Recebendo, acolhendo, reconhecendo e agradecendo toda experiência sagrada na Terra.

  • Yoga e cura

    Tuas crenças te limitam?

    “Todos os dias quando acordo não tenho mais o tempo que passou...” (Tempo Perdido, Legião Urbana)

    Já parou pra pensar o quanto essa simples, pequena, porém, grandiosa frase representa? Traz uma sensação de quem quer se desconectar do que está se passando… talvez fugir, seja o termo rsrs

    Essa banda sempre me foi uma inspiração, desde os treze anos. Versar sobre política, vida e poesia é pra poucos, e ainda em uma banda categorizada como rock...

    Percebi fortemente as injustiças de um mundo, independente das minhas ações, mas também entendi que ficar sentada no sofá da sala, não mudaria nada, porque o nada, já existia...

    Sair do campo de batalha onde tudo é difícil e ir para sala de aula para aprender… e ainda conseguir frequentar o parque de diversões, parecia ser algo bem difícil de alcançar.


    Crédito: Rose Schnaider

    Mas hoje, percebo que quase tudo estava em, “aprender a deixar ir os padrões mentais, as crenças limitantes de que tudo é difícil” de que só conseguimos as coisas com sofrimento, de que a única opção na vida é trabalhar, trabalhar e trabalhar… Essa é sim, uma imposição social segura e enobrecedora, mas por vezes, percebo pessoas “batedoras de cartão” esperando a sexta-feira para “poder viver”, sobrevivendo e percebendo que “a rotina é uma gaiola que só abre as sextas-feiras. Passou a vida esperando, e a vida passou voando.” (Reverb)

    Enclausurada em meus pensamentos, percebia que não estava muito diferente do contexto… sair da condição de vítima das circunstâncias era considerado bem inapropriado e fora do padrão…

    Tá bom, vou falar, eu era a ovelha negra da família (rsrs) não no sentindo dos enfrentamentos negativos e desrespeitosos, mas de fazer pensar, de querer, de agir, e de não seguir padrões e modas, por exemplo.

    Aí a ânsia de chegar onde o coração sente saudades, onde a pequena grande menina se alegra, era sorrateiramente enlouquecedor na minha mente, e no meu coração.
    Sabe aquela sensação de querer fugir de casa, mas nesse caso, a casa é “o próprio corpo”. Não, não, não tem nada a ver com tendência suicida, e sim manifestação da própria vida, da verdade.

    Por vezes achei que estava tendo algum tipo de taquicardia … era sempre a razão e a imposição dos outros, da sociedade, da cultura de massa e da maioria, que apontava para um único lado, o “lado de todos”, mas o coração, o meu coração, apontava para o outro lado. Ele sentia, vibrava, urgia, grunhia, de forma uníssona, porém cerceada de batidas da vida, de sinos… pensava parafraseando Renato Russo, “espero que esse meu egoísmo não destrua o meu coração.”

    Mas aí pergunto novamente: É realmente egoísmo estar em conexão com o coração?


    Crédito: Rose Schnaider

    Hoje sei que não, pois consigo perceber que o mundo material é somente um cenário diante da magnitude que é viver quem você realmente É.

    Alguns ensinamentos nos orientam que, “precisamos ser simples e vulneráveis e não deixarmos o ego assumir o controle da situação, pois quanto mais estudamos, mais somos apresentados para a pessoa vulnerável que está dentro de nós.” Chamo isso de experiência e maturidade.

    Esses dias um dos meus professores falou: “Quando faço uma ação, descubro que o resultado da ação NÃO está na minha mão. Depois da ação realizada é pura entrega.”

    Eis aqui a fé de fazer o que sentimos, e ser, com integridade, quem somos.

    Ele deu como exemplo as máximas de:
    “É melhor ser feliz do que estar certo.”
    “Ceder é conquistar.”

    Pensem, “ceder é conquistar”…
    Me veio toda experiência de “entregar-me para os mistérios da vida”, e o quanto estou conquistando, colhendo, nutrindo, minha alma e meu espírito por acreditar nessa entrega.

    Outro ensinamento foi: “Meça a sua intensidade do desejo pelo autoconhecimento.” Me veio uma fala de quando me perguntam: Se você morresse hoje o que você gostaria de ter feito que ainda não fez?

    Eu morreria sem ter lido todos os livros que gostaria, sem ter estudado tudo que gostaria de estudar.

    Deve ser por isso que tenho hábito de ler mais de um livro ao mesmo tempo...
    Talvez se, esse meu desejo for atendido, eu perceba que é melhor desapegar… afinal ficar para semente não é algo salutar.

    Me dei conta de que, ser feliz sem precisar do outro não é desapego é lucidez.
    O outro não pode ser sua metade, caso contrário, você se torna um decapitado desde o nascimento, concordam?

    “Metade”, presumisse falta, e Deus com certeza não nos faria, em falta.
    Já pensou... que se você preencher-se com tudo que gosta, e que te faz bem, o que te alegra, te traz satisfação, você se torna um “chamariz”, uma atração, uma energia arrebatadora de luz e conexão, com as suas sintonias e frequências vivas…

    Me responde, qual o seu medo?
    Qual a aflição que você guarda na alma?

    Se puder, pratique a escuta amorosa, preste atenção na sua vida, nas suas emoções, nos seus sentimentos…

    Deixar de querer ser o outro, pode ser o seu maior presente!
    Inspirar-se é saudável, copiar é lamentável…
    É demonstração de incapacidade, de não apropriação, de escassez e de ausência de percepção da sua verdade.
    Já se deu conta de que você é uma joia rara, pois é único, única em todo o universo!?

    Experiencie o “caminho” ele é cheio de “presentes”, mas só os vê, quem está “consciente”.

    Aprenda a curtir o caminho!
    Isso é pra ser um CONVITE e não um conselho. (Reverb)

    SER FELIZ é hoje, afinal, “hoje é o amanhã que você tanto se preocupou ontem”.


    Crédito: Rose Schnaider


    Gratidão por estar aqui.

    Espero ser contribuição em sua jornada, afinal, “milagres compartilhados são multiplicados”.
    Em nosso Sagrado Compartilhar, NOS Curamos.
    Sigo na conexão e no amor que nos une.

    OM
    Angelita Lombarde Divino
    Instrutora de Yoga e Terapeuta Integrativa
    Guardiã do Movimento Sagrado Compartilhar
    Canalizadora do Método RARA
    Espaço Praticando o Amor - Yoga & Terapias Integrativas


    https://instagram.com/angelitalombarde_yoga_terapias?igshid=1xdsabpcp9xo6

    https://instagram.com/fragmentosdereconexao?igshid=gfd6mb1mq8rk

    angelitalombarde@gmail.com

    https://whats.link/praticandooamor

    REFERÊNCIAS
    Inspiração nas minhas experiências como aprendiz aqui na terra; nos meus alunos e consultantes; nas meditações e orações; nos meus professores internos e externos; na conexão com o sagrado que habita em mim, na vida, no universo, na terra, na natureza, em Deus!

  • Yoga e cura

    Me Editar Meditar

    Me Editar
    Meditar

    Por: Angelita Lombarde Divino

    Meditando, introspectando, ressignificando, acreditando…

    Que tal iniciarmos o ano de forma auspiciosa, respirando conscientemente por apenas 3 minutos e focando na respiração?

    Porque tudo se renova, quando na meditAÇÃO encontramos a AÇÃO. Sim, ela está ali, dentro da própria palavra.
    Sim, me-editar é uma forma de editar-se, olhar para suas prioridades, renovar seus desejos, trazer para consciências suas habilidades, seus dons, suas vontades, suas incertezas, seus medos.

    Aproveitemos este início de ano, permitindo nos renovarmos com o impulso dos céus.

    Crédito: Luis Antonio Sposito

    Todo novo ano recebemos doses quânticas de energia para os próximos 365 dias.
    Vamos, pare agora e respire! Pise a grama!
    Como você quer que seja seus próximos dias do ano?
    Mentalize, visualize…Ninguém vai fazer isso por você. Só você tem este poder.

    Encerre de uma vez por todas os seus julgamentos e autojulgamentos, desperte o seu olhar e pare de querer agradar as pessoas com “coisinhas”, abandone as expectativas alheias e se surpreenda com o resultado.

    “Pegue toda sua sinceridade e integridade e faz uma faxina na sua casa e na sua vida”, comece pelas gavetas, nelas guardamos nossos julgamentos e condenações e deixamos de olhar para nosso próprio umbigo, deixe que nelas permaneçam apenas os sonhos desabrochados e já realizados.

    Crédito: Luis Antonio Sposito

    Pergunte-se:
    O que realmente faz sentido pra mim?
    O que me encanta nesta vida?

    Como diz uma amiga astróloga, Jesana Gambi: “Baixe a casca da rigidez”.
    Sim, porque alguns comportamentos são muito tóxicos, envenenam nossos dias e nossas mentes, e com essa frequência acabamos deixando alastrar essa energia por todo ambiente onde passamos mais tempo.

    Observe que sempre que pedimos, ou orientamos que alguém medite, a primeira informação que chega a nossa mente é, uma pessoa sentada, postura de lótus, olhos fechados e mãos em “mudra”.

    Ouvi e observei muito isso quando iniciei meus estudos sobre o autoconhecimento, yoga e meditação. “Quando vocês estiverem pensando em nada, aí sim, vocês meditarão. Esvaziem a mente”.

    Me vinha a cabeça: Se eu conseguisse pensar em nada, a ação do “nada” já é um pensar, então como “não pensar em nada”?

    Era orientada de uma forma e praticava de outra… Era mais forte do que eu.
    Aproveitava para resolver mentalmente o que estava me incomodando naquele momento, aí depois escolhia e visualizava mentalmente um lugar para ir, e ali contemplava tudo o que sentia, percebia e via, tudo o que chegava de bom ou ruim. Mas já digo, primeiro você tem que colocar cada “monstro” no seu lugar, aí o resto é mais fácil…
    E por monstro, entenda, raiva, tristeza, incomodo, contas, conversas mal digeridas, doenças e partidas das pessoas que amamos etc…

    Um determinado momento a pessoa que estava conduzindo a meditação nos chamava, e lá estava eu “perdida” no local onde escolhi contemplar e experienciar. Para mim, essa era, e ainda é, a real meditação. Pode ser que alguém ainda me convença do contrário e eu sigo disponível para esse momento, porém hoje, com minha experiência e na prática de condução de meditações com meus alunos e alunas, percebo que estava certa, isso funciona e muito. Com isso fui acalentando e acolhendo a minha mente e o meu coração, consequentemente meu corpo relaxava.

    Ficar na caixinha do nada não existe, isso não é meditação, está longe de ser.

    Crédito: Luis Antonio Sposito

    Compreenda que estar cônscio das situações, problemas e desafios, não quer dizer que concordamos, mas que as observamos, e temos um pouco mais de clareza. Deixamos de ter uma mente reativa. Nos tornamos os próprios receptores dessa reação e aí percebemos o nosso poder de ação, no pensar e no agir.

    Essa escolha me levava, e ainda me leva, a ascender um “degrau” a mais na escada da evolução e do autoconhecimento, e essa é a comprovação de que nossos pensamentos e as nossas ações, geram resultados.

    Acredito que a orientação básica para o ego é, não se compare com os outros, pois ao se comparar, ele se sustenta na sua vulnerabilidade. Pois todos nascemos na terra e se aqui nascemos, estamos em processo de evolução, ou ao menos é essa a pretensão. “A maturidade é inerente da condição humana, precisamos amplificar nossos sentidos para continuarmos fazendo parte desse jogo chamado, humanidade.” Como diz um dos meus professores: “No olho do furacão, um passo de cada vez, e atitude de oração”

    Estamos em um movimento silencioso de pessoas verdadeiras e sinceras. Nenhum tipo de vibração fica perdido neste universo. O que você anda vibrando por aí?

    Apaixone-se pela pessoa que você é!
    Como fazer isso? Resgate sua criança interior.
    Pule corda, tome banho de chuva, deite no chão, olhe para a lua, para as estrelas, para as nuvens e veja a beleza em suas infinitas formas. É como a canção da Alice Caymi:

    “Eu quero amor
    Eu quero tudo que for bem colorido
    Tudo que for leve
    Não me atrapalhe
    Eu tenho um objetivo
    E a vida é breve (...)”
    (https://www.youtube.com/watch?v=kDuTFsy40Sc)

    Que possamos todos ter sempre uma atitude de oração diante desse grandioso altar chamado mundo.

    Crédito: Cristiane Gonçalves Martins


    Gratidão por estar aqui.

