Assine e navegue sem anúncios [+]
Tragédia

Agente penitenciário mata namorada, dirige por 65 quilômetros, pede perdão à mãe e se mata

(Foto: Reprodução)

Um agente penitenciário Francisco Moacir Nunes Junior, de 37 anos, matou a namorada Iara Coelho da Silva, de 30, com um tiro, em Sorocaba, e viajou com o corpo dela, por 65 quilômetros, a casa dos pais dele, em Itapetininga, e se matou. O caso aconteceu na noite deste sábado.

O casal estava junto havia mais de um ano e morava na zona leste de Sorocaba. Ele trabalhava como agente penitenciário em Mairinque, cidade vizinha. Conforme relatou aos familiares, a namorada havia encontrado mensagens de outra mulher em seu celular e ele saíra de casa, mas voltou para pegar seus pertences. Os dois discutiram e ela teria tentado tirar o revólver de sua mão, quando houve o disparo acidental.

Ao ver que o agente estava muito abalado, a mãe tentou impedir o filho de sair de casa, mas ele pulou o portão e, em seguida, a família ouviu o disparo.

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK