Recebendo, acolhendo, reconhecendo e agradecendo toda experiência sagrada na Terra.

Yoga e cura

Autocuidado é amor!


Todo jardim começa com um sonho de amor.

Antes que qualquer árvore seja plantada
ou qualquer lago seja construído,
é preciso que as árvores e os lagos
tenham nascido dentro da alma.

Quem não tem jardins por dentro,
não planta jardins por fora
e nem passeia por eles...

Rubem Alves


Sirvo-me destes grandes homens, para falar sobre este tão cuidadoso tema, afinal como dito por Jung: (…) ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana.”

Eis onde tudo começa… por dentro!

Ao pensar nesse tema, as primeiras informações que vem a nossa mente são mulheres que se cuidam, tanto com relação a beleza estética, como com relação ao bem-estar...

Crédito: Praticando o Amor - Yoga & Terapias Integrativas

Pois é, temos uma visão já impregnada culturalmente. Todos nós, mulheres e também homens, como seres humanos, precisamos de o mínimo de autocuidado. É uma questão de amor-próprio, cuidar-se nos detalhes e, principalmente, naqueles que nem sempre serão vistos pelos outros, mas que trarão um sentimento de bem-estar e satisfação.

Lembro-me de um momento que fui convidada pela querida Professora Mila Daudt Von Der Heyd da UFPR (in memorian), abro um parêntese aqui, pois cabe a importância de citar que era uma pessoa de energia e entusiamo altamente contagiantes. Voltando… fui convidada para assumir um módulo de práticas básicas de yoga para a terceira idade, em um projeto lindíssimo chamado UAM - Universidade Aberta para Maturidade.

Como era um público um tanto quanto específico, o que requeria muitíssimos cuidados, me vi compelida a agendar um horário para uma aula de orientação específica, pelo até então, meu professor na época. Uma pessoa que admiro e que tenho como exemplo até hoje, e que não citarei aqui, pois sei de suas reservas em relação à exposições.

Bom… Aqui vem a mensagem mais importante deste texto:

Na ocasião em que tentávamos ajustar nossas agendas para um determinado dia, ele me disse:

_Sexta de manhã não posso, pois é o dia dos meus “cuidados pessoais.”

_Um homem!!!???
_O quê??? Até um homem consegue reservar um tempo para si!!!

Levei um “tudushi”, (termo específico e naturalmente criado pela relação íntima entre três amigas), é como se fosse uma “pancada na cabeça”, ou um “murro na boca do estômago”, ou algo do tipo: “poderia ter ficado de boca fechada”.

Enfim...

Quando li a mensagem dele, por uns instantes acessei uma fenda no tempo, e fui parar no meu delicioso banheiro ensolarado, ouvindo uma boa música, com um escalda pés relaxante, um banho sem pressa, conseguindo dar atenção para as minhas madeixas rsrs sem bebê chorando ou criança pretendendo fazer parte da minha rotina diária rsrs. Acredito que só mãe vai entender essa parte do texto, o que espero, estar enganada.

Lembro-me do fato das minhas amigas me convidarem para sair, e todas, entenderam, todas, se ajustavam a minha agenda, e eu não conseguia… Imaginem pensar em “autocuidado”!!!
Não estou aqui falando de cuidados estéticos e de beleza, ok?

Crédito: Praticando o Amor - Yoga & Terapias Integrativas

Isso arrastou enormes correntes mentais em mim, fui aos poucos desatando cada elo, e sempre que conversava com alguém que realmente estivesse nessa verve de acionar outros dispositivos de felicidade, despertar na vida etc, eu lembrava desse “sino” que foi profundamente significativo em minha vida.

Poderia ter sido algo que me chocasse, poderia ter sido algo que criasse preconceito, mas foi um dos ensinamentos mais certeiros que já recebi no momento em que precisa “VER”. Foi como uma flecha, direto ao coração.

“Viver uma vida de felicidade e satisfação, é para isso que estamos aqui!”

Observei que me cobrava demais por não conseguir contemplar o crescimento do meu filho o quanto gostaria, sofria por não estar mais tempo (presencialmente) com ele, e quando estava de corpo, às vezes, não estava de mente etc, etc, etc…. sempre me cobrando...

Aos poucos fui percebendo “homeopaticamente” que:

“Eu não olhava o suficiente para mim”.

Isso até hoje soa como sino, como alerta, para que eu não me esqueça, em algum canto da casa ou da vida… mas agora o sino não vem da mente, vem do coração. E isso muda tudo!

Mal sabia ele, meu professor, que ali residia a melhor aula, o maior ensinamento, até hoje lembro, em detalhes, daquele momento em que recebi a mensagem.

Quando conseguimos enfim, realmente ajustar nossas agendas para tão esperada aula de orientação, e isso de fato ocorreu, foi espetacular, pude perceber a minuciosidade no cuidado, do que, estar ali, representava. Foi verdadeiro, envolvente, olhando cada possível aluno da terceira idade como um ser único e especial, até da música do Roberto Carlos falamos, sim, para usar no relaxamento, na meditação, na conexão e no respeito às memórias.

Percebi que, as vezes precisamos puxar nossas rédeas, para que possamos voltar nosso olhar para a pessoa que mais importa em nossas vidas, “NÓS MESMOS”.

Não falo aqui sobre egoísmo e sim sobre autoamor, ser a sua melhor versão para que o seu melhor transborde pelo jarro da vida! Somente assim, outras pessoas poderão contemplar e se beneficiar da sua sabedoria.

Aprenda ressignificando o autoamor como: cuidado com você, com seu companheiro, companheira, com seus filhos e filhas, com seu trabalho, com sua espiritualidade (e não estou aqui falando de religião, longe disso), com a natureza, não importa se você tem um vasto espaço verde ou apenas um vaso de flor, com seus Pais, com o ambiente, pois permite que suas emoções e energia invadam o espaço, acessando e contagiando ainda mais pessoas.

Uma pessoa de bem com a vida será sempre um ponto de luz no universo.

Fica o convite para que você se coloque como “observador” da sua própria história. “Experimente o seu espaço interno. Faça a sua profilaxia existencial.” (Marilene da Hora Souza).

Crédito: Praticando o Amor - Yoga & Terapias Integrativas

Saber dizer não nos cenários em que você não quer atuar, também é dizer sim, mas o sim para VOCÊ.

“As nossas atitudes dizem muito sobre nós, a falta delas também. Entre a ousadia e a covardia, o caráter é lapidado. A história é escrita. Repito mais uma vez para que você não esqueça jamais, o destino é você quem faz. Entre o ir e o não ir, a vida corre com pressa, o tempo não volta mais.” (Diego Vinícius)

Permita-se!!!

“Somos donos dos nossos atos
mas não donos dos nossos sentimentos.
Somos culpados pelo que fazemos
mas não pelo que sentimos.
Podemos prometer atos,
mas não podemos prometer sentimentos.
Atos são pássaros engaiolados.
Sentimentos são pássaros em voo.” (Rubem Alves)

Crédito: Praticando o Amor - Yoga & Terapias Integrativas

Então voe em liberdade, em direção do seu próprio eu, do seu autoamor.
Há sempre um novo começo, uma nova vida, um novo olhar, perceba onde foi que você se perdeu!

Volte, a vida precisa de você!!!

O que você veio para fazer nesta terra, ninguém mais veio, então lute, você já é uma pessoa preciosa e rara, não existe, e não existirá ninguém igual a você.

Cuide-se!!!
Respeite o seu coração.

“Coração é solo sagrado.” (Jesana Gambi)

Então nutra o seu de AMOR.
Isso é autocuidado, isso é autoamor.

Crédito: Praticando o Amor - Yoga & Terapias Integrativas

“E que se vá embora, feridas e feras!” (Andrea Sumé)

Precisamos ser movidos pelo nosso próprio entusiasmo para que a satisfação nos preencha de amor.

Eu vejo você!

OM


Dicas de autocuidado:
► Escalda pés
► Yoga
► Yoga facial
► Banho de rosas
► Suco Verde
► Repetição de afirmação no espelho todas as manhãs 7, 14 ou 21 vezes. “Amo você” ou “Eu vejo você”.

Crédito: Praticando o Amor - Yoga & Terapias Integrativas

Caso sinta no seu coração, algumas dicas estão no meu instagram @angelitalombarde_yoga_terapias

Gratidão por estar aqui.

Espero ser contribuição em sua jornada, afinal, “milagres compartilhados são multiplicados”.
Em nosso Sagrado Compartilhar, NOS Curamos.
Sigo na conexão e no amor que nos une.

Angelita Lombarde Divino
Instrutora de Yoga e Terapeuta Integrativa
Espaço Praticando o Amor - Yoga & Terapias Integrativas

https://instagram.com/angelitalombarde_yoga_terapias?igshid=1xdsabpcp9xo6

https://instagram.com/fragmentosdereconexao?igshid=gfd6mb1mq8rk

angelitalombarde@gmail.com

https://whats.link/praticandooamor

REFERÊNCIAS
Inspiração nas minhas experiências como aprendiz aqui na terra; nos meus alunos e consultantes; nas meditações e orações; nos meus professores internos e externos; na conexão com o sagrado que habita em mim, na vida, no universo, na terra, na natureza, em Deus!