Eleições 2022

'Alvaro Dias não é meu padrinho político', diz Moro sobre disputa pelo Senado

Moro (União Brasil): ex-juiz pode enfrentar ex-aliado na disputa para o Senado
Moro (União Brasil): ex-juiz pode enfrentar ex-aliado na disputa para o Senado (Foto: Sérgio Lima/Podemos)

O ex-juiz Sergio Moro (União Brasil) negou hoje que o senador Alvaro Dias (Podemos) seja seu “padrinho político” e afirmou não haver nenhum “mal-estar” caso ele decida disputar o Senado com o parlamentar nas eleições de outubro. Moro reafirmou que é candidato às eleições deste ano, mas que ainda não definiu para qual cargo.

“Vamos deixar claro, o Alvaro Dias não é meu padrinho político. Eu tenho uma carreira como juiz, que eu fiz todo o meu trabalho, que foi reconhecido nacionalmente, até internacionalmente. E depois como ministro da Justiça nós tivemos uma gestão na qual eu enfrentei o crime organizado. Nós conseguimos reduzir a criminalidade violenta. E eu tive que sair pelas circunstâncias já conhecidas”, alegou ele em entrevista à rádio Jovem Pan.

Leia mais no blog Política em Debate