No Palco

Adaptação do clássico da literatura infantil, Chapeuzinho Vermelho, estreia nesta quinta (30) em festival de teatro infantil

Crédito imagens- Diogo Cagnato

Nesta quinta-feira (30), a nova adaptação do clássico da literatura infantil, "Chapeuzinho Vermelho" estreia no Festival de Teatro Infantil "Era Uma Vez...Eram Duas, Eram Três", que ocorre em formato online.

O festival é realizado pela Montenegro, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e apoio da Associação dos Amigos do HC. Toda a renda será revertida para as crianças e adolescentes atendidos pelo Programa Dedica e na ala Pediátrica do HC

Esse clássico dos contos de fadas foi publicado pela primeira vez pelo francês Charles Perrault, e depois pelos Irmãos Grimm (da versão mais conhecida), já tendo passado por inúmeras adaptações, mudanças e releituras da cultural popular mundial e se tornando uma das fábulas mais conhecidas de todos os tempos em todo o mundo.

A versão trazida no festival traz a Vovó que adora fazer vários doces e sobremesas, quando Chapeuzinho vai passar férias em sua casa. O que ela não imaginava é que no período da pandemia, ela iria se reinventar e fazer dos doces seu novo trabalho! Nessa nova versão adaptada pela ContArte, toda história se passa na cozinha da vovó, sempre com boas histórias, curiosidades e muita doçura. Mas, Chapeuzinho começa notar algo diferente ao pedir para o Lobo fazer a entrega dos doces. Qual o grande mistério por trás de toda história? Diferente da versão original que o Lobo mau decide enganar a Chapeuzinho e devorar a vovó, aqui surge como um Lobo que já se redimiu através do amor e carinho que lhe foi dado. O Lenhador, também aparece como uma figura importante que ajuda a vovó nos afazeres do dia-a-dia e assim, tem-se uma família formada com muito amor! Todos sempre ao redor de uma mesa na cozinha, que é onde todas as reuniões, ideias e confraternizações acontecem. Tudo isso por meio de uma linguagem que reflete temas cotidianos de pais e filhos.

“De forma leve e lúdica, tratamos também a questão dos idosos e suas dificuldades na compreensão desse isolamento, bem como alguns problemas devido à idade, como o Alzheimer. Tal fato será abordado pelos demais personagens com todo cuidado e toda importância que merece ser abordado”, revela Gizah Ferreira, diretora da ContArte.

INGRESSOS

A partir do dia 30 de setembro, quem adquirir o ingresso poderá assistir ao vídeo da peça em alta qualidade com duração de 40 minutos de onde quiser, independente de horário, e ficará disponível até fevereiro de 2022. Os espetáculos produzidos com exclusividade para o Festival estão sendo gravados no palco do Teatro Bom Jesus, cumprindo todos os protocolos de segurança e prevenção a disseminação da Covid. As gravações contam com uma plateia diferenciada, formada por bonecos dos personagens pintados por pacientes do programa DEDICA, da Associação dos Amigos do HC e terão suas transmissões na plataforma Hotmart (www.hotmart.com). A primeira exibição foi Cinderela, em seguida João e Maria, e após Chapeuzinho Vermelho (30.09), o festival encerra com João e o Pé de Feijão (28.10) que terá plateia presencial.

Chapeuzinho Vermelho estão à venda através da plataforma Hotmart (http://campanha.amigosdohc.org.br/festivaleraumavez). Podem ser adquiridos em duas modalidades: CHAPEUZINHO VERMELHO (ingresso digital dá acesso para assistir ao vídeo da peça + 1 livreto digital para colorir “Brincando com Chapeuzinho Vermelho” para download ou impressão) – R$25,00 / CHAPEUZINHO VERMELHO – COMBO (ingresso digital + 1 mini almofada Chapeuzinho Vermelho, que será enviada por correio para o endereço informado no cadastro do comprador com frete já incluso + 1 livreto digital para colorir “Brincando com Chapeuzinho Vermelho” para download ou impressão) – R$60,00.