Tic Tag

Comunicação & Educação Acessíveis

Publicidade
Ensino Supeior

Está aberta a temporada de inscrições para o vestibular em instituições particulares

(Foto: Shutterstock )

Hoje temos uma infinidade de cursos superiores a escolher para fazer a graduação ou completar os nossos estudos com cursos livres, especializações e pós-graduações. Por questões de custos e pela boa reputação das instituições públicas, a opção, na maioria das vezes, é estudar em uma universidade gratuita, mas também conheci muitos amigos que a primeira opção deles era pela instituição particular, devido a infraestrutura, qualidade de professores, proximidade com a casa ou o trabalho e uma infinidade de outras vantagens que as faculdades particulares oferecem; sem contar aquelas que dão descontos nas mensalidades, isenção de matrícula e até mesmo bolsas de estudo 100% gratuitas.    

A Estácio, por exemplo, garante 50% de desconto durante o primeiro semestre. Além disso, os candidatos com as melhores notas no vestibular (em cada cidade) ganharão bolsas de estudo de 100% durante o primeiro semestre.  
As inscrições já estão abertas e podem ser feitas por meio do site http://portal.estacio.br/megavestibular. Por este endereço, é possível obter mais informações e tirar todas as dúvidas. O vestibular, com inscrição gratuita, acontece amanhã, sábado, 16, às 10h, 12h, 14h e 16h em todas as modalidades (presencial e EaD) e, por isso, basta os interessados selecionarem o campus, o curso, a modalidade e o horário de sua prova. 

Para ajudar na escolha da sua instituição, fique atento a algumas dicas:

1. Localização e infraestrutura – Uma instituição perto da sua casa ou de onde trabalha facilitará muito a sua vida. Além disso, visite a instituição ou o polo de EaD (no caso do ensino a distância), conheça a estrutura das salas de aula, verifique a qualidade dos laboratórios, a quantidade e qualidade dos livros da biblioteca na sua área de interesse. Para pessoas com deficiência, verifique a acessibilidade e o que a instituição oferece em termos de inclusão. 

2. Converse com alunos e professores – Na visita à faculdade, procure conhecer os seus futuros professores, o coordenador do seu curso; importante marcar um horário na secretaria para garantir que estarão disponíveis. Converse também com colegas, tire todas as dúvidas, saiba da satisfação deles pelo curso.

3. Reputação acadêmica – Procure se informar sobre o conceito da faculdade e cursos escolhidos no MEC. Por meio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) são elaborados indicadores oficiais de qualidade do ensino superior no Brasil. Entre eles, temos o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade).

4. Custo-benefício – Procure se informar se a área que você quer atuar tem um bom mercado de trabalho, com prospecção de um bom rendimento nos próximos cinco, dez anos. Calcule se a mensalidade do curso cabe no seu bolso e busque instituições que ofereçam bons descontos e até bolsa de estudo. Mesmo com boas avaliações nos itens anteriores, é o preço que pesa, na maioria das vezes, na escolha. Então, priorize aquela que oferece vantagens de descontos, inclusive com programas de estágio remunerado, que ajudará a pagar as despesas do curso.

5. Não desista dos seus sonhos – Esta dica é a que deve estar na mente e no coração de cada aluno. São anos de dedicação com a abdicação do tempo e de economia. Mas tudo vale a pena no final da jornada quando conquistamos um sonho. E um diploma na mão, muita vontade de vencer na vida e atuar naquela tão sonhada profissão isso tem preço sim, mas um preço que vale qualquer esforço.

Quem faz o blog

DESTAQUES DOS EDITORES