Radicalismo

Ex-deputado Alex Canziani deixa o PTB depois de 30 anos

Canziani: "Infelizmente não reconhecemos hoje, na direção nacional, este mesmo sentimento que sempre norteou os petebistas"
Canziani: "Infelizmente não reconhecemos hoje, na direção nacional, este mesmo sentimento que sempre norteou os petebistas" (Foto: Franklin de Freitas)

O ex-deputado federal e secretário municipal de Governo da prefeitura de Londrina (região Norte), Alex Canziani, está deixando o PTB depois de 30 anos. Canziani decidiu deixar a legenda por causa da postura radical adotada pelo presidente nacional da sigla, ex-deputado federal Roberto Jeferson, de apoio ao governo Jair Bolsonaro. 

"Estamos deixando o partido porque nossas ações e pensamentos sempre foram pautados pelo diálogo e construção de ideias, abrindo espaço para argumentos e respeitando o contraditório, jamais por radicalismo e imposições. Infelizmente não reconhecemos hoje, na direção nacional, este mesmo sentimento que sempre norteou os petebistas", afirmou ele. "Após conversarmos com muitos companheiros de todo o Paraná e do país, chegamos à conclusão que não é mais possível continuar. Ao mesmo tempo, temos sido sondando por vários partidos convidando à filiação", disse Canziani, em nota oficial. A filha dele, a deputada federal Luísa Canziani, também deve deixar o partido.