Indicadores

Alta dos preços paralisa as vendas do comércio em outubro

O Indicador de Atividade do Comércio da Serasa Experian, registrou variação de 0,0% em outubro em comparação com o mês anterior. Assim, o quadro do varejo nacional é de desaceleração, uma vez que em setembro a alta mensal do índice havia sido de 0,3%.

De acordo com o levantamento, as vendas do comércio físico estagnaram-se devido à alta dos preços em vários setores. O segmento de Veículos, Motos e Peças foi o que mais teve queda (-6,0%).

Já no setor de Supermercados, Hipermercados, Alimentos e Bebidas, pelo terceiro mês consecutivo houve baixa nas vendas (-0,9%). Combustíveis capiram 1%.