Noticiário policial produzido pela equipe do Portal Bem Paraná

  • Operação Hórus

    Polícia apreende cinco armas de fogo e mais 300 quilos de maconha no Oeste do Paraná

    (Foto: Divulgação/PMPR)

    Ações distintas do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFRON) nas cidades de Guaíra e Capitão Leônidas Marques resultaram na apreensão de 305 quilos de maconha e de cinco armas de fogo nesta sexta-feira (22). As apreensões fazem parte da operação Hórus, coordenada pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi) do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

    A primeira ação foi em Guaíra, quando os policiais militares estavam em patrulhamento pela região rural e viram uma movimentação de pessoas no matagal. Ao notarem a chegada dos policiais, as pessoas fugiram e abandonaram fardos com tabletes de maconha, totalizando 305 quilos.

    Em outra ação, na cidade de Capitão Leônidas Marques, o BPFRON abordou um ônibus interestadual com destino a Porto Alegre (RS) e os policiais militares apreenderam cinco pistolas de calibre 9mm com uma passageira, de 22 anos. As armas estavam com seletor de rajadas e 10 carregadores. Segundo o Batalhão, o armamento seria entregue na cidade de Lajeado, no Rio Grande do Sul. A mulher foi presa.

    A Operação Hórus é desencadeada dentro do programa V.I.G.I.A., com amparo legal do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras para combater crimes transfronteiriços em ações integradas. Os trabalhos envolvem equipes da Polícia Federal, do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), do Corpo de Operações de Busca e Repressão Aquática (Cobra), da Companhia de Comandos e Operações Especiais (COE) do Batalhão de Operações Especiais (Bope), ambos da Polícia Militar do Paraná; do grupo Tigre da Polícia Civil do Paraná; do Bope da PM de Mato Grosso do Sul, além da Força Nacional e do Exército Brasileiro.

  • Disparos

    Polícia Civil apreende armas e munições de homem que ameaçava vizinhos no Litoral do Paraná

    (Foto: Divulgação/PCPR)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) cumpriu um mandado de busca e apreendeu uma espingarda, um rifle, uma carabina, mais de 200 munições e um papagaio, nesta semana, em Guaratuba, no Litoral.

    As armas, todas com autorização de posse, foram apreendidas por possivelmente estarem envolvidas no crime de ameaça. Elas foram encaminhadas para a perícia e a ave foi levada para o Instituto Água e Terra (IAT).

    AMEAÇA - No dia 11 de dezembro, vizinhos do homem que teve os itens apreendidos registraram um boletim de ocorrência afirmando que indivíduo se apropriou indevidamente de terras e estava fazendo ameaças e atirando para cima.

  • Pasta base

    Trio envolvido com tráfico internacional de drogas é preso no Litoral do Paraná

    (Foto: Divulgação/PMPR)

    Mais de 30 quilos de pasta base de cocaína foram apreendidos durante uma ação do Serviço de Inteligência do 9°Batalhão de Polícia Militar (9°BPM) na cidade de Paranaguá, no Litoral do estado, na noite da quinta-feira (20/01). A ação foi contra o tráfico internacional de drogas e resultou ainda na prisão de duas mulheres e um homem envolvidos na atividade criminosa.

    A abordagem foi em duas casas no bairro Beira Rio, após o monitoramento do Serviço de Inteligência do Batalhão indicar uma movimentação de pessoas ligadas ao tráfico. Na primeira residência, havia 32 tabletes de pasta base de cocaína, além de três munições de arma de fogo. Duas mulheres, de 25 e 47 anos, foram presas.

    No segundo local foi localizado o homem, de 21 anos, o qual também tinha envolvimento com o tráfico. Após as medidas de praxe, o trio foi encaminhado à delegacia para os procedimentos de praxe.

    Desde o início do Verão Paraná - Viva a Vida 2021/2022, a Polícia Militar está intensificando operações e abordagens para combater o tráfico de drogas em toda a região do Litoral, mas em especial a cidade de Paranaguá por ser um ponto estratégico de logística para o transporte de materiais ilícitos pelo porto até regiões mais distantes, como outros estados brasileiros e países.

  • Suspeito de ser mandante de homicídio vai preso em Curitiba

    (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

    A Polícia Civil do Paraná prendeu temporariamente um homem por homicídio em Curitiba, na sexta-feira (21). O suspeito, de 19 anos, seria o mandante do homicídio de João Philip Gonçalves Nunes, de 23. A vítima foi espancada até a morte e teve o corpo localizado em 5 de dezembro do ano passado, no bairro Cidade Industrial de Curitiba.

    Ao todo, seis pessoas estariam envolvidas no crime. Além do suposto mandante, a Polícia Civil já identificou outros dois suspeitos. Um deles é uma mulher, de 27 anos, ex-companheira de Nunes. A outra pessoa identificada é um rapaz de 22 anos, o atual namorado da suspeita. Os dois são investigados por homicídio qualificado e subtração de incapaz. No momento, eles estão foragidos.

    A Polícia Civil segue investigando o caso a fim de identificar os demais envolvidos no crime.

    A vítima conviveu com a ex-companheira durante 3 anos e possui um filho de 4 anos. Separados desde 2019, o casal iniciou uma disputa judicial pela guarda da criança. Já em 2021, a mulher pegou a criança para visitar porém não a devolveu mais para o ex-marido. No dia 2 de dezembro, João viajou até Curitiba para buscar o filho, porém a suspeita planejou uma emboscada.

    CRIME

    Na data dos fatos, ao chegar no endereço fornecido, a vítima foi surpreendida por quatro indivíduos encapuzados, que o espancaram até a morte. Posteriormente, os homens jogaram o corpo de João no local em que foi localizado. Por volta das 16h, os pais da vítima foram informados sobre o encontro de um cadáver.

    Após a morte da vítima, a mulher fugiu e levou a criança de 4 anos. A mulher teve sua prisão temporária decretada por homicídio qualificado e subtração de incapaz.

  • Dois homens suspeitos de estuprar crianças acabam presos na RMC

    (Foto: Fabio Dias / Polícia Civil)

    A Polícia Civil do Paraná prendeu preventivamente dois homens por estupro de vulnerável. As capturas aconteceram em Fazenda Rio Grande e em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, nesta sexta-feira (21).

    O primeiro caso ocorreu no município de Fazenda Rio Grande, quando o homem, de 37 anos, teria abusado sexualmente do filho, entre 2010 e 2013. Na época a criança tinha entre 5 e 8 anos. O indivíduo esfregava o órgão genital nas nádegas do menino e ameaçava-o de morte caso contasse.

    A segunda prisão ocorreu no município de Colombo. O homem, de 57 anos, é investigado pelo crime de estupro de vulnerável, em razão de ter abusado dos netos, um menino de 4 anos e uma menina de 10, em 2015, na residência da filha, no bairro Santa Cândida, em Curitiba. O homem teria colocado filmes pornográficos para as crianças assistirem e obrigado a vê-lo se masturbando. Além de ter tirado a roupa dos menores e introduzido o dedo no órgão sexual da menina. Ele os teria ameaçado de morte com um facão caso revelassem os fatos a alguém.

  • Em Guaíra

    Polícia Federal apreende no Paraná 80 litros de agrotóxicos contrabandeados do Paraguai

    (Foto: Divulgação)

    Nesta sexta-feira (21 de janeiro), policiais federais em ação integrada com policiais do BPFRON realizavam patrulhamento na zona rural de Guaíra, no oeste do Paraná, quando perceberam movimentação suspeita em porto clandestino da região.

    Ao se aproximarem, um veículo empreendeu fuga e abandonou no local 4 volumes, contendo 80 litros de defensivos agrícolas. O material apreendido foi encaminhado à Polícia Federal de Guaíra para procedimentos cabíveis.

