Educação especial passa a integrar o Linhas do Conhecimento

04/07/17 às 10:44 SMCS

Os estudantes que frequentam escolas de educação básica na modalidade de educação especial passam a integrar a partir desta terça-feira (4/7) o programa Linhas do Conhecimento, da Secretaria Municipal da Educação.

Com atividades permanentes de práticas de exploração e conhecimento da cidade de Curitiba a partir do currículo escolar, os meninos e meninas que frequentam as unidades terão mais oportunidade para o aperfeiçoamento de saberes culturais, além de lazer em espaços da cidade.

Para marcar o início das atividades, os estudantes da educação especial das unidades Tomaz Edison de Andrade Vieira, Helena Antipoff e Ali Bark participam de práticas no Jardim das Sensações, no Jardim Botânico de Curitiba, nesta terça-feira, das 9h às 11h e das 14h às 16h, e assistem ao espetáculo Bicirqueiros, das 8h30 às 11h.

No Jardim das Sensações, os estudantes participam de um caminho de 200 metros com plantas nativas, aromáticas e medicinais. De olhos vendados, eles serão estimulados a sentir formas diferentes, por meio do toque, olfato e audição.

No espetáculo Bicirqueiros, que será apresentado na Escola Tomaz Edison, terão a oportunidade de apreciar cenas de palhaçaria, acrobacia de solo e aérea, perna de pau, monociclo, malabares e equilibrismo. Bicirqueiros resgata números antigos circenses utilizando a bicicleta como fio condutor.

Linhas do Conhecimento

O programa já envolve os estudantes do ensino fundamental, educação infantil, jovens e adultos. “Na educação especial, as ações desenvolvidas por meio do programa Linhas do Conhecimento deverão articular as propostas lúdicas, aulas de campo e propostas culturais ao currículo escolar desta modalidade de ensino”, explica a gerente do programa na Secretaria a Educação, Scheilla Orlosqui.

Os locais das atividades práticas e aulas serão sempre selecionados conforme análise de propostas destacadas por docentes e diretores que já trabalham na educação especial. Além disso, a equipe do programa priorizará sempre ações que tenham condições de atendimento e acessibilidade dos estudantes.  

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop