Mercado da bola

Alex Muralha pode ser o 13º jogador a deixar o Coritiba

Alex Muralha treina com a seleção brasileira, em 2016
Alex Muralha treina com a seleção brasileira, em 2016 (Foto: Divulgação/CBF/Lucas Figueiredo)

O goleiro Alex Muralha, 32 anos, pode ser emprestado pelo Coritiba para um clube da primeira divisão do Campeonato Paulista. A informação é da Rede Coxa. O nome da equipe não foi divulgada.

Muralha tem contrato com o Coritiba até 2023. Para 2022, o principal nome para posição ainda é Wilson, 37 anos. O clube busca 12 reforços para a próxima temporada, mas nenhuma contratação foi confirmada.

No Coritiba, Muralha só disputou duas partidas na temporada 2021. Antes, porém, disputou o Paulistão pelo Mirassol e se destacou na competição — foi o quarto melhor da posição no ranking do Sofascore, com nota média 7,04, atrás apenas de Cássio (Corinthians), Jeferson Paulino (Inter de Limeira) e Tiago Volpi (São Paulo).

OS 12 QUE JÁ DEIXARAM O CORITIBA
goleiro Marcão, emprestado para o Rio Branco-PR
goleiro Arthur, emprestado para o CRB
goleiro Diego Monteiro, emprestado para o Comercial-SP
zagueiro Nathan Ribeiro, fim de contrato
zagueiro Wellington Carvalho, Tombense
lateral-esquerdo Romário, Operário
volante Jhony Douglas, emprestado para a Inter de Limeira
meia Valdeci, Ferroviário-CE
ponta Guilherme Azevedo, voltou ao Grêmio
ponta Waguininho, fim de contrato
atacante Dalberto, CSA
centroavante William Alves, fim de contrato

HISTÓRIA
Revelado na base do Paraná Clube, Alex Muralha rodou por clubes menores até 2015, quando se destacou pelo Figueirense.

Em 2016, Muralha foi comprado pelo Flamengo pelo equivalente a 940 mil euros. No mesmo ano, acabou convocado para a seleção brasileira, pelo técnico Tite, mas não chegou a jogar pela equipe nacional.

Ficou como titular do Flamengo até 2017, quando acabou emprestado ao Albirex Niigata (Japão). Em seguida, veio para o Coritiba, emprestado pelo clube carioca. Foi titular do clube paranaense na conquista do acesso à primeira divisão. Em 2020, começou a temporada como titular do Coxa, mas perdeu a posição para Wilson no Brasileirão. O vínculo com o Flamengo acabou no final de 2020. Em seguida, ele assinou um contrato curto com o Mirassol. E, logo depois, fechou vínculo de três anos com o Coritiba, válido até 2023.