    Fazem parte do Programa V.I.G.I.A. nessa operação interagências equipes do BPFRON e demais Unidades da PMPR, Polícia Federal, PCPR, RECEITA FEDERAL e EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

    As ações integradas dos órgãos de segurança pública federais e estaduais também fazem parte do PPIF - Programa de Proteção Integrada de Fronteiras, coordenado pelo GSI - PR que busca integrar e articular ações de segurança pública, inteligência, controle aduaneiro e das Forças Armadas com as ações dos estados e municípios situados na faixa de fronteira e divisas, incluídas suas águas interiores e costa marítima.

  • PRF

    Mãe e filho são presos no Paraná durante viagem por suspeita de tráfico internacional de armas

    (Foto: Divulgação/ PRF)

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na madrugada de sexta (21), aproximadamente à 1h30, no km 319 da BR 277 (Unidade Operacional Guará - Guarapuava PR), mãe e filho pelo crime de tráfico internacional de arma de fogo.

    Por volta da 1h30, policiais rodoviários federais abordaram mãe e filho que ocupavam um Peugeot 408, na BR-277, em Guarapuava (PR). Durante a vistoria, foram encontrados, escondidos sob os bancos dianteiros e compartimento de estepe, embalados em sacolas plásticas, três kits Roni (acessórios que transformam pistolas em submetralhadoras) e peças para fuzil calibre 5.56 mm.

    Mãe e filho (58  e 33 anos, respectivamente) se deslocavam do Paraguai para Santa Catarina, em um Peugeot emplacado em São Bento do Sul (SC). O condutor (filho) informou que estava fazendo um favor para um amigo de levar o que, segundo ele, seriam acessórios de airsoft.

    Diante dos fatos, mãe e filho foram detidos pelo crime de tráfico internacional de arma de fogo e a ocorrência foi encaminhada para a Polícia Federal de Guarapuava.

  • Droga

    PRF apreende mais de R$ 7 milhões em cocaína na Grande Curitiba

    (Foto: Divulgação/PRF)

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 42,3 kg de cloridrato de cocaína, na BR-277, em São Luiz do Purunã (Balsa Nova), na tarde desta quinta-feira (20).

    A droga era transportada em um comportimento falso do teto de uma SUV, abordada pelos policiais. Um casal no veículo foi preso.

    Segundo a PRF, aproximadamente R$ 7,6 milhões é o prejuízo ao crime organizado.

  • Notas de R$ 50

    Polícia Federal apreende R$ 1.000,00 em cédulas falsas no interior do Paraná

    (Foto: Divulgação/PF)

    A Polícia Federal apreendeu na tarde de ontem (19/01) R$ 1.000,00 em cédulas falsas.

    Com informações dadas por comerciantes da região, foi identificado um suspeito que estaria distribuindo cédulas falsas, com a colaboração de empresas do setor de encomendas, policiais federais encontraram localizaram um pacote endereçado ao mesmo com cédulas falsas R$ 50,00, totalizando o valor de R$ 1.000,00.

    O trabalho foi apoiado pela Unidade Especial de Repressão à Falsificação de Moeda da Polícia Federal.

    Quando vistoriadas as notas arrecadadas, percebeu-se que elas tinham características similares às verdadeiras, simulando seus elementos de segurança, mas repetiam o mesmo número de série, impossível de ocorrer com uma nota verdadeira.

    A ação faz parte da Operação Rebote Fakes V, da Polícia Federal, realizada em 10 Estados do Brasil, concomitantemente. A relevância de trabalhos desta natureza evita a circulação de cédulas falsas no mercado da região, o que gera inflação e desvalorização da moeda, além dos prejuízos aos comerciantes.

    A PF nos últimos 2 anos já aprendeu mais de 20 milhões de Reais em cédulas falsas. Os indiciados na operação responderão pelo crime de moeda falsa, previsto no artigo 289, § 1º Código Penal com condenação de até 12 anos de reclusão.

  • Denúncia

    Polícia resgata cadela vítima de maus-tratos na Grande Curitiba e tutora é presa

    (Foto: Reprodução/PCPR)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) resgatou uma cadela vítima de maus-tratos, nessa quinta-feira (20), em Colombo, Região Metropolitana de Curitiba.

    A PCPR chegou ao local após denúncia. O animal estava em situação precária, sem comida e água.

    A tutora foi presa em flagrante pelo crime de maus-tratos e, se condenada, pode pegar até 5 anos de prisão.

  • Perto do antigo pedágio

    Van bate em caminhão e deixa dois feridos na BR-277, na Grande Curitiba

    (Foto: Divulgação/PRF)

    Um acidente na tarde desta quinta-feira (20), na BR 277, km 59, em São José dos Pinhais, sentido Curitiba, deixou a pista totalmente interditada a partir das 15h30, aproximadamente.

    Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), quando um caminhão, que estava parado nas imediações do posto da PRF, iniciou manobra de saída, uma van colidiu na sua traseira.

    O passageiro ficou preso nas ferragens e socorrido pela aeronave do governo do Paraná até o Hospital do Rocio, em Campo Largo. O motorista com fratura do tórax foi encaminhado ao Hospital do Cajuru, por ambulância.

    A pista foi liberada cerca de meia hora depois.

  • No Centro de Curitiba

    Polícias do Paraná e Santa Catarina prendem suspeito de liderar facção criminosa

    (Foto: Reprodução/PCPR)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR), em ação conjunta com a Polícia Civil de Santa Catarina, prendeu um homem, de 35 anos, suspeito de liderar uma facção criminosa no estado de Santa Catarina. A prisão aconteceu na quarta-feira (19), na região central de Curitiba.

    O detido tinha um mandado de prisão preventiva expedido pela comarca de Itajaí, pelo crime de organização criminosa. O indivíduo foi levado para o Santa Catarina, onde permanece preso.

  • Um crime

    Polícia resgata do lixo quatro gatinhos recém nascidos em Matinhos, Litoral do Paraná

    (Foto: Divulgação/PCPR)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) resgatou do lixo quatro gatinhos recém nascidos, na manhã de quarta-feira (19), em Matinhos, no Litoral do Estado.

    Os animais foram encontrados dentro de um saco de lixo, ainda com o cordão umbilical, e levados a uma associação de proteção aos animais, onde receberam os devidos cuidados. Os gatos serão encaminhados para a adoção.

    A PCPR ressalta que abandono de animais é crime. As investigações seguem para localizar o responsável pelo abandono.

    A PCPR solicita a colaboração da população com informações que auxiliem na localização do suspeito. A denúncia pode ser feita de forma anônima pelos telefones 197 da PCPR ou 181 Disque Denúncia.

  • Estupro

    Polícia prende idoso condenado por abusar de adolescente por três anos no interior do Paraná

    (Foto: Reprodução/PCPR)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu nesta quarta-feira (19) um idoso, de 65 anos, condenado por estuprar a neta da esposa, de 15 anos, em Londrina, região Norte do Paraná.

    O criminoso praticou os abusos contra a adolescente entre os anos de 2009 e 2012. O crime costumava acontecer em um motel.

    O homem foi condenado a cumprir pena de 4 anos, 11 meses e 15 dias em regime semiaberto pelo crime. Outras duas pessoas, condenadas no crime, estão foragidas.

  • Armamento

    Guarda Municipal de Curitiba começa a receber pistolas 9 mm importadas

    (Foto: Ricardo Marajó/SMCS)

    A Guarda Municipal de Curitiba começa a fazer a substituição do armamento utilizado pelos profissionais da corporação. Os atuais revólveres e pistolas calibre 380 darão lugar a pistolas calibre 9 mm, alinhadas à tendência utilizada pelas principais forças de segurança pública mundo afora.

    As mais de mil armas da empresa tcheca CZ, fruto do primeiro pregão eletrônico internacional realizado pela Prefeitura, serão entregues à medida que o efetivo passe pelo treinamento para utilização do novo equipamento. As primeiras 30 unidades foram distribuídas a integrantes do Grupo de Operações Especiais (GOE), na tarde de terça-feira (18/1), na sede da corporação.

