Publicidade
Cascavel

Abertura da Stock Car será no Paraná, no próximo fim de semana

Ricardo Zonta: novo carro
Ricardo Zonta: novo carro (Foto: Divulgação/Shell/José Mário Dias)

A temporada 2020 da Stock Car deve começar neste fim de semana (4 e 5 de julho). A primeira etapa do ano está marcada para Cascavel (PR), a 500 km de Curitiba. A categoria vai seguir o mesmo protocolo de saúde adotado no último fim de semana (27 e 28 de junho) em Cascavel, na etapa da Fórmula Truck. A prova da Stock Car ainda não foi confirmada, mas a organização está perto de fazer o anúncio oficial.

Não haverá presença de público. Cada equipe terá direito a contar com apenas nove profissionais para preparar seus dois carros, incluídos nessa conta chefe de equipe e pilotos. Cada carro vai ficar sozinho em um box e não serão autorizadas mais de cinco pessoas no espaço simultaneamente.

Para ingressar no autódromo Zilmar Beux, os autorizados deverão apresentar um teste PCR negativo de Covid-19 coletado entre os dias 28 e 29 de junho (não serão aceitos laudos de testes rápidos). Além disso, todos terão a temperatura corporal medida por termômetro infravermelho no ato de chegada ao autódromo — quem apresentar temperatura superior a 37,5ºC será barrado na entrada.

O rígido protocolo repete medidas adotadas com sucesso pela Copa Truck na pista de Cascavel no último fim de semana, em evento que marcou a retomada das competições do esporte a motor brasileiro após a quarentena. Todos os profissionais terão que usar máscara e ‘face shield’, além de respeitar distanciamento social de ao menos 2m durante todo o tempo.

Reuniões como briefings de pilotos e chefes de equipe e mesmo contatos com comissários desportivos durante a etapa serão sempre realizadas por videoconferência.

O descumprimento de normas pode acarretar a retirada do infrator do local pelos fiscais da Stock Car. A categoria alerta ainda que a Vigilância Sanitária poderá fazer fiscalização a qualquer tempo e que em caso de infrações as atividades poderão ser paralisadas.

ZONTA
O curitibano Ricardo Zonta é o único competidor entre os quatro da Shell a correr com o novo Toyota Corolla em 2020. O curitibano passa a defender a RCM, um dos times de Rosinei Campos, chefe da organização tricampeã da Stock Car por equipes. Se a cooperação com a escuderia paranaense é novidade para Zonta, o elo com a montadora tem história: Zonta foi piloto Toyota na F1 por quatro temporadas (duas delas como titular) e defendeu suas cores com equipe própria no extinto Campeonato Brasileiro de Marcas.

Átila Abreu e Galid Osman serão companheiros de equipe em outra organização multicampeã da Stock Car. A equipe Shell V-Power passa agora a ser preparada pela Crown Racing, sob a batuta do ex-piloto Duda Pamplona. O time baseado em Petrópolis (RJ) é bicampeão da categoria e vai preparar dois Chevrolet Cruze em 2020. Átila venceu em Cascavel nas duas últimas temporadas e colocou o carro #51 na pole em 2012, quando o desafiador circuito do oeste do Paraná fez seu retorno à Stock Car.

Estreante do ano em 2019, Gaetano di Mauro agora tem seu Chevrolet Cruze #11 preparado pela Vogel Motorsport. A equipe também tem sede em Petrópolis e é uma das mais tradicionais do grid da Stock Car, tendo levado diversos jovens pilotos a poles e vitórias ao longo de sua trajetória.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES