Transporte

ACP reforça sugestão do uso de carro e apps para evitar superlotação de ônibus em Curitiba

(Foto: Franklin de Freitas)

A Associação Comercial do Paraná (ACP) está sugerindo aos associados que ofereçam como alternativa aos seus funcionários a substituição do vale transporte pelo valor correspondente em dinheiro.

Essa proposta já havia sido feita no começo de junho como medida para evitar a superlotação no transporte público. A sugestão foi criticada pelas empresas de ônibus.
“Já estamos desenvolvendo com sucesso esta ação junto aos nossos colaboradores. Desta forma eles podem utilizar seus próprios veículos, organizarem-se em grupos de carona e utilizarem apps de transporte e assim evitar os riscos de utilizarem o transporte público”, explicou o presidente da entidade, Camilo Turmina.

O dirigente voltou a manifestar preocupação com a situação dos ônibus e de eventuais aglomerações nas ruas e em bares e polos gastronômicos, após declarações do prefeito Rafael Greca e da secretária municipal de Saúde Márcia Huçulak de que há possibilidade de a prefeitura tomar medidas mais drásticas, caso se registre aumento nos contágios da Covid-19 na cidade, com o risco de retrocesso nas medidas de flexibilização das atividades econômicas.