    A pistola calibre 9 mm é o armamento para o qual as principais forças de segurança nacionais estão migrando, por proporcionarem maior precisão e controle pelo profissional que a utiliza, além de maior poder de defesa.

    “Esta aquisição, que torna a GM de Curitiba a primeira do Brasil a utilizar o armamento importado, demonstra a preocupação do prefeito Rafael Greca com a proteção do guarda municipal. É um profissional que atua como protetor da comunidade e que pode voltar para casa com segurança”, ressaltou o secretário de Defesa Social e Trânsito, Péricles de Matos.

    O pregão eletrônico internacional propiciou uma economia ao município, pelo valor mais baixo do que o praticado no mercado nacional, para um equipamento de qualidade superior. “No país, o armamento é comercializado a um valor médio de R$ 13 mil, enquanto a compra realizada pela GM teve o valor unitário de R$ 2,3 mil”, comparou o comandante da GM, Carlos Celso dos Santos Junior.

    Capacitação
    A entrega das novas armas é precedida de uma capacitação específica para utilização do armamento, ministrada por profissionais já treinados, entre inspetores e supervisores, da própria Guarda Municipal. Os cursos já estão em andamento e continuam nas próximas semanas.

    Essa preparação teve início com o desenvolvimento do curso para instrutor de armamento e tiro realizado no ano passado. Considerado de nível altamente especializado, o treinamento ofertado pelo Centro de Formação e Desenvolvimento Profissional da GM capacitou em tipos diversos de armamento, em 130 horas-aula, profissionais que podem atuar como docentes em disciplinas práticas.

    Estiveram presentes na entrega das primeiras pistolas 9mm o vice-prefeito, Eduardo Pimentel; o comandante da Polícia Militar do Paraná, coronel Hudson Leôncio Teixeira; o comandante do 1º Comando Regional da PM, coronel Renato de Oliveira Ribas Filho; o comandante da Guarda Municipal de São José dos Pinhais, GM Alves; o secretário de Segurança de Araucária, Antônio Souza; e o presidente do Instituto De Previdência Dos Servidores Do Município De Curitiba (IPMC), Ary Gil Merchel Piovesan; o superintendente da Defesa Social, Wagnelson de Oliveira; integrantes da Guarda Municipal de Curitiba, Defesa Civil Municipal e Superintendência de Trânsito (Setran).

  • Flagrante

    No Oeste, policiais militares e federais apreendem mais de R$ 500 mil em cigarros

    Policiais localizaram 5.250 pacotes de cigarros contrabandeados que haviam sido abandonados durante a confusão.
    Policiais localizaram 5.250 pacotes de cigarros contrabandeados que haviam sido abandonados durante a confusão. (Foto: SESP-PARANÁ)

    No âmbito da Operação Hórus, policiais do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFRON), com apoio da Polícia Federal, apreenderam cinco veículos carregados com cigarros contrabandeados, em ocorrências distintas. Os casos aconteceram na noite de domingo (16) e na madrugada de segunda-feira (17), em Terra Roxa e Santa Helena, e custaram meio milhão de reais aos criminosos.

    Clique aqui para ler esse post completo.

  • Violência

    Homem de 71 anos é preso pela PM após estuprar a neta de 12 no interior do Paraná

    (Foto: Reprodução/PMPR)

    Policiais militares do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM), pertencente ao 5º Comando Regional da PM (5º CRPM), prenderam um homem por estuprar a neta. A ação policial aconteceu na tarde de segunda-feira (17/01) na cidade de Mangueirinha, no Sudoeste do estado.

    De acordo com as informações repassadas pela unidade, os policiais militares foram acionados para dar atendimento a uma situação de estupro contra uma adolescente, de 12 anos. No local, os policiais acionaram o Conselho Tutelar e a encaminharam para o devido atendimento médico e psicológico.

    Durante o atendimento, a família da vítima teria relatado que o autor era o avô da vítima. Logo em seguida, o suspeito, um homem de 71 anos, foi preso e encaminhado para as medidas cabíveis.

    Após o atendimento médico, a adolescente foi levada ao Instituto Médico Legal de Pato Branco, para os procedimentos necessários.

  • Som alto

    Polícia Militar do Paraná esclarece que Perturbação do Sossego não tem horário definido

    (Foto: Reprodução/PMPR)

    Uma informação relevante e desconhecida pela população é de que não existe horário determinado para que as pessoas possam abusar do som alto sem gerar perturbação do sossego.

    Para denunciar, basta entrar em contato através do telefone 190 ou do aplicativo 190 PR que possibilita ferramentas e mecanismos para que o solicitante, na abertura do chamado, consiga anexar fotos, vídeos e áudios da ocorrência.

    Gerado a denúncia e quando constatado o crime pela Polícia Militar, o autor será encaminhado até o Cartório Policial para lavratura de Termo Circunstanciado, junto a aparelhagem que gerou a perturbação. O Termo Circunstanciado de Infração Penal (TCIP) é um procedimento administrativo que substitui o Auto de Prisão em Flagrante. Conforme o art. 61 da Lei 9.099/95, são infrações penais de menor potencial ofensivo “os crimes e as contravenções penais com pena máxima não superior a dois anos”.

    Nestes casos, os autores não são presos. Eles receberão um benefício denominado transação penal (quando for possivelmente aplicável) em audiência previamente agendada, após decisão do judiciário. Pode ser uma pena pecuniária (multa paga em R$) ou pena alternativa como serviços comunitários.

    Depois dos trâmites necessários, o Judiciário decidirá sobre a devolução do material apreendido.

    Vale lembrar que segundo o Artigo 42 da Lei das Contravenções Penais, como pena para a Perturbação do Sossego, é passível a prisão simples de 15 dias a 03 meses ou multa.

  • Investigação

    Suspeitos de estelionato usavam máquina de débito adulterada em Guaratuba

    (Foto: Reprodução/PCPR)

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) concluiu a investigação contra um grupo suspeito de estelionatos em Guaratuba, no Litoral do Paraná. Estima-se que o prejuízo gerado às vítimas seja de R$ 10 mil.

    Durante as investigações, a PCPR identificou os suspeitos de envolvimento no caso. Um deles, de 21 anos, foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na semana passada. O outro indivíduo, que tem a mesma idade, segue foragido.

    CRIME- Os indivíduos e um adolescente ofereciam lençóis para que as vítimas comprassem. Durante a conversa, eles afirmavam que o produto seria sobra de um lote comprado por um hotel. No momento da venda, eles afirmavam que aceitavam apenas pagamento em cartão de crédito ou débito.

    Conforme apurado, a máquina de cartão estaria adulterada e, no momento em que a vítima passava o cartão, demostrava erro ao fazer a transação. Ao tentar outras vezes, diversos valores eram debitados das contas das vítimas.

    DENÚNCIA- A PCPR solicita a colaboração da população com informações que auxiliem na localização do indivíduo foragido. As denúncias podem ser repassadas de forma anônima através dos telefones 181, Disque-Denúncia ou (41) 3443-6523, diretamente à equipe de investigação.

  • Segurança

    Ações com cães da Polícia Civil apreenderam 7,8 toneladas de drogas em 2021

    Maior parte das drogas apreendidas foi maconha – 7 toneladas. O restante soma 730 quilos de cocaína, 14,7 quilos de crack e 20,2 mil unidades de drogas sintéticas.
    Maior parte das drogas apreendidas foi maconha – 7 toneladas. O restante soma 730 quilos de cocaína, 14,7 quilos de crack e 20,2 mil unidades de drogas sintéticas. (Foto: PCPR/divulgação)

    Os cães da Polícia Civil do Paraná (PCPR) colaboraram na prisão em flagrante de 228 pessoas e na apreensão de 7,8 toneladas de drogas em 2021. A participação dos animais nas ações contribui para o sucesso das operações. Catorze animais fazem parte do Núcleo de Operações com Cães da PCPR. Eles se dividem em cinco bases no Estado, localizadas em Curitiba, Cascavel, Maringá, Pato Branco e Londrina.

    Clique aqui para ler esse post completo.