Publicidade

Agência paranaense assina campanha de inclusão Sicredi-MT

(Foto: Divulgação)

“Isso não é coisa de menina”. A nova campanha do Sicredi para a região do Mato Grosso mostra que essa frase ficou no passado e que não remete às histórias que estão sendo escritas pelas mulheres mundo afora. Para transmitir essa mensagem, a instituição financeira escolheu uma protagonista para estrelar sua campanha: a sonhadora Dina.

No formato de storytelling o enredo conta a trajetória da personagem desde a infância: uma menina curiosa que gostava de explorar a natureza. Números, letras, cores e formas: nada passava batido aos interesses da aluna aplicada que estava sempre com os dedos levantados em busca de respostas. Desde pequena, Dina queria saber como poderia mudar o mundo e essa questão norteava sua existência.

O quarto era o palco da fantasia da menina, que sonhava em inventar um carro voador. Só mesmo um veículo veloz poderia acompanhar o ritmo do seu pensamento. Dina parecia viver em outro mundo e não ligava para as barreiras impostas às mulheres fora dos muros de sua casa. E com amor e dedicação aos estudos ela alimentava sua alma sonhadora e acreditava que poderia criar as próprias asas e voar.

E ela estava certa: sem se acabrunhar com as estatísticas, pulou do lar para a universidade. Nessa época ela já trabalhava e contribuía com a ascensão das mulheres no mercado de trabalho. Diploma nas mãos e mais uma luta começava: provar que tinha a mesma competência dos homens no mundo corporativo. Com a vaga de emprego e o direito de igualdade conquistados chegou a hora de tirar o carro espacial do papel.

A narrativa mostra todos os desafios enfrentados pelas mulheres até que elas consigam encontrar o seu lugar ao sol. Graças à educação, Dina foi protagonista do próprio destino e sua história inspira homens e mulheres, porque mudar o mundo não é algo que depende de gênero, mas de atitude! E essa é a mensagem da campanha do Sicredi: todas as crianças podem ser o que quiserem.

Personagem conectada com o nosso tempo

O filme é assinado pela agência paranaense DBPV, que buscou, na vida real, uma protagonista para transmitir a mensagem do Sicredi. Dina é a ‘avatar’ inspirada em Enedina Marques, a primeira negra a graduar-se em Engenharia Civil da Universidade Federal do Paraná (UFPR). “A personagem Dina é de fácil identificação com o público feminino que, até hoje, sente na pele a desigualdade de gêneros, principalmente no que diz respeito à questão salarial. Não é papo de feminista: esse é um problema latente e aparente em nossa sociedade. A diferença de salários, por exemplo, tem origem histórica e cultural”, diz Bruno Molena, Creative Manager da DBPV.

Uma pesquisa realizada e divulgada em 2019 por uma empresa de tecnologia e recrutamento chamada Revelo, aponta que o número de convites a mulheres para vagas nas profissões ligadas ao segmento de tecnologia cresceu de 12% em 2017 para 17% em 2019. Já a diferença de remuneração oferecida para homens e mulheres era de 22,4% e passou para 23,4% no mesmo período. A Relevo conecta candidatos a vagas para empresas que atuam no setor a partir de dados registrados na plataforma por mais de 14 mil empresas e 1 milhão de candidatos.

“O filme está em sintonia com o momento atual. As mulheres já avançaram bastante e Dina sinaliza para esse progresso, ao mesmo tempo que aponta para uma questão bem atual: apesar de serem a maioria nos bancos universitários, as mulheres ainda precisam ser mais valorizadas. E há setores que precisam ser mais inclusivos, como o da tecnologia. A campanha que desenvolvemos tem esse viés: mostrar que, em qualquer área, as mulheres podem conquistar espaço no mercado de trabalho e realizar seus sonhos como profissionais. Não existe coisa de menino ou menina, essa é a ideia matriz do storytelling que produzimos para o Sicredi”, afirma Cindy Juraszck, Planner da DBPV.

Desenvolvimento da comunidade local

Criar conexões verdadeiras para melhorar o posicionamento das marcas: esse é um princípio básico nas estratégias de marketing. E o Sicredi MT está fazendo a lição de casa. Pautas sociais fazem parte da comunicação da instituição financeira, que possui um propósito bem definido: a crença de que o cooperativismo pode mudar o mundo e nos levar mais longe.

E essa mensagem fica evidente nos projetos do Sicredi, como: União Faz a Vida, Comitê Mulher, Comitê Jovem, entre outros. “A instituição abraçou a causa e promove, de forma concreta, o desenvolvimento das comunidades onde está inserida. E a comunicação da marca reflete muito bem essa preocupação”, pontua Bruno Vieira Sócio e Chief Creative e Edmar Prigol Sócio e Chief Strategy DBPV.

No ar

A campanha "Coisa de Menina" do Sicredi para a região do Mato Grosso já está no ar e contempla, além de peças para e mídias digitais e offline, ações de endomarketing.

Para ver na íntegra o projeto clique aqui:

https://issoecoisademenina.com.br

Sobre a DBPV

Como 10 anos de mercado a DBVP atua no Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso e Acre. A agência já ultrapassou as fronteiras brasileiras e chegou ao Japão, onde atende um cliente. O reconhecimento do trabalho também extrapolou os limites nacionais com a presença no festival de Cannes Lion – que é o mais importante prêmio da publicidade do mundo. A DBPV é uma agência ominichannel e a sua proposta é resolver problemas de forma criativa através de projetos de comunicação que criem conexões entre marcas e seu público, para gerar resultados impactantes.

Assuntos