Stella Winnikes

Publicidade

Banda Lagum chega a Curitiba com nova turnê

A banda Lagum lança o segundo disco Coisas da Geração em Curitiba, no sábado, dia 10 de agosto, na Ópera de Arame (R: Joao Gava, s/n) e promete colocar os paranaense para agitar com sua mistura de ritmos como rock, pop e reggae. Depois de lotar a maior casa de shows de Belo Horizonte (MG) na estreia da turnê e receber das mãos do presidente da Sony Music Brasil, Paulo Junqueira, o disco de Platina por “Bem Melhor” e Diamante por “Deixa”, o quinteto traz suas músicas que falam de liberdade, relacionamento, família, saudade e natureza em 14 faixas lançadas nas plataformas digitais no início de junho. A abertura fica por conta da banda Jovem Dionísio.

O álbum já conta com mais de 11 milhões de streams nas plataformas digitais. O britânico Paul Raphs, que já trabalhou com as bandas Kid Abelha e Skank, foi o responsável pela produção do CD. “Ele é um maestro que trouxe organização sem nos limitar em nada”, ressalta Pedro Calais, vocalista da banda.

A canção “Oi” é a atual música de trabalho do álbum “Coisas da Geração“. O videoclipe foi dirigido por Phill Mendonça e inspirado no filme “Quase Famosos“. O clipe mostra as situações inusitadas pelas quais uma banda passa ao longo da carreira. Complementam o primeiro álbum da banda lançado pela Sony Music as músicas “Detesto Despedidas”, “Chegou de Manso”, “Andar Sozinho”, “Reggae Bom”, “Lua”, “Grato um Tanto”, “Vai Doer no Peito”, “Falando a Verdade”, “Se For pra Ser”, “Coisa da Geração”, “Fale Mais”, “Pedro” e “É Seu”.

Formada por Pedro Calais (vocalista), Otávio Cardoso (guitarra e voz), Francisco Jardim (baixo), Tio Wilson (bateria) e Jorge (guitarra), o Lagum tem cinco anos de estrada e nasceu em Belo Horizonte. Tudo começou por acaso, quando Pedro fez despretensiosamente uma música de sua autoria. O vídeo da canção começou a ter muitos compartilhamentos.

A apresentação lotou, e o nome da banda passou a circular entre os promotores de evento da cidade. Em 2016, lançou o primeiro disco, mas foi com o sucesso do single Deixa, gravado em parceria com Ana Gabriela, em 2018, que eles ganharam visibilidade para além de BH.

Mesmo com o pouco tempo de banda, o grupo cresce não só nos números das redes sociais e plataformas de streaming, como também no número de shows. A turnê “Coisas da Geração” já conta com parada internacional, em Portugal, além de passarem por mais de 30 cidades pelo Brasil. São figuras constantes em grandes festivais como Planeta Brasil, 3R, entre outros. E estão ganhando destaque em programas de televisão, já tendo participado três vezes do ‘Só Toca Top’ e uma vez no ‘Encontro Com Fátima Bernardes’, ambos da Rede Globo.

O talento da banda também pode ser medido pelo número de seguidores nas redes sociais e de fã clubes espalhados pelo Brasil. No Instagram a banda conta com 165 mil seguidores e diversas páginas dedicadas a eles, seja postando fotos e divulgando agenda ou fotos com as letras das músicas. Nas postagens, centenas de comentários com pedidos de shows em diversos locais do país. Já os fã clubes concentram os fãs mais assíduos da banda, aqueles que acompanham, viajam muitas horas e fazem de tudo pelos ídolos. Como por exemplo a Beca Maciel, de 24 anos, que saiu de São Matheus, no sul do Paraná e viajou 19h para ver os ídolos na estreia da turnê em Belo Horizonte no início de julho. Atualmente o Lagum possui seis fã-clubes espalhados em sete cidades e quatro estados diferentes.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES