Publicidade

2 - Argelinos sofrem 'calote' e ficam sem ingressos para goleada no Beira-Rio

DANIEL CASSOL PORTO ALEGRE, RS - Enquanto a Argélia goleava a Coreia do Sul neste domingo (22), no Beira-Rio, mantendo vivo o sonho de se classificar para as oitavas-de-final da Copa do Mundo pela primeira vez na história, um grupo de argelinos vivia um drama do lado de fora do estádio. Depois de viajarem 20 horas de avião desde a capital Argel, eles não conseguiram assistir à vitória de 4 a 2 porque não receberam os ingressos prometidos. Cerca de 50 torcedores não puderam entrar no Beira-Rio. Um grupo permaneceu durante o jogo no limite da área exclusiva da Fifa, protestando e esperando uma solução para o problema. A história é confusa e tem várias versões, segundo cada um dos argelinos ouvidos. Eles dizem que a viagem, a hospedagem e os ingressos teriam sido bancados por uma empresa argelina de telefonia móvel. Muitos usavam camisetas, bonés e mochilas com o nome da empresa. Depois de assistirem à estreia da Argélia contra a Bélgica, no dia 17, no Mineirão, sem enfrentarem problemas, chegaram a Porto Alegre neste domingo (22) e não receberam os ingressos prometidos para a segunda partida. Segundo o engenheiro de telecomunicações Aissa Boudidi, um grupo de 250 pessoas veio ao Brasil, mas cerca de 50 não receberam o ingressos para a partida no Beira-Rio. "Ainda não sabemos o que fazer. Vamos para Curitiba para tentar ver o jogo contra a Rússia e torcer para que a seleção se classifique", disse Aissa. Sem poder entrar no estádio, alguns argelinos aproveitaram para tirar fotos com brasileiros e turistas de diversas nacionalidades. Alguns, mais exaltados, se irritavam com a aproximação de jornalistas. Ninguém parecia saber o que havia acontecido com os ingressos. "Em Belo Horizonte foi tudo bem. Agora, onde estão os ingresso? Não sei", afirmou um argelino. "Acho que foram roubados", respondeu outro. Uma das suspeitas do grupo é que o responsável pela distribuição dos ingressos tenha sido preso no Brasil. A certa altura, houve grande comemoração entre os argelinos. Mas não era nada relacionado aos ingressos. A festa era pelo quarto gol da Argélia sobre a Coreia do Sul, o que animou os torcedores a respeito de uma eventual classificação.

DESTAQUES DOS EDITORES