Publicidade

Abaixo-assinado pede ajuda da PF no caso de João Rafael

O pequeno João Rafael Kovalski, de apenas dois anos, desapareceu no dia 24 de agosto, quando brincava no quintal de sua cara, em Adrianópolis, na região metropolitana de Curitiba. Agora, foi criado um abaixo assinado que pede a ajuda da Polícia Federal na investigação do caso.

Aberto na página do Change.org, o abaixo-assinado criado virtual criado por Ana Maria Ribas Bernardelli havia conseguido até as 18h15 desta quinta-feira (17) 5.415 assinaturas, faltando ainda 2.085 para se chegar ao valor pretendido.

Na descrição do abaixo-assinado, a autora explica que quanto mais o tempo passa, mais distante fica a possibilidade do reencontro e argumenta que a Polícia Federal poderia somar forças com a Secretaria de Segurança Pública do Paraná e o Sicride (Serviços de Investigação de Crianças Desaparecidas).

A polícia trabalha com duas hipóteses para o desaparecimento de João: rapto e morte acidental – o jovem poderia ter caído em um rio próximo à casa da família.

Até agora, a única pista encontrada foi um boné do menino encontrado a cerca de 400 metros de sua casa. Os Bombeiros encerram as buscas pelo corpo do menino no rio. A família acredita que o garoto foi raptado.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES