Comércio

Com pandemia, ACP pede que compras de Dia das Mães sejam feitas com antecedência

Parte das lojas de rua não deve abrir no domingo, apesar da permissão do último decreto
Parte das lojas de rua não deve abrir no domingo, apesar da permissão do último decreto (Foto: Franklin de Freitas/Arquivo BP)

A Associação Comercial do Paraná (ACP) pede que os consumidores não deixem as compras do Dia das Mães para a última hora. “Antecipe suas compras para o Dia das Mães ao longo desta semana. Evite aglomerações e garanta seu presente”, pede a ACP em mensagem dirigida aos consumidores.

Apesar da autorização de funcionamento, muitos associados informam que não abrirão suas portas no domingo, pois fará pouca diferença nas vendas. O último decreto municipal permite a abertura do comércio no domingo como forma de compensar o fechamento durante a bandeira vermelha.

“Historicamente, o comércio nunca abre as portas neste dia, especialmente comércio de rua, pois é uma data voltada para a família”, lembra o presidente da entidade, Camilo Turmina.

A ACP também está orientando os empresários para que sejam vigilantes quanto aos cuidados para impedir aglomerações em seus estabelecimentos. “É muito importante que haja um controle rigoroso da quantidade de pessoas dentro dos estabelecimentos. Os números da pandemia ainda estão extremamente altos e as regras sanitárias de distanciamento ainda são necessárias”, continua Turmina.

A Campanha “Amor em Essência”, que une 1.255 varejistas, prestadores de serviços, shoppings e associações representativas está movimentando o comércio em Curitiba, Região Metropolitana e Litoral Paranaense.