Comunicação & Educação Acessíveis

Educação

Ensino não Presencial para promover estudo além das fronteiras

Uma nova perspectiva pode trazer possibilidades criativas. Foi assim que a Escola Pedro Apóstolo, de Curitiba, escolheu lidar com os desafios que o ensino não presencial trouxe. Além das aulas online com os conteúdos curriculares lecionados pelo professor, a instituição tem procurado alternativas criativas para promover o estudo além das fronteiras e manter o relacionamento próximo com os pais. Um exemplo foi a aula que os alunos do 7º ano tiveram recentemente com a advogada indigenista da Funai, Carolina Santana. Mesmo morando em Brasília, ela participou de uma atividade extracurricular a distância. O resultado foi um momento de inovação ao dia a dia das aulas de história.

“Essa foi uma das estratégias adotadas pela escola para contribuir com a aprendizagem dos nossos alunos. O encontro com a Carolina Santana foi oportuno e trouxe um novo olhar para um assunto já trabalhado pelos professores. Acreditamos que proporcionar esse tipo de experiência aos estudantes está sendo um diferencial positivo neste momento”, explica Carolina Paschoal, diretora da escola.

Durante a aula, exibida através da plataforma Microsoft Teams, a advogada trouxe às crianças detalhes sobre a cultura indígena e também preparou um material exclusivo e despertou a curiosidade dos estudantes. “Por que os indígenas não caçam os peixes com as mãos? Por que ao invés de caçar com arco e flecha eles não usam redes? Até hoje os indígenas fazem seus rituais? Quais são os materiais que os índios usam para estudar?”. Essas foram algumas das perguntas que tornaram a aula ainda mais interativa e proveitosa.

“Como professor de história, esse tipo de atividade é enriquecedora porque conseguimos ter uma perspectiva mais ampla do assunto. Além disso, acaba contribuindo com o processo de aprendizagem, pois complementa o que já é trabalhado no dia a dia”, contou o professor de história Ângelo Rechi, que proporcionou a atividade. 

A Escola online e suas possibilidades

A diretora Carolina Paschoal ainda afirma que, apesar do grande desafio no ambiente educacional com a pandemia, é possível encontrar soluções e possibilidades interessantes. Para manter o relacionamento próximo e estar disponível para os pais, a escola também adotou os encontros online individuais.

“Sabemos que a adaptação a esse novo modelo é um processo a ser construído, e os pais são parte essencial nisso. Portanto estamos nos mantendo disponíveis para conseguir lidar com as necessidades individuais de cada família e assim superar este momento”, explicou Ana Cruz, diretora pedagógica da escola