• 24/09/2018

    500 formas de empatia: alunos da Escola Atuação pensam o futuro

    Alunos apresentam trabalhos na Feira do Saber

    Durante dois dias os alunos das duas sedes da Escola Atuação, em Curitiba, apresentaram mais de 500 trabalhos na Feira do Saber. A atividade foi baseada no Projeto Anual da Instituição, que engloba a empatia, gentileza e solidariedades. Alunos do Maternal I ao 9º ano participaram organizaram os processos de produção desde a pesquisa, até o desenvolvimento e apresentação.

    Para a psicopedagoga e diretora da instituição de ensino, Esther Cristina Pereira, a escola precisa reforçar valores. “Trabalhamos muito a questão do caráter, da personalidade, do comportamento, valorizando o ser e não o ter. O aluno Atuação é um ser humano preparado para enfrentar o mundo novo, de trabalho em equipe, de saber se colocar no lugar do outro, de saber calar e falar na hora certa, porque o mundo hoje não valida mais o teu currículo, mas sim tuas experiências”, esclarece a diretora.

    Os alunos do 9º ano da sede do Boqueirão, por exemplo, apresentaram trabalhos abordando a empatia por meio das artes, com exemplos na fotografia, pintura, escultura, teatro, cinema, música e dança. Empatia com os povos refugiados foi o tema de alguns alunos do 6º ano, que apresentaram fotos, dados e a visão deles sobre o assunto. Já as crianças do Jardim 2 desenvolveram os temas de outra forma, como o abraço e a família, oferecendo “abraços grátis” durante a apresentação.

    Além disso, este é um momento de muita aprendizagem, uma vez que o aluno se coloca como o agente de transmissão do conhecimento vivenciado e aprendido. “A atividade de apresentar para o público desenvolve também as habilidades de oratória, comunicação e interação”, avalia a diretora.

    Informações: Assessoria de Imprensa Escola Atuação (V3Com)

  • 17/09/2018

    Encontros Desconcertantes de Priscila Prado será lançado neste sábado (22), no Solar do Rosário

     

    Foto colorida de rosto de Priscila Prado. Tem cabelos médios e encaracolados. Sorri.

    Imagine encontrar-se ao mesmo tempo com: o mundo, o outro, o limite, o tempo, a poesia, a natureza e consigo mesmo. Pode parecer algo impossível, inatingível. No entanto, a obra “Encontros Desconcertantes” (Editora Insight), de Priscila Prado, convida o leitor a buscar esses encontros por meio de 105 poemas ilustrados com fotos da autora. Entre versos e ilustrações, Priscila instiga com um humor sutil a contemplar a beleza, ao mesmo tempo que constata uma realidade – nem sempre bela.

    O livro, que teve seu pré-lançamento, este ano, na 16ª edição da FLIP – Festa Literária Internacional de Paraty, um dos maiores e mais importantes eventos literários do Brasil, terá seu lançamento oficial com sessão de autógrafos, em Curitiba, no Solar do Rosário, dia 22 de setembro, às 10h. Fotografias e poemas, retirados do livro, terão exposição em locais públicos de Curitiba. Além disso, como contrapartida social, haverá "rodas de bate-papo e oficinas" sobre a temática do livro até o final do ano.

    Encontros desconcertantes traz a reflexão de que os encontros do homem no mundo – que é o espaço onde ele se conhece – é desconcertante no que se refere a reconhecer-se no outro; reconhecer seus limites; o desafio do tempo; a beleza, mistério e perigos da natureza; a poesia que tudo permeia e o mais desconcertante dos encontros: encontrar consigo mesmo. O livro foi viabilizado com o apoio do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura - Fundação Cultural de Curitiba, com incentivo do Positivo.

    Priscila, que já foi finalista do Prêmio Jabuti, em 2013, traz em seu ofício a “militância poética”. O termo, explica ela, é tornar a poesia mais acessível, espalhando ecos pelo mundo afora e tornando a poesia mais presente no cotidiano das pessoas. Com isso, a obra “Encontros Desconcertantes” ecoa para além das suas 144 páginas e chega no mobiliário público com cartazes espalhados pela cidade de Curitiba, local em que a carioca hoje reside. O livro chegará também em instituições como escolas, bibliotecas e casas de leitura com atividades lúdicas que levarão professores e estudantes a um encontro da poesia com o desafio de ser, agir, pensar e interagir.

    Sobre a autora Priscila Prado Tradutora, transita entre alguns idiomas na busca de sua própria linguagem. Alia ações culturais individuais e participação em coletivos de apoio, valorização e divulgação da literatura e da arte em geral – em particular a de autoria de mulheres. Estreou na literatura com o livro de poemas “A qualquer momento agora” (2005). Foi finalista do  Prêmio Jabuti 2013 com o livro interativo de poesia  ilustrada voltado para o público infantojuvenil  “Preguiça, Coragem e outros bichos” (2012).  Pela Editora Insight é autora também de “No Olho do Paradoxo” (2015). Mais informações: www.priscilaprado.com

    Sobre a Editora Insight: Publica livros que estimulam a imaginação, atuando principalmente nas áreas da literatura infantojuvenil, artes, livros técnicos na área do design e de cunho educacional, entre outras. Diferencia-se pelo cuidado na edição por meio de um design editorial profissional, por meio de uma parceria com a Nexo Design e ilustrações exclusivas. Outra linha de trabalho são os livros sob demanda, que possibilita a publicação de livros que não alcançariam a tiragem de uma editora tradicional. Oferece, por meio do site, serviços de divulgação e venda de livros, apoiando os autores, que poderão comercializar suas obras de uma forma simplificada e eficiente. Mais informações: www.editorainsight.com.br

    Serviço:
    Lançamento e sessão de autógrafos do livro Encontros Desconcertantes
    Autora:
     Priscila Prado Editora: Insight Ano: 2018
    Local:  Solar do Rosário (Rua Duque de Caxias, 04 - São Francisco)
    Dia:  22/09/2018 Horário: das 10h às 13h.

    Páginas: 144 páginas, com fotos.

  • 14/09/2018

    Instituto Rodrigo Mendes e Unicef lançam o curso online “Portas abertas para a inclusão”

    Crianças com e sem deficiência em aula de Educação Física

    No Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, 21 de setembro, o Instituto Rodrigo Mendes (IRM) lança, em parceria com o UNICEF e a Fundação FC Barcelona, o curso Portas abertas para a inclusão na modalidade de educação a distância (EAD). O curso é totalmente gratuito e autoinstrucional, ou seja, não requer presença física nas aulas. Outro destaque é o fato de ser acessível, com recursos de Língua brasileira de sinais (Libras), legendas e audiodescrição.

    Os sete módulos que compõe o Portas abertas EAD podem ser cursados conforme o tempo disponível de cada participante. Com 40 horas de duração total, eles abordam diversos temas da inclusão escolar no Brasil: histórico e legislação, acessibilidades, práticas inclusivas e conceitos de educação física inclusiva. Os conteúdos são independentes e cada cursista pode decidir em que ordem abordá-los e quanto tempo se dedicará a concluir todos eles, com exceção do módulo "Projetos", que deve ser, obrigatoriamente, o último. As aulas do Portas abertas para a inclusão são compostas por vídeos, textos e videoaulas que articulam teoria e prática sobre educação inclusiva. Cumpridas todas as etapas, o Instituto Rodrigo Mendes emite um atestado de participação.

    “Com a versão EAD, o objetivo do Instituto é chegar a todos os municípios brasileiros. Temos evidências sólidas de que a Educação Física, quando trabalhada de maneira inclusiva, transforma a vida da escola, dos professores e, mais importante, dos estudantes, na medida em que amplia muito suas possibilidades de futuro”, diz Rodrigo Mendes, superintendente do Instituto.

    “Com o Portas abertas EAD, contribuímos para que todas as escolas públicas brasileiras possam garantir o direito de aprender a cada menina e cada menino, notadamente aqueles com deficiência”, afirma Ítalo Dutra, chefe de Educação do UNICEF no Brasil. O curso estará disponível a partir do dia 21 de setembro, e os interessados já podem realizar um pré-cadastro no site www.rm.org.br.

    Histórico - Entre 2012 e 2016, o projeto Portas abertas alcançou mais de 91 mil estudantes em 15 estados. Ao todo, 916 educadores participantes do curso foram certificados na modalidade semipresencial. O projeto se relaciona, de sua origem à expansão, com os megaeventos sediados no país nos últimos anos — a Copa do Mundo FIFA 2014 e os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. “O Portas abertas já é projeto reconhecido globalmente. Agora, com a disponibilização no formato EAD, aumenta o impacto que provoca. Cada cursista pode desempenhar papel fundamental para colaborar com a inclusão de mais crianças e adolescentes na escola comum por meio da Educação Física”, diz Florence Bauer, representante do UNICEF no Brasil.

  • 31/08/2018

    EADBOX lança aplicativo para suas plataformas de e-learning

     

    A EADBOX, startup paranaense que oferece plataformas de e-learning para empresas e profissionais, lançou recentemente um aplicativo para facilitar o acesso ao conteúdo dos cursos. No app é possível assistir aulas offline, após baixar os conteúdos. Assim, o aluno acessa quando e onde quiser, sem precisar do acesso à internet para aprender.

    Além disso, o usuário tem acesso a várias plataformas simultaneamente, acompanhando todo o conteúdo em uma só interface, de maneira organizada e intuitiva. Para Gabriella Muller, head de marketing da EADBOX, as novas facilidades do aplicativo estimulam o conhecimento e aceleram a aprendizagem. “No app, o aluno pode acessar o conteúdo das aulas tanto em vídeo quanto em power point, pdf, áudio e outros formatos”, explica.

     

    Fonte: Assessoria de Imprensa/Literal Link

  • 23/08/2018

    Agosto: mês de incentivo ao aleitamento materno

     
    Banner dividido em duas partes. Na superior, em fundo azul e em letras brancas finas: Pediatra, seu consultório pode fazer a diferença... incentive a amamentação. Na parte inferior: em fundo amarelo uma mulher sorri e amamenta. Ao lado em letras azuis dentro de um coração: Prolongue esta história de amor. No canto inferior direito logo e nome da campanha: Agosto Dourado.
    Estamos no "Agosto Dourado", mês dedicado à intensificação das ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno. Em todo o mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde, apenas 38% das crianças são amamentadas exclusivamente conforme recomendações das entidades médicas. Há uma meta global a ser atingida até 2025, que é de pelo menos 50% dos lactentes receberem o aleitamento materno.
     
    O tema para 2018, de acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, é "Amamentação: a base da vida!" e o objetivo é chamar a atenção para a sua importância na construção de uma saúde com base sólida. Para ter tal repercussão na saúde de um indivíduo, a amamentação deve impactar  em todos os sistemas do organismo, tanto que o tema tem sido explorado nas diversas especialidades médicas. O pediatra é considerado um protagonizador no incentivo ao aleitamento, desde as consultas pré-natal, no parto e nos demais atendimentos. 
     
    No Paraná, uma série de ações vêm sendo realizadas com o objetivo de incentivar o aleitamento materno, todas com a supervisão e o apoio da Sociedade Paranaense de Pediatria. Porque a entidade entende que o leite materno sacia a fome e impulsiona o viver. É, naturalmente, indispensável nos primeiros momentos da existência. É a base da vida. Por tais motivos, recomenda-se que o aleitamento deve ser exclusivo até o seis meses e complementado com adição de alimentos variados até os dois anos ou mais. Afinal, amamentar é um ato de amor sem limites!
  • 07/08/2018

    BPP promove curso de acessibilidade para pessoas com deficiência visual

    Foto de  uma mão virada para cima e segurando um celular. No celular o nome do aplicativo Be My Eyes

    A Biblioteca Pública do Paraná, em parceria com a Secretaria da Família e Desenvolvimento Social e o Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, promove o curso “Capacitação sobre a acessibilidade para pessoas com deficiência visual no sistema IOS”. A aula, gratuita, acontece no dia 7 de agosto, das 14h às 18h, na Sala de Reuniões da BPP. Para participar, é preciso enviar nome e telefone para o e-mail [email protected]

    No curso, os alunos têm instruções do sistema operacional móvel da Apple, o IOS, aprendem configurações gerais sobre o aparelho e a como trabalhar com aplicativos que auxiliam pessoas com deficiência visual ou baixa visão. 

    Serviço
    Capacitação sobre a acessibilidade para pessoas com deficiência visual no sistema IOS
    Data: Dia 7 de agosto, das 14h às 18h, na Sala de Reuniões da Biblioteca Pública do Paraná
    Local: R. Cândido Lopes, 133, Centro — Curitiba/PR
    Gratuito
    Mais informações: (41) 3221-4985

  • 06/08/2018

    Apoio às entidades que criticam redução do orçamento da Capes

    Foto de uma livro aberto. Sobre ele barbantes nas cores vermelho e creme formam um coração.O Semesp, entidade que congrega instituições de ensino superior de todo o Brasil, condenou nesta sexta-feira (3) os cortes previstos no orçamento de 2019 para os programas da Capes, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior do Ministério da Educação.

    “Esses cortes representam um retrocesso inadmissível, porque vão interromper a continuidade de pesquisas importantes em todos os estados brasileiros, bem comoa afetar seriamente a expansão e consolidação dos cursos de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) em todo o país”, afirmou o diretor executivo do Semesp, Rodrigo Capelato.

    Segundo uma primeira avaliação do Semesp, mais de 400 mil alunos bolsistas de mestrado, doutorado e pós-doutorado e de outros programas da Capes serão prejudicados, assim como serão afetadas as iniciativas de cooperação internacional da agência.

    “Os programas de pós-graduação são estratégicos para o desenvolvimento de um país como o Brasil, que precisa dispor de mecanismos para o crescimento econômico via produção de conhecimento”, afirmou Capelato. “As instituições de ensino superior já tem dificuldades atualmente para ter acesso ao auxílio do Governo Federal, para o desenvolvimento de pesquisas. Caso as restrições se confirmem, o país vai sofrer um baque ainda maior no seu processo de inovação”, alertou o diretor do Semesp.

    Capelato disse que espera que o MEC consiga reverter essa situação, “já que os projetos acadêmicos precisam responder aos desafios da sociedade, em especial do setor produtivo, que em face das significativas mudanças registradas dependem da inovação para competir globalmente”.

    Sobre o Semesp
    Fundado em 1979, o Semesp, entidade que congrega um grupo expressivo de mantenedoras de ensino superior do Brasil, tem como objetivos prestar serviços de excelência e orientação especializada aos seus associados, oferecer soluções para o desenvolvimento da educação acadêmica do país, além de preservar, proteger e defender o segmento privado do ensino superior brasileiro. Comprometida com a inovação, a entidade mantém uma estrutura técnica especializada que realiza periodicamente uma série de estudos e pesquisas sobre temas de grande relevância para o setor e promove a interação entre mantenedoras e profissionais de educação. Realiza também eventos como o Fórum Nacional: Ensino Superior Particular Brasileiro, o Congresso Nacional de Iniciação Científica, o Congresso de Políticas Públicas para o Ensino Superior e as Jornadas Regionais pelo Interior de São Paulo, e ainda capacita os profissionais da educação superior por meio da Universidade Corporativa Semesp. Para saber mais, acesse www.semesp.org.br/portal/ e http://uc.semesp.org.br/.

    Mídias Sociais 
    www.facebook.com/semesp/;
    https://www.linkedin.com/company/semesp
    https://www.youtube.com/user/VideosSemesp
    www.instagram.com/semespoficial/

    Fonte: Informações da Assessoria de Imprensa da Simesp

  • 04/08/2018

    Pediatra na Praça aborda cuidados com a saúde na infância e na adolescência

     

    A Sociedade Paranaense de Pediatria (SPP) promove neste sábado, 04, no Parque Barigui, a atividade “Pediatria na Praça”. A iniciativa, que já uma tradição na cidade, vai oferecer orientações à população sobre cuidados com a saúde na infância e na adolescência. O objetivo é levar informações e orientações da Pediatria para a comunidade, em uma conversa informal e amiga, fora do consultório para as famílias paranaenses.

    A partir das 14h até às 18h estão programadas brincadeiras com as crianças, distribuição de folders sobre a importância dos cuidados com a saúde e orientações pediátricas. Pais poderão levar a carteirinha de vacinação do seu filho para ser atualizada. O Pediatria na Praça será dividido em estações: Estação do Dente, Pulmão e Coração, Vacina, Bullying, Pele, Alimentação e Brincadeira.
    O Pediatra na Praça é a última atividade do 17º Congresso Paranaense de Pediatria, realizado desde quinta-feira, 2, na Associação Médica do Paraná. O evento na praça contará com a participação voluntária de pediatras e acadêmicos das ligas de Pediatria do Paraná

     
    Serviço:
    Pediatria na Praça
    Local: Parque Barigui
    Data: 04 de agosto, das 14h às 18h
    Realização: Sociedade Paranaense de Pediatria (SPP)

  • 01/08/2018

    Compliance no mundo corporativo será tema de palestra

    O Departamento de pós-graduação do Centro Universitário Opet realiza hoje (01/08), das 19 às 21 horas, no auditório do Câmpus Centro Cívico (Rua Nilo Peçanha, 1635), um workshop aberto ao público com o tema “Compliance: uma mudança de comportamento?”. O foco do evento é debater como o compliance, um dos temas centrais do mundo corporativo, pode fazer a diferença para as empresas.

    O objetivo também é aproximar o público dos temas abordados pelos cursos de pós-graduação presencial e à distância da UniOpet relacionados ao tema, como o curso presencial “MBA em Gestão de Risco e Compliance” e o curso à distância “MBA em Governança, Risco e Compliance”. 

    O evento contará com as palestras de Atílio Augusto Segantin Braga, professor no Curso de Especialização em Direito Empresarial e Professor tutor no MBA em Governança, Riscos e Compliance no EAD do Grupo UniOpet, membro da Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs e mentor do InovAtiva Brasil, além de Ronald Fast, Especialista em Compliance no Banco Bradesco e coordenador do MBA em Governança, Risco e Compliance (EAD) na UniOpet. A mediação do debate ficará por conta da advogada Silvia Locatelli.

    “Compliance é um assunto muito atual e presente nas organizações, principalmente depois que a Operação Lava Jato tomou corpo perante a sociedade e passou a entender seus desdobramentos. As empresas atualmente estão preocupadas em fazer a Gestão de Riscos e prezar pela integridade corporativa para que seu negócio se torne referência no mercado e prospere”, explica Juliana Saito, coordenadora de pós EAD da UniOpet.

    Fonte: Informações da assessoria de imprensa da UniOpet - Talk Comunicação

  • 28/07/2018

    Encontros Desconcertantes de Priscila Prado terá pré-lançamento na FLIP

    ​​​​​​Capa do livro Encontros Desconcertantes

    Imagine encontrar-se ao mesmo tempo com: o mundo, o outro, o limite, o tempo, a poesia, a natureza e consigo mesmo. Pode parecer algo impossível, inatingível. No entanto, a obra “Encontros Desconcertantes” (Editora Insight), de Priscila Prado, convida o leitor a buscar esses encontros por meio de 105 poemas ilustrados com fotos da autora. Entre versos e ilustrações, Priscila instiga com um humor sutil a contemplar a beleza, ao mesmo tempo que constata uma realidade – nem sempre bela.

    O livro, que terá o seu pré-lançamento no próximo domingo, dia 29, na 16ª edição da FLIP – Festa Literária Internacional de Paraty, um dos maiores e mais importantes eventos literários do Brasil, traz a reflexão de que são desconcertantes os encontros do homem no mundo – que é o espaço onde ele se conhece; é desconcertante reconhecer-se no outro; reconhecer seus limites; o desafio do tempo; a beleza, mistério e perigos da natureza; a poesia que tudo permeia e o mais desconcertante dos encontros: encontrar consigo mesmo.

    Priscila, que já foi finalista do Prêmio Jabuti, em 2013, traz em seu ofício a “militância poética”. O termo, explica ela, é tornar a poesia mais acessível, espalhando ecos pelo mundo afora e tornando a poesia mais presente no cotidiano das pessoas. Com isso, a obra “Encontros Desconcertantes” ecoa para além das suas 144 páginas e chega no mobiliário público com cartazes espalhados pela cidade de Curitiba, local em que a carioca hoje reside. O livro chegará também a escolas públicas e, junto com ele, atividades lúdicas levarão professores e estudantes a um encontro da poesia com o desafio de ser, agir, pensar e interagir.

    Sobre a autora Priscila Prado: Tradutora, transita entre alguns idiomas na busca de sua própria linguagem. Alia ações culturais individuais e participação em coletivos de apoio, valorização e divulgação da literatura e da arte em geral – em particular a de autoria de mulheres. Estreou na literatura com o livro de poemas “A qualquer momento agora” (2005). Foi finalista do Prêmio Jabuti 2013 com o livro interativo de poesia ilustrada voltado para o público infantojuvenil “Preguiça, Coragem e outros bichos” (2012). É autora também de “No Olho do Paradoxo” (2015) e de “Alas, Pétalas & Labaredas” (2016). Mais informações: www.priscilaprado.com

    Sobre a Editora Insight: Publica livros que estimulam a imaginação, atuando principalmente nas áreas da literatura infantojuvenil, artes, livros técnicos na área do design e de cunho educacional, entre outras. Diferencia-se pelo cuidado na edição por meio de um design editorial profissional, por meio de uma parceria com a Nexo Design e ilustrações exclusivas. Outra linha de trabalho são os livros sob demanda, que possibilita a publicação de livros que não alcançariam a tiragem de uma editora tradicional. Oferece, por meio do site, serviços de divulgação e venda de livros, apoiando os autores, que poderão comercializar suas obras de uma forma simplificada e eficiente. Mais informações: www.editorainsight.com.br

    Serviço:
    Pré-lançamento livro Encontros Desconcertantes
    Autora:
    Priscila Prado Editora: Insight Ano: 2018
    Local: FLIP – Festa Literária Internacional de Paraty
    Dia: 29 de julho – das 11h às 14h30

    Páginas: 144 páginas, com fotos.

Quem faz o blog

DESTAQUES DOS EDITORES