPR)

    O comportamento suspeito de um motorista no bairro Cajuru, em Curitiba, levou uma equipe da Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) do 20º Batalhão de Polícia Militar (20º BPM) a localizar drogas, dinheiro e um fuzil de calibre .556 em um apartamento no bairro Bigorrilho, na noite de quarta-feira (21/10). No carro do homem, mais duas pistolas e dinheiro foram localizados pelos policiais militares.

    Conforme o Boletim de Ocorrência, o suspeito, de 19 anos, estava com um Renault Kwid na rua Luiz França, no Cajuru. Os policiais militares passaram por ele e notaram que estava nervoso e que a central multimídia do carro estava alterada. Ao ser feita a abordagem, a equipe conseguiu abrir o compartimento com apoio de uma oficina da região e descobriu que havia um tipo de cofre, que armazenava duas pistolas de calibre .380, mais de R$ 500 em dinheiro, porções de cocaína, carregadores e chaves.

    Dali, os policiais foram até a casa do suspeito, na Rua Gastão Câmara, onde acabaram encontrando o fuzil e 239 munições para calibre 5.556. um tablete de crack e outro de cocaína (cada um com um quilo aproximadamente), uma balança de precisão, camisas brancas com estampas semelhantes às da Polícia Civil, e R$ 5.020,00 em dinheiro. O rapaz acabou preso e todo o material foi entregue na Central de Flagrantes da Polícia Civil.

  • PR-485

    BPRv apreende 4,7 toneladas de maconha, a maior do ano feita pela unidade no Paraná

    BPRv apreende 4,7 toneladas de maconha, a maior do ano feita pela unidade no Paraná
    (Foto: BPRv)

    Desconfiados de um motorista de caminhão que levava móveis de Capitão Leônidas Marques para São Paulo, policiais militares da 3ª Companhia do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) fizeram uma abordagem e encontraram 4,7 toneladas de maconha em meio à carga do veículo na manhã desta quinta-feira (22/10). A ação foi na PR 485, na cidade de Toledo (Oeste do PR). A apreensão é a maior feita pela unidade neste ano.

    Segundo as informações do Boletim de Ocorrência, os policiais militares estavam na rodovia fazendo a fiscalização de veículos, quando por volta de 6 horas abordaram um caminhão, com placas de Hortolândia (SP) tracionando um reboque com placa de Chopinzinho (Sudoeste do PR). O motorista teria contado que levava móveis para São Paulo, mas como estava fora do trecho, os policiais militares insistiram em saber o real motivo de estar naquela região.

    O homem, ainda segundo o Boletim, teria acrescentado aos policiais que estava na casa de uma namorada, em Vera Cruz do Oeste, por isso a alteração na rota. Para tentar confirmar a versão, o suspeito ligou para a mulher, porém ela acabou afirmando à equipe que era esposa do homem e não sabia o seu paradeiro. Diante disso, foi solicitado ao motorista que levasse o caminhão até a sede da 3ª Companhia, para uma vistoria.

    Após retirar toda a carga, os policiais militares encontraram 251 fardos de maconha, totalizando 4.770 toneladas de maconha. Devido a grande quantidade de droga foi necessário apoio de um guincho para fazer a pesagem. Depois das medidas de praxe, a droga e o veículo forma entregues na Delegacia de Polícia Civil de Toledo.

  • Piraquara

    Ciclista é baleado e morto em discussão de trânsito na Grande Curitiba

    Ciclista é baleado e morto em discussão de trânsito na Grande Curitiba

    Um ciclista foi morto a tiros em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, na noite desta quarta-feira, 21 . A morte foi resultado de uma briga de trânsito, segundo a Polícia Militar de acordo com testemunhas.

    O caso aconteceu entre a Rodovia Leopoldo Jacomel e a Rua João Batista, no bairro Primavera.

    O motorista fugiu do local após os disparos. Quando o Siate chegou ao local, o ciclista já estava morto.

    A Polícia Civil investiga o caso.

  • Susto

    Filha de prefeito de Laranjeiras do Sul é libertada após sequestro

    Filha de prefeito de Laranjeiras do Sul é libertada após sequestro
    (Foto: Divulgação Polícia Civil)

    A  filha do prefeito de Laranjeiras do Sul, Berto Silva, na região central do Paraná, Tamires Gemelli Silva Mignoni, desaparecida desde a última sexta-feira, 16, foi resgatada na noite desta quarta-feira, 21, pela equipe do Grupo Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre). 

    Tamires que é médica, foi sequestrada de dentro do posto de saúde do bairro Aldo Airolli, em Erechim, no Rio Grande do Sul. De lá, segundo as investigações, ela foi trazida pelos sequestradores para um cativeiro em Cantagalo, município vizinho de Laranjeiras do Sul, a 360 quilômetros de Curitiba.

    De acordo com as informações, um casal teria entrado no posto de Saúde e levado Tamires em um carro ainda durante a madrugada. A polícia foi acionada pelo marido de Tamires, que também é médico.  

    Três pessoas, sendo dois homens e uma mulher, foram presas.

    "Valeram as orações. A Tamires acaba de ser libertada pelos grupos DEIC e TIGRE. Nossa menina está voltando pra casa", disse o prefeito em uma rede social.

  • Susto

    Casa de madeira abandonada pega fogo no bairro Centro Cívico

    Uma casa de madeira pegou fogo nesta manhã de quinta-feira, 22, e foi totalmente destruída. O imóvel fica no bairro Centro Cívico, em Curitiba, na Rua Roberto Barroso, entre a rua Mateus Leme e Avenida Cândido de Abreu.  Segundo informações de moradores, a residência estava abandonada.

    A equipe do Corpo de Bombeiros chegou rapidamente ao local, e as chamas foram controladas em cerca de cinco minutos.

    O calor das chamas provocou a quebra do vidro de algumas janelas do prédio vizinho à casa. Os moradores acordaram assustados e acionaram o corpo de bombeiros. 

  • Internado em estado grave

    Candidato a vereador é preso suspeito de atropelar secretário de cidade no Litoral do Paraná

    Candidato a vereador é preso suspeito de atropelar secretário de cidade no Litoral do Paraná
    (Foto: Divulgação)

    O candidato a vereador Argeu da Costa Freire (Patriota) foi preso, nesta quarta (21) no Litoral do Paraná, suspeito de atropelar o secretário municipal de Obras de Antonina, Luiz Antônio de Carvalho. O atropelamento aconteceu também nesta quarta, mas pela manhã, após uma briga entre eles. De acordo com informações da polícia, a discussão teria sido por causa de uma obra de pavimentação próxima à propriedade do candidato a vereador. 

    Clique aqui para ler esse post completo.

Quem faz o blog

DESTAQUES DOS EDITORES