Frio

43 anos depois, geada de 1975 no Paraná é lembrada em seminário da UFPR

(Foto: Reprodução)

A geada de 1975  marcou a história do Paraná. Depois de 43 anos,  ainda é lembrada por muitos e tem reflexos na economia do Estado. No próximo dia 5 de junho, quando é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente, a Universidade Federal do Paraná promove o seminário “O Impacto das Geadas na Sócio-Economia do Estado do Paraná. Quatro Décadas Depois, um Olhar sobre a Geada de 1975”. O objetivo é discutir o histórico, as causas, fatores intervenientes e impactos dos eventos de geadas – em especial a de 1975 –  sob os focos climatológico, social e econômico.

O evento é aberto ao público e vai reunir profissionais de diversas áreas, estudantes dos cursos de Ciências Agrárias da UFPR e demais interessados.  As atividades serão das 18h30 às 22h30, no Auditório do Bloco Didático Novo do Setor de Ciências Agrárias.  Serão dois painéis e cada palestrante vai falar por 20 minutos, seguindo-se um debate.

O painel “Aspectos agronômicos e fisiológicos das geadas” terá como palestrantes o engenheiro agrônomo Luiz Roberto de Souza, da Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento (Seab), que vai falar sobre “Mudanças na agricultura do Noroeste e Norte Novíssimo do Paraná após a Geada de 1975 – Lições aprendidas”; o professor Adaucto Bellarmino de Pereira Neto, do departamento de Botânica da UFPR, fala sobre “Fisiologia da formação da geada: a morte do tecido por desidratação” e o meteorologista Cezar Gonçalves Duquia, do Simepar, aborda “Avanços nos métodos da previsão das geadas”.

O segundo painel tem como tema “A Geada de 1975”. Nesse contexto, o jornalista Adriano Justino, do jornal Gazeta do Povo, vai discorrer sobre “O dia que não acabou”. Em seguida, a economista Marisa Vale Magalhães, do Ipardes, aborda “Os intensos movimentos migratórios do Paraná nas décadas de 1970 e 1980”. Por fim, o professor Eugênio Stefanello (UFPR) vai falar sobre “A diversificação da produção no Norte do Paraná a partir da geada de 1975”.

O seminário é um evento de extensão, tendo como proponentes os professores Marco Aurélio de Mello Machado e Rubens Correa Secco, do Departamento de Solos e Engenharia Agrícola da UFPR. Não é necessário inscrição prévia.

Serviço:

“O Impacto das Geadas na Sócio-Economia do Estado do Paraná. Quatro Décadas Depois, um Olhar sobre a Geada de 1975”.

Evento de extensão

Das 18h30 às 22h30

Dia 05 de junho de 2018

Local: Auditório do Bloco Didático, Setor de Ciências Agrárias da UFPR

Rua dos Funcionários, 1540