Rodovias

Assembleia faz audiência sobre passivo deixado pelas concessionárias de pedágio

Na audiência, será apresentado estudo contratado pela Frente Parlamentar Sobre o Pedágio em parceria com técnicos do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (ITTI), da UFPR
Na audiência, será apresentado estudo contratado pela Frente Parlamentar Sobre o Pedágio em parceria com técnicos do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (ITTI), da UFPR (Foto: Franklin de Freitas)

A Assembleia Legislativa promove, hoje, a partir das 9h30, uma audiência pública para apresentar aos paranaenses um panorama geral dos passivos e litígios, deixados pelas concessionárias dos pedágios no Paraná, com o término dos atuais contratos de concessão que se encerram no dia 27. A audiência será remota, com transmissão pela TV Assembleia e redes sociais da ALEP, e todos podem participar virtualmente pelo link https://bit.ly/3HGFG0G (sem a necessidade de inscrição prévia).

Durante a audiência, um estudo contratado pela Frente Parlamentar Sobre o Pedágio em parceria com técnicos do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (ITTI), da Universidade Federal do Paraná (UFPR), será apresentado publicamente com um diagnóstico completo dos passivos, obras não entregues, cobranças indevidas e possíveis litígios.

Segundo o deputado estadual Evandro Araújo (PSC), vice coordenador da Frente, há indícios que o cenário negativo deixado pelos pedágios, nestes 24 anos de concessão, seja pior do que os paranaenses conhecem. "Queremos confrontar esse estudo com o de outras instituições, queremos confrontar cenários, pois achamos que os prejuízos e passivos deixados pelas concessionárias sejam piores do que sabemos. Esse subsídio dará luz para que possamos também atuar nas novas concessões e fazer com que esses erros não sejam repetidos", explicou.