Decoração

A mesa do Natal pode ficar com a sua cara. Veja dicas

A flor do Natal mistura o vermelho clássico e folhas largas: chama a atenção
A flor do Natal mistura o vermelho clássico e folhas largas: chama a atenção (Foto: Divulgação)

Mesmo em tempo de pandemia, a comemoração do Natal não deve passar em branco. E, até para dar um ar menos melancólico pelo ano que passou, valea pena preparar uma bela mesa para a ceia de Natal, ainda que com pouca gente para evitar aglomerações.

Para dar um toque especial na ornamentação de natal, o ideal é explorar as cores das flores da estação. “As cores clássicas do Natal são o vermelho e verde, então pode-se apostar sem medo nas folhagens e flores nessas cores, mas a data também é muito representada por elementos típicos e tons de dourado e brilhos, portanto, uma ideia legal é montar arranjos mesclando plantas com os próprios adornos de natal, como as bolas e fitas”, sugere Creuza dos Santos, florista da curitibana Esalflores, maior rede de floriculturas do país.

“Uma boa opção é incluir também flores brancas junto as vermelhas, como lírios e astromélias mescladas com rosas, criando um contraste bem elegante”, acrescenta a profissional.

Para a mesa da ceia, a dica é incorporar também pinhas e ramos de trigo entre as flores para incrementar o arranjo. “Você pode montar um arranjo, e uma travessa de prata ou vidro, com flores, folhas e pinhas por exemplo”, sugere a florista. “Pequenos raminhos de flor junto ao guardanapo sobre o prato também combinam bem e criam um visual bem natalino”, completa. Criar combinações com os outros elementos da decoração também é uma alternativa. “Se a toalha for vermelha, pode-se espalhar folhas verdes sobre a mesa, ou optar por um arranjo comprido só com folhagens verdes. Ou o contrário, espalhar flores vermelhas em uma toalha verde”, propõe a profissional.

A tradicional Poinséttia, conhecida como Espírito Santo ou Flor do Natal é uma alternativa que não tem erro. Além de chamar a atenção pela beleza com folhas largas e um vermelho característico, é ideal para dar um toque elegante ao ambiente, mas exige cuidados específicos.

“A Espirito Santo dura cerca de 2 a 3 meses no vaso, mas é preciso mantê-la em um espaço com claridade e realizar a rega uma vez por semana. Lembrando que o ideal é observar a umidade da terra, pois as condições do ambiente variam muito a necessidade de rega, já que a presença de ar condicionado ou espaço fechado sem muita circulação de ar podem exigir mais ou menos água”, orienta a florista.

Vivas
Árvores naturais
Outra possibilidade que agrega requinte e graciosidade a decoração de natal é optar pela versão natural do habitual pinheirinho de Natal. A Tuia Holandesa é a opção mais popular para este fim e pode ser encontrada em diversos tamanhos. Na Esalflores, há opções com tamanhos entre 30cm a 2m de altura, com preços que variam entre R$ 15,90 e R$ 89,90. “A Tuia dura cerca de 1 a 2 meses, dificilmente vai durar de um ano para o outro, mas é ideal para o período das festas de natal e ano novo.” explica o florista. “Para mantê-la saudável é preciso muita água e luz. Quanto aos enfeites , não há restrição, assim como as árvores artificiais, os galhos suportam e combinam bem com os mais variados tipos de adereços natalinos”, completa a especialista.