Política em Debate

Publicidade
Acordo

Governo do Estado se compromete a não fechar escolas em 2020

Acordo foi fechado em reunião na liderança do governo na Assembleia com representantes da Secretaria de Educação, APP e escolas
Acordo foi fechado em reunião na liderança do governo na Assembleia com representantes da Secretaria de Educação, APP e escolas (Foto: divulgação/Liderança do governo)

O governo do Estado fechou acordo com a APP-Sindicato e se comprometeu a não fechar nenhuma escola para o ano letivo de 2020. Ficou definido que os 15 colégios que estavam sob risco de frechamento para o ano que vem continuarão abertos e manterão as matrículas para as séries que têm atualmente.

O acordo foi firmado em reunião com o chefe de gabinete da Secretaria de Educação e Esportes (SEED), Josimar Bochine, o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Hussein Bakri (PSD), e com o líder do PT, Professor Lemos, além de diretores e representantes das 15 escolas.

O compromisso prevê que deverá ser liberada no sistema da rede estadual a abertura de matrículas para as turmas de 6º ano que não tinham essa autorização ou para as quais já havia decisão anterior de não abrir novas turmas. No entanto, o governo ficou de avaliar o desempenho das escolas ao longo do próximo ano para tomar decisões no futuro a esse respeito. Ao longo do ano letivo de 2020, essas escolas serão acompanhadas de perto pela secretaria para avaliar a relação oferta-procura do número de alunos e, então, definir se elas têm condições de seguirem funcionando.

No encontro, foi estabelecido o prazo de um ano para que esses colégios envolvam a comunidade escolar e se apresentem como instituições com demanda suficiente para continuarem abertas.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES