Montanha de Presentes à vista! Como organizar Tantos brinquedos?

Quem tem criança sabe a dificuldade que é manter uma casa organizada, em um mundo em que brinquedos parecem brotar de todos os lados!! Aniversário? Brinquedos! Natal? Brinquedos! Lanche no final de semana? Adivinhe! Mais uns brinquedinhos para a conta! Como manter a casa em ordem desse jeito? Esse é nosso tema de hoje!

E esse post é especial, porque veio a pedido do site www.buffetsinfantis.com.br, que tem um blog com diversas dicas para as mamães e papais! 

Então vamos as questões práticas:

O primeiro vilão da organização já está visível lá no primeiro parágrafo: o excesso! Não tem milagre, minha gente! Nossos lares são espaços limitados, que não comportam uma quantidade ilimitada de brinquedos! Então, não adianta fazer birra! Nosso passo a passo irá incluir uma boa dose de desapego!

Minha sugestão é que você defina datas para que o processo seja repetido. Considere fazer com que seja um tradicional evento das férias de julho (Aproveita que está perto!) e repetir o processo, por exemplo, antes do Natal (pode aproveitar que o Papai Noel estará de olho!). Fazer com que vire uma rotina fará com que seja cada vez mais fácil, e evita que caia no esquecimento.

Passo 1: A triagem

A triagem consiste em selecionar os brinquedos que merecem continuar morando na sua casa. E atente ao detalhe dessa orientação: não se trata de escolher os brinquedos que sairão, mas sim escolher os que ficam. Por que isso é importante? Porque ninguém gosta de perder nada! E a sensação de tirar algo de um cesto para colocar em uma sacola de doação pode causar essa sensação! Selecionar entre os brinquedos, aqueles que gostaria de manter, ao contrário, trará a sensação de estar “ganhando novamente” o objeto escolhido!

Considero importante que a criança participe da triagem, tanto para que saiba o que está saindo, quanto para que comece a entender o processo, o que fará com que se torne natural com o passar do tempo. A maioria de nós sofre com processos de triagem simplesmente porque não aprendeu isso desde criança! Deixe claro que o objetivo é abrir espaço para que novos brinquedos possam chegar! Também é legal explicar que existem outras realidades, e crianças que nunca ganham brinquedos ficarão muito felizes em receber aqueles que já estão no cantinho, esquecidos há algum tempo!

 

Passo 2: Categorização

Definidos os brinquedos que ficam, chegou a hora de juntá-los em turmas! Peça a ajuda do seu filho para separar os brinquedos conforme o tipo de brincadeira. Assim, você pode guard-los de forma lógica, o que evitará que a cada nova brincadeira um balde de brinquedos seja virado no chão, bagunçando tudo! É hora dos heróis irem para um lado, os carrinhos para outro, as bonecas grandes se separarem das Pollys!

Nesse passo é importante seguir a lógica da criança. Se as cenouras que vieram no “kit mercado” são usadas na verdade como comida de boneca, então devem ficar com as bonecas!

 

Passo 3: Definição das casinhas

Com tudo categorizado, fica mais fácil você entender que tipo de embalagem precisa para acomodar os brinquedos e, olhando para o espaço disponível, verificar a melhor forma de armazená-los. Cada brinquedo deve ter sua casinha para voltar no fim do dia, assim como acontece com o dono dele!

Para acomodar os itens, o ideal é usar caixas plásticas transparentes, em tamanho adequado ao conteúdo, evitando misturar muito as categorias.

Outra dica é deixar mais a mão da criança aqueles brinquedos mais queridos, e tirar do alcance aqueles que você gostaria de ser consultada (o) sobre a utilização (massinhas, tintas, coisas que a gente gosta de manter longe das paredes, ou que demandam supervisão).

 

Passo 4: Identificação

Tão importante quanto definir as novas casinhas, é deixar que todos saibam desse novo endereço!

Identifique todas as caixas. Se a criança ainda não souber ler, imprima desenhos que a ajudem a lembrar o lugar de cada brinquedo. O objetivo é que ela seja capaz de guardar sozinha seus próprios brinquedos ao fim da brincadeira (ou do dia!). É um processo, não acontece do dia para a noite, mas aos poucos (e com alguma persistência dos pais) essa passa a ser uma boa tarefa para praticar a autonomia!

 

Passo 5: Manutenção

Então você fez tudo direitinho! O quarto ficou um brinco, cada brinquedo tem sua casinha!

Mas lembre-se: novos brinquedos irão chegar, e a rotina é corrida! Não deixe que todo esse trabalho se perca. Coloque um compromisso na sua agenda, te lembrando de fazer uma revisão daqui algum tempo, faça com que, além de ser algo para colocar a casa em ordem, seja também um momento divertido em família!

 

As dicas foram úteis? Então compartilhe para que chegue a mais pessoas! 

Você pode enviar sugestões de temas pelo formulário: https://justperfect.com.br/contato/