Uso do celular ao volante aumenta em 400% o risco de acidentes

#DesConecta Trânsito ON celular OFF

23/07/16 às 14:42 Redação Bem Parana com assessoria
(foto: Divulgação/PRF)

Uma campanha nacional sobre os riscos do uso de celular ao volante é lançada neste sábado, 23, pelo Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A #DesConecta Trânsito ON Celular OFF tem como meta orientar sobre os riscos do uso do celular no trânsito por condutores de veículos e pedestres. Pesquisas realizadas pela Universidade de Utah, nos Estados Unidos, mostram que a falta de atenção foi responsável por quase 40% dos 48 mil acidentes em rodovias federais no primeiro semestre. O uso crescente do celular no Brasil tem feito com que a combinação celular e direção aumentem em mais de 400% as chances de acidentes.

Segundo a pesquisa, o motorista perde, no mínimo, cerca de cinco segundos de atenção ao desviar seu olhar para ler a mensagem. Se estiver a 80 km/h terá percorrido um campo de futebol, sem ver o que está acontecendo do lado de fora. A pesquisa constatou também, que 78% dos adolescentes e jovens dos Estados Unidos declaram já ter lido mensagens de texto ao volante e 71% afirmaram já terem escrito mensagens enquanto dirigiam.

Embora a prática seja considerada infração de natureza média e passível de multa no valor de R$ 85,13 e quatro pontos no prontuário, a PRF multou mais de 23 mil condutores por falta de atenção ou uso do celular ao volante somente no primeiro semestre de 2016.

A campanha

Criada pelo Observatório em parceria com a PRF, a campanha, que tem o apoio da Seguradora Líder-DPVAT, lembra em peças como adesivos, outdoors, video e banner, a importância do tema.

Os materiais serão veiculados nas mídias eletrônicas do Observatório e divulgados pela PRF em todas as bases nos 71 mil quilômetros de rodovias federais e em vários meios de comunicação.

Para alertar sobre os riscos do uso do celular ao volante, a identidade visual na campanha é inspirada no aplicativo mais utilizado: o WhatsApp. O objeto gráfico do balão de comunicação com o smartphone centralizado é sinalizado como não recomendado, ou proibido, pela faixa diagonal, assim como nas placas de trânsito.

A paleta de cores também é inspirada nas placas de trânsito: o vermelho alerta sobre o perigo do uso do smartphone no trânsito, enquanto o preto e o branco complementam a paleta. A fonte utilizada no logo e nas peças produzidas é a Arial Black, fonte comum e de fácil leitura, utilizada em diversos meios digitais, como o próprio WhatsApp.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop