Tic Tag

Comunicação & Educação Acessíveis

Publicidade

Instituto Rodrigo Mendes e Unicef lançam o curso online “Portas abertas para a inclusão”

Crianças com e sem deficiência em aula de Educação Física

No Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, 21 de setembro, o Instituto Rodrigo Mendes (IRM) lança, em parceria com o UNICEF e a Fundação FC Barcelona, o curso Portas abertas para a inclusão na modalidade de educação a distância (EAD). O curso é totalmente gratuito e autoinstrucional, ou seja, não requer presença física nas aulas. Outro destaque é o fato de ser acessível, com recursos de Língua brasileira de sinais (Libras), legendas e audiodescrição.

Os sete módulos que compõe o Portas abertas EAD podem ser cursados conforme o tempo disponível de cada participante. Com 40 horas de duração total, eles abordam diversos temas da inclusão escolar no Brasil: histórico e legislação, acessibilidades, práticas inclusivas e conceitos de educação física inclusiva. Os conteúdos são independentes e cada cursista pode decidir em que ordem abordá-los e quanto tempo se dedicará a concluir todos eles, com exceção do módulo "Projetos", que deve ser, obrigatoriamente, o último. As aulas do Portas abertas para a inclusão são compostas por vídeos, textos e videoaulas que articulam teoria e prática sobre educação inclusiva. Cumpridas todas as etapas, o Instituto Rodrigo Mendes emite um atestado de participação.

“Com a versão EAD, o objetivo do Instituto é chegar a todos os municípios brasileiros. Temos evidências sólidas de que a Educação Física, quando trabalhada de maneira inclusiva, transforma a vida da escola, dos professores e, mais importante, dos estudantes, na medida em que amplia muito suas possibilidades de futuro”, diz Rodrigo Mendes, superintendente do Instituto.

“Com o Portas abertas EAD, contribuímos para que todas as escolas públicas brasileiras possam garantir o direito de aprender a cada menina e cada menino, notadamente aqueles com deficiência”, afirma Ítalo Dutra, chefe de Educação do UNICEF no Brasil. O curso estará disponível a partir do dia 21 de setembro, e os interessados já podem realizar um pré-cadastro no site www.rm.org.br.

Histórico - Entre 2012 e 2016, o projeto Portas abertas alcançou mais de 91 mil estudantes em 15 estados. Ao todo, 916 educadores participantes do curso foram certificados na modalidade semipresencial. O projeto se relaciona, de sua origem à expansão, com os megaeventos sediados no país nos últimos anos — a Copa do Mundo FIFA 2014 e os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. “O Portas abertas já é projeto reconhecido globalmente. Agora, com a disponibilização no formato EAD, aumenta o impacto que provoca. Cada cursista pode desempenhar papel fundamental para colaborar com a inclusão de mais crianças e adolescentes na escola comum por meio da Educação Física”, diz Florence Bauer, representante do UNICEF no Brasil.

Quem faz o blog

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES