Presidente da Assembleia defende 'semana de dois dias' durante campanha: 'Congresso está em recesso branco'

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Ademar Traiano (PSDB), justificou hoje a decisão tomada na véspera pelos parlamentares da Casa, de reduzir as sessões de votação para dois dias da semana, às segunda e terças-feiras, “antecipando” as sessões das quartas-feiras, por causa da campanha eleitoral. “O Congresso Nacional está em recesso branco. Nós estamos trabalhando de segunda a terça-feira”, alegou o tucano. “Também os senhores deputados dependem de suas bases no interior do Paraná para poderem trabalhar nesse período”, argumentou Traiano.

Dos 54 deputados estaduais, 45 são candidatos à reeleição. Dos outros nove, cinco tentam a eleição para a Câmara Federal e um, Ratinho Junior, do PSD, é candidato a governador do Estado. O curioso é que os parlamentares reduzem os dias de trabalho no Legislativo sob a alegação de ter mais tempo para buscar votos justamente para conseguir novos mandatos, o que é no mínimo contraditório. Além disso, nenhum deputado terá o salário de R$ 25,3 mil descontado por isso.