    Espero ser contribuição em sua jornada, afinal, “milagres compartilhados são multiplicados”.
    Em nosso Sagrado Compartilhar, NOS Curamos.
    Sigo na conexão e no amor que nos une.

    OM

    Angelita Lombarde Divino
    Instrutora de Yoga e Terapeuta Integrativa
    Guardiã do Movimento Sagrado Compartilhar
    Canalizadora do Método RARA
    Espaço Praticando o Amor - Yoga & Terapias Integrativas


    https://instagram.com/angelitalombarde_yoga_terapias?igshid=1xdsabpcp9xo6

    https://instagram.com/fragmentosdereconexao?igshid=gfd6mb1mq8rk

    angelitalombarde@gmail.com

    https://whats.link/praticandooamor

    REFERÊNCIAS

    Inspiração nas minhas experiências como aprendiz aqui na terra; nos meus alunos e consultantes; nas meditações e orações; nos meus professores internos e externos; na conexão com o sagrado que habita em mim, na vida, no universo, na terra, na natureza, em Deus!

  • Yoga e cura

    Recebe e Acolhe o ano de 2021

    Recebe e Acolhe o ano de 2021
    Reconhece e Agradece o ano de 2020

    Por: Angelita Lombarde Divino

    RARA pra vocês dois, 2020 e 2021!!!

    O método RARA mais uma vez provando que funciona para tudo.

    Recebe
    Acolhe
    Reconhece
    Agradece

    Crédito: Cristiane Gonçalves Martins

    Por mais difícil que tenha sido o ano de 2020, podemos pensar o seguinte: foi um ano para ficar na história, na memória e nas cicatrizes físicas e emocionais.

    Foi um ano também, para revermos nossas formas de agir perante o mundo, a terra, o universo, o próximo, a natureza...

    Reaprendemos o valor da presença, de um verdadeiro abraço, de olhar de verdade para as pessoas a nossa volta e perceber que são como pontos de luz em nossas vidas, e que estão aqui para auxiliar-nos em nossos caminhos…

    Que sem elas, as coisas as vezes se perdem…
    Mas aprendemos sobre tudo, o real valor de uma oração…
    Agora ela realmente está sendo proferida, intencionada e realizada com fé … como diz Gilberto Gil: “...a fé não precisa faiá”

    Crédito: Cristiane Gonçalves Martins

    Aprendemos que o que está dentro de nós, não tinha mais como ficar preso, e que as “verdades” puderam ser ditas sem nenhum pudor, com o objetivo de nos desfazermos dessa era em que as “verdades e mentiras” são confundidas.

    Aprendemos que “missão” é algo que nos é dado mesmo antes de chegarmos aqui, e fugir dela só vai nos tornar ainda mais atropelados nas nossas escadas mentais.

    Aprendemos que cheiro de comida caseira tem cheiro de amor, que varrer a casa é limpar a alma e que arrumar uma gaveta é colocar nossos sonhos em ação.

    Aprendemos que é muito mais fácil aprender do que imaginamos.
    Que deixar o coração no palco da vida é o grande segredo da REconexão.

    Aprendemos ainda, que amigos de verdade não te escolhem, eles são escolhidos, atraídos e conectados até você, e que isso, independe de nós.
    Aprendemos que estarmos sentados no banco da varanda é a contemplação mais preciosa que a vida pode nos dar.
    Aprendemos que o belo reside no simples, e que deixar a alma habitar o corpo, é a certeza da satisfação no presente.

    Aprendemos que o choro de uma criança, é só uma criança chorando, e que o colo é a cesta da alma.
    Aprendemos que os pais são nossos maiores tesouros e que tê-los em nossas vidas é uma dádiva da qual, poucos se beneficiam...

    Aprendemos que ser humano, acima de tudo é poder se conectar com a sua essência, com o que você já é.

    Aprendemos que as perdas, com o tempo, doem menos, e aí passamos a chamá-las de “saudade”.

    Crédito: Cristiane Gonçalves Martins

    Esperado ano novo, venha com a leveza que precisa ter, com a ação de quem precisa agir e com a determinação que mera a ousadia, mas acima de tudo, venha com o AMOR e o despertar que, recebe, acolhe, reconhece e agradece um novo mundo, de renovação, de consciência, de ação e gratidão.

    Que os elementais continuem nos abençoando, que o FOGO continue transformando e transmutando, que o AR siga levando o que já não precisamos mais, que a mãe ÁGUA auxilie na limpeza do que ainda ficou, que a TERRA nos permita sua nutrição e enraizamento, nos concedendo sempre muita segurança.
    E o ÉTER, ah o éter, que ele nos mantenha conectados a nossa consciência cósmica, nossa essência sagrada para que não voltemos jamais, a nos perder novamente.

    Que possamos sair dos nossos cercados mentais e viver a espiritualidade como ela realmente é.

    Porque “maturidade é jamais negar a nossa origem.” (Carpinejar)

    Pode chegar 2021!!!
    Venha com leveza, mantendo sua essência e cumprindo seu papel.
    A nós cabe, não lhe cobrar e simplesmente receber o que tens para nos oferecer, sabendo que parte disso tudo depende única e exclusivamente de nós!

    Crédito: Cristiane Gonçalves Martins

    Gratidão por estar aqui.

    Espero ser contribuição em sua jornada, afinal, “milagres compartilhados são multiplicados”.
    Em nosso Sagrado Compartilhar, NOS Curamos.
    Sigo na conexão e no amor que nos une.

    OM

    Angelita Lombarde Divino
    Instrutora de Yoga e Terapeuta Integrativa
    Guardiã do Movimento Sagrado Compartilhar
    Canalizadora do Método RARA
    Espaço Praticando o Amor - Yoga & Terapias Integrativas


    https://instagram.com/angelitalombarde_yoga_terapias?igshid=1xdsabpcp9xo6

    https://instagram.com/fragmentosdereconexao?igshid=gfd6mb1mq8rk

    angelitalombarde@gmail.com

    https://whats.link/praticandooamor

    REFERÊNCIAS

    Inspiração nas minhas experiências como aprendiz aqui na terra; nos meus alunos e consultantes; nas meditações e orações; nos meus professores internos e externos; na conexão com o sagrado que habita em mim, na vida, no universo, na terra, na natureza, em Deus!

  • Yoga e cura

    Oração de Natal

    Oração de Natal
    Do meu Recanto Sagrado para o seu

    Do meu lar, meu recanto sagrado, meu “refúgio para o espírito” para o seu!

    Há 8 anos fazemos essa oração em família!
    Entrego essa sacralidade, essa energia de amor e bençãos também à você.
    Que possamos juntos, em ação na oração ativarmos uma energia de cura e conexão com a nossa verdade com integridade, confiança e amor.

    Apenas façamos a nossa, aquela que te conecta com o viver além do tempo e espaço, não precisa ser exatamente esta, mas que ela sirva-nos de inspiração.

    Que tal ser você a pessoa que dá início a esse lindo ritual, a essa tradição em família!?

    Ouse, pois a ousadia move o mundo!
    E por consequência ficarás com o que de mais presente preenche nossos corações, a satisfação de ter se disponibilizado para algo bem maior que você!

    Depois me conta se o amor contagiou...

    Um Feliz Natal de novas oportunidades, experiências e REssignificações.
    Em 2021 ainda estaremos sob o efeito do ano de cura (2020), mas seguir com as “dores”, aprendizados ou “amores” será “nossa” escolha!!!

    Dedico essa benção em especial a minha família, 

    meus amigos e amigas,
    meus alunos, alunas e consultantes.

    Sem estes caminhantes de jornada, nada seria possível...


    Antiga Bênção Celta

    Que o caminho venha ao teu encontro.

    Que o vento sempre sopre às tuas costas e a chuva caia suave sobre os teus campos. E até que voltemos a nos encontrar, que Deus te sustente suavemente na palma de Sua mão.

    Que vivas todo o tempo que quiseres e que sempre vivas plenamente.

    Lembra sempre de esquecer as coisas que te entristeceram,
    e não esqueça de se lembrar das coisas que te alegraram.

    Lembra sempre de esquecer os amigos que se revelaram falsos, mas nunca deixes de lembrar daqueles que permaneceram fiéis.

    Lembra sempre de esquecer os problemas que já passaram,
    mas não deixes de se lembrar das bênçãos de cada dia.

    Que o dia mais triste de teu futuro não seja pior que o mais feliz de teu passado.

    Que o teto nunca caia sobre ti e que os amigos debaixo dele nunca partam.

    Que sempre tenhas palavras cálidas em um anoitecer frio,
    uma lua cheia em uma noite escura, e que o caminho sempre se abra à tua porta.

    Que vivas cem anos, com um ano extra para arrepender-te.

    Que o Senhor te guarde em Suas mãos, e não aperte muito seus dedos.

    Que teus vizinhos te respeitem, os problemas te abandonem,
    os anjos te protejam, e o céu te acolha.
    E que a sorte das colinas Celtas te abrace.

    Que as bênçãos de São Patrício te contemplem.

    Que teus bolsos estejam pesados e teu coração leve.

    Que a boa sorte te persiga, e a cada dia e cada noite tenhas um muro contra o vento, um teto para a chuva, bebidas junto ao fogo, risadas que consolem aqueles a quem amas, e que teu coração se preencha com tudo o que desejas.

    Que Deus esteja contigo e te abençoe, que vejas os filhos de teus filhos, que o infortúnio te seja breve e te deixe cheio de bênçãos.

    Que não conheças nada além da felicidade, deste dia em diante.

    Que Deus te conceda muitos anos de vida; com certeza Ele sabe que a terra não tem anjos suficientes.

    E assim seja a cada ano e para sempre!

    (Autor desconhecido)

    Gratidão por estar aqui.

    Espero ser contribuição em sua jornada, afinal, “milagres compartilhados são multiplicados”.
    Em nosso Sagrado Compartilhar, NOS Curamos.
    Sigo na conexão e no amor que nos une.

    OM

    Angelita Lombarde Divino
    Instrutora de Yoga e Terapeuta Integrativa
    Guardiã do Movimento Sagrado Compartilhar
    Canalizadora do Método RARA
    Espaço Praticando o Amor - Yoga & Terapias Integrativas


    https://instagram.com/angelitalombarde_yoga_terapias?igshid=1xdsabpcp9xo6

    https://instagram.com/fragmentosdereconexao?igshid=gfd6mb1mq8rk

    angelitalombarde@gmail.com

    https://whats.link/praticandooamor

    REFERÊNCIAS

    Inspiração nas minhas experiências como aprendiz aqui na terra; nos meus alunos e consultantes; nas meditações e orações; nos meus professores internos e externos; na conexão com o sagrado que habita em mim, na vida, no universo, na terra, na natureza, em Deus!

  • Yoga e cura

    Vivências para um novo amanhecer (Mensagem do ano de 1992 para o ano de 2020)

    Tinha apenas 18 aninhos quando essa mensagem chegou…

    “Reprises, reversos, contos de verso e prosa, por sua vez, assim escaladas, pelos grandes poetas tão almejadas.

    Simples, dócil, onde se expressa a vontade pela qual se quer viver, sobre vidas paralelas, se revela um novo ser…

    Otimista, virtual, a vida quis assim, frutos reversíveis de um amor sem fim.
    Não sei dizer ainda, quando se expressa um novo ser, há de convir comigo, o mundo já o fez sofrer. Pela vivência por ele um dia escolhida, que se tornaram limitadas no dia a dia do seu viver.

    Logo haverá de aprender, a vida será sempre bela … mas é tão necessário e dispensável, o sofrer…”

    Crédito: Cristiane Gonçalves Martins

    Hoje entendo o que ela significa, escrita ainda em máquina de datilografia, com seus erros nada passíveis de correção, não foi em vão que ficou em um canto da minha história, da minha vida, das casas físicas, e principalmente, do meu lar interno. Por vezes olhei, tive o impulso de rasgar e jogar, mas não conseguia, e mesmo que tentasse agir apenas com a razão, não era suficiente, pois a emoção não me permitia deixar que as lembranças, cravadas de sensações, fossem materialmente distanciadas de mim. Seria como “rasgar o coração de dentro para fora, tirando o nó para liberar a plenitude e a liberdade”, mas eu não estava preparada!

    Aos poucos vou entendendo que “tudo na vida tem um ganho” e reconhecer suas experiências nesse trilhar da vida, faz toda diferença. “Se ainda não temos as necessidades básicas atendidas, não é o momento de buscarmos o estudo da espiritualidade, para tudo têm um momento na vida.” Recebermos o que nossos pais nos passam, já é suficiente, até que possamos acessar a nossa essência Divina e Sagrada de ser e estar aqui na Terra.

    Nossa experiência nos torna dignos apenas, de sermos observados, e não de sermos melhores que ninguém.

    Percebamos que quando se tem amigos, o coração pode sossegadamente deitar à espreita sombra de uma rede, contemplando as estrelas, a lua, o sol…

    A segurança de apenas SER que reside em nós com integridade e verdade nos faz inteiros.

    “O estudo do conhecimento, não tem o poder de mudar nada em você, apenas descobrir quem você já É.”

    Crédito: Cristiane Gonçalves Martins

    É uma “certeza ventilada de poesia”. (Oswaldo Montenegro)
    E pra dizer que poeta está sempre cheio de razão, aproveito o embalo desse balanço da vida para acender uma chama:

    “Você é o segredo do Segredo de Deus…Você é o reflexo da beleza Divina.
    Tudo o que está no universo está dentro de você.
    Pergunte tudo a si mesmo. Aquele para quem você olha, é também você.” (Rumi)

    Dedicatória recebida em 2017, do meu amigo irmão Luis Antonio Sposito, no livro “O Silêncio do Coração”.

    Um livro que me trouxe um fio de ensinamento desejoso de que AS NOSSAS VERDADES NUNCA SEJAM DESFEITAS PELOS OLHOS DE QUEM NÃO NOS CONHECE.

    “O silêncio é a essência do coração, se você quer viver uma vida espiritual, fique atento à sua respiração. Pois quando a respiração é difícil, os pensamentos são gerados pelo medo e pela preocupação. Quanto mais ar você inspirar, mais leve o seu corpo ficará e mais fácil será, para você, assumir as suas responsabilidades.” (O Silêncio do Coração)

    Vejo aqui um incrível ensinamento de que quando assumimos a responsabilidade pelo que somos e viemos fazer neste mundo, saímos do “mimimi” da zona de conforto e nos entregamos para realidade que é viver, aí sim, nos transformamos em nossa melhor versão, na nossa potência maior com força, clareza e determinação.

    Há algum tempo, ouvi esta frase que me chamou muito a atenção: A vida começa depois que ultrapassamos a linha da “zona de conforto”.

    Acolha isso em seu coração, com integridade e em estado de oração, ninguém está vendo e nem olhando diretamente pra você.

    Crédito: Cristiane Gonçalves Martins

    Faça esse esforço!
    Vamos, vamos, antes que a vida venha e escancare tudo o que você não quer ver. Deixe de ficar ai brincando no seu castelo de faz de conta onde só você comanda, manipula, movimenta, faz e desfaz, nesse seu conto de fadas totalmente desprovido de humanidade, leia-se coração.

    Ou ainda tem algo embaixo desse seu tapete que vai feder quando você erguer? Se tem, aproveite seu momento, a energia planetária, você com você, e faz essa faxina em seu ser, você já é o que você veio para ser, mas assim como uma casa precisa de uma limpeza, o nosso corpo que é o lar que habita nossa alma, também precisa.
    Vamos lá, mostre para sua mente que ela pode acessar os espaços livres e se deliciar na rede enquanto você apenas, e sobretudo VIVE!

    Gratidão por estar aqui.

    Espero ser contribuição em sua jornada, afinal, “milagres compartilhados são multiplicados”.
    Em nosso Sagrado Compartilhar, NOS Curamos.
    Sigo na conexão e no amor que nos une.

    OM
    Angelita Lombarde Divino
    Instrutora de Yoga e Terapeuta Integrativa
    Guardiã do Movimento Sagrado Compartilhar
    Canalizadora do Método RARA
    Espaço Praticando o Amor - Yoga & Terapias Integrativas


    https://instagram.com/angelitalombarde_yoga_terapias?igshid=1xdsabpcp9xo6

    https://instagram.com/fragmentosdereconexao?igshid=gfd6mb1mq8rk

    angelitalombarde@gmail.com

    https://whats.link/praticandooamor

    REFERÊNCIAS

    Inspiração nas minhas experiências como aprendiz aqui na terra; nos meus alunos e consultantes; nas meditações e orações; nos meus professores internos e externos; na conexão com o sagrado que habita em mim, na vida, no universo, na terra, na natureza, em Deus!

  • Yoga e cura

    Fendas do Tempo

    Existe uma Fenda no Tempo e ela se chama Silêncio

    Um texto.
    Um pretexto.
    Um contexto.

    Um verso.
    Um reverso.
    Um inverso.

    Um passado.
    Um presente.
    Um futuro.

    Crédito: Rose Schnaider 

    “Levanta menina bonita, levanta vem tomar o café, que o dia já está clareando, e a polícia já está de pé...”
    Era assim que meu paizinho, Lauro Divino, na versão dele, me chamava todos os dias, cantando, do seu jeito essa música para eu acordar, e o cheiro de café ultrapassava as entranhas, ele mesmo era quem preparava e passava o café no coador de pano, deve ser por isso que sempre gostei do cheiro de café, mesmo quando ainda não tomava. Sim, claro, lembranças vivas contém cores, cheiros e sensações…
    Ah meu amado Pai, gratidão por isso, uma vida tão difícil, indo para o trabalho todos os dias de bicicleta e ainda naqueles dias frios e curitibanos em que tudo se tornava tão gélido que assolava a alma, além da pele. Honro sua história, serás sempre, para mim, um portal.

    Crédito: Rose Schnaider 

    E falando em portal, quando pequena, experienciava muito a passagem por essas “fendas do tempo”, é claro que só me dei conta agora, já adulta, me deleitava ao contemplar o céu da humilde janela de casa, no quarto onde dormíamos, eu e meus irmãos.

    A parede que separava o nosso quarto, do quarto dos meus pais, era apenas uma simples e cuidadosa cortina de tecido, delicadamente preparada pelas mãos da minha amada mãe Avani, que hoje habita a orbe celestial. Costureira, artesã, dedicada, e extremamente cuidadosa com a casa e com todos à sua volta, netos então, aff.

    Mas, voltando à “janela da contemplação”, era linda, singela, de madeira, abria por inteira, tinha uma tramela que, se não a prendêssemos, ela poderia, com o vento, bater velozmente em nossos dedos. Amava todos os dias poder abri-la e me jogar na cama olhando através dela, o lindo céu azul decorado em nuvens pelo grande arquiteto do universo, Deus. Eu poderia ficar horas e me perder nos cantos do tempo que preenchiam a minha alma em silêncio.

    Crédito: Angelita Lombarde Divino

    Em todos esses momentos vividos, ou mesmo na ânsia de um futuro, experienciamos conscientes ou inconscientes a estranha presença do que realmente somos, as vezes mais conectados, as vezes menos.
    Digo estranha, pois passamos muito tempo de nossa vida aqui na terra sem saber quem realmente somos. Vivemos no afã de atender as expectativas dos outros e nos perdemos na estrada, derradeiramente atropelada, sem purificar nossa mente humana, no silêncio.

    “Ouçam o chamado das suas almas para silenciar e acalmar.”
    “Não tenham medo de falarem o que sentem. É tempo de liberdade.” (Comando Ashtar)

    Lendo isso penso, sinais são como gotas de orvalho enviadas pelos anjos, quando soam em nossos ouvidos e alma, nos fazem sentir a alegria de estarmos vivos. A sensação do coração que pulsa dentro do corpo e se propaga por todo o ambiente é um desses sinais.

    Crédito: Rose Schnaider 

    Sabe quando percebemos que podemos receber a graça da transformAÇÃO em nossas vidas?
    Então para isso precisamos do “silenciar”, devemos prestar atenção e estarmos atentos para “receber”. “Uma pessoa inteira busca o que quer de forma objetiva.” (JM)

    Para isso, basta reservarmos cinco minutos do nosso dia, e aos poucos vamos querer mais tempo para manifestar o silêncio que nos habita. Se entendermos que tudo tem um ganho, acaba se tornando uma liberação, uma descoberta sobre nós mesmos.

    “É só deixar o amor chegar.
    É só deixar o amor mostrar.
    É só deixar o amor limpar.
    No coração é só o amor que vai reinar.” (Música Transformação de Fernando Beltran https://www.youtube.com/watch?v=9HWB8FDmOWE)


    Nas fendas do tempo encontro o silêncio em que minha alma habita. É como trazer a criança interior para a vida presente. Isso tudo:

    Acolhe!
    Expande!
    Conecta!

    Fica o convite à reflexão, para que “sempre estejamos abertos a percebermos e recebermos o melhor de cada pessoa, da mesma forma, sempre darmos o nosso melhor.” (Vida e gratidão)

    Gratidão por estar aqui.
    Espero ser contribuição em sua jornada, afinal, “milagres compartilhados são multiplicados”.
    Em nosso Sagrado Compartilhar, NOS Curamos.
    Sigo na conexão e no amor que nos une.

    OM
    Angelita Lombarde Divino
    Instrutora de Yoga e Terapeuta Integrativa
    Guardiã do Movimento Sagrado Compartilhar
    Canalizadora do Método RARA
    Espaço Praticando o Amor - Yoga & Terapias Integrativas


    https://instagram.com/angelitalombarde_yoga_terapias?igshid=1xdsabpcp9xo6

    https://instagram.com/fragmentosdereconexao?igshid=gfd6mb1mq8rk

    angelitalombarde@gmail.com

    https://whats.link/praticandooamor

    REFERÊNCIAS
    Inspiração nas minhas experiências como aprendiz aqui na terra; nos meus alunos e consultantes; nas meditações e orações; nos meus professores internos e externos; na conexão com o sagrado que habita em mim, na vida, no universo, na terra, na natureza, em Deus!

  • REconexões

    Se você chegou até aqui, então este texto é pra você.
    Eis que um dia alguém se disponibilizou, e o milagre, ah o milagre, ele aconteceu…

    Perceba que: “Quando seus talentos encontram as necessidades do mundo, ali está a sua vocação.” Aristóteles

    O “acolhimento no coração” tem total significado e faz muita diferença, porque cada um de nós, é de alguma forma, instrumento. Basta nos disponibilizarmos para acessar o autoconhecimento e ouvir-nos.
    Decisões são importantes para abrir novos caminhos e horizontes. Precisamos começar. Estes dias li algo como: “decisões possuem consequências, indecisões mais ainda”.
    Pensei, cada um, do seu jeito e no seu caminho, desperta seu olhar e compartilha sua experiência como vê, enxerga e processa a vida. Aí eu “me vejo” no outro e “acolho” quem “eu sou”, e quem “nós somos”, juntos, mesmo que a experiência da outra pessoa, seja somente dela, eu posso sim, experienciar, respeitar e ouvir, da melhor forma que eu puder, caso essa, seja a minha escolha.
    Sim, porque têm pessoas que falam pelos cotovelos, sem sentir e ouvir suas próprias falas, e acabamos virando descargas mentais para seus lixos. Tenho um professor que chama isso de “verborragia”, uma “falação” sem permissão do receptor… Fica a dica, para “olharmos” para isso. Você usa as pessoas a sua volta para suas ‘descargas mentais’?
    Somos uma família, em um eterno aprendizado, as vezes de amores, as vezes de dores, mas sempre no intuito de melhorarmos como aprendizes nesta grande escola chamada Gaia.

    Crédito: Cristiane Gonçalves Martins

    É como nas aulas de yoga, não importa a quantidade de posturas que fazemos, mas como fazemos, como pensamos, sentimos e agimos, e como despertamos e estamos presentes nestes ensinamentos.

    Não sou de segredos, mas aqui vai um:
    DISPONIBILIZAR-SE, de corpo, mente e coração.
    Principalmente, mente, porém para acessá-la precisamos relaxar o corpo para que a macaca louca (a mente), desacione ou desacortine seus gatilhos mentais de falsa proteção, desvestindo-se de suas bagagens mentais articuladoras e sabotadoras da realidade.

    Você já se deu conta de que você é um presente do universo compartilhado com o mundo?

    Caso ainda não tenha percebido, fica a dica: Cada vez que você “silencia”, em seu corpo, que é o lar que habita a sua alma e hospeda sua mente, a vida se faz presente, e os milagres começam a acontecer.
    A respiração presente e fluida, é um exemplo disso, mas, vai doer um pouco, sim, porque aprender a respirar e tomar consciência disso, dói. Mas lhes garanto, que depois disso tudo será somente... inspiração, intuição e despertar para seus novos projetos de vida, acesso às suas verdades, às suas emoções, a tudo que É. Mas tenha também consciência de que as sombras chegarão à luz da verdade, pedindo espaço para ressignificações. Tudo bem, simplesmente, acolha, respira, olhe para tudo isso, você está fazendo o que de melhor você pode, aqui e agora.

    Não estou falando aqui de coisas acessíveis somente aos “gurus”, mas de nós, meros seres humanos, envolvidos na rotina enlouquecedora, investidos na coação e pressão cultural imposta não somente pelo externo, mas sobre tudo, pelo interno, nossos autojulgamentos.
    E então, vamos lá?
    “Silêncio é música”, então, silencie, sinta o cheiro da sua própria respiração e vai se dar conta de que nela está contida todo milagre da vida, toda vida que você viveu até agora. As lembranças, os cheiros, as sensações, as visões, o olhar do seu pai, da sua mãe e mais ainda, da sua criança interior.

    Veja quão bela essa criança é. Segure em suas mãos, olhe nos seus olhos e perceba, que é possível andarem de mãos dadas a partir de agora, afinal, que alegrias você quer levar para o mundo, para as pessoas a sua volta, seus filhos, netos, bisnetos...

    Quando nos disponibilizamos, e nos entregamos, colhemos, e essa colheita é chamada REconexão.
    Ela só poderá ser encontrada no Espaço Sagrado do seu Ser, do seu habitar, da sua essência, no seu silenciar, no seu relaxar e permitir, no seu altar interno.

    Quando eu acordo e VEJO, eu me entrego para os mistérios da vida, que é VIVER.

    Crédito: Cristiane Gonçalves Martins

    Venha, VAMOS VIVER! (https://grupohoo.bandca.mp.com/track/vamos-viver)

    “Somos a própria pergunta somos a resposta, somos tudo, somos nada, somos pura vida a acontecer aqui e agora”.
    “Receba todas as bençãos, as Graça Divina, vem do Coração.” (Grupo HOO)

    Gratidão por estar aqui.
    Espero ser contribuição em sua jornada, afinal, “milagres compartilhados são multiplicados”.
    Em nosso Sagrado Compartilhar, NOS Curamos.
    Sigo na conexão e no amor que nos une.

    Om

    Angelita Lombarde Divino
    Instrutora de Yoga e Terapeuta Integrativa
    Guardiã do Movimento Sagrado Compartilhar
    Canalizadora do Método RARA
    Espaço Praticando o Amor - Yoga & Terapias Integrativas

    https://instagram.com/fragmentosdereconexao?igshid=gfd6mb1mq8rk

    https://instagram.com/angelitalombarde_yoga_terapias?igshid=1xdsabpcp9xo6

    https://www.facebook.com/praticandooamor/

     angelitalombarde@gmail.com

    https://whats.link/praticandooamor

    REFERÊNCIAS

    Inspiração nas minhas experiências como aprendiz aqui na terra; nos meus alunos e consultantes; nas meditações e orações; nos meus professores internos e externos; na conexão com o sagrado que habita em mim, na vida, no universo, na terra, na natureza, em Deus!

  • Yoga e cura

    Recebe, Acolhe, Reconhece e Agradece - Método RARA

    As coisas podem ser muito mais simples do que imaginamos.
    Que tal aplicarmos aqui o que chamo de Método RARA: RECEBE, ACOLHE, RECONHECE e AGRADECE.

    Aqui onde?
    Nesta leitura de agora por exemplo.
    Sim temos, como escolha, ler a vida e as nossas experiências de duas formas: razão e coração.
    Por isso sempre digo, leia, ouça, tudo sempre duas vezes. Na primeira, a razão e o ego ocupam todo espaço, depois de sanada toda sua insana ansiedade, pedimos ou damos permissão para que o coração atue, sinta, perceba e conecte-se.
    É possível aplicar isso em tudo, falo isso porque experiencio, e sei que é possível, das pequenas às grandes ações em nossas vidas.
    Esse método, chegou em minha vida como uma oração, um mantra, um rezo, um chamado interno, um convite ao "ver e despertar".
    Aos poucos fui percebendo que "não era só" para mim, era para ser compartilhado, vivenciado, experienciado por muito mais pessoas.

    Sabe por que?
    Ele se encaixa em TUDO na vida. Sim "caixa alta e gritando" rsrsrs (qualquer professora ou professor da área de linguística vai me matar agora rsrs). E se não se encaixar agora pra você, apenas recebe, e observe, aos poucos fará sentido, mas se ainda assim, não for possível, pode dizer, eu dentro da minha experiência como aprendiz de um guia maior, poderei te auxiliar nesse processo de "ver", basta que você se desfaça das suas "bagagens" e realmente esteja, de coração, disponível.
    Mas o que é certo ou errado nesta vida?
    Desde que crie, desperte, desenterre uma sementinha em nós, acredito que vale, não é mesmo?

    É porque sinto vontade de gritar aos quatro cantos (apesar de não acreditar que o mundo tenha cantos, mas isso é um assunto para outro artigo), do universo que isso funciona… mas, o amor não é para gritos, ele precisa chegar devagar e acolher cada ser, cada alma, cada sonho, cada angústia, cada coração, cada tristeza, cada depressão, cada surto, cada pânico, cada luto, sem julgamentos, apenas observando, acolhendo e respeitando o "espaço sagrado" do outro e o nosso próprio.
    Assim entrego a vocês o que recebi como um grande presente, uma joia rara (RARA), vinda dos Céus conectada a Terra e entrelaçada ao coração. Nada disso seria possível se não me disponibilizasse ao autoconhecimento; conhecimento e prática do bem. Por isso honro e agradeço meus professores internos e externos que me despertam e me provocam nessa jornada que é viver! OM

    Crédito: Cristiane Gonçalves Martins 

    RECEBE
    Tudo o que o universo e a vida têm para lhe oferecer. Desde o nascer de um dia até o pôr do sol, e o anoitecer.
    Comece saudando o sol, o dia, olhe para o céu e receba tudo o que este dia tem para lhe oferecer, intencionando que seja o melhor dia da sua vida. O universo é o seu grande altar, honre-o.

    Como?
    Enraize seus pés no chão, se puder pisar na terra, melhor, se não puder, apenas visualize.
    Sinta seus pés aterrados e conectados.
    Olhe para o céu.
    Receba tudo.
    Intencione o melhor.
    Agradeça por ter tido a oportunidade de mais um amanhecer.
    Reverencie e seja grato.

    ACOLHE:

    Observe tudo o que chegar até você, traga à luz da consciência.

    Como?
    Traga tudo bem pertinho do seu coração, em uma intenção positiva e otimista, uma visualização criativa de que tudo já é.
    Depois faça um "filtro", deixando permanecer o que realmente faz sentido e lhe faz bem neste momento, e assim, acolha diretamente no seu coração.
    O que não faz sentido, devolva ao universo, à terra para que transforme em nutrição em suas raízes, pois ela é grandiosa e sabe o que faz.
    E isso vale para as mágoas, desentendimentos, desconfortos e até mesmo dores.
    Pois nós podemos sim, todos os dias, em doses homeopáticas, "cocriar e curar" a nossa realidade, com amor, leveza, alegria e gratidão.


    RECONHECE
    Reconheça que por vezes as suas limitações físicas, mentais e até mesmo de padrões impostos pela sociedade, podem te impedir de muitas ações na vida, mas que tudo que chega até você é porque você é sim, um grande e vitorioso ser humano, e se chegou até você é porque você dá conta de "ver com os olhos do coração", praticando o amor e a compaixão em sua sabedoria mais profunda.

    Como?
    Reconheça que é nobre pedir ajuda. (Peça, peça, peça e peça)
    Que família é feita também de apoio, e que ninguém faz nada sozinho.
    Estamos na Terra, e a Terra é uma escola, onde aprendemos e crescemos juntos, e quando estamos juntos, crescemos e evoluímos, reconhecemo-nos uns com os outros e nos outros.
    A vida é "relacionamento" e enquanto estamos nos relacionando, "nos curamos".
    Que sua fala seja sempre em oração e sua escuta, amorosa.

    Assim praticamos nossos dons e habilidades como seres humanos, mas acima de tudo, temos a oportunidade de cura.

    Sim, pois um dos caminhos de cura para pessoas que sofrem, por exemplo de ansiedade é "silenciar a mente", mesmo que inicialmente cause desconforto. E para depressivos, "é falar" mas a fala em oração, ou seja, com amor, palavras auspiciosas, vendo Deus em tudo, vendo Deus no outro.

    Como?
    Olhe para o seu companheiro, para sua companheira, para seus filhos, para seus netos, olhe para VOCÊ e diga: "eu vejo você", pois quando falamos isso, saímos da mente e nos conectamos verdadeiramente com o coração, e consequentemente, com a outra pessoa.
    "Deixe a mente sentar no sujeito." (Jonas Masetti).
    Assim, damos a oportunidade de realmente "sentir", e aqui reside um dos milagres da vida.


    AGRADECE
    Sim, agradeça todos os dias pelas coisas boas e pelas que não foram tão boas assim, mas que no fundo te deram a oportunidade de "olhar" para vida, e ver que foram pedras que se transformaram em degraus de evolução e conquistas.

    Como?
    Agradeça pelo seu alimento, pelo seu companheiro, companheira, filhos e amigos.
    Agradeça pela sua vida, mas acima de tudo, agradeça a seus pais, pois abaixo de Deus, eles são sim, a sua mais próxima conexão com Universo, com o céu, com a sua espiritualidade, com a sua essência Divina.
    Honre-os, mesmo que isso, neste momento, não faça sentido para você, eles foram e sempre serão o seu portal para a vida, e só por isso já bastaria sua gratidão.
    A vida é um sopro, então aprenda a usar a sua potência máxima para viver e não apenas passar pela vida!

    Crédito: Cristiane Gonçalves Martins 

    Abaixo segue uma prática simples para realizar, por no mínimo, 21 dias pois é o tempo necessário para a mente criar o hábito, e assim colher os benefícios no corpo e no coração:

    Sente em uma cadeira (coluna ereta)
    Conecte seus pés no chão (visualize a terra)
    Gire os ombros para trás e para baixo
    Umbigo levemente contraído
    Cóccix para baixo e pelve para cima (por três vezes inspira e exala soltando ar pela boca)
    (volte a inspirar normalmente)
    Inspire bem profundo e na exalação alinhe a sua coluna, que é o seu "eixo sagrado" em direção ao céu.
    Eleve o topo da cabeça, cresce a coluna.
    Respira!
    Crie espaço entre as vértebras.
    Pratique três respirações profundas e completas, visualizando todo o seu corpo como um enorme balão, fazendo com que a expiração seja sempre maior que a inspiração.
    Tudo lento e calmamente.
    Volte a respirar naturalmente.
    Deite-se, ou mesmo sentado, com as mãos espalmadas para cima, colhendo todos os benefícios da prática. Relaxe por 5 a 10 minutos.

    Levante-se girando todo seu corpo para um dos lados.
    Inspire e expire.
    E no seu tempo eleve o corpo, cuidadosamente, e apoiando-se, abra os olhos bem devagar.

    Observe, mas acima de tudo, "sinta" a vida pulsar em todas as células do seu corpo, e isso só é possível quando "respiramos" e nos entregamos para os "mistérios da vida", o simples que nos habita, desde que nascemos, mas que por vários motivos, nos perdemos.
    Só é possível "reencontrar-nos" quando "nos permitimos relaxar" e nos preencher do vazio que nutre e abre espaço para o "Sagrado Compartilhar".

    Quando "compartilhamos a vida", ela floresce, refloresce e nutre nossas veias, nossas raízes, nossa base de sustentação, que faz fluir o AMOR.
    Convido você a "ver a sua vida" no aqui e no agora, fazendo as seguintes perguntas:
    Como eu vejo a vida?
    Como eu sinto a vida?
    Ela está presente em mim?

    E aí receba todas as suas respostas, sem pressa e com entrega.
    Gratidão por estar aqui.
    Espero ser contribuição em sua jornada, afinal, "milagres compartilhados são multiplicados".
    Em nosso Sagrado Compartilhar, NOS Curamos.
    Sigo na conexão e no amor que nos une.
    Om

    Angelita Lombarde Divino
    Instrutora de Yoga e Terapeuta Integrativa
    Guardiã do Movimento Sagrado Compartilhar
    Canalizadora do Método RARA
    Espaço Praticando o Amor - Yoga & Terapias Integrativas

    https://whats.link/praticandooamor

    angelitalombarde@gmail.com

    https://instagram.com/fragmentosdereconexao

    https://instagram.com/angelitalombarde_yoga_terapias?igshid=1xdsabpcp9xo6

    https://www.facebook.com/praticandooamor/


    REFERÊNCIAS

    Inspiração nas minhas experiências como aprendiz aqui na terra; nos meus alunos e consultantes; nas aulas de Vedanta; nas meditações e orações; nos meus professores internos e externos; na conexão com o sagrado que habita em mim, na vida, no universo, na terra, na natureza, em Deus!